RESULTADOS.

Giro d’Itália 2018 #19 Etapa Resultados.

“De maneira típica para o Grand Tour italiano – ou um bom thriller – o suspense se constrói em direção aos capítulos finais ”- foi o que dissemos antes, que a última semana do  Giro d’Italia 2018 seria decisiva iríamos ver quem ainda tinha o galão cheio para gastar .

Hoje, essa premonição veio à tona: Chris Froome (Team Sky) saiu do quarto lugar na classificação geral – mais de três minutos atrás do  ex-líder da corrida,  Simon Yates  (Mitchelton-Scott) – para conquistar a cobiçada camisa rosa da 101ª edição pela primeira vez para sua equipe .

A equipe  Sky levantou a cabeça quando  seu capitão atacou faltando  80 km em um terreno montanhoso, mas abriu de um grupo de perseguição, liderado por  Tom Dumoulin (Team Sunweb), para ganhar a etapa – a 3 minutos e 23 segundos do holandês.

Embora o líder tenha mudado, Dumoulin continua em segundo lugar na Geral, agora com 40 segundos atrás de Froome.

 No entanto, foi um dia desastroso para Simon Yates, já que o líder da prova sobrou cedo no Colle delle Finestere, perdendo quase 40 minutos para cair para 18ª na classificação geral.

A etapa de 181 km de Venaria Reale terminou com um final de cimeira no Bardonecchia. A jóia em sua coroa era a Colle delle Finestre, de 18 km, cujo pico era o ponto mais alto da prova, com 2178 metros; o próprio Finestre foi flanqueado pelas Colle del Lys (1311m) e Sestriere (2035m) que precederam a ascensão final a Jafferau.


Os primeiros quilômetros tiveram várias tentativas de ataque, mas o furtivo pelotão perseguiu cada um deles ansiosamente e não foi até mais de 40 km que Davide Formolo (Bora-Hansgrohe), Carols Betancur e Antonio Pedrero (Movistar) e Valerio Canti (Emirados Árabes Unidos) Team Emirates) tiveram uma pequena vantagem que logo foi pego.

Froome acabou cruzando a linha após  5:12:26 de corrida. A partir de então, o relógio estava correndo para Dumoulin.

O grupo com quatro atletas, quebrou, Carapaz o segundo a cruzar a linha, seguido por Pinot, em seguida, Lopez.

Isso significa que Dumoulin,  acabou cruzando a linha 3:23 atrás de Froome, também não conseguiu pegar os segundos de bônus que poderiam ajudá-lo em sua perseguição a camisa rosa, entrando na penúltima etapa amanhã.

//content.jwplatform.com/players/Vufo3T48-iD6WjHgj.html

Resultados.

1 Chris Froome (GBr) Team Sky,  05:12:26
2 Richard Carapaz (Ecu) Movistar,  3:00
3 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ,  3:07
4 Miguel Angel Lopez (Col) Astana,  3:12
5 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  3:23
6 Sébastien Reichenbach (Sui) Groupama-FDJ,  6:13
7 Davide Formolo (Ita) Bora-Hansgrohe,  8:22
8 Sam Oomen (Ned) Team Sunweb,  8:23
9 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe, st
10 Pello Bilbao (Esp) Astana,  st

Classificação Geral.

1 Chris Froome (GBr) Team Sky,  80:21:59
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  40s
3 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ,  4:17
4 Miguel Angel Lopez (Col) Astana,  4:57
5 Richard Carapaz (Ecu) Movistar,  5:44
6 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida,  8:03
7 Pello Bilbao (Esp) Astana,  11:08
8 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe,  12:19
9 George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo,  12:35
10 Sam Oomen (Ned) Team Sunweb,  14:18

Giro d’Itália 2018 #16 Etapa Resultados.

Rohan Dennis (BMC Racing) venceu o contra-relógio da 16ª etapa do Giro d’Italia , enquanto Simon Yates (Mitchelton-Scott) manteve a liderança por 56 segundos.

Tony Martin (Katusha-Alpecin) estabeleceu um tempo forte  40:14 nos 34,2 km, mas o alemão teve de se contentar com o segundo lugar, pois Dennis começou a passar  mais rápido nas duas contagem intermediárias e fez o tempo de 40 minutos cravado.

O líder da corrida Yates colocou em um tempo muito respeitável de 41:37 em seu contra relógio terminando 1:15 atrás Tom Dumoulin (Sunweb), que ficou em terceiro lugar na etapa.

Yates vai agora liderar as cinco etapas finais com uma vantagem de 56 segundos sobre Dumoulin, que estava em  2:11 no início da etapa.


Resultados.

1 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team, in 40-00
2 Tony Martin (Ger) Katusha-Alpecin, at 14s
3 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb, at 22s
4 Jos van Emden (Ned) LottoNL-Jumbo, at 27s
5 Chris Froome (GBr) Team Sky, at 35s
6 Fabio Aru (Ita) UAE Team Emirates, at 37s
7 Alex Dowsett (GBr) Katusha-Alpecin, at 40s
8 Diego Ulissi (Ita) UAE Team Emirates, st
9 Chad Haga (USA) Team Sunweb, at 47s
10 David De La Cruz (Esp) Team Sky, at 1-01

Classificação Geral.

1 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott, in 65-57-37
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb, at 56s
3 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida, at 3-11
4 Chris Froome (GBr) Team Sky, at 3-50
5 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ, at 4-19
6 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team, at 5-04
7 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team, at 5-37
8 Pello Bilbao (Esp) Astana Pro Team, at 6-02
9 Richard Carapaz (Ecu) Movistar Team, at 6-07
10 George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo, at 7-01

Giro d’Italia 2018 #15 Etapa Resultados.

 

Simon Yates (Michelton-Scott) conquistou a sua terceira vitória  por etapas no Giro d’Italia  2018 ao atacar faltando 18 km para final e vencer escapado a 15ª etapa em Sappada.

Yates começou a etapa com uma vantagem de 1:24 sobre Tom Dumoulin (Team Sunweb) e saiu  com uma vantagem de 2:11 quando atacou na escalada final do dia.

Resplandecente em sua camisa rosa em um dia duro nas Dolomitas, Yates precisou de apenas dois ataques para escapar sobre um grupo da fuga que não conseguiu cooperar na perseguição.

No final, Yates venceu por 41 segundos à frente de Miguel Angel Lopez (Astana), com Dumoulin em terceiro, o que significa que Yates agora tem uma vantagem mais confortável para o contra relógio crucial de terça-feira.

Entretanto, Chris Froome (Team Sky) não conseguiu impor a mesma demostração de força que teve na 14ª etapa onde venceu Yates por 6 segundo no topo do Zoncaolan e terminou a1:32 atrás de Yates, o que o levou a cair para o sétimo lugar na classificação geral.

No momento em que o grupo da camisa cor-de-rosa atingiu o topo da subida, havia apenas cerca de 20 ciclistas na fuga, sendo a diferença para o intervalo apenas meio minuto.

Miguel Angel Lopez (Astana) liderou o pelotão pela descida e imediatamente atacou na subida para causar uma divisão que só Simon Yates e Jack Haig (Mitchelton-Scott), Thibaut Pinot (Groupama-FDJ), Tom Dumoulin (Equipe Sunweb), Domenico Pozzovivo (Bahrein-Mérida), Richard Carapaz (Movistar) e George Bennett (LottoNL-Jumbo) conseguiram ir juntos.

Tendo vencido no Zoncolan no sábado, Chris Froome (Team Sky) foi um dos que se distanciaram quando Sergio Henao trabalhou para tentar trazer de volta o seu líder.

Com Froome caindo Yates viu uma oportunidade de ganhar tempo e lançou um ataque que só Lopez foi capaz de seguir, Dumoulin não reagiu  e foi no seu ritmo, assim como ele fez no Zoncolan.

Dumoulin conseguiu novamente se juntar a Yates junto com Carapaz, Pinot e Pozzovivo, mas Yates tinha mais ataque para dar e ele atacou novamente, dessa vez capaz de escapar sozinho e abrir mais uma brecha.

Pozzovivo e Pinot assumiram a responsabilidade pela perseguição enquanto Yates seguia em frente, saindo do selin e fazendo força ao extremo com as mãos na parte debaixo do guidon  o que teria agradado a todos os fãs de Marco Pantani pois essa era a cena tipica de quando o Pirata atacava.

No topo da subida, a 15 km do final, Yates tinha uma vantagem de 18 segundos sobre os perseguidores, com Froome, agora com Wout Poels ao seu lado, e perdendo mais 45 segundos.

Yates abriu mais 10 segundos na descida, e com 10 km para final teve uma vantagem aproximando de meio minuto.

Atrás Tom Dumoulin estava começando a ficar frustrado enquanto gesticulava para os outros ciclistas trabalharem antes de Pinot atacar, mas não conseguir fugir.

Essa cooperação fraca permitiu que Yates abrisse ainda mais sua vantagem para 51 segundos, faltando cinco quilômetros para o final, antes de Dumoulin decidir tomar a frente e assumindo a responsabilidade exclusiva pela perseguição.

No entanto, o holandês pagou por seu esforço  Carapaz atacou e Dumoulin foi incapaz de seguir a resposta de Pinot, Lopez e Pozzovivo.

Essa jogada diminuiu alguns segundos da liderança de Yates, mas as disputas logo recuaram enquanto a camiseta rosa começou a abrir vantagem mais uma vez.

No final, Yates teve tempo de sobra para aproveitar sua vitória, cruzando a linha escapado sem ninguem no campo visual,  Lopez venceu o sprint por um  segundo à frente de Dumoulin.

Resultados.

1. Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott, 4:37:56

2. Miguel Angel Lopez (Col) Astana,  41s
3. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb
4. Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida
5. Richard Carapaz (Ecu) Movistar
6. Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ, all at same time
7. Alexandre Geniez (Fra) AG2R La Mondiale, 1:20
8. Davide Formolo (Ita) Bora-Hansgrohe
9. Pello Bilbao (Spa) Astana
10. Sam Oomen (Ned) Team Sunweb,  st

Classificação Geral.

1. Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  65:57:37
2. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  2:11
3. Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida,  2:28
4. Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ, 2:37
5. Miguel Angel Lopez (Col) Astana,  4:27
6. Richard Carapaz (Ecu) Movistar  st
7. Chris Froome (GBr) Team Sky,  4:52
8. George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo,  5:34
9. Pello Bilbao (Spa) Astana,  5:59
10. Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe,  6:13

Giro d’Italia 2018 #14 Etapa Resultados.

Chris Froome (Team Sky) lutou contra duas semanas difíceis no Giro d’Italia 2018 e nesta 14ª etapa venceu no cume do Monte Zoncolan a mítica Subida mais temível pelos ciclistas.

Froome atacou faltando 4 km depois que Poels colocou um ritmo forte que os candidatos a geral ficaram em uma situação complicada os primeiros a sentir a acleração do fiel gregário de Froome foi Dumoulin e Pinot que não tiveram pernas para acompanhar, quem reagiu foi o líder da corrida Simon Yates (Mitchelton-Scott)  Pozzovivo (Bahrein-Mérida) e o ex-vencedor desta etapa Igor Anton (Astana) que foram juntos.

Mas Froome (Sky) ao ver os perseguidores deu mais uma acelerada, com o seu giro nos pedais fazendo efeito nas ingrimes encostas Italianas, faltando 3 km o lider Yates (Mitchelton Scott) viu que era a hora de reagir e deixou para trás Anton e Pozzovivo e foi na captura de Froome.

Mas as encostas ingrimes ia minando as forças pouco a pouco dos atletas e podia se notar que a diferença era de menos 200 metros entre os dois mas froome estava subindo mais girando enquanto que se via um Yates em pé fazendo força nos pedais para tentar chegar em Froome.

Yates terminou seis segundos atrás de Froome , Pozzovivo conseguiu passar Anton e fechou o pódio e conseguiu um bônus de tempo.

Seu rival mais próximo Tom Dumoulin (Sunweb), que estava segundo lugar com 47 segundos no começo da etapa, fez uma performance bem equilibrada para perder apenas 31 segundos para o líder da corrida.

O atual campeão mantém o segundo lugar a 1:24 atrás de Yates, com Froome voltando ao top-10 em quinto lugar graças ao seu forte desempenho no Zoncolan, mas ainda fica a 3:10 para o maglia rosa.

Domenico Pozzovio (Bahrein-Mérida) terminou em terceiro na etapa a 23 segundos e passou para o terceiro lugar na geral a 1:37, enquanto Thibaut Pinot (Groupama-FDJ) perdeu tempo e caiu para o quarto lugar a 1:46.

Resultados.

1 Chris Froome (GBr) Team Sky,  5:25:31
2 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  6s
3 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida,  23s
4 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team,  25s
5 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  37s
6 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ,  42s
7 Wout Poels (Ned) Team Sky, 1:07
8 Sébastien Reichenbach (Sui) Groupama-FDJ,  1:19
9 Pello Bilbao (Esp) Astana Pro Team,  1:35
10 Michael Woods (Can) EF Education First-Drapac,  1:43

Classificação Geral.

1 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott, 61:19:51
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  1:24
3 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida,  1:37
4 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ,  1:46
5 Chris Froome (GBr) Team Sky,  3:10
6 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team,  3:42
7 Richard Carapaz (Ecu) Movistar Team,  3:56
8 George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo,  4:04
9 Pello Bilbao (Esp) Astana Pro Team, 
 4:29

10 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe,  4:43 

Giro d’Itália 2018 #13 Etapa Resultados.

Viviani foto de arquivo.

Ontem quando disse que a Batalha entre Viviani (Quick-Step Floors) e  Sam Bennett (Bora-Hansgrohe)  estava empatada em 2×2, eis que na etapa de hoje  o Itáliano mostrou a sua supremacia e novamente carimbou o Irlandes que já parece que esta virando freguês quando a Quick-Step Floors faz um trabalho bem feito.

Elia Viviani (Quick-Step Floors) venceu a 13ª etapa  do Giro d’Italia ao derrotar novamente Sam Bennett (Bora-Hansgrohe) segundo e Danny van Poppel (Ned) LottoNL-Jumbo terceiro  no sprint em Nervesa della Battaglia.

Depois que Bennett conquistou a vitória na etapa quinta-feira, Viviani conseguiu se vingar com um sprint mais cedo pegando o pelote de surpresa, mas dessa vez não teve forças para bater Viviani.

No entanto, enquanto um grupo de sprint parecia inevitável nos primeiros 179 km, um poderoso ataque tardio de Marco Coledan (Wilier Triestina-Selle Italia) sob o  flamme rouge parecia estragar a festa dos velocistas.

Coledan imediatamente abriu uma vantagem significativa, mas nos últimos 400 metros perdeu totalmente as forças, com Sacha Modolo (EF Education First-Drapac) liderando o ataque por trás.

Modolo foi o primeiro a ultrapassar Coledan a 200 metros da linha, mas não teve como segurar Viviani (Quick-Step Floors ) que passou forte por ele  para  vencer pela terceira vez  na corrida.


Resultados.

1. Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors, in 3-56-25
2. Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe
3. Danny van Poppel (Ned) LottoNL-Jumbo
4. Sacha Modolo (Ita) EF Education First-Drapac
5. Ryan Gibbons (RSA) Dimension Data
6. Jean-Pierre Drucker (Lux) BMC Racing
7. Manuel Belletti (Ita) Androni Giocattoli-Sidermec
8. Clement Venturini (Fra) AG2R La Mondiale
9. Baptiste Planckaert (Bel) Katusha-Alpecin
10. Jens Debusschere (Bel) Lotto Soudal, all at same time

Classificação Geral.

1. Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott, in 55-54-20
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb, at 47s
3 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ, at 1-04
4 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida, at 1-18
5 Richard Carapaz (Ecu) Movistar, at 1-56
6 George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo, at 2-09
7 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing, at 2-36
8 Pello Bilbao (Esp) Astana, at 2-54
9 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe, at 2-55
10 Fabio Aru (Ita) UAE Team Emirates, at 3-10

Giro d’Itália 2018 #12 Etapa Resultados.

Sam Bennett (Bora-Hansgrohe) venceu a  12ª etapa do Giro d’Italia 2018 , assumindo a responsabilidade de lançar um sprint inicial que arrebatou duas saídas de última hora no pit lane do autódromo de Imola.

A etapa  de 213 quilômetros, de Osimo a Imola, era quase totalmente plano, com apenas um pequeno ponto a meia distância e uma subida que atingiu seu pico com menos de 10 km.

A corrida chegou pela primeira vez ao circuito de automobilismo de Imola, com 18 km de distância, antes de sair novamente para enfrentar a curta subida Tre Monti – e retornar ao circuito de corrida na curva Rivazza, com apenas 1 km até a linha de chegada.

Enquanto Carlos Betancur (Movistar) e Matej Mohoric (Bahrein-Mérida) tentaram atacar  antes dos velocistas, acabaram sem sucesso, com o próprio Bennett a fechar a diferença para passar por cima deles, com Danny van Poppel ( LottoNL-Jumbo) em segundo e Niccolo Bonifazio (Bahrain-Merida) em terceiro.

Simon Yates (Mitchelton-Scott) manteve sua liderança na classificação geral, ainda 47s à frente do atual campeão  Tom Dumoulin (Team Sunweb), sem mudanças no top-10.

Agora a batalha dos velocistas entre Viviani (Quick Step) e Bennett (Bora) está empata 2×2 nos resta esperar pelas etapas que a chegada favoreça os dois e ver quem vai levar a melhor nesse embate.

Resultados.

1 Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe 4:49:34
2 Danny van Poppel (Ned) LottoNL-Jumbo
3 Niccolo Bonifazio (Ita) Bahrain-Merida
4 Baptiste Planckaert (Bel) Katusha-Alpecin
5 Jurgen Roelandts (Bel) BMC Racing Team
6 Michael Mørkøv (Den) Quick-Step Floors
7 Manuel Belletti (Ita) Androni Giocattoli-Sidermec
8 Clement Venturini (Fra) AG2R La Mondiale
9 Florian Senechal (Fra) Quick-Step Floors
10 Enrico Battaglin (Ita) LottoN

Classificação Geral.

1 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  51:57:55
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  47s
3 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ,  1:04
4 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida,  1:18
5 Richard Carapaz (Ecu) Movistar Team,  1:56
6 George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo,  2:09
7 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team,  2:36
8 Pello Bilbao (Esp) Astana Pro Team,  2:54
9 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe,  2:55
10 Fabio Aru (Ita) UAE Team Emirates,  3:10

Giro d’Itália 2018 #11 Etapa Resultados.

Simon Yates (Mitchelton-Scott) continuou seu domínio no Giro d’Italia 2018  atacando seus rivais para vencer a 11ª etapa  da corrida e se manter com a maglia rosa por mais um dia.

Yates atacou nas rampas íngremes dos últimos 2 km da corrida, deixando seus rivais a 1,4 km do final e deixando o principal adversário  Tom Dumoulin (Sunweb), para trás.

O atual campeão Dumoulin terminou dois segundos atrás e agora está 47 segundos atrás do líder Yates, que ganhou seis segundos adicionais de bônus.

A maioria dos outros competidores terminou em um grupo logo atrás de Dumoulin o segundo colocado Davide Formolo (Bora-Hansgrohe), a oito segundos do vencedor, incluindo os rivais próximos Domenico Pozzovivo (Bahrain-Merida) e Thibaut Pinot (Groupama-FDJ).

Chris Froome (Team Sky) sofreu outro dia difícil no entanto, perdendo40 segundos no final em Osimo, caindo fora do top-10 geral.

Resultados.

1 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  3:25:53
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  2s
3 Davide Formolo (Ita) Bora-Hansgrohe,  5s
4 Alexandre Geniez (Fra) AG2R La Mondiale,  8s
5 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida
6 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe
7 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ, all same time
8 Maximilian Schachmann (Ger) Quick-Step Floors,  11s
9 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team,  18s
10 Fabio Aru (Ita) UAE Team Emirates,  21s

Classificação Geral.

1 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  47:08:21
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  47s
3 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ,  1-04
4 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida, 1:18
5 Richard Carapaz (Ecu) Movistar Team,  1:56
6 George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo,  2:09
7 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team,  2:36
8 Pello Bilbao (Esp) Astana Pro Team,  2:54
9 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe,  2:55
10 Fabio Aru (Ita) UAE Team Emirates,  3:10

23 Chris Froome (GBr) Team Sky,  3:20

Giro d’Italia 2018 #10 Etapa Resultados.

Em um dia que muita coisa aconteceu onde Chavez não estava em um dia bom, depois do dia descanso e viu suas chances de teminar entre os top 3 geral irem por àgua abaixo quem brilhou

mesmo foi Matej Mohoric (Bahrein-Mérida) que venceu a 10ª etapa do Giro d’Italia ao derrotar o companheiro Nico Denz (Ag2r La Mondiale) em Gualdo Tadino.

A certa altura, o grupo de perseguição de Chaves, que também incluía Elia Viviani , chegou a 30 segundos do final do pelotão, mas como Team Sunweb, Team Sky, Groupama-FDJ e LottoNL-Jumbo continuaram a impor um ritmo forte a diferença foi novamente  a seis minutos, ponto em que Chaves desistiu da perseguição.

Após este drama inicial, os últimos 40km da corrida foram animados por um ataque de Matej Mohoric e Davide Villella (Astana), que foram acompanhados por Nico Denz após a descida da subida final.

Mohoric parecia forte o dia inteiro e continuou com seu ritmo forte para fazer Villella  sobrar, antes de derrotar Denz no sprint  final do dia.

Enquanto isso, Yates terminou em segurança no grupo, onde Sam Bennett (Bora-Hansgrohe) foi o terceiro, antes da longa espera por Chaves, que acabou cruzando a linha com um grupo com mais de 25 minutos de atraso caindo do segundo  para 39ª na geral.

Resultados.

1. Matej Mohoric (Slo) Bahrain-Merida,  6:04:52
2. Nico Denz (Ger) Ag2r La Mondiale,  st
3. Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe,  34s
4. Enrico Battaglin (Ita) LottoNL-Jumbo
5. Davide Ballerini (Ita) Androni Giocattoli-Sidermec
6. Mads Würtz Schmidt (Den) Katusha-Alpecin
7. Francesco Gavazzi (Ita) Androni Giocattoli-Sidermec
8. Jarlinson Pantano (Col) Trek-Segafredo
9. Gianluca Brambilla (Ita) Trek-Segafredo
10. José Gonçalves (Por) Katusha-Alpecin,  st
135. Esteban Chaves (Col) Mitchelton-Scott,  25:25

Classificação Geral.

1. Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  43:42:38
2. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  41s
3. Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ,  46s
4. Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida,  1:00
5. Richard Carapaz (Ecu) Movistar,  1:23
6. George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo,  1:36
7. Rohan Dennis (Aus) BMC Racing,  2:08
8. Pello Bilbao (Spa) Astana,  st
9. Michael Woods (Can) EF Education First-Drapac,  2:28
10. Chris Froome (GBr) Team Sky,  2:30
39. Esteban Chaves (Col) Mitchelton-Scott,  25:26

Giro d’Itália 2018 #9 Etapa Resultados.

Simon Yates (Mitchelton-Scott) venceu no topo do Gran Sasso d’Italia o final de uma brutal etapa de 225 km do Giro d’Italia 2018, para ampliar sua liderança na classificação geral.

Depois de presentear o Etna para o companheiro de equipe Esteban Chaves há alguns dias, Yates não estava disposto a abrir mão dessa vitória na montanha com  2.135 m no topo,  com 100 metros para a linha conseguiu  ultrapassar Thibaut Pinot (Groupama-FDJ) e Domenico Pozzovivo (Bahrein-Mérida) para ganhar a etapa e ainda por cima mais uma dobradinha para a equipe Mitchelton Scott Esteban Chavez foi o terceiro.

Esse resultado veio no final de um longo dia de trabalho da equipe de Mitchelton-Scott , antes da Astana assumir a responsabilidade pela busca da fuga o que foi efetivamente uma subida de 47 km.

O trabalho de Astana tinha como objetivo  Miguel Angel Lopez, que foi o primeiro a lançar um dos ataques vertiginosos nos dois últimos quilômetros, com Pinot, Pozzovivo e Giulo Ciccone (Bardiani CSF) entrando em ação.

No entanto, foi um grupo de seis ciclistas, liderado por Pozzovivo, que veio em direção à linha, e enquanto Pinot foi o primeiro a abrir o sprint,i Yates foi capaz de superar Pinot a poucos metros da linha e conseguir  a vitória na etapa.

Yates agora lidera a classificação geral por 32 segundos sobre Chaves, com Tom Dumoulin (Team Sunweb) caindo para a terceira posição a 38 segundos.

No entanto, não foi um dia tão bom para o compatriota de Yates, Chris Froome (Team Sky), que perdeu a roda do grupo graças ao  ritmo de Jack Haig (Mitchelton-Scott) a dois quilômetros do final, e acabou perdendo mais de um minuto com isso  caindo  fora top 10 na geral.

//players.brightcove.net/26996914001/default_default/index.html?videoId=5784256888001

Resultados.

1 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  5:54:13
2 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ,  st
3 Esteban Chaves (Col) Mitchelton-Scott,  st
4 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida,  4s
5 Richard Carapaz (Ecu) Movistar,  st
6 Davide Formolo (Ita) Bora-Hansgrohe,  10s
7 George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo,  12s
8 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  st
9 Miguel Angel Lopez (Col) Astana,  st
10 Giulio Ciccone (Ita) Bardiani CSF,  24s

Classificação Geral.

 

1. Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  37:37:15
2. Esteban Chaves (Col) Mitchelton-Scott,  32s
3. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  38s
4. Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ,  45s
5. Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida, 57s
6. Richard Carapaz (Ecu) Movistar,  1:20
7. George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo, 1:33
8. Rohan Dennis (Aus) BMC Racing,  2:05
9. Pello Bilbao (Spa) Astana,  st
10. Michael Woods (Can) EF Education First-Drapac,  2:25

Giro d’Itália 2018 #8 Etapa Resultados.

A oitava etapa Giro d’Itália 2018 com 209km teve chuva forte, ventos cruzados até o final no topo do Montevergine, em um grande final de semana com duas finais consecutivos no topo das montanhas Italianas.

Uma fuga ainda no início da prova e com o sol ainda mostrando sua cara 7 ciclistas sendo eles,

Tosh Van der Sande (Lotto-Soudal) Matteo Montaguti (Ag2r La Mondiale), Rodolfo Torres (Androni), Davide Villella (Astana), Matej Mohoric (Barém-Mérida), Jan Polanc (Emirados Árabes Unidos) e Koen Bouwman (LottoNL- Jumbo) que  após 50 km de corrida, estabeleceram uma diferença máxima de pouco mais de cinco minutos para o pelotão que era comboiado pela equipe Mitchelton Scott do lider Yates.

E essa diferença manteve-se durante grande parte do dia em direção à subida final, pairando em 4:40 quando começaram os 50 km finais, mas isso caiu para 3:50 aos 25 km enquanto o pelotão aumentava o ritmo  e o trabalho em conjunto  com as outras equipes, Sky, FDJ, Lotto Jumbo ao lado da Mitchellton Scott  começou a funcionar bem, apesar da diferença cair para 2:40  faltando apenas 5 km, e para 2:28 quando atingiu a subida final de Montevergine  com a chuva voltando  a cair fortemente, nem mesmo um pequeno incidente no meio do pelotão onde Froome foi obrigado a por pé no chão para não cair, fez estragos no ritmo.

Lá na frente a fuga ia dando sinais de cansaço e o último sobrevivente  Koen Bouwman (LottoNL- Jumbo) deixou seus companheiros de escapada e seguiu firme a linha de chegada, faltando pouco mais de 2 km para final parecia que ele ira levar a etapa, pois a equipe do atual lider não parecia querer ditar o ritmo mais forte.

  Koen Bouwman (LottoNL- Jumbo) ia se mantendo como podia na frente contando os metros para que a linha chegada aparecesse logo a sua frente, enquanto isso la trás o pelotão começava a dar as cartas e surgiram os primeiros ataques, quando eles passaram pela marca dos últimos 2 km eis que a  nova sensação da equipe Movistar o jovem Equatoriano  e lider da maglia Bianca,  Richard Carapaz (Movistar) solta seu ataque fulminante em busca da vitória, o ritmo imposto pelo jovem atleta era surpreendente foi passando um a um os últimos da frustada fuga que não vingou e a pouco mais de 1 km para final ele passou por Bouwman e parecia que ele estava parado, a linha de chegada estava crescendo aos olhos do Equatoriano, atrás os favoritos começaram a se deseperar e começou a seção de ataques em cima ataques.

Carapaz (Movistar) cruzou a linha de chegada com uma boa vantagem para o resto do pelotão e pode comemorar e muito a sua primeira vitória no Giro d’Itália batendo fortemente ao peito e dizendo ao mundo do ciclismo que a América do Sul é um grande celeiro de ciclistas.

Davide Formolo (Ita) Bora-Hansgrohe foi segundo, Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ  terceiro.

Simon Yates (Mitchelton-Scott) manteve a liderança depois de chegar em quinto na etapa, segurando um ataque tardio de Thibaut Pinot (Groupama-FDJ).

Não houve mudanças significativas no top 10 geral com todos os ciclistas terminando com segurança, e Pinot subindo para o quarto lugar a 41 segundos e Carapaz  para o oitavo lugar a 1:06 do lider.

Resultados.

1 Richard Carapaz (Ecu) Movistar Team, in 5:11:35
2 Davide Formolo (Ita) Bora-Hansgrohe,  7s
3 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ
4 Enrico Battaglin (Ita) LottoNL-Jumbo
5 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott
6 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida
7 Esteban Chaves (Col) Mitchelton-Scott
8 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe
9 Michael Woods (Can) EF Education First-Drapac
10 Pello Bilbao (Esp) Astana Pro Team,  st

Classificação Geral.

1 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  31:43:12
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  16s
3 Esteban Chaves (Col) Mitchelton-Scott,  26s
4 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ,  41s
5 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida,  45s
6 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team,  53s
7 Pello Bilbao (Esp) Astana Pro Team,  1:03
8 Richard Carapaz (Ecu) Movistar Team, 1:06
9 Chris Froome (GBr) Team Sky,  1:10
10 George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo,  1:11

Giro d’Itália 2018 #7 Etapa Resultados.

Sam Bennett (Bora-Hansgrohe) finalmente conseguiu vencer nesta 7ª etapa Giro d’Italia do 2018 batendo  Elia Viviani (Pisos Quick-Step)  e Niccolo Bonifazio (Ita) Bahrein-Mérida.

O irlandês  teve uma estratégia de esperar o italiano com a  maglia ciclamina lançar seu sprint, 

e logo depois saiu junto e colocou força máxima nos pedais desta vez e conseguindo bater pela primeira vez o lider dos pontos.

Niccolo Bonifazio (Bahrein-Mérida), que furou pouco antes dos quilómetros finais, conseguiu o terceiro lugar depois de voltar ao pelotão, enquanto Sacha Modolo (da EF Education First-Drapac) terminou em quarto.

Não houve mudanças significativas na classificação geral, com Simon Yates (Mitchelton-Scott) mantendo sua liderança na maglia rosa em um dia bastante calmo para os favoritos.

Depois da exaustiva corrida de quinta-feira no Monte Etna , o Giro retornou ao continente da Sicília com um percurso  de 159 km ao longo da costa do Tirreno, de Pizzo a Praia a Mare.

Apesar de um percurso que parecia destinado a um sprint final, uma fuga tentou ir embora após a  bandeirada  inicial, com Markel Irizar (Trek-Segafredo) e Davide Ballerini (Androni) e Tony Martin (Katusha-Alpecin) .

O pelotão não pareceu feliz em deixar o atual campeão mundial contra relógio escapar, com a Quick-Step Floors trazendo-os de volta, mas imediatamente permitindo que Irizar e Ballerini escapassem com o companheiro de equipe de Martin, Maxim Belkov.

Nos últimos 2 km, parecia que o vencedor de duas etapas, Elia Viviani, havia ficado mal colocado, mas encontrou o caminho de volta na frente do grupo quando o quilômetro final se aproximou.

Sacha Modolo foi o primeiro velocista a lançar seu sprint  no lado esquerdo da estrada com Viviani logo atrás.

O velocista do Quick-Step, em seguida, moveu-se para começar seu sprint e ir direto para a linha, mas não pôde fazer nada para impedir Sam Bennett que saiu de trás e passou reto pelo Itáliano.

Viviani, pareceu perder as forças antes da linha, mas Bennett foi capaz de manter a sua velocidade e ter a sua  primeira vitória no Grand Tour depois de várias tentativas.

O Giro retorna às subidas no sábado com um grande final de semana de batalha pela geral  os ciclistas  farão um percurso de 209 km da Praia a Mare até o cume de Montevergine.

Resultados.

1 Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe, in 3:45:27
2 Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors
3 Niccolo Bonifazio (Ita) Bahrain-Merida
4 Sacha Modolo (Ita) EF Education First-Drapac Cannondale
5 Danny van Poppel (Ned) LottoNL-Jumbo
6 Jakub Mareczko (Ita) Wilier Triestina-Selle Italia
7 Clement Venturini (Fra) Ag2r La Mondiale
8 Mads Pedersen (Den) Trek-Segafredo
9 Jurgen Roelandts (Bel) BMC Racing Team
10 Jens Debusschere (Bel) Lotto Soudal st

Classificação Geral.

1 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  16s
3 Esteban Chaves (Col) Mitchelton-Scott,  26s
4 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida,  43s
5 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ,  45s
6 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team,  53s
7 Pello Bilbao (Esp) Astana Pro Team,  1:03
8 Chris Froome (GBr) Team Sky,  1:10
9 George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo,  1:11
10 Fabio Aru (Ita) UAE Team Emirates,  1:12

Giro d’Itália 2018 #5 Etapa Resultados.

O ciclista italiano Enrico Battaglin (LottoNL-Jumbo) venceu a quinta etapa do Giro d’Italia, em um dia que foi caracterizado por uma fuga de quatro ciclistas que escaparam do pelotão nos primeiros quilômetros.

Estradas costeiras  significavam que este era um dia marcado como uma chance de fuga – e os quatro ciclistas estavam preparados para arriscar.

A etapa não era de modo algum plano, porém, o percurso era  cheio com subidas menores que se destacavam dos 60 km – os 2,8 km de Santa Margherita di Belice (4,3%), 9,2 km Partanna (3,7%) e 4,7 km Poggioreale Vecchia (5,4 por cento).

Os ataques começaram logo após a bandeirada de início, com Ryan Mullen (Trek-Segafredo) escapando do pelotão ao lado de Euger Zhupa (Wilier Trieste-Selle Italia) e Andrea Vendrame (Androni Giocattoli-Sidermec). Mullen instigou o movimento, e logo foi acompanhado por seu companheiro de equipe, Laurent Didier (Trek-Segafredo).

Não demorou muito para que o quarteto tivesse construído uma vantagem de dois minutos, em seguida, mais de quatro minutos  com 137 km de prova.

Chegando ao  último 1km, o ciclista italiano Diego Ulissi (Emirados Árabes Unidos Team Emirates) lançou um ataque, mas não conseguiu progresso. Ele foi rapidamente capturado por Giovanni Visconti (Bahrein-Merida), mas Enrico Battaglin (LottoNL-Jumbo) estava colado em sua roda – e com isso teve só o trabalho de colocar de lado e passar e ainda abriu uma certa vantagem que permitiu comemorar com as mãos ao alto.

Atrás, seguiu-se a batalha pelo segundo lugar, com Visconti segundo e José Gonçalves (Katusha-Alpecin) em terceiro.


Resultados

1 Enrico Battaglin (Ita) LottoNL-Jumbo 4-06-33
2 Giovanni Visconti (Ita) Bahrain-Merida
3 José Gonçalves (Por) Katusha-Alpecin
4 Maximilian Schachmann (Ger) Quick-Step Floors
5 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott
6 Tim Wellens (Bel) Lotto Soudal
7 Francesco Gavazzi (Ita) Androni Giocattoli-Sidermec
8 Maurits Lammertink (Ned) Katusha-Alpecin
9 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida
10 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe, at same time

Classificação Geral.

1 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team 18:29:41
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb 1s
3 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott 17s
4 Tim Wellens (Bel) Lotto Fix All 19s
5 Pello Bilbao (Spa) Astana Pro Team 25s
6 Maximilian Schachmann (Ger) Quick-Step Floors 28s
7 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida,  st
8 José Gonçalves (Por) Katusha-Alpecin  32s
9 Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ 34s
10 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe 35s

Giro d’Itália 2018 #4 Etapa Resultados.

Tim Wellens (Lotto-Fix All) venceu na subida final da quarta etapa do Giro d’Italia , deixando Michael Woods (EF Education First-Drapac) em segundo em Caltagirone.

Wellens foi um dos poucos ciclistas  que parecia estar bem  na subida final  no último quilómetro, mas aguentou bem o seu tempo e foi frio quando o pelotão quase o pegou faltando  400 metros para a linha.

Enrico Battaglin (LottoNL-Jumbo) fez um enorme esforço para ficar na frente a 300 metros do final, mas rapidamente desvaneceu-se quando Wellens conseguiu acelerar nos 200 metros finais e deixar  Woods em segundo.

Apesar do final em subida  e de alguns acidentes nos últimos 10 km, não houve nenhuma mudança no topo da classificação geral, com Rohan Dennis (BMC Racing) segurando a camisa rosa.

No entanto, houve mais tempo perdido para Chris Froome (Team Sky), que perdeu 23 segundos para Wellens na linha e agora se encontra a quase um minuto do lider da Geral.

 

Resultados.

1. Tim Wellens (Bel) Lotto-Fix All, in 5-17-34
2. Michael Woods (Can) EF Education First-Drapac
3. Enrico Battaglin (Ita) LottoNL-Jumbo
4. Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott
5. Davide Formolo (Ita) Bora-Hansgrohe, all at same time
6. Roman Kreuziger (Cze) Mitchelton-Scott, at 4 secs
7. Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe
8. Luis León Sanchez (Esp) Astana
9. Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida
10. Esteban Chaves (Col) Mitchelton-Scott, all at same time

Classificação Geral.

1. Rohan Dennis (Aus) BMC Racing, in 14-23-08
2. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb, at 1 secs
3. Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott, at 17 secs
4. Tim Wellens (Bel) Lotto Fix All, at 19 secs
5. Pello Bilbao (Esp) Astana, at 25 secs
6. Maximilian Schachmann (Ger) Quick-Step Floors, at 28 secs
7. Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida, at same time
8. Thibaut Pinot (Fra) Groupama-FDJ, at 34 secs
9. Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe, at 35 secs
10. Carlos Betancur (Col) Movistar, at same time

Giro d’Itália 2018 #2 Etapa Resultados.

Elia Viviani (Quick-Step Floors) venceu a segunda etapa do Giro d’Italia 2018 , derrotando Jakub Mareczko (Wilier Triestina) e San Bennett (Bora) na linha.

A velocidade de Viviani nos 50 metros finais não poderia ser igualada por ninguém, já que ele aproveitou seu compatriota Mareczko, que havia lançado seu sprint primeiro no lado esquerdo da estrada em direção ao final em Tel Aviv.

Mareczko tinha vindo de longe no grupo com um bom giro de velocidade, e foi capaz de segurar o segundo lugar à frente de Sam Bennett (Bora-Hansgrohe), que reagiu tarde demais para o sprint à sua frente.

Rohan Dennis (BMC) assumiu a liderança de Tom Dumoulin (Sunweb), ganhando três segundos de bônus no segundo sprint intermediário do dia para superar o déficit de dois segundos entre eles após o contra-relógio .

Não houve diferenças de tempo significativas entre os principais candidatos a Geral, com Chris Froome (Team Sky) e Dumoulin e Dennis chegando em segurança.

A terceira etapa de domingo terá outra oportunidade para os velocistas em Israel antes da corrida voltar para a Itália, com 229 km entre as cidades de, Be’er Sheva para Eilat.

Resultados.

1 Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors,  03:51:20
2 Jakub Mareczko (Ita) Wilier Triestina-Selle Italia
3 Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe
4 Niccolo Bonifazio (Ita) Bahrain-Merida
5 Sacha Modolo (Ita) EF Education First-Drapac
6 Clement Venturini (Fra) AG2R La Mondiale
7 Ryan Gibbons (RSA) Dimension Data
8 Manuel Belletti (Ita) Androni Giocattoli-Sidermec
9 Baptiste Planckaert (Bel) Katusha-Alpecin
10 Jean-Pierre Drucker (Lux) BMC Racing Team,  st

Classificação Geral.

1 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team,  04:03:21
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  1s
3 Victor Campenaerts (Bel) Lotto Soudal,  3s
4 José Gonçalves (Por) Katusha-Alpecin,  13s
5 Alex Dowsett (GBr) Katusha-Alpecin,  17s
6 Pello Bilbao (Spa) Astana Pro Team,  19s
7 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  21s
8 Maximilian Schachmann (Ger) Quick-Step Floors,  22s
9 Tony Martin (Ger) Katusha-Alpecin,  28s
10 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida, st

Giro d’Itália 2018 #1 Etapa Resultados.

 

Tom Dumoulin (Sunweb) venceu o contra relógio de abertuda do Giro d’Italia de 2018 em Jerusalém, derrotando Rohan Dennis (BMC) .

Dennis estabeleceu uma marca inicial de 12:04 no percurso de 9,7 km, e isso durou boa parte da prova até que o último ciclista, Dumoulin, saísse para sua prova e o superou em dois segundos.

O atual campeão Dumoulin agora leva a liderança geral para a segunda etapa, com uma diferença significativa de tempo em muitos de seus rivais como um todo.

Chris Froome (Team Sky) fez em um tempo relativamente decepcionante, terminando 37 segundos abaixo em Dumoulin e agora está na 21º colocação na geral. Seu compatriota Simon Yates(Mitchelton-Scott)  terminou em sétimo lugar a 20 segundos.

Miguel Ángel López (Astana) foi o maior perdedor entre os candidatos a geral, terminando a 57 segundos, com Fabio Aru (Emirados Árabes Unidos Emirates), o favorito em casa, terminando a 50 segundos.

O primeiro Grande Tour a começar fora da Europa teve condições quentes e ensolaradas no Oriente Médio, com muitos ciclistas usando coletes de gelo em seus aquecimentos para o contra relógio de abertura em Jerusalém, Israel.

Com os pilotos aproveitando a chance de reconhecer o percurso antes do início da corrida, houve vários acidentes, com Miguel Ángel López (Astana) e Chris Froome (Team Sky) sofrendo pequenas lesões nas quedas , enquanto Kanstantsin Siutsou, da Bahrain-Merida, foi encaminhado para o hospital com vértebras fraturadas devido a um acidente.

Resultados.

1 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  12:02
2 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team,  2s
3 Victor Campenaerts (Bel) Lotto Soudal,  st
4 José Gonçalves (Por) Katusha-Alpecin,  12s
5 Alex Dowsett (GBr) Katusha-Alpecin,  16s
6 Pello Bilbao (Esp) Astana Pro Team,    18s
7 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott,    20s
8 Maximilian Schachmann (Ger) Quick-Step Floors,  21s
9 Tony Martin (Ger) Katusha-Alpecin,  27s
10 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida,  27s

Classificação Geral.

1 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  12:02
2 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team,  2s
3 Victor Campenaerts (Bel) Lotto Soudal,  st
4 José Gonçalves (Por) Katusha-Alpecin,  12s
5 Alex Dowsett (GBr) Katusha-Alpecin,   16s
6 Pello Bilbao (Esp) Astana Pro Team,     18s
7 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott,     20s
8 Maximilian Schachmann (Ger) Quick-Step Floors,  21s
9 Tony Martin (Ger) Katusha-Alpecin,  27s
10 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida,  27s

Miguel Angel Lopez aumentou o recorde de vitórias para Astana no Tour dos Alpes depois de ultrapassar os melhores escaladores da corrida no topo da segunda etapaa.

No entanto, o Astana perdeu a liderança geral, para o melhor jovem ciclista Ivan Sosa após o líder Pello Bilbao ter sido deixado para trás na subida final quando Sosa ficou em terceiro na etapa.

A subida de 8km do Pampeago não se prestou a ataques com os seus declives acentuados, mas o ritmo estabelecido pela Sky na frente foi suficiente para ver Fabio Aru (Emirados Árabes Unidos Team Emirates) e George Bennett (LottoNL-Jumbo) serem deixados para trás junto com o líder da corrida.

O britânico Chris Froome (Team Sky) esteve bem  no grupo da frente depois de atacar no flamme rouge, mas só conseguiu terminar em quarto atrás de Ivan (Androni) Sosa em terceiro.

 

 

Resultados.

1 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team, in 3:56:30
2 Thibaut Pinot (Fra) FDJ
3 Ivan Sosa (Col) Androni Giocattoli-Sidermec
4 Chris Froome (GBr) Team Sky
5 Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida
6 Giulio Ciccone (Ita) Bardiani CSF
7 Jan Hirt (Cze) Astana Pro Team
8 Ben O’Connor (Aus) Dimension Data
9 Ben Hermans (Bel) Israel Cycling Academy
10 Fabio Aru (Ita) UAE Team Emirates

Classificação Geral.

1 Ivan Sosa (Col) Androni Giocattoli-Sidermec
2 Thibaut Pinot (Fra) FDJ,  6s
3 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team,  6s

Amstel Gold Race 2018.

 

Michael Valgren (Astana) conquistou a maior vitória de sua carreira na  Amstel Gold Race 2018, derrotando Roman Kreuziger (Mitchelton-Scott) no sprint.

Valgren, que terminou em segundo lugar na Amstel Gold Race de 2016, fez a fuga da corrida com pouco mais de 2 km, quebrando um grupo seleto de oito ciclistas, incluindo Alejandro Valverde (Movistar), Peter Sagan (Bora -Hansgrohe), Julian Alaphilippe (Quick-Step), Tim Wellens (Lotto-Soudal) e seu companheiro de equipe Jakob Fuglsang.

Kreuziger foi o primeiro a saltar para se juntar a ele, enquanto o bicampeão da Amstel, Enrico Gasparotto (Barém-Mérida) atrasou sei ataque de perseguição nos 1500 metros finais.

Kreuziger e Valgren entraram nos 800m finais com uma diferença significativa para o grupo e prepararam-se para lutar em um sprint com Gasparotto logo atrás.

O vencedor de 2013, Kreuziger, nunca pareceu confiante em enfrentar o dinamarquês, deixando-o à deriva nas últimas centenas de metros.

Valgren foi então capaz de lançar o seu sprint com o seu rival checo incapaz de responder, permitindo que o atleta da  astana celebrasse a vitória. É a segunda grande vitória em  clássica de Valgren na temporada, depois de vencer o Omloop Het Nieuwsblad em fevereiro.

Resultados.

1 Michael Valgren (Den) Astana Pro Team,  6:40:07
2 Roman Kreuziger (Cze) Mitchelton-Scott, st
3 Enrico Gasparotto (Ita) Bahrain-Merida,  2s
4 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe,  19s
5 Alejandro Valverde (Esp) Movistar Team
6 Tim Wellens (Bel) Lotto Soudal
7 Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors, all same time
8 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team,  23s
9 Lawson Craddock (USA) EF Education First-Drapac,  30s
10 Jelle Vanendert (Bel) Lotto Soudal,  36s

GP Beiras e Serra Estrela 2018 #2 Etapa

Hoje aconteceu a 2ª etapa da corrida Portuguesa  III GP Beiras e Serra da Estrela com 193.9 km e uma altimetria de aproximadamente 3125 metros sendo os últimos 2.5 km com um final em subida que iria dizimar o pelotão.

Nossa representante o Brasileiro Nicolas Sessler (Burgos BH) foi o protagonista da fuga do dia, saindo ao ataque com mais um atleta, os dois foram se distânciando do pelotão nas duras estradas Portuguesas e com isso Nicolas foi pegando os pontos das metas de montanha, mas faltando 25 km para o final a dupla foi alcançada pelo pelotão, e no  final com 2.5 km a chegada seria no final da última montanha.


O Português Cesar Fonte (W52 FC Porto ) foi o vencedor da etapa decidido no sprint por um pequeno grupetos o segundo foi Henrique Casimiro (Efapel) e o terceiro o Colombiano Sérgio Higuita (Manzana Postobom).


Nicolas Sessler (Burgos BH) chegou na 60ª a 7m:35s do vencedor e na classificação de Montanha esta na 4ª posição com 17 pontos somente 6 pontos do terceiro colocado o Espanhol Xuban Errazkin.


Resultados 2ª Etapa.

Classificação Montanha.

 

Volta Ao Pais Basco 2018 #5 Etapa Resultados.

 

Landa levando pelote na subida da volta ao PAis Basco 2018.

Primož Roglič (LottoNL-Jumbo) ampliou sua liderança na classificação geral da volta ao País Basco, com Omar Fraile (Astana) vencendo a quinta etapa.

Roglič teve que enfrentar vários ataques de Mikel Landa (Movistar) quando o time espanhol assumiu o controle na primeira das duas montanha, o ritmo da Movistar causou o caos nas costas do grupo antes de Mikel Landa lançar um ataque que colocou um grande número de ciclistas em apuros,  Ion Izagirre (Bahrain-Merida), Primož Roglič (Slo) LottoNL-Jumbo foram capazes  seguir na subida final.

Essas acelerações não só deixaram de lado as intenções  de Julian Alaphilippe (Quick-Step Floors), que acabaram perdendo mais de dois minutos, mas também foi o início da fuga, incluindo Fraile, que sem esforço cruzou  a linha chegada.

Fraile finalmente atingiu a frente na curva final e  ganhou a etapa, enquanto Roglič terminou em segundo para ganhar o bônus de tempo e ampliar sua liderança na classificação geral com apenas uma etapa restante.

 

 

Resultados.

1. Omar Fraile (Esp) Astana  3:53:59
2. Primož Roglič (Slo) LottoNL-Jumbo,
3. Ion Izagirre (Esp) Bahrain-Merida
4. Carlos Verona (Esp) Mitchelton-Scott
5. Jose Herrada (Esp) Cofidis
6. Mikel Landa (Esp) Movistar, st
7. Mark Padun (Ukr) Bahrain-Merida,  15s
8. Pello Bilbao (Esp) Astana,  1:27
9. Rui Costa (Por) UAE Team Emirates
10. Jai Hindley (Aus) Team Sunweb, st

 

Classificação Geral.

1. Primož Roglič (Slo) LottoNL-Jumbo,  17:35:19
2. Ion Izagirre (Esp) Bahrain-Merida,  2:13
3. Mikel Landa (Esp) Movistar,  2:17
4. Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors,  2:55
5. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo,  3:06
6. Emanuel Buchmann (Ger) Bora-Hansgrohe,  3:21
7. Pello Bilbao (Esp) Astana,  3:30
8. Nairo Quintana (Col) Movistar,  3:41
9. David De La Cruz (Esp) Team Sky, 3:49
10. Rigoberto Uran (Col) EF Education First-Drapac,  3:57

Volta Ao País Basco 2018 Resultados 4ª Etapa.

O esloveno Primož Roglič vence a quarta etapa e leva a liderança do Tour do País Basco que era de  Julian Alaphilippe.

Primož Roglič ( LottoNL-Jumbo ) venceu a quarta etapa  contra-relógio volta ao País Basco 2018, na Espanha, nesta quinta-feira.

A vitória fez com que o esloveno assumisse a liderança na classificação geral que pertência ao francês Julian Alaphilippe (Pisos Quick-Step), que detinha a camisa amarela depois de vencer as duas etapas iniciais . Roglič começou o dia em segundo lugar, oito segundos atrás de Alaphilippe na geral.

Atendendo às expectativas prévias, Roglič teve um desempenho forte no  contra-relógio, que totalizou 19,4 quilômetros começando e terminando em Lodosa. Roglič também venceu a etapa de contra-relógio da corrida no ano passado.

O neozelandês Patrick Bevin (BMC Racing) ficou em segundo lugar, depois de definir um tempo rápido que apenas Roglič poderia melhorar.

O ex-campeão mundial time trial Vasil Kiryienka ( Team Sky ) ficou em terceiro lugar atrás de Roglič  11 segundos. 

Kiryienka foi o primeiro de quatro ciclistas da Sky no top 10 da etapa, com Jonathan Castroviejo, Michal Kwiatkowski e David de la Cruz terminando em quarto, quinto e sétimo na geral.


Resultados.

1. Primož Roglič (Slo) LottoNL-Jumbo,  22:26
2. Patrick Bevin (NZl) BMC Racing,  9s
3. Vasil Kiryienka (Blr) Team Sky,  11s
4. Jonathan Castroviejo (Esp) Team Sky,  14s
5. Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky,  20s
6. Michael Matthews (Aus) Team Sunweb, 36s
7. David de la Cruz (Esp) Team Sky,  37s
8. Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors,  42s
9. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo,  43s
10. Damiano Caruso (Ita) BMC Racing,    43s

Classificação Geral.

1. Primož Roglič (Slo) LottoNL-Jumbo, in 22-26
2. Patrick Bevin (NZl) BMC Racing, at 9 secs
3. Vasil Kiryienka (Blr) Team Sky, at 11 secs
4. Jonathan Castroviejo (Esp) Team Sky, at 14 secs
5. Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky, at 20 secs
6. Michael Matthews (Aus) Team Sunweb, at 36 secs
7. David de la Cruz (Esp) Team Sky, at 37 secs
8. Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors, at 42 secs
9. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo, at 43 secs
10. Damiano Caruso (Ita) BMC Racing, at 43 secs

Volta Aoo Pais Basco 2018 Resultados 3ª Etapa.

Alaphilippe Foto de arquivo.

 

Jay McCarthy ( Bora-Hansgrohe ) venceu no sprint a terceira etapa da Volta ao País Basco 2018, quando Julian Alaphilippe ( Quick-Step Floors ) segurou com segurança a camisa amarela de líder da corrida.

O australiano McCarthy venceu em Valdegovía depois de um dia montanhoso, para conquistar sua segunda vitória na temporada do WorldTour depois de vencer a Cadel Evans Great Ocean Road Race em janeiro.

Aleksandr Riabushenko (Emirados Árabes Unidos Team) ficou em segundo lugar com Michal Kwiatkowski (Team Sky) em terceiro.

Alaphilippe ficou em sexto lugar,  o francês ainda tem oito segundos à frente de Primož Roglič (LottoNL-Jumbo) na geral, com Gorka Izagirre (Bahrein-Merida) em terceiro com 39 segundos.

McCarthy abriu seu sprint cedo no lado direito da estrada e conseguiu manter seu impulso através da linha. Apesar de seu esforço em atacar mais cedo no estágio, Kwiatkowski teve energia suficiente para ficar em terceiro.

O Tour de 2018 do País Basco continua nesta quinta-feira com a quarta etapa, uma etapa significativa de um contra-relógio individual em torno de Lodosa, totalizando 19,4 km.

A corrida termina sábado, 7 de abril.


Resultados.


1. Jay McCarthy (Aus) Bora-Hansgrohe,  4:49:39
2. Aleksandr Riabushenko (Blr) UAE Team Emirates
3. Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky
4. Michael Albasini (Sui) Mitchelton-Scott
5. Enrique Sanz (Esp) Euskadi-Murias
6. Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors
7. Michael Matthews (Aus) Team Sunweb
8. Jesus Ezquerra (Esp) Burgos-BH
9. Pello Bilbao (Esp) Astana
10. Enrico Battaglin (Ita) LottoNL-Jumbo, st


Classificação Geral.


1. Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors,  13:18:52
2. Primož Roglič (Slo) LottoNL-Jumbo,  8s
3. Gorka Izagirre (Esp) Bahrain-Merida,  39s
4. Mikel Landa (Esp) Movistar,  43s
5. Pello Bilbao (Esp) Astana,  54s
6. Rudy Molard (Fra) Groupama-FDJ, 58s
7. Emanuel Buchmann (Ger) Bora-Hansgrohe, 58s
8. Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale,  58s
9. Enric Mas (Esp) Quick-Step Floors,  58s
10. Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe, 58s

Volta Ao Pais Basco 2018 Resultados 2ª Etapa.

Julian Alaphilippe ( Quick-Step Floors ) está apresentando uma performance forte  no tour País Basco 2018,  vencendo a segunda etapa da prova nesta terça-feira, depois de também ter ganho a primeira .

O francês atacou na escalada final da etapa,  com apenas Mikel Landa (Movistar), Primož Roglič (LottoNL-Jumbo) e Gorka Izagirre (Bahrein-Mérida) em condições de seguir.

Em uma cópia do dia anterior, Alaphilippe novamente chegou  na frente de Roglič. Izagirre chegou em terceiro.

É a terceira vitória do ano de Alaphilippe, e a impressionante 23ª vitória para a equipe  Quick-Step Floors após apenas três meses de corrida.

Alaphilippe agora desfruta de uma vantagem de oito segundos sobre Roglič na geral graças aos seus bônus de tempo, com Izagirre em terceiro  39 segundos. Landa está em quarto  43 segundos.


Resultados.

1. Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors,  4:11:47
2. Primož Roglič (Slo) LottoNL-Jumbo
3. Gorka Izagirre (Esp) Bahrain-Merida
4. Mikel Landa (Esp) Movistar,  st
5. Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe,  15s
6. Eduard Prades (Esp) Euskadi-Murias
7. Pello Bilbao (Esp) Astana
8. Rudy Molard (Fra) Groupama-FDJ
9. Enric Mas (Esp) Quick-Step Floors
10. Ion Izagirre (Esp) Bahrain-Merida,  st

Classificação Geral.

1. Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors, 8:29:13
2. Primož Roglič (Slo) LottoNL-Jumbo,  8s
3. Gorka Izagirre (Esp) Bahrain-Merida, 39s
4. Mikel Landa (Esp) Movistar,  43s
5. Pello Bilbao (Esp) Astana,  54s
6. Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe, 58s
7. Enric Mas (Esp) Quick-Step Floors,  58s
8. Emanuel Buchmann (Ger) Bora-Hansgrohe,  58s
9. Rudy Molard (Fra) Groupama-FDJ,  58s
10. Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale,  58s

 

Tour Flandres 2018  Versão Feminina.

A campeã olímpica Anna van der Breggen provou mais uma vez sua superioridade absoluta ao vencer o Tour de Flandres neste último domingo.

Como fez no Stade Bianche no início deste ano , a holandesa de 27 anos atacou  para vencer sozinha.

O sucesso também prova que sua equipe Boels-Dolman ainda é de longe a melhor no pelotão feminino, colocando quatro ciclistas entre as dez primeiras depois de uma performance absolutamente dominante.

Van der Breggen, que venceu a classificação individual Feminina WorldTour na temporada passada, escapou faltando  27km  para final da prova, ultrapassando um grupo de  12 atletas que se formaram no topo do Kruisberg, a nona das 11 subidas do dia .

Com duas companheiras de equipe entre as perseguidoras, a cooperação estava em falta e ela foi seguida pela companheira  equipe,  Amy Pieters, com Annemiek van Vleuten (Mitchelton-Scott) em terceiro, com isso fazendo uma dobradinha holandesa na prova.

Resultados.

1. Anna van der Breggen (Ned) Boels-Dolmans  4:08:46
2. Amy Pieters (Ned) Boels-Dolmans,  01:08
3. Annemiek van Vleuten (Ned) Mitchelton-Scott
4. Ashleigh Moolman-Pasio (RSA) Cervélo-Bigla
5. Chantal Blaak (Ned) Boels-Dolmans
6. Malgorzata Jasinska (Pol) Movistar Women’s Team
7. Ellen van Dijk (Ned) Sunweb
8. Lisa Brennauer (Ger) Wiggle-High5
9. Kasia Niewiadoma (Pol) Canyon-SRAM, st
10. Megan Guarnier (USA) Boels-Dolmans,  01:11

Volta Ao Pais Basco 2018, #1 Etapa.

 

Julian Alaphilippe (Quick-Step) venceu a etapa de abertura da Vuelta ao País Basco 2018 no sprint  à frente de Primoz Roglic (LottoNL-Jumbo) onde os dois estavam com uma boa diferença para os demais.

Alaphilippe começou o sprint  cedo, mas conseguiu manter-se na frente e vencer, com isso continuou  a atual onda boa que a equipe Quick-Step Floors está tendo nesse começo da temporada.

 Pello Bilbao (Astana) foi terceiro lugar em um grupo formado por uma dezena de ciclistas, à frente do companheiro de equipe de Alaphilippe, Eric Mas, em quarto, e Gorka Izagirre (Bahrein-Mérida) em quinto.

Alaphilippe e Roglic tinham escapado do resto do pelotão na extremamente íngreme parte do Elkano Gaina, chegando ao topo com uma vantagem de cerca de 25 segundos sobre um grupo de perseguição.

O grupo de cinco homens perseguidos foi apanhado antes da finalização por outros sete ciclistas, incluindo grandes nomes como Romain Bardet (Ag2r-La Mondiale), Mikel Landa (Movistar) e Rigoberto Uran (EF Education First), que juntos alcançaram a meta. 23 segundos atrás do vencedor Alaphilippe.

O Tour do País Basco continuará amanhã com mais um dia cheio de escaladas, o que provavelmente produzirá outra batalha competitiva na corrida pela geral.

Resultados Vuelta  Pais Vasco 2018, 1ª etapa: Zarautz – Zarautz (162.1km)

1 Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors, in 4:17:46
2 Primoz Roglic (Slo) LottoNL-Jumbo
3 Pello Bilbao (Esp) Astana Pro Team, at 23s
4 Enric Mas (Esp) Quick-Step Floors
5 Gorka Izagirre (Esp) Bahrain-Merida
6 Emanuel Buchmann (Ger) Bora-Hansgrohe
7 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe
8 Jelle Vanendert (Bel) Lotto Soudal
9 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale
10 Nairo Quintana (Col) Movistar Team, all same time

Classificação Geral

1 Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors, in 4-17-36
2 Primoz Roglic (Slo) LottoNL-Jumbo,t 4s
3 Pello Bilbao (Esp) Astana Pro Team,  32s
4 Enric Mas (Esp) Quick-Step Floors,  33s
5 Gorka Izagirre (Esp) Bahrain-Merida
6 Emanuel Buchmann (Ger) Bora-Hansgrohe
7 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe
8 Jelle Vanendert (Bel) Lotto Soudal
9 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale
10 Nairo Quintana (Col) Movistar Team, st

 

wars Door Vlaanderen 2018, Lampaert Vence.

Yves Lampaert (Quick-Step Floors) defendeu a sua  coroa da Dwars Door Vlaanderen ao vencer a  edição 2018 chuvosa e com muito  vento nos paralelepípedos.

Lampaert fazia parte de um grupo de cinco atletas que se destacou por meio de um ataque da Sep Vanmarcke (EF Education First-Drapac) na seção de paralelepípedos da Varentstraat, com 25 km para o final, com Greg Van Avermaet. (BMC Racing) e Tiesj Benoot (Lotto). -Soudal) tendo ficado fora deste pequeno grupeto.

Formado por Lampaert, Vanmarcke, Edvald Boasson Hagen (Dimension Data), Mads Pedersen (Trek-Segafredo), e Mike Teunissen (Team Sunweb), o grupo da frente trabalhou bem juntos no final de Waregem, com os ataques apenas começando na final. cinco quilômetros.

Todos os cinco ciclistas do grupo entraram em acelerações no final, mas no final foi um lapso na concentração que permitiu a Lampert simplesmente sair na frente com 800m para final.

O atleta da Quick-Step Floors deve ter ficado um pouco surpreso quando ele olhou para trás e encontrou uma diferença de 20m, mas não mostrou hesitação quando colocou o seu passo Belga nos pedais para se  segurar na frente e levar a vitória.

Resultados.

Dwars Door Vlaanderen 2018: Roeselare to Waregem, 180km

1. Yves Lampaert (Bel) Quick-Step Floors,  4:09:40
2. Mike Teunissen (Ned) Team Sunweb,  2 secs
3. Sep Vanmarcke (Bel) EF Education First-Drapac
4. Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data
5. Mads Pedersen (Den) Trek-Segafredo,  st
6. Zdenek Stybar (Cze) Quick-Step Floors, 29s
7. Tiesj Benoot (Bel) Lotto Soudal,  30s
8. Greg Van Avermaet (Bel) BMC Racing,  59s
9. Niki Terpstra (Ned) Quick-Step Floors, st
10. Jasper Stuyven (Bel) Trek-Segafredo,  st

Paraciclismo Rio 2018, Chaman É Ouro.

Lauro Chaman levantou neste domingo (25) a torcida presente no último dia do Mundial de Paraciclismo de Pista Rio 2018. No Velódromo do Parque Olímpico, ele sagrou-se campeão mundial de scratch C4-5, em chegada emocionante. Foi a primeira medalha do país nesta edição do evento, que dá o pontapé na disputa pelas vagas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, no Japão, em 2020.

Paulista de Araraquara, Lauro Chaman ficou com a primeira colocação ao superar o australiano Alistair Donohoe apenas no photofinish. Em terceiro lugar, ficou o holandês Daniel Gebru, que havia superado e deixado o brasileiro com a prata na prova de estrada dos Jogos Paralímpicos do Rio 2016. A conquista teve um sabor ainda mais especial para Lauro, que emocionou-se ao falar de sua família, presente na arquibancada do Velódromo do Parque Olímpico.

 

“Eu estou muito feliz, pois a minha família veio me assistir e está aqui no Velódromo. Confesso que sonhei com este momento de ganhar uma medalha com o meu filho na arquibancada. Eu sabia que a prova que eu teria mais chance seria o Scratch, por ser uma prova mais longa. Conseguimos fazer uma boa corrida e agradeço principalmente ao meu companheiro de equipe Soelito Gohr, que me auxiliou na estratégia traçada pelos meus treinadores. A energia era muito, muito positiva aqui hoje. Minha maior vitória é essa, ter ganhado na frente da minha família. Eu já me sentia realizado depois do Rio 2016, mas agora acho que a realização chega ao máximo”, disse o ciclista de 31 anos.

Lauro adiciona esta à extensa galeria de conquistas de sua carreira. Nos Jogos Paralímpicos do Rio 2016, além da medalha de prata na prova de estrada, foi bronze no contrarrelógio da classe C5. O principal ano da sua carreira, no entanto, aconteceu em 2017. No Mundial de Pista de Los Angeles (EUA), subiu três vezes ao pódio: prata na perseguição individual e bronze tanto no contrarrelógio de 1km e no scratch 15km. Meses mais tarde, foi campeão mundial de estrada e bronze no contrarrelógio em Pietermanitzburg, na África do Sul.

“Temos o melhor velódromo do mundo neste momento. Tenho de agradecer ao Ministério do Esporte, a todos os entes envolvidos na manutenção deste espaço, aos meus patrocinadores e que, por eles, consigo viver somente do esporte. Essa energia de hoje só me motiva cada vez mais. Rumo a Tóquio agora, porque o meu foco é agora conseguir uma medalha de ouro em Jogos Paralímpicos, que é o que me falta”, completou.

Na outra decisão por medalha da primeira sessão do dia, outra medalha de ouro sul-americana. O colombiano Alejandro Perea Arango ficou com o título do scratch 15km, classes C1-3, e deixou o australiano Darren Hicks com a segunda posição e o canadense Tristen Chernove em terceiro.

O Mundial de Paraciclismo de Pista Rio 2018 chega ao fim neste domingo (25) à noite, com as brigas por medalha nas provas de sprint B, para deficientes visuais, e sprint por equipes das classes C1-5.

A competição é uma realização da CBC, com suporte da Agência de Legado Olímpico (AGLO), do Ministério do Esporte e do Comitê Paralímpico Brasileiro.

Assessoria de Comunicação – CBC

 

Adriático 2018 Etapa Final.

Michal Kwiatkowski (Team Sky) assumiu a vitória geral no Tirreno-Adriatico  2018 após a etapa final de contra relógio da corrida italiana nesta terça-feira.

É a segunda vitória geral Kiwiatkowski esse ano  ele também venceu a Volta ao Algarve em fevereiro.

Kwiatkowski terminou a Tirreno  24 segundos à frente do  segundo lugar, Damiano Caruso (BMC), com  Geraint Thomas (Team Sky) garantindo uma posição no pódio em terceiro.

Thomas ficará se perguntando o que poderia ter acontecido, depois de um mecânico mal programado o fez  perder tempo enquanto liderava na  quarta etapa. No entanto, a vitória ficou dentro da equipe  Sky o que amenizou os problemas.

Adam Yates (Mitchelton-Scott) colocou a experiência para subir do sexto para o quinto lugar na geral, com o recente vencedor da Strade Bianche, Tiesj Benoot (Lotto-Soudal), saltando do oitavo ao quarto lugar.

Rohan Dennis (BMC) venceu etapa final  um contra relógio de 10 km em torno de San Benedetto Del Tronto com um tempo de 11 minutos e 14 segundos. 

O australiano ficou a quatro segundos a frente José van Emden (LottoNL-Jumbo) e oito segundos  do espanhol, Jonathan Castroviejo (Team Sky).


Resultados.

1. Rohan Dennis (Aus) BMC Racing, 11:14
2. Jos van Emden (Ned) LottoNL-Jumbo,  4s
3. Jonathan Castroviejo (Esp ) Team Sky, 8s
4. Mads Pedersen (Den) Trek-Segafredo,  8s
5. Gianni Moscon (Ita) Team Sky,  12s
6. Michael Hepburn (Aus) Mitchelton-Scott, 13s
7. Jack Bauer (NZl) Mitchelton-Scott,  13s
8. Luke Durbridge (Aus) Mitchelton-Scott, 17s
9. Primoz Roglic (Slo) LottoNL-Jumbo,  18s
10. Vasil Kiryienka (Blr) Team Sky,  18s

Classificação Geral.

1. Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky, 25:32:56
2. Damiano Caruso (Ita) BMC Racing,  24s
3. Geraint Thomas (GBr) Team Sky,     32s
4. Tiesj Benoot ( Bel) Lotto-Soudal,  1:06
5. Adam Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  1:10
6. Mikel Landa (Esp) Movistar,  1:13
7. Davide Formolo (Ita) Bora-Hansgrohe,  1:15
8. Jaime Roson (Esp) Movistar, st
9. George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo,1:16
10. Rigoberto Uran (Col) EF Educação First-Drapac,  1:22

 

Adam Yates (Mitchelton-Scott) venceu a quinta etapa  do Tirreno-Adriatico com um poderoso ataque solo na escalada final do dia.
Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) liderou um grupo  que terminou sete segundos atrás, que incluiu o líder Damiano Caruso (BMC).
 No entanto, os segundos de bônus ao três primeiros foi o suficiente para  Michal Kwiatkowski (Sky) assumir a  geral.
Yates fez seu ataque com  4 km da linha, seguindo e depois contra atacando  Alexey Lutsenko (Astana).
Bora-Hansgrohe liderou a perseguição na esperança de  Sagan ter uma vitória de sprint do grupo reduzido, mas não poderia fazer nada, já que Yates abriu uma diferença considerável para garantir uma vitória decisiva. Que teve mais sorte perante a seu irmão Simon Yates que perdeu a geral da Paris Nice por apenas 4 segundos.
Resultados.
1 Adam Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  4:16:35
2 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe 0:00:07
3 Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky
4 Tiesj Benoot (Bel) Lotto Soudal
5 Rigoberto Uran (Col) EF Education First-Drapac
6 Geraint Thomas (GBr) Team Sky
7 Mikel Landa (Esp) Movistar Team
8 Jaime Roson (Esp) Movistar Team
9 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale
10 Damiano Caruso (Ita) BMC Racing Team,  st
Classificação Geral.
1 Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky, 21:31:28
2 Damiano Caruso (Ita) BMC Racing Team,  3s
3 Mikel Landa (Esp) Movistar Team,  23s
4 Geraint Thomas (GBr) Team Sky,  29s
5 Rigoberto Uran (Col) EF Education First-Drapac,  34s
6 Adam Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  36s
7 Davide Formolo (Ita) Bora-Hansgrohe,  37s
8 Tiesj Benoot (Bel) Lotto Soudal,  39s
9 George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo,  41s
10 Jaime Roson (Esp) Movistar Team,  47s

 

De La Cruz vence a etapa Final da Paris Nice 2018.

Simon Yates (Mitchelton-Scott) perdeu a chance de ter seu primeiro título geral da Paris-Nice , perdendo para Marc Soler (Movistar) na etapafinal.

Soler terminou em terceiro lugar na etapa em uma prova de circuito ao redor  de Nice, depois de estar numa fuga com mais três homens, David De La Cruz (Team Sky), vencendo a etapa,  Omar Fraile (Astana) em segundo em um sprint disputado até a linha.

Yates terminou 35 segundos atrás  Soler em um pelotão mantendo uma vantagem de 37 segundos em relação a Soler no início do dia.

 Essa diferença , e o bônus de três segundos na linha para o terceiro lugar foi suficiente para conferir a Soler o título geral da prova com apenas 24 anos, com isso Yates perdeu por apenas 4 segundos.


Resultados.

1 David De La Cruz (Esp) Team Sky,  2:53:06
2 Omar Fraile (Esp) Astana Pro Team, st
3 Marc Soler (Esp) Movistar Team,  3s
4 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe,  38s
5 Tim Wellens (Bel) Lotto Soudal
6 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott
7 Dylan Teuns (Bel) BMC Racing Team
8 Richard Carapaz (Ecu) Movistar Team
9 Gorka Izagirre (Esp) Bahrain-Merida
10 Ion Izzagirre (Esp) Bahrain-Merida, st

Classificação Geral.

1 Marc Soler (Esp) Movistar Team,  30:22:41
2 Simon Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  4s
3 Gorka Izagirre (Esp) Bahrain-Merida, 14s
4 Ion Izzagirre (Esp) Bahrain-Merida,    16s
5 Tim Wellens (Bel) Lotto Soudal, st
6 Dylan Teuns (Bel) BMC Racing Team,  32s
7 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe,  44s
8 Alexis Vuillermoz (Fra) AG2R La Mondiale,  1:54
9 David De La Cruz (Esp) Team Sky,  2:15
10 Felix Grossschartner (Aut) Bora-Hansgrohe,  2:35

 

Paris Nice 2018 1ª Etapa.

Arnaud Démare (Groupama-FDJ) venceu a primeira etapa da Paris-Nice 2018 neste domingo em um sprint decido só pelo fotofinsh entre os 4 primeiros atletas.

A disputa foi acirrada que os comissários de linha que levaram vários minutos para que o veredicto fosse confirmado e a vitória dada a  Démare por questão de milímetros.

Gorka Izagirre (Bahrain Merida) foi o segundo, Christophe Laporte (Cofidis) terceiro  e Tim Wellens (Lotto-Soudal)em quarto ambos de cada lado dos dois primeiros, terminando a meia roda deles.

Para a Démare, foi o segundo ano consecutivo que ganhou o palco de abertura da Paris-Nice, enquanto que para o time dele foi uma vitória em seu primeiro estágio, sob o nome de seus novos patrocinadores, o Groupama.

Um acidente faltando 2,5 km diminuiu o grupo e tirou vários grandes nomes, incluindo os contendores a Geral  Ilnur Zakarin (Katusha-Alpecin) e Jakob Fuglsang (Astana). Como o acabamento foi subindo, os 3km normais não se aplicam, o que significa que todos os que ficaram  presos no tombo perderam  tempo na Geral.


Resultados.

1. Arnaud Démare (Fra) Groupama-FDJ, 3:07:39
2. Gorka Izagirre (Esp) Bahrain-Merida
3. Christophe Laporte (Fra) Cofidis
4. Tim Wellens (Bel) Lotto-Soudal
5. Mike Teunissen (Ned) Team Sunweb
6. Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors, st
7. Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe,  2s
8. Dylan Teuns (Bel) BMC Racing
9. Matteo Trentin (Ita) Mitchelton-Scott
10. Ion Izagirre (Esp) Bahrain-Merida, st

Classificação Geral.

1. Arnaud Démare (Fra) Groupama-FDJ,  3:07:29
2. Gorka Izagirre (Esp) Bahrain-Merida,  4s
3. Christophe Laporte (Fra) Cofidis,  6s
4. Tim Wellens (Bel) Lotto-Soudal,  10s
5. Mike Teunissen (Ned) Team Sunweb, 10s
6. Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors, 10s
7. Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe,  12s
8. Dylan Teuns (Bel) BMC Racing,  12s
9. Matteo Trentin (Ita) Mitchelton-Scott, 12s
10. Ion Izagirre (Esp) Bahrain-Merida,  st

 

 

Strade Bianchi 2018 Benoot Vence Escapado.

Tiesj Benoot (Lotto-Soudal)  literalmente colocou a passada Belga  para levar a vitória de uma edição chuvosa e lamacenta da Strade Bianche .

O belga ganhou a edição de 2018 depois de ir em perseguição a Romain Bardet (Ag2r La Mondiale) e o campeão mundial de ciclocross Wout Van Aert (Veranda’s Willems Crelan) faltando  12,3 km para entrar na subida final de cascalho.

Benoot  atacou os dois e  colocou rapidamente 20 segundos,  a  perseguição ao Belga nas subidas finai  em direção a Siena não surtiu efeito e com uma vantagem que chegou a 40 segundos.

O  Belga de 23 anos conseguiu manter seu ritmo nas últimas rampas íngremes em direção a Piazza del Campo, antes de assumir com segurança os metros finais para  a vitória.

Bardet chegou à escalada final junto com Van Aert, mas o ritmo  foi demais para o jovem belga, e conseguiu conquistar o segundo lugar 39 segundos atrás de Benoot, Van Aert, foi terceiro a 58 segundos, Alessandro Valverde (Movistar) foi o quarto com uma atuação surpreendente depois do acidente que sofreu ano passado, ditando o ritmo do pequeno grupeto onde estava.

A vitória na Strade Bianche é o primeiro  trunfo de Benoot no UCI WorldTour, enquanto Bardet e Van Aert colocam impressionantes performances em seus respectivos debuts na Clássica Italiana.

O campeão mundial Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) só conseguiu ocupar o oitavo lugar a  2:08 de Bennot.


Resultados.

1 Tiesj Benoot (Bel) Lotto Soudal, in 5:03:33
2 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale, 39s
3 Wout Van Aert (Bel) Veranda’s Willems Crelan, 58s
4 Alejandro Valverde (Esp) Movistar Team,  1:25
5 Giovanni Visconti (Ita) Bahrain-Merida,  1:27
6 Robert Power (Aus) Mitchelton-Scott,  1:29
7 Zdenek Stybar (Cze) Quick-Step Floors, 1:42
8 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe,  2:08
9 Pieter Serry (Bel) Quick-Step Floors,  2:11
10 Gregor Mühlberger (Aut) Bora-Hansgrohe,  2:18

 

 

Volta de Mendoza 2018, 6ª Etapa Andriato Vence.

A 6ª etapa – da Volta de Mendoza entre as cidades Godoy Cruz; Guaymallén; Maipú e Godoy Cruz.

Foi vencida pelo Brasileiro Rafael Andriato (São Francisco Saúde/Klabin/SME)  Andriato já tinha ficado em quinto lugar na terceira etapa, desta vez o Brasileiro ficou no topo mais alto do pódio.

Outro ciclista da equipe, Atílio Fetter segue na liderança da categoria  sub-23  depois de terminar a 5ª etapa na 18ª colocação. A prova foi de contrarrelógio partindo de Canota até Villavicencio.

Com isso, Atílio não só permanece como líder da sub-23, mas também sobe na classificação geral. Agora, o atleta da equipe ribeirãopretana ocupa a 13ª colocação, ficando muito próximo do top-10 da prova internacional.

“Mais um bom resultado. Mesmo com pouco tempo para treinamento no início da temporada o rendimento dos atletas está excelente. E o Atílio mais uma vez conquistou um resultado de destaque”, afirmou Marcelo Donnabella, técnico da Equipe de RP.                        

A 42ª edição da Volta de Mendoza conta com a presença de grandes equipes do continente, oriundas de vários países, tais como Brasil, Argentina, Paraguai Chile, Colômbia, Equador e Estados Unidos. Ao todo, mais de 180 ciclistas de 30 equipes estão na disputa da volta.

Tour Abu Dabi 2018 #1 Etapa.

 

Alexander Kristoff (UAE) ganhou a etapa de  abertura do Abu Dhabi Tour , Andrea Guardini (Bardiani CSF) foi segundo e Caleb Ewan (Mitchelton-Scott) o terceiro.

A equipe dos Emirados Árabes Unidos de Kristoff não foi vista  nos últimos quilômetros, deixando em grande parte Kristoff a mercê de sua própria sorte, pois LottoNL-Jumbo , Quick-Step Floors e Katusha-Alpecin tentaram assumir o controle.

No entanto, foi a equipe Mitchelton-Scott, que levou  Caleb Ewan a uma boa posição com 300 m, para o australiano  abrir seu sprint.

Mas Ewan não conseguiu finalizar o seu sprint  à medida que a linha se aproximava, deixando Kristoff avançar pela esquerda, levando sua segunda vitória do ano,  Andrea Guardini (Bardiani CSF) foi o segundo deixando Ewan em terceiro.


Cavendish ficou fora da corrida, devido a uma queda  de cinco ciclistas que se deu no início, composta por Toms Skujins (Trek-Segafredo) Damiano Caruso (BMC Racing), Charles Planet (Novo-Nordisk), Vincenze Albanese (Bardiani CSF) e Nikolay Trusov ( Gazprom-Rusvelo).

 

Com isso Cavendish abandonou a etapa com fortes dores sobre o ombo que já tinha sido lesionado anteriormente deixando o caminho livre para os sprinters de outras equipes.

 

 

Resultados.

1. Alexander Kristoff (Nor) UAE Team Emirates,  4:48:24
2. Andrea Guardini (Ita) Bardiani CSF
3. Caleb Ewan (Aus) Mitchelton-Scott
4. Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors
5. Daniel McLay (GBr) EF Education First-Drapac
6. Niccolo Bonifazio (Ita) Bahrain-Merida
7. Michael Bresciani (Ita) Bardiani CSF
8. Danny van Poppel (Ned) LottoNL-Jumbo
9. Rudy Barbier (Fra) Ag2r La Mondiale
10. André Greipel (Ger) Lotto Soudal, st

Classificação Geral.

1. Alexander Kristoff (Nor) UAE Team Emirates,  4:48:14
2. Andrea Guardini (Ita) Bardiani CSF,  4s
3. Caleb Ewan (Aus) Mitchelton-Scott,  6s
4. Nikolay Trusov (Rus) Gazprom-Rusvelo
5. Vincenzo Albanese (Ita) Bardiani CSF,  st
6. Toms Skujins (Lat) Trek-Segafredo,  7s
7. Damiano Caruso (Ita) BMC Racing Team, 9s
8. Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors,  10s
9. Daniel McLay (GBr) EF Education First-Drapac
10. Niccolo Bonifazio (Ita) Bahrain-Merida, st

 

 

Tour Omã 2018 #5 Etapa .

Astana tingiu a  Montanha  verde de azul  hoje, fazendo a dobradinha na etapa  rainha do Tour de Omã.

O  escalador colombiano, Miguel Ángel López ocupou o primeiro lugar com o seu  companheiro Alexey Lutsenko em segundo.

 O resultado coloca o líder da equipe Cazaquistão Lutsenko na camisa de líder com o seu companheiro de equipe Miguel López apenas 11 segundos atrás e liderando a classificação de jovem ciclista.

Com uma inclinação de 10 por cento, a escalada final de cinco quilômetros foi um teste brutal, com temperaturas bem superiores a 30 ° C.

Astana, no entanto, dominou a montanha atacando com três atletas e a quatro quilômetros restantes, somente Gorka Izagirre, da Bahrain-Merida, conseguiu acompanhar, embora ele tenha sentido um pouco o ritmo imposto pelos dois atletas da  Astana, deixando Lutsenko e López apenas para disputar a chegada.

Resultados.

1. Miguel Ángel López (Col) Astana,  3:43:58
2. Alexey Lutsenko (Kaz) Astana,  st
3. Jesús Herrada (Esp) Cofidis,  12s
4. Gorka Izagirre (Esp) Bahrain-Merida,  15s
5. Nathan Haas (Aus) Kausha-Alpecin,  22s
6. Peter Stetina (USA) Trek-Segafredo,  25s
7. Daniel Pearson (GBr) Aqua Blue Sport, 33s
8. Dries Devenyns (Bel) Quick-Step Floors, 43s
9. Nicolas Roche (Irl) BMC Racing, 47s
10. Rui Costa (Por) UAE Team Emirates,  49s

Classificação Geral.

1. Alexey Lutsenko (Kaz) Astana, in 19:38:21
2. Miguel Ángel López (Col) Astana,  11s
3. Gorka Izagirre (Esp) Bahrain-Merida,  28s
4. Jesús Herrada (Esp) Cofidis,  30s
5. Nathan Haas (Aus) Kausha-Alpecin,  32s
6. Dries Devenyns (Bel) Quick-Step Floors,  1:05
7. Daniel Navarro (Esp) Cofidis,  1:14
8. Odd Christian Eiking (Nor) Wanty-Groupe-Gobert,  1:24
9. Merhawi Kudus (Eri) Dimension Data, 1:29
10. Rui Costa (Por) UAE Team Emirates,  1:37

 

 

Volta AO Algarve 2018 #4 Etapa Resultados.

Geraint Thomas (Team Sky) terminou com segurança no pelotão na quarta etapa  da Volta ao Algarve de 2018, em Portugal, neste sábado, para manter a liderança geral na corrida faltando uma etapa para o final.

O  holandês Dylan Groenewegen (LottoNL-Jumbo) conseguiu a sua segunda vitória na corrida, no sprint  superando Matteo Pelucchi (Bora-Hansgrohe)  segundo e John Degenkolb (Trek-Segafredo) em terceiro.

Resultados.

1. Dylan Groenewegen (Ned) LottoNL-Jumbo,  4:33:49
2. Matteo Pelucchi (Ita) Bora-Hansgrohe
3. John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo
4. Florian Senechal (Fra) Quick-Step Floors
5. Jurgen Roelandts (Bel) BMC Racing
6. Timothy Dupont (Bel) Wanty-Groupe Gobert
7. Hugo Hofstetter (Fra) Cofidis
8. Jasper De Buyst (Bel) Lotto-Soudal
9. Loïc Vliegen (Bel) BMC Racing
10. Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky, st

Classificação Geral.

1. Geraint Thomas (GBr) Team Sky,  14:35:50
2. Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky, 19s
3. Nelson Oliveira (Por) Movistar,  32s
4. Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors, 52s
5. Tejay van Garderen (USA) BMC Racing, 53s
6. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo, 1:01
7. Jaime Roson (Esp) Movistar,  1:18
8. Felix Großschartner (Aut) Bora-Hansgrohe,  1:20
9. Vasil Kiryienka (Blr) Team Sky,  1:24
10. Simon Spilak (Slo) Katusha-Alpecin,  1:31

 

Wout Poels (Team Sky) venceu a segunda etapa da Ruta del Sol , conquistando a vitória no primeiro topo da corrida para ser o novo líder da corrida.

Poels fazia parte de um grupo de fuga que se formou na escalada final a três quilômetros do Alto de Allanadas,  para finalmente conquistar a vitória

Seu primeiro ataque, com um quilômetro para final, viu Tim Wellens (Lotto-Soudal), não ter forças para reagir de imediato antes de acelerar novamente com 300m para levar a vitória sobre Luis Leon Sanchez (Astana) e Wellens (Lotto-Soudal).

Enquanto isso, Chris Froome (Team Sky), correndo a  sua primeira corrida da temporada, cruzou a linha no sétimo lugar, 27 segundos depois de seu colega de equipe depois de gastar grande parte da subida definitiva na parte de trás do grupo da frente.

Resultados.

1. Wout Poels (Ned) Team Sky,  3:38:04
2. Luis León Sanchez (Esp) Astana,  2s
3. Tim Wellens (Bel) Lotto Soudal,  st
4. Mikel Landa (Esp) Movistar,  4s
5. Jakob Fuglsang (Den) Astana, st
6. Marc Soler (Esp) Movistar,  17s
7. Chris Froome (GBr) Team Sky,  27s
8. Mikel Bizkarra (Esp) Euskadi-Murias, 34s
9. Amaro Antunes (Por) CCC Sprandi Polkowice,  38s
10. Jelle Vanendert (Bel) Lotto Soudal,  st

Classificação Geral

1. Wout Poels (Ned) Team Sky, in 3:38:04
2. Luis León Sanchez (Esp) Astana,  2s
3. Tim Wellens (Bel) Lotto Soudal, st
4. Mikel Landa (Esp) Movistar,  4s
5. Jakob Fuglsang (Den) Astana, st
6. Marc Soler (Esp) Movistar,  17s
7. Chris Froome (GBr) Team Sky, 27s
8. Mikel Bizkarra (Esp) Euskadi-Murias,  34s
9. Amaro Antunes (Por) CCC Sprandi Polkowice, 38s
10. Jelle Vanendert (Bel) Lotto Soudal,  st

Volta a Comunidade Valenciana 2018 Valverde Vence a 4ª Etapa.

 

Alejandro Valverde (Movistar) venceu a quarta etapa da volta comunidade Valenciana com perfeição deixando  Adam Yates (Mitchelton-Scott) em segundo em  uma chegada ao alto.

Yates estava  agressivo na quarta etapa , o primeiro contra-ataque para perseguir Amaro Antunes (CCC Sprandi Polkowice) com três quilômetros restantes, antes de lançar um ataque pela disputa a vitória sobre o íngreme  último quilômetro .

Yates  (Mitchelton-Scott) teve uma diferença  de 200 metros, mas este foi um final  feito para Valverde, e o líder da corrida fez o ataque  perfeito, saltando do grupo de perseguição para pegar Yates faltando 150m para a linha de chegada e ganhar a etapa.

Yates foi segundo, Luis-Leon Sanchez (Astana), terceiro,  e  Valverde ampliou sua liderança geral para a etapa final neste domingo.

Resultados.

  1. Alejandro Valverde (Esp) Movistar, 4:48:35
    2. Adam Yates (GBr) Mitchelton-Scott,  4s
    3. Luis-Leon Sanchez (Esp) Astana, 5s
    4. Jesus Herrada (Esp) Cofidis, 9s
    5. Primoz Roglic (Slo) LottoNL-Jumbo, 10s
    6. Jakob Fuglsang (Den) Astana, 11s
    7. Pello Bilbao (Esp) Astana,  15s
    8. Roman Kreuziger (Cze) Mitchelton-Scott, 18s
    9. Kilian Frankiny (Swi) BMC Racing, 24s
    10. Ben Hermans (Bel) Israel Cycling Academy, 30s

Classificação Geral.

1 VALVERDE Alejandro MOVISTAR TEAM 13:16:23

2 SANCHEZ Luis León ASTANA PRO TEAM a 14

3 FUGLSANG Jakob ASTANA PRO TEAM a 26

4 YATES Adam MITCHELTON-SCOTT a 37

5 HERRADA Jesus COFIDIS, SOLUTIONS CREDITS a 48

6 ROGLIC Primoz TEAM LOTTO NL-JUMBO a 49

7 BILBAO LOPEZ DE ARMENTIA Pello ASTANA PRO TEAM a 54

8 KREUZIGER Roman  MITCHELTON-SCOTT a 57

9 FRANKINY Kilian BMC RACING TEAM a 1:03

10 ANTUNES Amaro Elite CCC SPRANDI POLKOWICE a 1:09

Tour San Juan 2018 #5 Etapa Resultados.

A Vuelta a San Juan pode ter  um vencedor local, depois que o ciclista Gonzalo Najar (SEP de San Juan) atormentou as equipes e os ciclistas de maior nome para ganhar quase dois minutos na  quinta etapa.

Najar, que estava em 14º lugar e mais de um minuto do líder da corrida, Filippo Ganna (Emirados Árabes Unidos Emirates) no início do dia, foi um dos três ciclistas da SEP de San Juan a atacar na base da subida final do Alto Colorado.

Juan Paolo Dotti foi o primeiro a atacar, mas logo foi capaturado antes de Najar sair da frente com seu companheiro de equipe, José Rodriguez, que colocou uma enorme vantagem antes de Najar assumir o controle.

Atrás a perseguição foi liderada pela equipe Medellin-Inter, trabalhando para o veterano líder Oscar Sevilla, com Ganna  lutando para segurar as rodas.

Ganna foi capaz de limitar suas perdas, mesmo que Sevilha se esforçasse para perseguir o líder da etapa, mas não conseguiu alcançar mais Najar que cruzou a linha quase dois minutos antes de seu rival espanhol para ganhar ter uma vitória  em casa e se mudar para a liderança geral .

Com duas etapas restantes, ambas planas, Najar agora mantém a liderança com 1 minuto e dois segundos para Sevilla (Medellin) e um minuto e vinte e dois segundos para  Felippo Ganna (UAE).


Resultados.

1. Gonzalo Najar (Arg) S.E.P. de San Juan, in 4:16:26
2. Oscar Sevilla (Esp) Medellin,  1:58
3. Rodolfo Torres (Col) Androni Giocattoli-Sidermec,  2:05
4. Ignacio de Jesus Prado (Mex) Canel’s-Specialized,  2:15
5. Tiesj Benoot (Bel) Lotto Soudal,  2:23
6. Eduardo Sepulveda (Arg) Movistar Team,  st
7. Filippo Ganna (Ita) UAE Team Emirates,  st
8. Cristian Camilo Muñoz Lancheros (Col) Coldeportes Zenu Sello Rojo,  2:52
9. Dayer Quintana (Col) Movistar Team,  2:57
10. Darwin Atapuma (Col) UAE Team Emirates, st.

Classificação Geral.

1. Gonzalo Najar (Arg) S.E.P. de San Juan,  15:47:52
2. Oscar Sevilla (Esp) Medellin,  1:02
3. Filippo Ganna (Ita) UAE Team Emirates,  1:22
4. Rodolfo Torres (Col) Androni Giocattoli-Sidermec,  1:52
5. Rafal Majka (Pol) Bora-Hansgrohe,  2:11
6. Tiesj Benoot (Bel) Lotto Soudal,  2:12
7. Omar Mendoza (Col) Medellin,  2:22
8. Dayer Quintana (Col) Movistar Team,  3:09
9. Kanstantsin Siutsou (Blr) Bahrain-Merida,  3:30
10. Rémi Cavagna (Fra) Quick-Step Floors,  3:31

Jay McCarthy ganha a Cadel Evans Great Ocean Road Race 2018.

Jay McCarthy tornou-se o primeiro australiano a ganhar o Cadel Evans Great Ocean Road Race, o ciclista da Bora-Hansgrohe superou Elia Viviani (Quick Step ) segundo e Daryl Impey (Mitchleton Scott) terceiro no sprint em Geelong.

A corrida em homenagem ao vencedor do Tour de France 2011 parecia que provavelmente seria ganho por um escalador, mas os velocistas ressurgiram nos últimos quilômetros para bater o martelo

Como uma corrida caótica desdobrada na linha final, McCarthy surgiu de trás de Viviani (Quick-Step Floors), batendo o Italiano em cima da linha.

Daryl Impey, do Mitchleton-Scott, o recente vencedor do Tour Down Under , terminou em terceiro lugar. A vitória para McCarthy, 25, continua seu promissor início da temporada.

Resultados.

1. Jay McCarthy (Aus) Bora-Hansgrohe, 4:04:00
2. Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors
3. Daryl Impey (RSA) Mitchelton-Scott
4. Dries Devenyns (Bel) Quick Step Floors
5. Simon Gerrans (Aus) BMC Racing
6. Nikias Arndt (Ger) Team Sunweb
7. Steele von Hoff (Aus) Australia
8. Maurits Lammertink (Ned) Katusha-Alpecin
9. Enrico Battaglin (Ita) LottoNL-Jumbo
10. Lars Bak (Den) Lotto-Soudal, st

 

Tour San Juan 2018 #4 Etapa Resultados.

 

 

Maximiliano Richeze ( Quick Step)  ganhou a quarta etapa Tour San Juan 2018 no sprint final superando Giacomo Nizzolo (TFS) segundo  e Matteo Pelucchi (BORA) terceiro. 

 Os 191 km da etapa foram percorridos  em 4:31:48 a uma média de 42,163 km / h.

Fernando Gaviria companheiro de Richeze  Faltando cerca de 60 km para o final da competição, acabou envolvido em um acidente com mais três atletas um acidente que os impediu de continuar a etapa  e assim eles estão fora da corrida. Gaviria, juntamente com Rubén Ramos e Ricardo Escuela.

O melhor Brasileiro na etapa foi Rafael Andriato da seleção Brasileira terminando na 15ª colocação com mesmo tempo de Richeze.

Resultados.

1º 46 RICHEZE, Maximiliano Ariel QST 4:31:48 |

2º 5 NIZZOLO, Giacomo TFS a 0 

3º 34 PELUCCHI, Matteo BOH a 0 

4º 114 RÄIM, Mihkel ICA a 0 

5º 23 BONIFAZIO, Niccolo TBM a 0 

6º 111 AVILA, Edwin Alcibiades ICA a 0 

7º 82 KEUKELEIRE, Jens LTS a 0 

8º 234 RICHEZE, Mauro A. FAT a 0 

9º 43 HODEG, Alvaro Jose QST a 0 

10º 121 MCCABE, Travis UHC a 0|

11º 64 VIVIANI, Attilio ITA a 0 

12º 71 MAS, Luis Guillermo CJR a 0 

13º 12 DURAN, Alejandro ARG a 0

14º 206 OYOLA, Robigzon L. MED a 0 

15º 161 ANDRIATO, Rafael BRA a 0 

Classificação Geral.

1º 93 GANNA, Filippo UAD 11:30:25 

2º 31 MAJKA, Rafal BOH a 05 

3º 201 SEVILLA, Oscar MED a 11 

4º 204 MENDOZA, Omar MED a 19 

5º 45 NARVAEZ, Jhonnatan QST a 43 

6º 22 SUITSOU, Kanstantsin TBM a 43 

7º 56 CATTANEO, Mattia ANS a 45 

8º 81 BENOOT, Tiesj LTS a 50 

9º 42 CAVAGNA, Rémi QST a 50 

10º 51 TORRES, Rodolfo Andres ANS a 52

Tour San Juan 2018 #3 Etapa Resultados.

Tour Down Under 2018 #6 Etapa Greipel Vence.

André Greipel (Lotto-Soudal) não deu chances aos seus adversários e venceu a sexta etapa do Tour Down Under 2018, Daryl Impey ( Mitchelton-Scott ) venceu a geral  Tour Down Under 2018.

A vitória Greipel (Lotto-Soudal) é a segunda na corrida, quando venceu a primeira etapa,  também leva o seu total de vitórias de etapas na corrida australiana a um recorde 18.

O alemão venceu Caleb Ewan (Mitchelton-Scott) segundo e Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) terceiro. Impey terminou com segurança para proteger a camisa de lider.

Apesar de ter terminado ao mesmo tempo que Richie Porte (BMC Racing), o triunfo da Impey é cortesia de três  segunda colocação na corrida .

É a primeira vitória de  classificação geral desde que ganhou o Tour de Alberta  em 2014. 

Duas vitórias de etapas para  Greipel é o começo perfeito para sua temporada  bem diferente de 2017, quando ele só conseguiu cinco vitórias em toda temporada.

Resultados.

1. André Greipel (Ger) Lotto-Soudal, in 2:01:19
2. Caleb Ewan (Aus) Mitchelton-Scott
3. Peter Sagan (Slo) Bora-Hansgrohe
4. Phil Bauhaus (Ger) Team Sunweb
5. Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors
6. Steele von Hoff (Aus) University of South Australia
7. Simone Consonni (Ita) UAE-Team Emirates
8. Mads Pedersen (Den) Trek-Segafredo
9. Carlos Barbero (Esp) Movistar
10. Mads Würtz Schmidt (Den) Katusha-Alpecin, st

Classificação Geral.

1. Daryl Impey (RSA) Mitchelton-Scott, 20:03:34
2. Richie Porte (Aus) BMC Racing,  st
3. Tom-Jelte Slagter (Ned) Dimension Data, 16s
4. Diego Ulissi (Ita) UAE-Team Emirates,  20s
5. Dries Devenyns (Bel) Quick-Step Floors
6. Egan Bernal (Col) Team Sky
7. Gorka Izagirre (Esp) Bahrain-Merida,  st
8. Luis Leon Sanchez (Esp) Astana,  23s
9. Ruben Guerreiro (Por) Trek-Segafredo, st
10. Robert Gesink (Ned) LottoNL-Jumbo,  24s

Tour Down Under 2018 #4 Etapa Resultados.

Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) ganha sua primeira  corrida  na  temporada 2018 do Worldtour com uma excelente vitória na  quarta etapa do Tour Down Under em Uraidla.

 

Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) venceu a quarta etapa do Tour Down Under e assumiu a liderança geral antes da penúltima e crucial etapa.

Em um dia quente no sul da Austrália, o campeão mundial conseguiu superar Daryl Impey (Mitchelton-Scott) para levar a vitória, foi a segunda vez que nessa corrida que  Impey terminou em segundo lugar. Luis Leon Sanchez, da Astana, foi o terceiro lugar.

Em uma etapa que se esperava que fosse travado uma luta pelos escaladores e os ciclistas da classificação geral e a ( BMC Racing, trabalhando para Richie Porte, controlavam a subida), Sagan voltou a mostrar seu talento excepcional para conquistar o final de 7.3km em Norton Summit e no sprint para vitória em Uraidla.

É a segunda vitória da temporada de Sagan – ele ganhou o Clássico People’s Choice no fim de semana –  e seu primeiro sucesso no Tour Down Under.

O eslovaco herda a camisa de lider que estava com Caleb Ewan de Mitchelton-Scott , que, juntamente com quase todos os outros velocistas, não conseguiram manter contato com um pelotão reduzido nos últimos quilometros.

Sagan colocou uma vantagem de dois segundos sobre Impey, e 14 segundos para a Porte e outros favoritos.

Os organizadores da corrida tinham esperado que a subida de Norton Summit acendesse uma batalha de classificação geral e limitasse a importância de Willunga Hill amanhã (19/01/18), mas a força de Sagan, juntamente com todos os ataques foram  anulados, significa que a escalada mais famosa da Austrália certamente determinará o resultado do Tour Down Under novamente.

O líder da corrida, Ewan, foi deixado pra trás em uma subida curta antes da principal, e a liderança do pelotão estava constantemente girando, BMC, Team Sky , UAE-Abu Dhabi e Bahrein-Mérida, todos se revezando para encolher o grupo.

E então veio o grande momento, Sagan atacou, sua intenção de comprovar a ligeira descida até o final em Uraidla. Quatro ciclistas, incluindo Porte e Dennis, perseguiram e o campeão mundial foi colocado a prova.

Quando Sagan  foi alcançado, no entanto, Porte atacou pouco antes do flamme rouge. Ele não conseguiu abrir uma vantagem boa, no entanto, o  pequeno grupeto foi para disputar a vitória no sprint.


Sagan seguiu sua trajetória e  Impey queria  deter o campeão mundial, mas Sagan veio pela direita e, passou por Impey e abriu uma vantagem boa e levou a Vitória, todos os ciclistas da classificação geral terminaram com o mesmo tempo.

 

Resultados.

1. Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe, in 3:21:07
2. Daryl Impey (RSA) Mitchelton-Scott
3. Luis Leon Sanchez (Esp) Astana
4. Diego Ulissi (Ita) UAE-Team Emirates
5. Jay McCarthy (Aus) Bora-Hansgrohe
6. Dries Devenyns (Bel) Quick-Step Floors
7. Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida
8. Rui Costa (Por) UAE-Team Emirates
9. Pierre Latour (France) AG2R La Mondiale
10. Laurent Didier (Lux) Trek-Segafredo, st.

Classificação Geral.

1. Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe,  14:19:49
2. Daryl Impey (RSA) Mitchelton-Scott,  2s
3. Jay McCarthy (Aus) Bora-Hansgrohe,  9s
4. Luis Leon Sanchez (Esp) Astana,  10s
5. Diego Ulissi (Ita) UAE-Team Emirates,  14s
6. Robert Gesink (Ned) Lotto-NL-Jumbo)
7. Rui Costa (Por) UAE-Team Emirates
8. George Bennett (NZe) LottoNL-Jumbo
9. Dries Devenyns (Bel) Quick-Step Floors
10. Egan Bernal (Col) Team Sky,  st

Tour Down Under 2018 #3 Etapa Resultados.

Elia Viviani (Quick-Step Floors) venceu a terceira etapa do Tour Down Under para dar a corrida de abertura da temporada WorldTour um vencedor diferente para cada etapa.

Caleb Ewan, (Mitchelton-Scott), terminou em terceiro lugar para segurar a camiseta de líder, mas sofreu um momento de hesitação que abriu a porta para que Viviani ganhasse a vitória na etapa.

Ewan teve muito para agradecer a sua equipe, pois conseguiram a frente do pelotão durante os cinco quilômetros finais, antes que os grandes esforços dos homens principais Daryl Impey e Alexander Edmondson se mostraram tão poderosos que Ewan encontrou-se com alguns metros de vantagem sobre o O resto dos sprinters com menos de 300m para final.

No entanto, com um ligeiro vento  contra  o jovem de 23 anos estava relutante e partiu muito cedo, uma decisão que deu a oportunidade de  Viviani acelerar rapidamente para ganhar uma boa vantagem e conseguir passar.

No momento em que Ewan percebeu a ameaça de Viviani, era tarde demais, o italiano estava com uma  velocidade suficiente para deixar o seu jovem rival, conquistando a etapa por uma bela margem, com Phil Bauhaus (Team Sunweb) em segundo e Ewan (Mitchelton-Scott), em terceiro lugar.

Temperaturas de mais de 40ºC viram a terceira etapa do Tour Down Under, de 146,5 km ser reduzida para  120,5 km, com ciclistas dando apenas uma volta no circuito  em torno de Victor Harbor, em vez das três voltas inicialmente planejadas.


Resultados.

1. Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors, in 3:04:40
2. Phil Bauhaus (Ger) Team Sunweb
3. Caleb Ewan (Aus) Orica-Scott
4. Simone Consonni (Ita) UAE Team Emirates
5. Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe
6. Simon Clarke (Aus) EF Education First-Drapac
7. Alexander Edmondson (Aus) Mitchelton-Scott
8. Zak Dempster (Aus) Uni SA-Australia
9. Dries Devenyns (Bel) Quick-Step Floors
10. Jay McCarthy (Aus) Bora-Hansgrohe, st

Classificação Geral.

1. Caleb Ewan (Aus) Mitchelton-Scott,  10:58:36
2. Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors,  10s
3. Daryl Impey (Rsa) Mitchelton-Scott, 14s
4. Jay McCarthy (Aus) Bora-Hansgrohe, 15s
5. Peter Sagan (Slo) Bora-Hansgrohe,   16s
6. Nathan Haas (Aus) Katusha-Alpecin, 17s
7. Jhonatan Restrepo (Col) Katusha-Alpecin, 19s
8. Simone Consonni (Ita) UAE-Team Emirates, 20s
9. Robert Gesink (Ned) LottoNL-Jumbo
10. Anthony Roux (France) FDJ, st

Tour Down Under 2018 #2 Etapa Resultados.

O Australiano Caleb Ewan (Mitchelton-Scott) superou o companheiro de equipe Daryl Impey para vencer a segunda etapa do Tour Down Under  nas colinas de Adelaide e assumiu para a liderança geral.

Caleb acabou em segundo lugar na etapa inicial com isso em 3 anos foi a primeira vez que ele não venceu a etapa.

Sua sétima vitória em casa, e ainda com 23 anos, essa foi uma das suas vitórias mais admiráveis ​​até à data, uma vez que a rota parecia favorecer escaladores, como em anos anteriores, quando a corrida teve um final idêntico .

Mas Ewan conseguiu passar na última subida  de oito quilômetros e bater Impey e Jay McCarthy (Bora-Hansgrohe) no final. 

Isso significa que Ewan agora herda a camisa de líder  que estava de posse do vencedor da primeira etapa, André Greipel.

Greipel  não conseguiu acompanhar Ewan (Mitchelton-Scott) e Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) que conseguiram manter o ritmo quando a subida atingiu uma pequena seção de declive antes da curta subida  final.

À medida que o flamme rouge se aproximava, o tamanho do pelotão reduzia-se para cerca de 50 ciclistas, com  sprinters e candidatos a geral presentes.

Robert Gesink (LottoNL-Jumbo) teve como objetivo evitar o sprint, lançando um ataque no final com 500m, mas ele não conseguiu construir nenhuma vantagem.

Quando Sagan abriu seu sprint, Ewan ficou esperto foi para a a roda traseira do campeão mundial, seguindo-o atentamente até o eslovaco abrir para a direita, e Ewan pelo meio.

Ewan aproveitou ao máximo a roda de sagan, ele alcançou a linha chegada com uma pequena vantagem, deixando colega de Sagan, Jay McCarthy e seu companheiro equipe Daryl  Impey, que haviam começado de forma impressionante seus sprints antes de Sagan.

A terceira etapa também deve ver um triunfo para os velocistas quando a corrida começa em Glenelg e termina  em Victor Harbor.

Resultados.

1. Caleb Ewan (Aus) Mitchelton-Scott, 4:03:55
2. Daryl Impey (Rsa) Mitchelton-Scott
3. Jay McCarthy (Aus) Bora-Hansgrohe
4. Peter Sagan (Slo) Bora-Hansgrohe
5. Nathan Haas (Aus) Katusha-Alpecin
6. Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors
7. Gorka Izagirre (Esp) Bahrain-Merida
8. Domenico Pozzovivo (Ita) Bahrain-Merida
9. Luis Leon Sanchez (Esp) Astana
10. Carlos Barbero (Esp) Movistar, st

Classificação Geral.

1. Caleb Ewan (Aus) Mitchelton-Scott, 7:54:00
2. Daryl Impey (Rsa) Mitchelton-Scott, 10s
3. Peter Sagan (Slo) Bora-Hansgrohe,  12s
4. Jay McCarthy (Aus) Bora-Hansgrohe
5. Nathan Haas (Aus) Katusha-Alpecin,  15s
6. Jhonatan Restrepo (Col) Katusha-Alpecin
7. Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors,  16s
8. Simone Consonni (Ita) UAE-Team Emirates
9. Carlos Barbero (Esp) Movistar
10. Anthony Roux (France) FDJ, st

Tour Down Under 2018 #1 Etapa Resultados.

André Greipel transformou o sofrimento em gratidão e homenageou sua mãe depois de vencer a primeira etapa do Tour Down Under 2018 nesta terça-feira.

O alemão bateu o favorito  Caleb Ewan (Mitchelton-Scott) e o campeão mundial Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) em um sprint na linha final da corrida de 145 quilômetros em Lyndoch.

É a primeira vez em três anos que Ewan não ganhou a etapa inicial da principal corrida.

 A vitória de Greipel é sua 17ª na história da corrida e é o começo perfeito para sua temporada depois de um decepcionante 2017, onde ele só ganhou em cinco ocasiões.

“Foi um bom sprint bastante longo. Eu pude aguardar o maior tempo possível e eu  fiz um bom sprint “, disse Greipel.

Greipel perdeu sua mãe, Gudrun, de 57 anos, no ano passado, Greipel de 35 anos nunca usou a perda profunda como uma explicação para seu desempenho,  em Adelaide,  ele estava claramente de volta ao seu melhor momento.

Greipel quando foi perguntado depois da corrida se ele dedicou a vitória da etapa a sua mãe, abertamente, foi mais longe.

“Eu acho que toda a minha carreira é dedicada a ela”, disse ele.

“Ela foi minha maior apoiadora, toda a minha carreira, e eu sei que ela continua olhando.

“Não foi a temporada  fácil … mas tenho que olhar para o futuro.

“Temos muito apoio de toda a família, da equipe. Não era fácil lidar, e ainda assim não, mas o esporte me ajuda a lidar com tudo “.

Resultados.

1. André Greipel (Ger) Lotto-Soudal,  3:50:21
2. Caleb Ewan (Aus) Mitchelton-Scott
3. Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe
4. Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors
5. Simone Consonni (Ita) UAE-Team Emirates
6. Phil Bauhaus (Ger) Team Sunweb
7. Nathan Haas (Aus) Katusha-Alpecin
8. Matteo Montaguti (AG2R La Mondiale)
9. Ramunas Navardauskas (Lit) Bahrain-Merida)
10. Riccardo Minali (Ita) Astana, all same time

Classificação Geral.

1. André Greipel (Ger) Lotto-Soudal, 3:50:21
2. Caleb Ewan (Aus) Mitchelton-Scott,  4s
3. Will Clarke (Aus) EF Education First-Drapac
4. Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe,  6s
5. Nicholas Dlamini (RSA) Dimension Data
6. Nathan Haas (Aus) Katusha-Alpecin,  9s
7. Jhonatan Restrepo (Col) Katusha-Alpecin
8. Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors,  10s
9. Simone Consonni (Ita) UAE-Team Emirates
10. Phil Bauhaus (Ger) Team Sunweb

 

Tour Down Under 2018 Feminino, Última Etapa Resultados.

Amanda Spratt ( Mitchelton-Scott ) manteve a liderança na etapa final  Tour Down Under 2018 feminino neste domingo.

A australiana de 30 anos defendeu com sucesso seu título do ano passado e se tornou a primeira ciclista da história da corrida a ganhar duas edições.

 

Spratt terminou no grupo enquanto a australiana Chloe Hosking (Alé-Cipollini) ganhou a etapa no sprint,  Giorgia Bronzini (Cylance Pro Cycling) foi a segunda e Annette Edmondson (Wiggle-High5), em terceiro lugar. 

Resultados, 4ª Etapa: Wakefield Road/ Wakefield Road, 46km


1. Chloe Hosking (Aus) Alé Cipollini, 1:07:29
2. Giorgia Bronzini (Ita) Cylance Pro Cycling
3. Annette Wdmondson (Aus) Wiggle-High5
4. Abigail Van Twisk (GBr) Trek-Drops
5. Maria Vittoria Sperotto (Ita) Bepink
6. Emilie Moberg (Nor) Virtu Cycling
7. Jelena Eric (Srb) Cylance Pro Cycling
8. Sarah Roy (Aus) Mitchelton-Scott
9. Alison Jackson (Can) Tibco-Silicon Valley Bank
10. Marlies Mejías (Cub) Sho-Air Twenty20

 classificação Geral.
1. Amanda Spratt (Aus) Mitchelton-Scott,  10:47:21
2. Lauren Stephens (USA) Cylance Pro Cycling, 29s
3. Katrin Garfoot (Aus) UniSA-Australia,  1:21
4. Lucy Kennedy (Aus) Mitchelton-Scott,  1:36
5. Grace Brown (Aus) Holden Team Gusto Racing, 1:54
6. Annemiek Van Vleuten (Ned) Mitchelton-Scott,  2:07
7. Shannon Malseed (Aus) Team Tibco-Silicon Valley Bank, 2:09
8. Kate McIlroy (NZl) Specialized Women’s Racing,  2:25
9. Grace Anderson (NZl) Vantage New Zealand National Tea, 2:42
10. Emma Grant (GBr) Team Tibco-Silicon Valley Bank,  2:46

 

Criterium People’s Choice 2018, Sagan Vence.

Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) adicionou o seu nome à lista de vencedores do People’s Choice Classic neste domingo, ganhando a corrida de critério em Adelaide.

O Warm-up do Tour Down Under foi vencida nos últimos dois anos por Caleb Ewan (Mitchelton-Scott), mas o ciclista australiano não conseguiu vencer Sagan e teve de se contentar com terceiro, atrás de André Greipel (Lotto-Soudal) .

O ciclista britânico Chris Lawless mostrou uma boa impressão em sua primeira corrida para o Team Sky com o sexto lugar. Elia Viviani fez sua estréia com  Quick-Step Floors ficou em quarto lugar.

A  curta e rápida corrida de 50,6 quilômetros foi dominada por um  grupo de fuga formado por Zak Dempster (UniSA-Austrália), Lachlan Morton (Dimension Data), Tom Bohli (BMC), Fumiyuki Beppu (Trek -Segafredo), Manuele Boaro (Bahrein-Mérida), Jhonatan Restrepo (Katusha-Alpecin) e Tim Roe (UniSA-Austrália).

O grupo consegui abrir de cerca de 30 segundos no ponto intermediário, mas a falta de cooperação viu sua vantagem acabar.

Bohli e Boaro foram os últimos ciclistas restantes a serem pegos pelo pelotão perseguindo quatro das 22 voltas para fim.

Sagan (Bora-Hansgrobe) esse ano não demorou para emplacar a sua primeira vitória, não deu chances aos seus adversários direto, Greipel (Lotto) foi o segundo e Ewan (Mitchelton Scott) o terceiro.

 

Os ciclistas agora têm uma curta pausa antes que o Tour Down Under comece em Adelaide na terça-feira, 16 de janeiro. A corrida WorldTour inaugural da temporada de 2018 termina no domingo 21 de janeiro.

Chegada da People’s Choice 2018

People’s Choice Classic 2018: Adelaide, 50.6km


1. Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe, in 1:04:25
2. André Greipel (Ger) Lotto-Soudal
3. Caleb Ewan (Aus) Mitchelton-Scott
4. Elia Viviani (Ita) Quick-Step Floors
5. Simone Consonni (Ita) UAE Team Emirates
6. Christopher Lawless (GBr) Team Sky
7. Sam Welsford (Aus) UniSA-Australia
8. Enrico Battaglin (Ita) LottoNL-Jumbo
9. Jasha Sutterlin (Ger) Movistar
10. Mark Renshaw (Aus) Dimension Data, st

Tour Down Under Feminino 2018 2ª Etapa Resultados.

Katrin Garfoot (UniSA-Austrália) venceu a segunda etapa Tour Down Under Feminino  nesta sexta-feira, e agora assume  liderança geral da corrida com duas etapas restantes.

Garfoot conseguiu a vitória no Mengler’s Hill, o primeiro final no topo da colina.

 Ela se juntou a sua ex-companheira de equipe australiana  Lucy Kennedy (Mitchelton-Scott) ao deixar suas rivais para trás na subida, colocando um ritmo difícil nas condições de  chuva.

Kennedy não aguentou o ritmo imposto  por  Garfoot que comemorou a vitória e  tomou a camisa  ocre da vencedora da primeira etapa, Annette Edmondson (Wiggle-High5), que terminou em 24º lugar.

Amanda Spratt (Mitchelton-Scott) ficou em terceiro lugar na etapa, oito segundos atrás de Garfoot e Kennedy, com a companheira de equipe campeã mundial contra relógio Annemiek van Vleuten em quarto para dar a equipe  Mitchelton-Scott três dos quatro lugares do top cinco da etapa.

Spratt disse depois do final: “Era mais como estar na Europa com os ventos cruzados, chuva e frio, então era um nível de estresse completamente diferente hoje. Nós sempre procuramos os ventos cruzados e acho que conseguimos bem, estávamos realmente unidos como uma equipe.

“Nós tentamos livrar-se de Kat na final, mas ela estava muito forte, ela é uma atleta extraordinária, então  temos que ficar satisfeito com o segundo e o terceiro na etapa.

“Amanhã será outro dia especial estamos em uma ótima posição agora com o segundo, terceiro e quarto lugar, então definitivamente teremos algumas opções para jogar nossas cartas na mesa”.

A corrida classificada pela UCI 2.1 continua neste sábado com a terceira etpa, entre Bend Motorsport Park para Hahndorf, totalizando 122,4 quilômetros. A corrida de quatro etapas termina no domingo 14 de janeiro.

Resultados 2ª Etapa, Lyndoch to Mengler’s Hill, 102km

1. Katrin Garfoot (Aus) UniSA-Australia in 2:43:43

2. Lucy Kennedy (Aus) Mitchelton-Scott, st

3. Amanda Spratt (Aus) Mitchelton-Scott,  8s

4. Annemiek van Vleuten (Ned) Mitchelton-Scott, 15s

5. Kate McIlroy (NZl) Specialized Women’s Racing, 16s

6. Shannon Malseed (Aus) Team Tibco-Silicon Valley Bank, 21s

7. Lauren Stephens (USA) Cylance Pro Cycling, st

8. Kathrin Hammes (Ger) Trek-Drops,  51s

9. Taryn Heather (Aus) Specialized Women’s Racing st

10. Grace Brown (Aus) Holden Team Gusto Racing, st

Classificação Geral.

1. Katrin Garfoot (Aus) UniSA-Australia, in 5:52:26

2. Lucy Kennedy (Aus) Mitchelton Scott, 4s

3. Amanda Spratt (Aus) Mitchelton Scott, 14s

4. Annemiek van Vleuten (Ned) Mitchelton Scott, 25s

5. Kate McIlroy (NZl) Specialized Women’s Racing, 26s

6. Lauren Stephens (USA) Cylance Pro Cycling, 31s

7. Shannon Malseed (Aus) Team Tibco-Silicon Valley Bank, 31s

8. Taryn Heather (Aus) Specialized Women’s Racing, 1:01

9. Grace Brown (Aus) Holden Team Gusto Racing,  1:01

10. Kathrin Hammes (Ger) Trek-Drops,  1:01

Tour Down Under Feminino 2018 1ª Etapa  Resultados.

Annette Edmondson (Wiggle-High5) venceu no sprint a primeira etapa  do  Tour Down Under feminino 208 na Austrália nesta quinta-feira.

A Australiana Edmondson levou a vitória na etapa de 115 quilômetros, que começou e terminou em Gumeracha. A italiana Giorgia Bronzini (Cylance Pro Cycling) ficou em segundo lugar com a Lauretta Hanson (UniSA-Austrália) em terceiro lugar.

“Hoje foi muito, muito bom!”, Disse Edmondson. “Estou muito feliz com isso. A equipe andou tão bem.

Edmondson agora lidera a corrida seis segundos a frente  de Bronzini, nageral, graças ao bônus de tempo de sua vitória. Hanson é a terceira  a oito segundos.

Antes do término da etapa, um caminhão carregado de feno derrubou o inflável da chegada – mas foi colocado novamente no lugar bem antes da chegada das atletas.

A corrida classificada pela UCI 2.1 continua nesta sexta-feira com a segunda etapa, entre Lyndoch para Mengler’s Hill com total de 102 quilômetros e terminando com um final ascendente. A corrida de quatro etapas termina no domingo 14 de janeiro.

Resultados 1ª Etapa: Gumeracha/Gumeracha, 115km


1. Annette Edmondson (Aus) Wiggle-High5 in 3:08:53
2. Giorgia Bronzini (Ita) Cylance Pro Cycling
3. Lauretta Hanson (Aus) UniSA-Australia
4. Sarah Roy (Aus) Mitchelton-Scott
5. Emilie Moberg (Nor) Team VirtuCycling
6. Chloe Hosking (Aus) Ale Cippolini
7. Maria Vittoria Sperotto (Ita) Be Pink
8. Kristina Clonan (Aus) TIS Racing
9. Barbara Guarischi (Ita) Team VirtuCycling
10. Georgia Baker (Aus) TIS Racing all at same time

Classificação Geral.


1. Annette Edmondson (Aus) Wiggle-High5 in 3:08:41
2. Giorgia Bronzini (Ita) Cylance Pro Cycling  6s
3. Lauretta Hanson (Aus) UniSA-Australia  8s
4. Chloe Hosking (Aus) Ale Cippolini  9s
5. Emilie Moberg (Nor) Team VirtuCycling 11s
6. Sarah Roy (Aus) Mitchelton-Scott  12s
7. Maria Vittoria Sperotto (Ita) Be Pink 12s
8. Kristina Clonan (Aus) TIS Racing  12s
9. Barbara Guarischi (Ita) Team VirtuCycling 12s
10. Georgia Baker (Aus) TIS Racing  12s

  

 

  A cidade de Lençóis Paulista-SP, na região de Bauru, foi a sede no último domingo 05 de Novembro da 10ª Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo 2017, recebendo a caravana do campeonato que reúne os principais ciclistas do Estado e também de outros, como Mato Grosso do Sul, 26 equipes ao todo além dos ciclistas avulsos estiveram presentes para a disputa dessa etapa que foi marcada pelo excelente circuito e local, com ótima estrutura e realização por parte da Prefeitura Municipal e Diretoria Municipal de Esportes, tendo sido bastante elogiada por todos os participantes e também pela organização do Evento.

Em uma manhã de domingo que movimentou a cidade, o colorido típico do ciclismo invadiu o circuito nas imediações do Parque do Povo/ Recinto da FACILPA que ficou tomado pelos atletas e também pelo público e familiares que compareceram para torcer pelos ciclistas de Lençóis Paulista e também de todas as cidades presentes.

A chuva intensa que caiu durante o sábado e a madrugada deu uma trégua o que favoreceu um clima agradável, com tempo nublado e temperatura mais amena, voltando a chover fraco apenas no final da competição.

Lençóis Paulista possui um grande histórico e tradição nessa modalidade esportiva, tendo já possuído equipes de grande destaque e representatividade no ciclismo paulista e nacional, principalmente entre os anos 1980 e 1990, com equipes que contavam com patrocinadores de peso como o IQB – Indústria Química Brasileira e também da Ducor/ Caloi, importante fabricante de peças e bicicletas do país.

Também já foi um grande polo formador de ciclistas do Estado, tanto no masculino quanto no feminino, com presença marcante nas principais competições do País. Porém nos últimos anos a cidade estava distante do cenário do ciclismo, estando de volta agora com a realização da Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo, que aconteceu uma vez na cidade em 1994, nas primeiras edições do evento.

E o retorno ao cenário não poderia ter sido mais marcante, com a presença de ciclistas de destaque em todas as categorias, como na Elite Masculino (Principal), com a presença do atual Campeão Mundial de paraciclismo de estrada, Lauro César de Mouro Chaman (equipe Funvic/ Brasil Pro Cycling Team/ São José dos Campos-SP), também atual Campeão da Copa do Mundo de paraciclismo e com duas medalhas conquistadas (Prata e Bronze) nas paraolimpíadas do Rio de Janeiro no ano passado.

Lauro Chaman é o atual líder da Copa São Paulo 2017, e obteve a sexta vitória na temporada (em todas as etapas que participou), com o tempo de 1h15m31s e 46,2 Km percorridos, com uma volta à frente do pelotão.

Na segunda colocação, ficou Ivan Jorge de Moura, da equipe Fundesport/ Araraquara-SP e em terceiro lugar, Walter Henrique Serrou Pimentel, da equipe Alto Giro/ Campo Grande-MS. Com essa vitória, Lauro Chaman segue isolado na liderança da Copa, seguindo firme rumo ao título inédito, após ter conquistado 3 vice-campeonatos em edições anteriores (2009, 2010 e 2014) desse campeonato que o revelou.

Ao todo, foram 12 categorias oficiais, divididas por idade e também critério técnico (no caso da Elite Masculino), e em todas as etapas os cinco primeiros colocados somam pontos para o ranking individual por categorias da Copa São Paulo, com exceção das categorias Sênior-A (30 a 39 anos) e Elite Masculino, que somam pontos os dez primeiros colocados em cada etapa, e também para as suas respectivas equipes na classificação geral por equipes.

Todos os líderes competiram com sua camisa quadriculada vermelha e branca de líderes da edição 2017 da CSPC. A bela premiação personalizada a cada etapa é oferecida aos cinco primeiros colocados do pódio (troféus e medalhas) e na categoria Elite Masculino, os três primeiros colocados levam uma premiação em dinheiro, oferecida pela organização.

Segundo o novo Diretor Municipal de Esportes de Lençóis Paulista, Raphael Carlos Perantoni Blanco, a intenção é justamente resgatar essa tradição da cidade no ciclismo e recolocá-la novamente em evidência, com a realização de eventos como a Copa São Paulo e o apoio para o surgimento de novos talentos para o esporte, com a formação de uma nova equipe. “A nossa administração visa o incentivo a todas as modalidades e oferecer oportunidades esportivas diferenciadas à população.

O ciclismo é uma das nossas modalidades mais tradicionais na cidade, e para isso buscamos essa parceria com o pessoal da Copa São Paulo de Ciclismo/ FPC que irá nos ajudar nesse objetivo, que é resgatar os bons tempos do ciclismo lençoense”, afirma Raphael, que além de Diretor de Esportes e Educador Físico, também é atleta do Karatê e praticante do ciclismo.

Para os organizadores da CSPC Alessandro Giannini e Wéder Teixeira, é uma satisfação muito grande levar uma etapa para a cidade, por toda a sua história e tradição no ciclismo e por possuir ciclistas com enorme potencial: “Tentamos por vários anos trazer uma etapa para Lençóis Paulista, mas por algum motivo, apesar de toda a tradição dessa cidade no esporte, nunca conseguimos.

Porém agora os objetivos estão em comum e parabenizamos a atual administração esportiva da cidade pela visão abrangente e o respeito à história de Lençóis Paulista no ciclismo. Fomos muito bem recebidos por todos e esperamos auxiliar na concretização dos objetivos, auxiliando no que for preciso e mantendo essa parceria para os próximos anos, com um evento oficial e de qualidade no município”, comenta Alessandro.

Para ver todos os resultados de todas as categorias da 10ª Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo em Lençóis Paulista, inclusive os iniciantes da cidade, confiram o Boletim completo de Resultados, que segue anexo.

A 11ª e penúltima Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo será realizada no dia 26 de Novembro, na cidade de Cajuru-SP, uma aguardada Prova de Estrada.

Resultados 10ª Etapa.

CATEGORIA: ELITE MASC. – Classific. em Lençóis Paulista – Tempo de prova: 1h15m31s – Total percorrido : 46,2 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
02 Lauro Cesar Mouro Chaman Funvic/ Brasil Pro Cycling Team/ São José dos Campos-SP 12
01 Ivan Jorge de Moura Fundesport/ Araraquara-SP 10
37 Walter Henrique Serrou Pimentel Alto Giro/ Campo Grande-MS 8
12 Antônio Sergio Alves Radical Sport Club/ Boituva-SP 7
04 Luis Augusto Gagliardi Machioli Fundesport/ Araraquara-SP 6
52 Gabriel Graça Alexandre Pro Cycling Team ADF/ Guarulhos-SP 5
18 Cledilson Lourenço Vezza Diretoria de Esportes/ Lençóis Paulista-SP 4
61 Cristiano Pedro da Silva Diretoria de Esportes/ Lençóis Paulista-SP 3

CATEGORIA: SENIOR-A – Classificação em Lençóis Paulista – Tempo de prova: 1h09m03s – Total percorrido: 39,6 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
206 Lauro Linhares França de Melo Avulso-SP 12
208 José Edson Pereira dos Santos Team ABC/ Botucatu-SP 10
103 Rodrigo Luiz Pulini Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 8
130 Danilo Cesar Tostes SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 7
171 Marcelo Magri Biazetti SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 6
114 Marcelo Ferreira de Jesus Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 5
185 Claudemir Bernardis da Silva SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 4
147 Caio Augusto Cintra Maura SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 3
158 Bruno Ricardo de Oliveira Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 2
10º 195 William Almeida SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 1

CATEGORIA: SUB-30 – Classificação em Lençóis Paulista – Tempo de prova: 1h01m38s – Total percorrido: 33 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
315 Carlos Eduardo Uchoa Vicente Fundesport/ Araraquara-SP 12
310 Felipe de Souza Ferreira SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 10
339 Paulo Ricardo Gomes dos Santos SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 8
338 Samuel de Oliveira Team ABC/ Botucatu-SP 7
337 Wellington Julian Brasil Team ABC/ Botucatu-SP 6

CATEGORIA: SENIOR-B – Classificação em Lençóis Paulista – Tempo de prova: 1h12m48s – Total percorrido: 40,1 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
401 Dogmar Lopes Cavalcanti Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 12
418 Vanderlei Velloso Braga SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 10
448 Cesar Novelli Cuzato Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 8
441 Marcio Rogério Pereira SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 7
427 Ovirsion Edson dos Santos SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 6

CATEGORIA: ELITE FEMININO – Classific. em Lençóis Paulista – Tempo de prova: 57m05s – Total percorrido: 26,4 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
802 Leandra Marques Ribeiro da Silva Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 12
820 Raquel Vaz Valentin Roland Diretoria de Esportes/ Lençóis Paulista-SP 10

CATEGORIA: JUNIOR MASC. – Classific. em Lençóis Paulista – Tempo de prova: 1h13m03s – Total percorrido: 33 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
703 Celso Feliciano Bueno Junior Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 12

CATEGORIA: JUNIOR FEM. – Classific. em Lençóis Paulista – Tempo de prova: 53m57s – Total percorrido: 23,1 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
854 Julia Raynnara de Toledo ABEC/ Rio Claro-SP 12
856 Juliana da Silva ABEC/ Rio Claro-SP 10
855 Jessica Aline Tosta ABEC/ Rio Claro-SP 8

CATEGORIA: MASTER-A – Classificação em Lençóis Paulista – Tempo de prova: 46m29s – Total percorrido: 26,4 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
601 Sidnei da Silva SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 12
611 Sergio Gibim SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 10
618 Elcio Alexandre Acicli/ Itapetininga-SP 8
605 João Batista de Toledo A.C.C./SEL/ Sport Bike/ Cordeirópolis-SP 7
617 Eduardo Caldeira Barros Diretoria de Esportes/ Lençóis Paulista-SP 6

CATEGORIA: MASTER-B – Classificação em Lençóis Paulista – Tempo de prova: 45m17s – Total percorrido: 18,6 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
651 João Batista Maglio Odontologia Maglio, Implantes e Laserterapia/ Araraquara-SP 12
652 Anízio Horácio da Silva Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 10
656 Fernando Mauro Roncari Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 8
670 José Carlos Fonseca Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 7
662 Darlei Mota de Melo Avulso-SP 6

CATEGORIA: JUVENIL – Classificação em Lençóis Paulista – Tempo de prova: 42m31s – Total percorrido: 23,1 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
785 Davidson Rodrigues Ovidor U.C.I./ Iracemápolis-SP 12
756 Leonardo Francisco Rodrigues Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 10
770 Luiz Henrique Melani U.C.I./ Iracemápolis-SP 8
769 Eduardo Reinehr Bigliassi DME/ Barra Bonita-SP 7

CATEGORIA: INFANTO/JUVENIL – Classific. em Lençóis Paulista – Tempo de prova: 32m27s – Total perc.: 16,5 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
915 Gustavo Henrique Lopes Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 12
925 Renan Vinicius ABEC/ Rio Claro-SP 10
910 Victor Cesar de Paula São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 8
923 Lucas Mosso ABEC/ Rio Claro-SP 7
901 Lucca Marques da Silva Ferreira São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 6

CATEGORIA: MOUNTAIN BIKE – Classific. em Lençóis Paulista – Tempo de prova: 55m03s – Total percorrido: 29,7 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
560 Douglas Berloche SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 12
520 Marcos Henrique Amaro Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 10
512 Bruno Rodrigo Otaviano SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 8
556 André Luis Vicentim SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 7
503 Anderson Anselmo Ciclo Edão/ Ibirá-SP 6

CATEGORIAS  EXTRAOFICIAIS – Livre Bicicleta – (Iniciantes da Cidade de Lençóis Paulista):

CATEGORIA: INICIANTES  SPEED ADULTO MASCULINO (1 volta – 3,3 Km – tempo: 05m46s)

COL. Nº Atl. NOME
399 Fabiano Leite
401 Cristiano Pedro da Silva
395 Marcos de Lima

CATEGORIA: INICIANTES MTB ADULTO MASCULINO (1 volta – 3,3 Km)

COL. Nº Atl. NOME
397 Rafael Ramponi
396 Joao Thiago Domingues
398 Thiago Paulo Monzani

CATEGORIA: INICIANTES MTB JUVENIL MASCULINO (1 volta – 3,3 Km)

COL. Nº Atl. NOME
832 Luis Otavio da Silva
833 Luis Gustavo da Silva

CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPES EM LENÇÓIS PAULISTA-SP

Col. EQUIPE CIDADE P.G.
Team 255/ Band UP/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal Jaú-SP     72
SEME Santa Bárbara D’oeste-SP 54
ABEC Rio Claro-SP 47
Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso Batatais-SP 34
SECET/ Academia Estação Boa Forma/ Space Seguros/ Good Shape/ Master Result/ USC Serrana-SP 29
Fundesport Araraquara-SP 28
Diretoria de Esportes Lençóis Paulista-SP 23
Team ABC Botucatu-SP 23
U.C.I. Iracemápolis-SP 20
10ª SMELT/ Ciclismo Matão Matão-SP 16
11ª São Francisco Saúde/ SME Ribeirão Preto-SP 14
12ª Funvic/ Brasil Pro Cycling Team São José dos Campos-SP 12
Odontologia Maglio, Implantes e Laserterapia Araraquara-SP 12
SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados Monte Alto-SP 12
15ª Prefeitura Municipal/ Unimed Ibitinga-SP 10
16ª Alto Giro Campo Grande-MS 08
Acicli Itapetininga-SP 08
18ª Radical Sport Club Boituva-SP 07
Sport Bike/ A.C.C./ SEL Cordeirópolis-SP 07
DME Barra Bonita-SP 07
21ª Ciclo Édão Ibirá-SP 06
22ª Pro Cycling Team ADF Guarulhos-SP 05

 

 

 

Copa São Paulo Ciclismo 2017 Resultados 9ª Etapa.

CATEGORIA: ELITE MASCULINO – Classificação em Bauru – Tempo de prova: 1h07m37s – Total percorrido: 44,8 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
56 Vitor Fernandes da Fonseca ECT/ Tarumã/ Taubaté-SP 12
59 Willian Vieira de Melo Avulso-SP 10
01 Ivan Jorge de Moura Fundesport/ Araraquara-SP 8
23 Jorge Roberto Bratfische Junior Fundesport/ Araraquara-SP 7
12 Antônio Sergio Alves Associação Radical Sport Club/ Boituva-SP 6
22 Valdecir Lourenceto Fundesport/ Araraquara-SP 5
04 Luis Augusto Gagliardi Machioli Fundesport/ Araraquara-SP 4

 

CATEGORIA ELITE MASCULINO – CLASSIFICAÇÃO GERAL ATÉ A 9ª ETAPA – BAURU-SP

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
02 Lauro César Mouro Chaman (Líder) Funvic/ Brasil Pro Cycling Team/ São Jose dos Campos-SP 60
01 Ivan Jorge de Moura Fundesport/ Araraquara-SP 45
20 Thomaz Antelmo de Souza Fundesport/ Araraquara-SP 29
35 Julio César Franco Ciclo Race/ Gabriel Marques 29
22 Valdecir Lourenceto Fundesport/ Araraquara-SP 25
56 Vitor Fernandes da Fonseca ECT/ Tarumã/Taubaté-SP 22
23 Jorge Roberto Bratfische Junior Fundesport/ Araraquara-SP 20
59 William Vieira de Melo Avulso-SP 15
04 Luiz Augusto Gagliardi Machioli Fundesport/ Araraquara-SP 13
30 Robson Cesar Rodrigues SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 13
11º 58 Josimar Oliveira Sacramento ECT/ Tarumã/Taubaté-SP 12
13 Aurélio Bueno Moreira SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 12
13º 31 Eliel Rodrigo Pereira Balbino SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 11
14º 28 Adriano Penacchi Cheregatti SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 10
19 Elton Pedrozo da Silva Memorial/ Fupes/ Santos-SP 10
16º 32 Weber Pires Prefeitura Municipal/ Américo Brasiliense-SP 08
26 Elivelton Pedro Pro Cycling Team ADF/ Guarulhos-SP 08
38 Bruno Henrique Catanante SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 08
27 Felipe dos Santos Pacanaro Memorial/ Fupes/ Santos-SP 08
20º 53 Alan Valêncio Maniezzo São Francisco Saúde/ Klabin/ SME/ Ribeirão Preto-SP 07
50 Danilo Eduardo Veiga SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 07
40 Igor Teodoro Molina Clube de Ciclismo/ São José dos Campos-SP 07
05 Tiago Alberto dos Santos SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 07
24º 12 Antônio Sergio Alves Associação Radical Sport Club/ Boituva-SP 06
55 Renato Ruiz ECT/ Tarumã/Taubaté-SP 06
48 Rafael Cesar Generoso Fundesport/ Araraquara-SP 06
27º 03 Antonio Luan Nascimento da Matta ECT/ Tarumã/Taubaté-SP 05
33 Rogerio Adolfo da Silva Junior São Francisco Saúde/ Klabin/ SME/ Ribeirão Preto-SP 05
29 Flavio Campos José SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 05
31º 17 Erik Sanderson Luciano Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 04
11 Gian Daniel Tavares Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 04
47 Luan de Oliveira Souza Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 04
06 Tarcísio Higor Caetano Santos SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 04
39 Wilson Fernando Ferreira W2 Sports Assessoria Esportiva 04
36º 57 Breno França Sidoti ECT/ Tarumã/Taubaté-SP 03
24 Renato José Furlani SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 03
38º 51 Vagner Roberto da Silva Avulso/SP 02
36 Jeovane Junior de Oliveira São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 02
40º 54 Patrique Gama Azevedo ECT/ Tarumã/Taubaté-SP 01

 

CATEGORIA: SENIOR-A – Classificação em Bauru – Tempo de prova: 1h10m38s – Total percorrido: 44,8 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
202 Rubens Matias Rodrigues Junior SEMEL/ Rubão Assessoria Esportiva/ Bauru-SP 12
199 Rony Rauller da Silva Avulso-PR 10
171 Marcelo Magri Biazetti SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 8
103 Rodrigo Luiz Pulini Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 7
147 Caio Augusto Cintra Maura SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 6
156 Alexandre Paulo dos Santos Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 5
184 Danilo Aroldo Lance SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 4
139 Marco Antonio dos Santos Leite SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 3
181 Daniel Rodrigues Cardoso SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 2
10º 161 Douglas Fernando Alves SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 1

 

CATEGORIA SENIOR A – CLASSIFICAÇÃO GERAL ATÉ A 9ª ETAPA – BAURU-SP

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
   1º 147 Caio Augusto Cintra Maura (Líder) SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 56
   2º 130 Danilo Cesar Tostes SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 53
   3º 171 Marcelo Magri Biazetti SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 43
   4º 115 Eliezer Reginaldo da Silva Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 34
103 Rodrigo Luiz Pulini Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 31
114 Marcelo Ferreira de Jesus Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 25
139 Marco Antônio dos Santos Leite SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 24
123 Eder Aparecido Freire Avulso-SP 21
118 João Henrique Marchetti SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 18
10º 161 Douglas Fernando Alves SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 17
11º 142 Marcelo Ambrósio Paschoalino SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 16
12º 156 Alexandre Paulo dos Santos Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 15
13º 138 Marcio Roberto Farinchon SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 14
14º 202 Rubens Matias Rodrigues Junior SEMEL/ Rubão Assessoria Esportiva/ Bauru-SP 12
167 Fabricio Henrique A. da Fonseca Auto Posto Lunasa/ Araguari-MG 12
16º 116 Silvio Mastrocesare Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 11
17º 199 Rony Rauller da Silva Avulso-PR 10
195 Willian Almeida SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 10
132 Alex Fernando dos Santos SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 10
20º 152 Rodrigo Favaretto Radical Bike/ São Sebastião do Paraíso-MG 09
21º 185 Claudemir Bernardis da Silva SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 08
104 Thiago Rafael Branquinho FEAC/ Franca-SP 08
23º 187 Luis Paulo Santos Ciclo Sport/ Poços de Caldas-MG 07
163 Roberto Marinotti Associação Joaquinense de Ciclismo/ São Joaquim da Barra-SP 07
160 Isaque Rodrigues dos Santos Avulso-MG 07
26º 184 Danilo Aroldo Lance SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 06
155 Daniel Berturo dos Santos Associação Joaquinense de Ciclismo/ São Joaquim da Barra-SP 06
179 Renato Tostes Milhoci SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 06
120 Paulo Caetano de Oliveira Filho Prefeitura Municipal/Unimed/ Ibitinga-SP 06
30º 106 Fernando de Oliveira Avulso-MG 05
31º 131 Lucas Eduardo Simão SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 04
32º 177 Fabio Ribeiro Moreira Avulso/MG 03
125 Sergio de Oliveira SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 03
34º 181 Daniel Rodrigues Cardoso SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 02
158 Bruno Ricardo de Oliveira Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 02
36º 143 Tiago Cavallari de Queiroz SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 01
112 Valmir Fabio Lourenço Junior Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 01
173 Ricardo Correa Martins Avulso-DF 01
109 Paulo Rogerio de Matos Soati Associação de Ciclismo de Araras/ Araras-SP 01

 

CATEGORIA: SUB-30 – Classificação em Bauru – Tempo de prova: 1h06m03s – Total percorrido: 33,6 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
315 Carlos Eduardo Uchoa Vicente Fundesport/ Araraquara-SP 12
336 Renan Cesar da Silva SEMEL/ Especial Bike/ Bauru-SP 10
301 Felipe Eduardo de Oliveira Vassalo Fundesport/ Araraquara-SP 8
311 Rodrigo Aparecido Veiga SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 7
310 Felipe de Souza Ferreira SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 6

 

CATEGORIA SUB-30 – CLASSIFICAÇÃO GERAL ATÉ A 9ª ETAPA – BAURU-SP

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
315 Carlos Eduardo Uchoa (Líder) Fundesport/ Araraquara-SP 94
311 Rodrigo Aparecido Veiga SEME/ Santa Barbara D’Oeste-SP 65
310 Felipe de Souza Ferreira SEME/ Santa Barbara D’Oeste-SP 51
301 Felipe Eduardo de Oliveira Vassalo Fundesport/ Araraquara-SP 35
322 Thiago Tamiel Poloni do Bonfim Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 19
305 Gerson Marques de Oliveira Associação de Ciclismo de Araras/ Araras-SP 15
336 Renan Cesar da Silva SEMEL/ Especial Bike/ Bauru-SP 10
326 Cesar Augusto Oliveira Souza SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 10
318 João Antônio Mendes Pedrosa SEME/ Santa Bárbara D’Oeste-SP 10
317 Rafael Nascimento Araújo Ferreira Lelin Bikes/ Uberaba-MG 08
10º 329 Marcos Roberto Moraes Team Lechat/ São Carlos-SP 07
11º 306 Erik Murilo Biondo Prefeitura Municipal/Unimed/ Ibitinga-SP 06
325 Bruno dos Santos Ciclo Edão/ Ibirá-SP 06

 

CATEGORIA: SENIOR-B – Classificação em Bauru – Tempo de prova: 1h05m47s – Total percorrido: 36,4 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
403 Edson Ângelo Anselmo Ciclo Edão/ Ibirá-SP 12
427 Ovirsion Edson dos Santos SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 10
441 Marcio Rogério Pereira SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 8
456 Eber Moreno Vieira Clube Londrinense de Ciclismo/ Londrina-PR 7
439 Fabio Garcia Belavita Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 6

 

CATEGORIA SENIOR B – CLASSIFICAÇÃO GERAL ATÉ A 9ª ETAPA – BAURU-SP

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
403 Edson Ângelo Anselmo (Líder) Ciclo Edão/ Ibirá-SP 72
402 José Carlos Fonseca Junior Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 59
417 Vanderlei Velloso Braga SEME/Santa Barbara D’Oeste-SP 44
439 Fábio Garcia Belavita Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 30
427 Ovirsion Edson dos Santos SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 24
411 André Luis Santanna Argentin SEME/ Santa Barbara D’Oeste-SP 24
435 Cleiton Ferreira Associação Joaquinense de Ciclismo/ São Joaquim da Barra-SP 14
412 Luciano Ap. Ferreira da Rocha SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 13
415 João Batista Mantovani Fundesport/ Araraquara-SP 13
10º 449 Hamilton Fernandes de Souza ACL Dimensional/ Limeira-SP 12
413 Roniberto Scomparim SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 12
430 Maxwell da Rocha Velo 48/ São Paulo-SP 12
13º 441 Marcio Rogério Pereira SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 08
420 Tomás de Andrade Sartori SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 08
405 Ayres Corona Neto Associação de Ciclismo de Araras/ Araras-SP 08
16º 456 Eber Moreno Vieira Clube Londrinense de Ciclismo/ Londrina-PR 07
401 Dogmar Lopes Cavalcanti Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 07
18º 448 Cesar Novelli Cuzato Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 06
418 Carlos Henrique Takimoto SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 06

 

CATEGORIA: ELITE FEMININO – Classificação em Bauru – Tempo de prova: 52m40s – Total percorrido: 22,4 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
819 Danaê Fernandes Clube Londrinense de Ciclismo/ Londrina-PR 12
802 Leandra Marques Ribeiro da Silva Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 10
801 Mariana de Freitas Camargo Avulsa-SP 8
815 Rafaela de Fátima Cardoso Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 7

 

CATEGORIA ELITE FEMININO – CLASSIFICAÇÃO GERAL ATÉ A 9ª ETAPA – BAURU-SP

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
805 Lusuelen Domingues Santos (Líder) Fundesport/ Araraquara-SP 82
802 Leandra Marques Ribeiro da Silva Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 73
806 Jaqueline Mendonça Fundesport/ Araraquara-SP 69
801 Mariana de Freitas Camargo Avulsa-SP 24
815 Rafaela de Fátima Cardoso Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 23
804 Paula Vital Andrade Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 17
819 Danaê Fernandes Clube Londrinense de Ciclismo/ Londrina-PR 12
810 Maira Nogueira Murakami Fundesport/ Araraquara-SP 08
811 Fabiana Cristina Magalhães SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 08
808 Denise Cerize Kolling Avulsa-MG 08
11ª 809 Ana Paula Magalhães Radical Bike/ São Sebastião do Paraíso-MG 07
12ª 814 Amanda Graziela Mendes FEAC/ Franca-SP 06
817 Aline Nascimento Cruz Avulsa-SP 06
816 Andreia Passos Marques Fundesport/ Araraquara-SP 06
812 Jomara Cristina Meira Guerrão Auto Posto Lunasa/ Araguari-MG 06

 

CATEGORIA: JUNIOR MASCULINO – Classificação em Bauru – Tempo de prova: 52m35s – Total percorrido: 28 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
720 João Pedro Rossi São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 12
706 Sergio Reis Vieira dos Santos Fundesport/ Araraquara-SP 10
710 Luiz Fernando Bezerra São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 8
707 Renan Izzo São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 7
703 Celso Feliciano Bueno Junior Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 6

 

CATEGORIA JUNIOR MASCULINO – CLASSIFICAÇÃO GERAL ATÉ A 9ª ETAPA – BAURU-SP

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
704 Matheus Máximo dos Reis (Líder) SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 74
705 Felipe Aparecido Brito Fundesport/ Araraquara-SP 73
707 Renan Izzo São Francisco Saúde/SME/ Ribeirão Preto-SP 61
706 Sergio Reis Vieira dos Santos Fundesport/ Araraquara-SP 42
710 Luiz Fernando Bezerra São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 29
720 João Pedro Rossi São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 12
718 Paulo Felipe Amorim da Silva UCI/ Iracemápolis-SP 12
703 Celso Feliciano Bueno Junior Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 12
716 Brendo Morais Santos UCI/ Iracemápolis-SP 10
701 Alex David dos Santos ABEC/ Rio Claro-SP 10
11º 713 Arthur Brandino dos Santos UCI/ Iracemápolis-SP 08
12º 714 Gustavo Teodoro Nascimento SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 07
711 Igor Nunes Ferreira Silva Lelin Bikes/ Uberaba-MG 07
14º 709 Luiz Guilherme Tempesta Cirilo São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 06

 

CATEGORIA: JUNIOR FEMININO – Classificação em Bauru – Tempo de prova: 40m12s – Total: 16,8 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
853 Cecilia Vieira Lance São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 12
854 Julia Raynnara de Toledo ABEC/ Rio Claro-SP 10
858 Bruna de Oliveira Zaparoli São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 8
861 Ana Beatriz Venci São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 7
862 Bianca de Oliveira Zaparoli São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 6

 

CATEGORIA JUNIOR FEMININO – CLASSIFICAÇÃO GERAL ATÉ A 9ª ETAPA – BAURU-SP

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
854 Julia Raynnara de Toledo (Líder) ABEC/ Rio Claro-SP 74
853 Cecilia Vieira Lance São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 60
858 Bruna de Oliveira Zaparoli São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 54
851 Gabriela Martins da Silva São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 28
861 Ana Beatriz Venci São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 15
860 Paula Pacheco de Oliveira Liga de Ciclismo Sorocabana/ Sorocaba-SP 12
857 Juliana Andressa Machado Siqueira ABEC/ Rio Claro-SP 12
855 Jéssica Aline Tosta ABEC/ Rio Claro-SP 10
856 Juliana da Silva ABEC/ Rio Claro-SP 07
10ª 862 Bianca de Oliveira Zaparoli São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 06
859 Hellen Mariana Martins São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 06

 

 

CATEGORIA: MASTER-A – Classificação em Bauru – Tempo de prova: 1h01m38s – Total percorrido: 30,8 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
605 João Batista de Toledo Sport Bike/ A.C.C./ SEL/ Cordeirópolis-SP 12
602 Isaac Rodrigues de Oliveira Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 10
620 Elpidio Pinto Gonçalves Filho DME/ Barra Bonita-SP 8
621 Wander Panfili SEMEL/Tri Bike/ Bauru-SP 7

 

CATEGORIA MASTER A – CLASSIFICAÇÃO GERAL ATÉ A 9ª ETAPA – BAURU-SP

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
601 Sidnei da Silva (Líder) SEME/ Santa Barbara D’Oeste-SP 78
605 João Batista de Toledo Sport Bike/ A.C.C./ SEL/ Cordeirópolis-SP 76
602 Isaac Rodrigues de Oliveira Prefeitura Municipal/Unimed/ Ibitinga-SP 62
611 Sergio Gibim SEME/ Santa Barbara D’Oeste-SP 62
615 Jonas Garcia Ferreira Junior Avulso/ SP 18
607 Flavio Roberto Sem Chechem SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 14
603 Paulo Humberto Graciano SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 12
614 Teodorico Lacerda Junior SEME/ Santa Bárbara D’Oeste-SP 12
620 Elpidio Pinto Gonçalves Filho DME/ Barra Bonita-SP 08
10º 621 Wander Panfili SEMEL/Tri Bike/ Bauru-SP 07
609 Carlos Henrique Arduíno Molyplast/ Ribeirão Preto-SP 07
613 Antonio de Almeida Conceição Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 07
13º 616 Edson Francisco Bruno Ciclo Sport/ Poços de Caldas-MG 06
608 Roberto Elias Bertonha Avulso-SP 06

 

CATEGORIA: MASTER-B – Classificação em Bauru – Tempo de prova: 49m20s – Total percorrido: 25,2 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
651 João Batista Maglio Odontologia Maglio, Implantes e Laserterapia/ Araraquara-SP 12
652 Anízio Horácio da Silva Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 10
656 Fernando Mauro Roncari Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 8
653 José Carlos Fonseca Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 7

 

CATEGORIA MASTER B – CLASSIFICAÇÃO GERAL ATÉ A 9ª ETAPA – BAURU-SP

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
651 João Batista Maglio (Líder) Odontologia Maglio, Implantes e laserterapia/ Araraquara-SP 96
652 Anízio Horácio da Silva Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 84
656 Fernando Mauro Roncari Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 62
653 José Carlos Fonseca Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 43
657 Sebastião Vicente Rodrigues Filho SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 28
661 Benedito de Lima Pedroso São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 08
660 Gerson Reginaldo Avulso/SP 07
659 Carlos Eduardo Zambello SEME/ Santa Bárbara D’oeste-SP 07
655 Neider Caram Avulso-SP 07
10º 654 Donato Jerônimo Machado SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 06

 

CATEGORIA: JUVENIL – Classificação em Bauru – Tempo de prova: 46m56s – Total percorrido: 28 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
759 Thiago Koch da Cunha Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 12
756 Leonardo Francisco Rodrigues Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 10
762 Marcio Machado São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 8
769 Eduardo Reinehr Bigliassi DME/ Barra Bonita-SP 7
765 Matheus Gabriel Oliveira Prado São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 6

 

CATEGORIA JUVENIL – CLASSIFICAÇÃO GERAL ATÉ A 9ª ETAPA – BAURU-SP

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
756 Leonardo Francisco Rodrigues (Líder) Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 82
759 Thiago Koch da Cunha Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 80
760 Marcos Levy Nascimento da Matta Avulso-SP 44
754 Luan Henrique Rossi Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 31
751 João Henrique Scarante São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 28
762 Marcio Machado São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 22
758 Adrian Gleison Tosta Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 18
757 Guilherme Pereira Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 14
765 Mateus Gabriel de Oliveira Prado São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 12
10º 761 José Luiz Vieira Felicio São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 10
753 Lucas Ferreira Candiotto Nicácio UCI/ Iracemápolis-SP 10
12º 752 Alberto Antônio Batista Sales Junior SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 08
13º 769 Eduardo Reinehr Bigliassi DME/ Barra Bonita-SP 07
763 Cayo Oliveira Rodrigues São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 07
767 Davidson Rodrigues UCI/ Iracemápolis-SP 07
755 Eduardo Martins Remaili Avulso-SP 07

 

CATEGORIA: INFANTO/JUVENIL – Classificação em Bauru – Tempo de prova: 35m10s – Total percorrido: 16,8 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
912 Matheus Castro de Oliveira São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 12
911 Lucas dos Santos Silva São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 10
910 Victor Cesar de Paula São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 8
901 Lucca Marques da Silva Ferreira São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 7
903 João Paulo dos Santos Ciclo Edão/ Ibirá-SP 6

 

CATEGORIA INFANTO/JUVENIL – CLASSIFICAÇÃO GERAL ATÉ A 9ª ETAPA – BAURU-SP

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
901 Lucca Marques Ferreira Silva (Líder) São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 62
912 Matheus Castro de Oliveira São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 56
911 Lucas dos Santos Silva São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 56
903 João Paulo dos Santos Ciclo Edão/ Ibirá-SP 50
910 Victor César de Paula São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 40
908 Caio Augusto Rossi São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 26
907 João Vieira Felício São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 24
902 João Guilherme Camilo Ferracini SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 24
915 Gustavo Henrique Lopes Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 20
10º 905 Lucas David Rodrigues Waz Cruz SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 13
11º 904 Vinicius Leonardo Rodrigues Waz SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 06

 

CATEGORIA: MOUNTAIN BIKE – Classificação em Bauru – Tempo de prova: 49m22s – Total percorrido: 25,2 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
520 Marcos Henrique Amaro Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 12
511 Luciano Antonio de Souza SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 10
503 Anderson Anselmo Ciclo Edão/ Ibirá-SP 8
518 Gederson Roberto Fini Mussi Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 7
512 Bruno Rodrigo Otaviano SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 6

 

CATEGORIA MOUNTAIN BIKE – CLASSIFICAÇÃO GERAL ATÉ A 9ª ETAPA – BAURU-SP

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
511 Luciano Antônio de Souza (Lider) SMELT/Ciclismo Matão/ Matão-SP 69
503 Anderson Anselmo Ciclo Edão/ Ibirá-SP 40
518 Gederson Roberto Fini Mussi Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 31
512 Bruno Rodrigo Otaviano SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 30
506 Everton Fernando Mendes Bike Bariri/ Bariri-SP 28
520 Marcos Henrique Amaro Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 26
509 Carlos Renato Mastriaga Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 19
516 Matheus Vieira Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 18
520 Marcos Henrique Amaro Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 12
10º 527 Diego Lucas Lima de Oliveira Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 10
538 Rafael Vieira de Toledo SodBike/ Araraquara-SP 10
12º 535 Rafael Luiz de Oliveira SodBike/ Araraquara-SP 08
504 Ricardo Alexandre Anselmo Ciclo Edão/ Ibirá-SP 08
14º 539 Kelviler Henrico Clementino Avulso-SP 07
524 Elineu Gonçalves Borges Ciclo Edão/ Ibirá-SP 07
517 Cristiano Alves de Macedo CR Bikes/ Pedregulho-SP 07
507 Luis Carlos da Silva Batista SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 07
18º 540 Alexandre Pereira Lima Same Bike Team/ Nuporanga-SP 06
522 Willian da Costa Flor SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 06
519 Gustavo Henrique Lopes Team 255/ Band Up/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 06
521 Marcelo José Furlan SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 06
502 Elieber Abissai Carrera SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 06

 

 

CATEGORIAS EXTRAOFICIAIS – Livre Bicicleta – (Iniciantes da Cidade de Bauru e região):

 

CATEGORIA: INICIANTES MIRIM MASCULINO (1 volta – 2,8 Km)

COL. Nº Atl. NOME
831 Guilherme Pinheiro dos Santos
829 Raul Fernandes
830 Arthur Fernandes

 

 

CATEGORIA: INICIANTES FEMININO

COL. Nº Atl. NOME
1002 Julia Bombini Faustini

 

CATEGORIA: INICIANTES JUVENIL MASCULINO

COL. Nº Atl. NOME
659 Murilo Bonifácio
674 Liniquer Grecco

 

POR EQUIPES EM BAURU-SP

Col. EQUIPE CIDADE P.G.
São Francisco Saúde/ SME Ribeirão Preto-SP 111
Team 255/ Band UP/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal Jaú-SP     62
Fundesport Araraquara-SP 54
Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso Batatais-SP 33
SEMEL Bauru-SP 29
Ciclo Edão Ibirá-SP 26
SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados Monte Alto-SP 24
Prefeitura Municipal/ Unimed Ibitinga-SP 22
Clube Londrinense de Ciclismo Londrina-PR 19
10ª SMELT/ Ciclismo Matão Matão-SP 16
11ª DME Barra Bonita-SP 15
12ª SECET/ Academia Estação Boa Forma/ Space Seguros/ Good Shape/ Master Result/ USC Serrana-SP 14
13ª SEME Santa Bárbara D’oeste-SP 13
14ª ECT/ Tarumã Taubaté-SP 12
Sport Bike/ A.C.C./ SEL Cordeirópolis-SP 12
Odontologia Maglio, Implantes e Laserterapia Araraquara-SP 12
15ª ABEC Rio Claro-SP 10
16ª Radical Sport Club Boituva-SP 06
17ª SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC Sertãozinho-SP 04

*OBS: A Direção da Copa São Paulo de Ciclismo parabeniza as equipes: Secel/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP, SEMEL/ Bauru-SP e Clube Londrinense de Ciclismo/ Londrina-PR pelos 100% de aproveitamentos de resultados obtidos nesta 9ª etapa, com todos os seus atletas participantes, dentro de suas respectivas categorias, com nenhum dos integrantes fora da zona de pontuação.

 

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL POR EQUIPES ATÉ A 9ª ETAPA – BAURU-SP

Col. EQUIPE CIDADE P.G.
São Francisco Saúde/ Klabin/ SME Ribeirão Preto-SP 642
Fundesport Araraquara-SP 577
Team 255/ Band UP/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal Jaú-SP 477
SEME Santa Bárbara D’oeste-SP 435
Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso Batatais-SP 280
SMELT/ Ciclismo Matão Matão-SP 264
Prefeitura Municipal/ Unimed Ibitinga-SP 263
Ciclo Edão Ibirá-SP 191
SECET/ Academia Estação Boa Forma/ Space Seguros/ Good Shape/ Master Result/ USC Serrana-SP 141
10ª SMEL/Boi Gordo/ Barão Center/ASC Sertãozinho-SP 137
11ª SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados Monte Alto-SP 128
12ª ABEC Rio Claro-SP 113
13ª Odontologia Maglio, Implantes e Laserterapia Araraquara-SP 96
14ª Sport Bike/ A.C.C./ SEL Cordeirópolis-SP 76
15ª Funvic/ Brasil Pro Cycling Team São José dos Campos-SP 60
16ª ECT/ Tarumã Taubaté-SP 49
17ª UCI Iracemápolis-SP 47
18ª SEMEL Bauru-SP 29
Ciclo Race/ Gabriel Marques 29
20ª Bike Bariri Bariri-SP 28
21ª Associação Joaquinense de Ciclismo São Joaquim da Barra-SP 27
22ª Lelin Bikes Uberaba-MG 23
23ª Clube Londrinense de Ciclismo Londrina-PR 19
24ª SodBike Araraquara-SP 18
Auto Posto Lunasa Araguari-MG 18
Memorial/ Fupes Santos-SP 18
27ª Associação de Ciclismo Araras-SP 16
Radical Bike São Sebastião do Paraíso-MG 16
29ª DME Barra Bonita-SP 15
30ª FEAC Franca-SP 14
Açaí Mil & Ross Americana-SP 14
32ª Ciclo Sport Poços de Caldas-MG 13
33ª ACL/ Dimensional Limeira-SP 12
Liga de Ciclismo Sorocabana Sorocaba-SP 12
Velo 48 São Paulo-SP 12
36ª W2 Sports Assessoria Esportiva 11
37ª Tribos Bike Igarapava-SP 10
38ª Prefeitura Municipal Américo Brasiliense-SP 08
Pro Cycling Team ADF Guarulhos-SP 08
39ª Team Lechat São Carlos-SP 07
Molylast Ribeirão Preto-SP 07
Clube de Ciclismo São José dos Campos 07
Equipe Várzea São Carlos-SP 07
43ª Radical Sport Club Boituva-SP 06
Same Bike Team Nuporanga-SP 06
The Brother’s Team Campinas-SP 06
46ª CSB Bike Shop Araraquara-SP 05
47ª Brucicle Brusque-SC 04
SMELT/ Fogão Brasil/ Cesinha Bike Shop Catanduva-SP 04

7 May 2017
100th Giro d’Italia
Stage 03 : Tortoli – Cagliari
1st : GAVIRIA Fernando (COL) Quickstep Floors
Photo : Yuzuru SUNADA

Tour de Guangxi 2017 #2 Etapa.

 

Fernando Gaviria (Quick-Step Floors) ganhou sua segunda vitória consecutiva  no Tour de Guangxi  superando  Maximilian Walscheid da equipe Sunweb em Nanning.

O velocista colombiano entrou na segunda etapa da corrida final da WorldTour da temporada na liderança da prova, e estendeu a liderança com a vitória, somente a 5 segundos de Dillier.


Resultados.

1. Fernando Gaviria Rendon (Col) Quick-Step Floors,  3:43:54
2. Maximilian Richard Walscheid (Ger) Team Sunweb
3. Wouter Wippert (Ned) Cannondale-Drapac
4. Matteo Pelucchi (Ita) Bora-Hansgrohe
5. Mekseb Debesay (Eri) Dimension Data
6. Magnus Cort Nielsen (Den) Orica-Scott
7. Sonny Colbrelli (Ita) Bahrain-Merida
8. Federico Zurlo (Ita) UAE Team Emirates
9. Daniel Oss (Ita) BMC Racing
10. Giacomo Nizzolo (Ita) Trek-Segafredo, st

Classificação Geral.

1. Fernando Gaviria Rendon (Col) Quick-Step Floors,  6:03:35
2. Silvan Dillier (Sui) BMC Racing,  5s
3. Maximilian Richard Walscheid (Ger) Team Sunweb, 14s
4. Dylan Groenewegen (Ned) LottoNl-Jumbo, st
5. Wouter Wippert (Ned) Cannondale-Drapac, 16s
6. Andrey Grivko (Ukr) Astana, st
7. Pascal Ackermann (Ger) Bora-Hansgrohe, st
8. Wilco Kelderman (Ned) Team Sunweb,  17s
9. Rémi Cavagna (Fra) Quick-Step Floors,  st
10. Jonathan Lastra Martinez (Esp) Caja Rural-Seguros RGA, st

Tour da Turquia 2017 #4 Etapa Resultados.

O italiano Diego Ulissi superou seus rivais na primeira etapa de montanha do tour da Turquia para vencer e assumir  a liderança geral que antes era de  Sam Bennett depois de ter vencido as três primeiras etapas planas.

A longa etapa de 205,3 quilómetros apresentou um final de cúpula após três dias relativamente planos, dando aos escaladores al sua primeira chance de brilhar.

Ulissi começou o dia em quinto lugar na geral, tendo já sinalizado suas intenções a Geral em etapas anteriores ao reivindicar valiosos segundos de bônus durante sprints intermediários.

Os Emirados Árabes Unidos colocam seus esforços atrás de Ulissi ao longo do dia, andando na frente do grupo para retirar a diferença de um grupo de fuga com 39 km para final e, em seguida,  Przemyslaw Niemiec e Darwin Atapuma trabalhando para ele quando a corrida atingiu a subida final.

No caso, o italiano não precisava de um intervalo de tempo, já que ele acelerou longe de Jesper Hansen (Astana) e Daniel Martinez (Wilier Triestina-Selle Italia) no último quilômetro. Hansen teve que se contentar com o segundo ficando a cinco segundos, com Martinez em terceiro mais quatro segundos atrás.

É a segunda vitória da temporada World Tour de Ulissi, depois de ter ganho o Grand Prix Cycliste de Montréal em setembro.

Resultados.

1. Diego Ulissi (Ita) UAE Team Emirates,  5:36:03
2. Jesper Hansen (Den) Astana,  5s
3. Daniel Martinez (Col) Wilier Triestina-Selle Italia, 9s
4. Fausto Masnada (Ita) Androni-Sidermec-Bottecchia, 11s
5. Yonder Godoy (Ven) Wilier Triestina-Selle Italia, at 17s
6. Ildar Arslanov (Rus) Gazprom-Rusvelo, st
7. Francesco Gavazzi (Ita) Androni-Sidermec-Bottecchia,  32s
8. Gregor Mühlberger (Aut) Bora-Hansgrohe, st
9. Przemyslaw Niemiec (Pol) UAE Team Emirates,  34s
10. Andrey Zeits (Kaz) Astana,  37s

Classificação Geral.

1. Diego Ulissi (Ita) UAE Team Emirates, 19:00:50
2. Jesper Hansen (Den) Astana, 12s
3. Fausto Masnada (Ita) Androni-Sidermec-Bottecchia, 24s
4. Daniel Martinez (Col) Wilier Triestina-Selle Italia,  29s
5. Yonder Godoy (Ven) Wilier Triestina-Selle Italia,  30s
6. Ildar Arslanov (Rus) Gazprom-Rusvelo, 30s
7. Francesco Gavazzi (Ita) Androni-Sidermec-Bottecchia, 42s
8. Gregor Mühlberger (Aut) Bora-Hansgrohe,  45s
9. Przemyslaw Niemiec (Pol) UAE Team Emirates, 47s
10. Andrey Zeits (Kaz) Astana, 50s

Tour da Turquia 2017 #3 Etapa Resultados.

Sam Bennett ( Bora-Hansgrohe ) está com um aproveitamento de  100 por cento no tour da Turquia 2017 nesta quinta-feira, conquistando sua terceira vitória consecutiva.

 

O irlandês de 26 anos ganhou a terceira etapa em Marmaris com outra performance convincente no sprint do grupo, acabando com todos os seus rivais para ampliar sua liderança geral na corrida.

O belga Edward Theuns (Trek-Segafredo) ficou em segundo lugar, o italiano Simone Consonni (UAE Team Emirates) foi terceiro.

Muitos pensaram que uma escalada difícil colocada logo antes do final deixaria Bennett fora do sprint do grupo, e jogaria nas mãos de Theuns a liderança. No caso, Bennett parecia confortável na subida e tinha energia para poupar para dominar o sprint.

O tour da Turquia continua nesta sexta-feira com quarta etapa, com o primeiro final da prova da corrida em Selçuk após um longo percurso de 205,3 km.

É um dia para os alpinistas, e espera-se que Bennett perca sua na liderança geral. Diego Ulissi (UAE Team Emirates) fez um esforço nas etapas planas para ganhar alguns segundos de bônus em sprints intermediários e está em quinto lugar a 29 segundos. O italiano pode liderar na sexta-feira?

Vamos aguardar o desenrolar da etapa e ver quem vai assumir a camisa ou se ela vai permanecer com Bennett.


Resultados.

1. Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe, in 3-25-26
2. Edward Theuns (Bel) Trek-Segafredo
3. Simone Consonni (Ita) UAE Team Emirates
4. Manuel Belletti (Ita) Wilier Triestinia-Selle Italia
5. Andrea Vendrame (Ita) Androni-Sidermec-Bottechia
6. Francesco Gavazzi (Ita) Androni-Sidermec-Bottechia
7. Vincenzo Albanese (Ita) Bardiani CSF
8. Eduard Prades (Esp) Caja Rural Seguros RGA
10. Ahmet Örken (Tur) Turkey National Team, all same time

Classificação Geral.

1. Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe, in 13-24-28
2. Edward Theuns (Bel) Trek-Segafredo, at 14 secs
3. Simone Consonni (Ita) UAE Team Emirates, at 26 secs
4. Vincenzo Albanese (Ita) Bardiani CSF, at 29 secs
5. Diego Ulissi (Ita) UAE Team Emirates, at 29 secs

 

Tour da Turquia 2017 Resultados #2 Etapa.

foto de arquivo.

Sam Bennett ( Bora-Hansgrohe ) conquistou a segunda vitória consecutiva no tour da turquia 2017, nesta quarta-feira, ganhando no sprint em Fethiye.

O velocista irlandês, mais uma vez, cruzou a  linha de chegada a frente  de seus rivais mais próximos, com o belga Edward Theuns (Trek-Segafredo) segundo e o italiano Riccardo Minali (Astana) conquistou o terceiro lugar.

Na primeira etapa, Bennett tornou-se o primeiro ciclista irlandês a ter uma vitória na história da corrida – agora  o pais e Bennett têm duas vitórias.

Bennett lidera sobre Theuns  por 10 segundos, graças aos segundos de bônus do vencedor, Marco Benfatto (Androni-Sidermec-Bottecchia) é o terceiro à 14 segundos.

Resultados.

1. Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe, 6:02:06
2. Edward Theuns (Bel) Trek-Segafredo
3. Riccardo Minali (Ita) Astana
4. Marco Benfatto (Ita) Androni-Sidermec-Bottechia
5. Simone Consonni (Ita) UAE Team Emirates
6. Manuel Belletti (Ita) Wilier Triestina-Selle Italia
7. Davide Ballerini (Ita) Androni-Sidermec-Bottechia
8. Ahmet Örken (Tur) Turkey national team
9. Paolo Simion (Ita) Bardiani-CSF,  st
10. Frantisek Sisr (Cze) CCC Sprandi Polkowice,  2s

Classificação Geral.

1. Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe,  9:59:12
2. Edward Theuns (Bel) Trek-Segafredo,  10s
3. Marco Benfatto (Ita) Androni-Sidermec-Bottechia, 14s
4. Riccardo Minali (Ita) Astana,  16s
5. Diego Ulissi (Ita) UAE Team Emirates,  19s
6. Vincenzo Albanese (Ita) Bardiani-CSF, 19s
7. Mirco Maestri (Ita) Bardiani-CSF,  19s
8. Francesco Gavazzi (Ita) Androni-Sidermec-Bottechia,  19s
9. Simone Consonni (Ita) UAE Team Emirates,  20s
10. Manuel Belletti (Ita) Wilier Triestina-Selle Italia, 20s

Desafio Ciclistico de Salvador 2017.

Time comandado pelo técnico Marcelo Donnabella faturou os três primeiros lugares da décima edição do Desafio de Salvador no último domingo (8).

A Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde/Klabin/SME) mostrou, mais uma vez, que regularidade é a palavra do momento. Após fazer bonito em duas competições na região Sudeste e conquistar oito pódios de dez possíveis, o time comandado pelo técnico subiu até a Bahia no último domingo (8) e fez a “trinca”. Desta vez, dominou a décima edição do Desafio Ciclístico de Salvador.

Rodrigo do Nascimento foi o grande campeão, seguido por Alan Maniezzo, vice, e Cristian Egídio, terceiro colocado. A corrida, organizada pela Federação Baiana de Ciclismo (FBC) em parceria com a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), é tradicional e conta pontos para o Ranking Nacional.

“Vencemos um circuito que impôs dificuldades, o calor e também um nível elevado de competidores. E, mesmo já em fim de temporada, estamos conseguindo vencer também o cansaço para manter uma ótima regularidade de conquistas no calendário nacional. É mais um resultado muito importante”, comemorou Donnabella.

 

Pódios recentes

No mês de setembro, a Equipe faturou os quatro primeiros lugares do pódio na Volta Internacional do Grande ABCD, no dia 10, e repetiram o resultado no dia 24 na Taça Cidade de Vitória, no Espírito Santo.

Na primeira corrida, Lucas Motta foi campeão, seguido por Rodrigo do Nascimento, vice, Maurício Knapp, terceiro, e Rodrigo Melo, quarto colocado. Duas semanas depois, Alan Maniezzo foi o grande campeão. Rodrigo Melo chegou logo atrás, com Lucas Motta em terceiro e Rodrigo do Nascimento em quarto.

Tour da Turquia 2017 #1 Etapa Resultados.

foto de arquivo.

Sam Bennett ( Bora-Hansgrohe ) venceu a primeira etapa do tour da Turquia nesta terça-feira.

O irlandês de 26 anos está desfrutando de uma boa fase tendo ganho o giro  Münsterland  na Alemanha há uma semana, e ganhou  no início da temporada com uma etapa da Paris-Nice, duas etapas do Tour da Eslovênia e duas no  Tour checoslováquia.

Bennett venceu o italiano Marco Benfatto (Androni-Sidermec-Bottechia) segundo e o belga Edward Theuns (Trek-Segafredo) em terceiro lugar.

A etapa compreendeu um percurso relativamente plano de 170 km de Alanya para Kemer. Após o início, um grupo de seis ciclistas rapidamente formar a fuga do dia: Onur Balkan, Batuhan Özgür (seleção turca), Alex Turrin (Wilier), Flavio Santos (Soul Brasil Cycling), Vincenzo Albanese e Simone Sterbini (Bardiani CSF).

Não deixaram a fuga abrir mais de 2 minutos e com 70 km para o final a fuga foi neutralizada.

Um acidente nos últimos quilômetros deixou uma série de ciclistas caidos  na estrada, derrubando várias bandeiras, embora não tenham sido relatadas feridas graves.

Resultados.

1 Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe 3:57:26
2. Marco Benfatto (Ita) Androni-Sidermec-Bottechia
3. Edward Theuns (Bel) Trek-Segafredo
4. Federico Zurlo (Ita) UAE Team Emirates
5. Paolo Simion (Ita) Bardiani-CSF
6. Niklay Trisov (Rus) Gazprom-Rusvelo
7. Boy van Poppel (Ned) Trek-Segafredo
8. Shane Archbold (NZl) Bora-Hansgrohe
9. Davide Ballerini (Ita) Androni-Sidermec-Bottechia
10. Michal Paluta (Pol) CCC Sprandi Polkowice.

Classificação Geral.

1. Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe
2. Marco Benfatto (Ita) Androni-Sidermec-Bottechia,  4s
3. Edward Theuns (Bel) Trek-Segafredo, 6s

 

Copa São Paulo Ciclismo 2017 Resultados 8ª Etapa.

 

Nesse último domingo – 24/09 aconteceu na cidade da Estância Climática de Nuporanga-SP, a 8ª Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo, um dos maiores campeonatos de ciclismo por etapas do país, recebendo ciclistas de várias regiões do Estado de São Paulo e também do sudoeste Mineiro, para a disputa da prova em 12 categorias oficiais, divididas por idade e também critério técnico, além de três iniciantes extraoficiais, abertas à participação de ciclistas estreantes da cidade de Nuporanga.

A Av. Padre Geraldo Trossel e adjacências, um circuito de 3 Km de extensão por volta, bastante técnico com curvas e em sua maior parte plano, foi o palco das disputas da etapa, que a cidade voltou a sediar após sete anos (a última etapa realizada na cidade havia sido no ano de 2010).

A Prova contou com ótima estrutura por parte da Prefeitura e vários departamentos municipais envolvidos, com a presença de bom público durante a manhã ensolarada, que prestigiaram e torceram por seus atletas locais e também por alguns dos melhores ciclistas de estrada do Pais, em suas respectivas categorias. A etapa teve a realização da Prefeitura Municipal de Nuporanga, com organização da GT Eventos Esportivos e supervisão da Federação Paulista de Ciclismo, com apoios da Àgua Mineral H2 Ótima e Mu-Hu Bike Wear, roupas e uniformes para ciclismo.

 

PRESENÇA DE CICLISTAS COM DESTAQUES INTERNACIONAIS NA ETAPA

 

Na Categoria Elite Masculino, a principal da prova, quem esteve presente e faturou a etapa, foi ninguém menos que Lauro César de Mouro Chaman, da equipe Funvic/ Brasil Pro Cycling Team, de São José dos Campos-SP, atual Campeão Mundial de Paraciclismo de Estrada 2017 na África do Sul, realizado no mês de Agosto.

O atleta, que foi revelado na própria Copa São Paulo de Ciclismo, conquistou a sua 5ª vitória em 8 etapas disputadas até o momento, firmando-se como o líder absoluto de sua categoria. Portando a sua camisa arco-íris de campeão do mundo, Lauro, que além do título mundial é o atual Campeão também da Copa do Mundo de Paraciclismo, além de ter conquistado duas medalhas olímpicas em 2016 no Rio de Janeiro, não deu chances aos adversários, cruzando a linha de chegada escapado com uma volta de vantagem, em uma prova de 1h25m15s e 51 Km percorridos. Na segunda colocação, Thomaz Antelmo de Souza, da equipe Fundesport/ Araraquara-SP e em terceiro, Ivan Jorge de Moura, também de Araraquara.

 

Além de Lauro Chaman, quem também marcou presença na etapa foi Ruan Santana Guillen, outro atleta que também foi revelado na Copa São Paulo de Ciclismo, o ciclista da categoria Júnior que esse ano competiu em Portugal pela equipe Moreira Congelados/ Bicicletas Andrade, de Santa Maria de Feira (região do Porto), voltou ao Brasil em Agosto e irá retornar para Portugal no início da próxima temporada, em seu primeiro ano na categoria Sub 23.

Ruan, que ainda não iniciou os seus treinamentos visando seu retorno para Portugal, terminou a prova na 6ª colocação, que foi vencida por Felipe Aparecido Brito, da equipe Fundesport/ Araraquara-SP, seguido de Matheus Máximo dos Reis (SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP) e de Renan Izzo, outro atleta que esteve representando a Seleção Brasileira de Juniores no Campeonato Panamericano de Estrada no México, no final de Julho, terceiro colocado. A prova foi de 59m15s num total de 33 Km percorridos. Matheus Máximo, de Matão, segue como o líder dessa categoria.

 

Nas demais categorias, como a Juvenil masculino, categoria de base para ciclistas com 15 e 16 anos, vitória de Marcos Levy Nascimento da Matta (Avulso), com o tempo de 52m29s e 27 Km percorridos, com Leonardo Francisco Rodrigues da equipe Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso em segundo e Thiago Koch da Cunha (Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP) em terceiro. Leonardo Francisco segue líder de sua categoria.

Já na categoria Sênior A (30 a 39 anos), uma das mais disputadas da Copa, dobradinha para a equipe de Serrana-SP (SECET/ Academia Estação Boa Forma/ Space Seguros/ Good Shape/ Master Result/ USC), com a vitória de Danilo César Tostes seguido do seu companheiro de equipe Caio Augusto Cintra Maura, numa prova de 1h14m25s e 39 Km percorridos, e Tiago Cavallari de Queiroz (SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP) na terceira colocação.

Com esse resultado, Danilo Tostes segue na liderança de sua categoria. Entre as mulheres, na categoria Elite Feminino, dobradinha da equipe da Fundesport/Araraquara, com a vitória da líder Lusuelen Domingues dos Santos, seguida de Jaqueline Mendonça, segunda colocada e de Rafaela de Fátima Cardoso, da equipe Associação Batataense de Ciclimso José Reginaldo Cardoso, na terceira colocação.

 

Entre os “veteranos” da Copa, na categoria Master A (50 a 59anos), uma prova de 1h00m33s e 33 Km percorridos, e também teve dobradinha da equipe SEME/ Santa Bárbara D`Oeste-SP com a vitória de Sérgio Gibim, com seu companheiro de equipe Sidnei da Silva em segundo e João Batista de Toledo da Sport Bike/ A.C.C./ SEL, de Cordeirópolis-SP na terceira colocação. Sidnei da Silva segue líder de sua categoria.

A equipe Campeã Geral da 8ª Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo em Nuporanga foi a São Francisco Saúde/ SME, de Ribeirão Preto-SP com 87 pontos conquistados, seguida da Fundesport/ Araraquara-SP, vice-campeã com 84 pontos e da SEME/ Santa Bárbara D`Oeste-SP na terceira colocação, com 66 pontos conquistados.

 

Entre os iniciantes da cidade de Nuporanga, na categoria Mirim Masculino, a vitória ficou com Guilherme Pinheiro dos Santos, já na Mirim Feminino, Maria Teresa Gomes Chagas foi a campeã e entre os iniciantes Adulto Masculino, Felipe Gabriel de Moura Pedroso foi o campeão. Confiram o Boletim de Resultados completo da etapa que segue anexo para ver todos os resultados e demais informações da 8ª Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo em Nuporanga. Para acesso às fotos da etapa, acessem nosso Facebook: Copa São Paulo de Ciclismo.

 

A próxima etapa da Copa São Paulo de Ciclismo (9ª Etapa) será realizada nesse próximo domingo – 01/10 na cidade de Bauru, no tradicional circuito da Av. Nações Unidas, com largadas e chegadas defronte ao Parque Vitória Régia.

 

Resultados.

CATEGORIA: ELITE MASCULINO – Classific. em Nuporanga – Tempo de prova: 1h25m15s – Total percorrido: 51,0 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
02 Lauro Cesar Mouro Chaman Funvic/ Brasil Pro Cycling Team/ São José dos Campos-SP 12
20 Thomaz Antelmo de Souza Fundesport/ Araraquara-SP 10
01 Ivan Jorge de Moura Fundesport/ Araraquara-SP 8
23 Jorge Roberto Bratfische Junior Fundesport/ Araraquara-SP 7
32 Weber Pires Prefeitura Municipal/ Américo Brasiliense-SP 6
59 William Vieira de Melo Avulso-SP 5
17 Erik Sanderson Luciano Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 4
11 Gian Daniel Tavares Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 3

 

CATEGORIA: SENIOR-A – Classificação em Nuporanga – Tempo de prova: 1h14m25s – Total percorrido: 39,0 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
130 Danilo Cesar Tostes SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 12
147 Caio Augusto Cintra Maura SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC/Serrana-SP 10
143 Tiago Cavallari de Queiroz SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 8
195 William Almeida SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 7
171 Marcelo Magri Biazetti SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 6
155 Daniel Berturo dos Santos Associação Joaquinense de Ciclismo/ São Joaquim da Barra-SP 5
114 Marcelo Ferreira de Jesus Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 4
139 Marco Antonio dos Santos Leite SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 3
184 Danilo Aroldo Lance SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 2
10º 120 Paulo Caetano de Oliveira Filho Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 1

OBS: O ciclista No. 147, Caio Augusto Cintra Maura, passa a representar a equipe SECET/ Acad. Estação Boa Forma/Space Seguros/Good Shape/Master Result/USC de Serrana-SP, levando consigo e para a nova equipe os seus pontos conquistados até o momento.

 

CATEGORIA: SUB-30 – Classificação em Nuporanga – Tempo de prova: 1h05m42s – Total percorrido: 27,0 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
315 Carlos Eduardo Uchoa Vicente Fundesport/ Araraquara-SP 12
311 Rodrigo Aparecido Veiga SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 10
310 Felipe de Souza Ferreira SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 8
301 Felipe Eduardo de Oliveira Vassalo Fundesport/ Araraquara-SP 7
306 Erik Murilo Biondo Prefeitura Municipal/Unimed/ Ibitinga-SP 6

 

CATEGORIA: SENIOR-B – Classificação em Nuporanga – Tempo de prova: 1h13m30s – Total percorrido: 42,0 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
403 Edson Angelo Anselmo Ciclo Edão/ Ibirá-SP 12
417 Vanderlei Velloso Braga SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 10
427 Ovirsion Edson dos Santos SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 8
435 Cleiton Ferreira Associação Joaquinense de Ciclismo/ São Joaquim da Barra-SP 7
402 José Carlos Fonseca Junior Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 6

 

CATEGORIA: ELITE FEMININO – Classificação em Nuporanga – Tempo de prova: 46m10s – Total percorrido: 27,0 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
805 Lusuelen Domingues dos Santos Fundesport/ Araraquara-SP 12
806 Jacqueline Mendonça Fundesport/ Araraquara-SP 10
815 Rafaela de Fátima Cardoso Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 8
802 Laeandra Marques Ribeiro da Silva Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 7
814 Amanda Graziela Mendes FEAC/ Franca-SP 6

 

CATEGORIA: JUNIOR MASCULINO – Classific. em Nuporanga – Tempo de prova: 59m15s – Total percorrido: 33,0 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
705 Felipe Aparecido Brito Fundesport/ Araraquara-SP 12
704 Matheus Máximo dos Reis SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 10
707 Renan Izzo São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 8
710 Luiz Fernando Bezerra São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 7
706 Sergio Reis Vieira dos Santos Fundesport/ Araraquara-SP 6

 

CATEGORIA: JUNIOR FEMININO – Classificação em Nuporanga – Tempo de prova: 17m23s – Total percorrido: 9,0 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
853 Cecilia Vieira Lance São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 12
858 Bruna de Oliveira Zaparoli São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 10
861 Ana Beatriz Venci São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 8

 

CATEGORIA: MASTER-A – Classificação em Nuporanga – Tempo de prova: 1h00m33s – Total percorrido: 33,0 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
611 Sergio Gibim SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 12
601 Sidnei da Silva SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 10
605 João Batista de Toledo Sport Bike/ A.C.C./ SEL/ Cordeirópolis-SP 8
602 Isaac Rodrigues de Oliveira Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 7
603 Paulo Humberto Graciano SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 6

 

CATEGORIA: MASTER-B – Classificação em Nuporanga – Tempo de prova: 58m43s – Total percorrido: 27,0 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
651 João Batista Maglio Odontologia Maglio, Implantes e Laserterapia/ Araraquara-SP 12
657 Sebastião Rodrigues Vicente Filho SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 10
652 Anízio Horácio da Silva Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 8
656 Fernando Mauro Roncari Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 7
653 José Carlos Fonseca Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 6

 

CATEGORIA: JUVENIL – Classificação em Nuporanga – Tempo de prova: 52m29s – Total percorrido: 27,0 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
760 Marcos Levy Nascimento da Matta Avulso-SP 12
756 Leonardo Francisco Rodrigues Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 10
759 Thiago Koch da Cunha Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 8
763 Cayo Oliveira Rodrigues São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 7
Matheus Gabriel São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 6

 

CATEGORIA: INFANTO/JUVENIL – Classific. em Nuporanga – Tempo de prova: 29m15s – Total percorrido: 15,0 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
911 Lucas dos Santos Silva São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 12
912 Matheus Castro de Oliveira São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 10
930 Gustavo Henrique Lopes Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 8
910 Victor Cesar de Paula São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 7
929 João Paulo dos Santos Ciclo Edão/ Ibirá-SP 6

 

CATEGORIA: MOUNTAIN BIKE – Classificação em Nuporanga – Tempo de prova: 53m42s – Total percorrido: 30,0 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
503 Anderson Anselmo Ciclo Edão/ Ibirá-SP 12
527 Diego Lucas Lima de Oliveira Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 10
506 Everton Fernando Mendes Bike Bariri/ Bariri-SP 8
511 Luciano Antonio de Souza SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 7
540 Alexandre Pereira Lima Same Bike Team/ Nuporanga-SP 6

 

  CATEGORIAS  EXTRAOFICIAIS – Livre Bicicleta – (Iniciantes da Cidade de Nuporanga):

 

CATEGORIA: INICIANTES MIRIM MASCULINO (1 volta – circuito menor)

COL. Nº Atl. NOME
   908 Guilherme Pinhero dos Santos
910 Nicolas de Castro
1002 Enzo Rossi Viana
909 Raul Silva
1027 Francisco Burigo de Oliveira

 

 

   CATEGORIA: INICIANTES MIRIM FEMININO

COL. Nº Atl. NOME
1030 Maria Teresa Gomes Chagas
1025 Sofia Pereira Molinari

 

  CATEGORIA: INICIANTES ADULTO MASCULINO

COL. Nº Atl. NOME
826 Felipe Gabriel de Moura Pedroso

 

Fonte: Assessoria de Imprensa – CSPC/FPC

Vuelta a Espanha 20107 #20 Etapa Resultados.

9 September 2017
72nd Vuelta a Espana
Stage 20 : Corvera de Asturias – Angliru
1st : CONTADOR Alberto (ESP) Trek – Segafredo
Photo : Yuzuru SUNADA

Alberto Contador chegou à Vuelta a España com o objetivo declarado de se divertir na última corrida de sua carreira e, uma breve doença, passou três semanas fazendo exatamente isso.

No entanto, ele entrou na última etapa de montanha o infame Alto de l’Angliru com sentimentos mistos.

“Eu tinha um pouco de mau gosto na minha boca porque eu não estava obtendo os resultados que eu senti que deveria ter sido baseado nos números que eu estava produzindo – eu sabia que tinha que ganhar hoje”, revelou o espanhol depois de se emocionar com a  vitória escapado no cume das Astúrias.

“Eu não poderia ter tido um final mais bonito do que isso. Ganhar no Angliru na última etapa da minha carreira é incrível “, disse ele.

“Eu sentia esta manhã que estava claro que seria o meu dia e disse na reunião da equipe [antes da etapa] que eu queria aproveitá-lo. Eu queria dizer adeus da melhor maneira possível “.

Contador admitiu que ele se sentiu tenso antes do início, mas depois fez seu ataque inicial na descida traiçoeira da cordal da primeira categoria, que havia sido afetada ainda  por fortes chuvas.

“Eu sabia que o Cordal tem uma história, que houve muitos acidentes lá. Foi o momento certo para tentar algo. Eu podia ver que Chris Froome estava no limite em alguns dos cantos, então eu forcei um pouco “, explicou Contador.

“Então Jarlinson Pantano foi à frente. A sky estava me bloqueando um pouco de passar, mas uma vez que cheguei, descemos completamente. Ele desceu como um kamikaze e mal podia ficar em sua roda “.

Ajudado inicialmente pelo companheiro de equipe  Trek Pantano e, em seguida, pelo Enric Mas da Quick-Step, ex-membro da equipe de desenvolvimento de Contador, o espanhol pegou  os ciclistas que estiveram no intervalo. Contador então disparou sozinho.

“Ainda estava longe do final, mas eu gostei dessas últimas montanhas da minha vida esportiva”, continuou ele.

“Havia muita água na estrada e achava difícil adiar os pedais e tive que escalar sentado no  selim.

 Mas ouvir os fãs me apoiarem me deram arrepios e me motivou. Foi um grande dia. Estou realmente feliz. “

Embora ele tenha ficado fora do pódio final por apenas 20 segundos, Contador disse que a vitória da etapa foi mais importante do que terminar em terceiro lugar na geral.

“Sem dúvida, eu queria ganhar a etapa. Terminar com a vitória no Angliru não podia ser melhor. Eu sabia que seria complicado, mas a equipe fez um ótimo trabalho “, disse ele.

“Eu queria fazer isso por mim e por todos os fãs que sempre me apoiaram”.

Perguntado para refletir sobre sua carreira e a mudança que a aposentadoria irá trazer, Contador disse: “Eu me sinto muito abençoado com o que experimentei na minha carreira esportiva e poder dizer adeus assim. Eu tenho tantas coisas à minha frente na vida e agora eu posso desfrutar de coisas que eu nunca poderia fazer antes. Estou verdadeiramente contente.

“Tenho certeza que sentirei falta de vez em quando, mas agora é hora de descansar e relaxar um pouco na vida”.


Resultados.


1. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo,  3:31:33
2. Wout Poels (Ned) Team Sky,  17s
3. Chris Froome (GBr) Team Sky, st
4. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin, 35s
5. Franco Pellizotti (Ita) Bahrain-Merida, 51s
6. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida
7. Steven Kruijswijk (Ned) LottoNL-Jumbo, st
8. Wilco Kelderman (Ned) Team Sunweb,  1:11
9. Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale, 1:25
10. Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac,1:36


Classificação Geral.


1. Chris Froome (GBr) Team Sky, 79:23:37
2. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida, 2:15
3. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin,  2:51
4. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo,  3:11
5. Wilco Kelderman (Ned) Team Sunweb,    3:15
6. Wout Poels (Ned) Team Sky,  6:45
7. Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac, 7:56
8. Miguel Angel Lopez (Col) Astana,  8:59
9. Steven Kruijswijk (Ned) LottoNL-Jumbo,  11:04
10. Tejay van Garderen (USA) BMC Racing, 15:36

Vuelta a España 2017 #17 Etapa Resultados.

Stefan Denifl (Aqua Blue Sport) ganhou a 17ª etapa em  uma fuga que ele conseguiu levar até o fim.

Contador ficou  livre sem marcação, atacou o grupo e foi no encalso  do Austríaco, mas não conseguiu pegar  Denifl, só que feito foi em  grande vália para o Espanhol que conseguiu abriu vantagem para os demais concorrentes e agora está à  1:21 do terceiro lugar do pódio na final.

 Atrás, Froome parecia incapaz ou não queria seguir os outros rivais da classificação.

Chris Froome (Team Sky) continua confiante em garantir a vitória geral na Vuelta a España em Madri no domingo, apesar de perder 42 segundos para o principal rival Vincenzo Nibali (Bahrein-Mérida) na subida brutalmente íngreme para  Los Machucos.

Embora sua liderança seja de apenas 1:16 em relação ao italiano com apenas três dias cruciais, Froome insistiu: “Esta é uma ótima posição para estar”.

O líder do Team Sky acrescentou: “Sabíamos que este seria um acabamento difícil, especialmente neste clima úmido. Mas faltam apenas três dias, a equipe está em grande forma e também estou me sentindo bem “.

Froome disse antes da 16ª etapa que qualquer um que fizesse  um esforço acima  nessa etapa provavelmente pagaria o preço 24 horas depois em Los Machucos, e a vitória nessa etapa pode muito bem custar-lhe na subida da Cantábrica que foi  escolhida primeira vez. na Vuelta.

“Absolutamente não!”, Disse Nibali quando perguntado se Froome mostrava alguma fraqueza na  17ª etapa.

“Até a última subida, ele tinha sete homens. É a mesma  Team Sky sólida como sempre “.

Froome  teve ajuda dos companheiros do time Wout Poels, Gianni Moscon, Mikel Nieve e Diego Rosa na última subida. Nieve passou por ele os últimos quilômetros depois que Contador atacou.

“Foi uma final típica ao alto na Vuelta. Obviamente, é o mesmo para todos, mas acho que ninguém gosta de rampas que tenha 25 por cento ou mais “, disse Froome.

Perguntado sobre perder terreno para rivais principais, o líder da Sky  admitiu, “nunca é bom perder tempo, mas estou confiante de que podemos fazer bom trabalho”.

As perdas de Froome podem ter sido maiores, mas para a marcação impressionante de Mikel Nieve do time da equipe, nos últimos três quilômetros.

 O espanhol reconheceu que as condições úmidas e brumosas, da corrida  mudou para as montanhas perto da costa atlântica, e tornaram as coisas mais difíceis.

“No final, jogamos com a margem que tínhamos no tempo. Perdemos um pouco, mas ainda temos a camisa de líder. Essa é a coisa mais importante. “

O companheiro de equipe, Gianni Moscon, disse que a perda de tempo significou que foi “um dia ruim de Froome e Team Sky”, mas a vantagem ainda é grande, então não estamos preocupados. Nós ainda nos sentimos seguros. Estamos ansiosos para os próximos dias com muita confiança “.

Resultados.

1 Stefan Denifl (Aut) Aqua Blue Sport 4:48:52  
2 Alberto Contador Velasco (Spa) Trek-Segafredo 0:00:28  
3 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team 0:01:04  
4 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida    
5 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin    
6 Rafal Majka (Pol) Bora-Hansgrohe    
7 Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac 0:01:13  
8 Daniel Moreno Fernandez (Spa) Movistar Team 0:01:17  
9 Wilco Kelderman (Ned) Team Sunweb 0:01:19  
10 David de la Cruz (Spa) Quick-Step Floors 0:01:42  

Classificação Geral.

1 Christopher Froome (GBr) Team Sky 67:44:03  
2 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida 0:01:16  
3 Wilco Kelderman (Ned) Team Sunweb 0:02:13  
4 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin 0:02:25  
5 Alberto Contador Velasco (Spa) Trek-Segafredo 0:03:34  
6 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team 0:04:39  
7 Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac 0:06:33  
8 Wout Poels (Ned) Team Sky 0:06:40  
9 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team 0:06:45  
10 David de la Cruz (Spa) Quick-Step Floors 0:10:10

Vuelta a España 2017 #16 Etapa Resultados.

5 September 2017
72nd Vuelta a Espana
Stage 16 : Circuito de Navarra – Logrono ITT
1st : FROOME Christopher (GBR) Sky, Maillot Rojo
Photo : Yuzuru SUNADA

Chris Froome (Team Sky) teve hoje uma performance de lider para conseguir a segunda vitória por etapas na Vuelta a España , conquistando a 16ª etapa  contra relógio individual e quase duplicando a liderança geral na corrida para o segundo lugar.

Froome venceu Wilco Kelderman (Sunweb) por 29 segundos para aumentar ainda mais  a diferença para o segundo lugar na geral, Vincenzo Nibali (Bahrein-Mérida) perdeu 57 segundos.

Isso significa que a liderança de Froome sobre Nibali se estende para 1:58 com cinco etapas restantes, enquanto o terceiro colocado Kelderman está 2:40.

Houve alguns grandes perdedores na prova de hoje um crono individual de 40,2 km do top-10 da geral Esteban Chaves (Orica-Scott) caindo do quarto  para o nono geral, depois de perder  4:01 para  Froome hoje.

Alberto Contador (Trek-Segafredo) apresentou uma performance brilhante para melhorar sua posição na geral, ocupando a quinta na etapa  e passando para a quarta na geral à 4:58.

Alberto Contador começou brilhantemente, passando pelo primeiro ponto de controle cinco segundos melhor do que o tempo mais rápido, com o quarto colocado Wilco Kelderman fazendo o mesmo pouco depois.

O líder da corrida, Chris Froome, iniciou lentamente, passando 23 segundos pelo primeiro ponto intermediário, enquanto o Contador continuou a manter o ritmo, indo quatro segundos do que o tempo mais rápido através do segundo ponto de controle intermediário.

Enquanto isso, Wilco Kelderman continuou  forte com isso terminou 27 segundos mais rápido do espanhol no segundo ponto de controle intermediário.

Vincenzo Nibali parecia estar perdendo tempo, passando 30 segundos mais lento do que Kelderman pelo segundo ponto intermediário, já que Froome melhorou significativamente a sua posição, passando sete segundos para Kelderman no segundo cheque, demonstrando que ele estava no topo da prova.

Contador foi capaz de definir o tempo mais rápido no final, enquanto os favoritos principais a geral continuaram no percurso, terminando oito segundos melhor que o tempo do suíço Ludvigsson, antes que Kelderman terminasse a corrida,  30 segundos mais rápido que Contador.

A Vuelta continua nesta quarta-feira com um difícil percurso de montanha de 180,5 km de Villadiego para Los Machucos.

Resultados.

1 Chris Froome (GBr) Team Sky 47:00:51
2 Wilco Kelderman (Ned) Team Sunweb,  29s
3 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  57s
4 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin,  59s
5 Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo st
6 Tobias Ludvigsson (Swe) FDJ,  1:07
7 Wout Poels (Ned) Team Sky,  1:11
8 Lennard Kämna (Ger) Team Sunweb,  1:30
9 Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors,  1:41
10 Daniel Oss (Ita) BMC Racing Team,  1:49

Classificação Geral.

1 Chris Froome (GBr) Team Sky,  62:53:25
2 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  1:58
3 Wilco Kelderman (Ned) Team Sunweb, 2:40
4 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin, 3:07
5 Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo,  4:58
6 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team, 5:25
7 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team,  6:27
8 Wout Poels (Ned) Team Sky,  6:33
9 Johan Esteban Chaves (Col) Orica-Scott,  6:40
10 Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac,  7:06

Vuelta a España 2017 #14 Etapa Resultados.

2 September 2017
72nd Vuelta a Espana
Stage 14 : Ecija – Sierra de La Pandera
1st : MAJKA Rafal (POL) Bora – Hansgrohe
Photo : Yuzuru SUNADA

Rafal Majka (Bora-Hansgrohe), que esteve na principal fuga do dia, e conseguiu uma impressionante vitória na etapa depois de atacar a última  subida final para terminar 27 segundos a frente, Miguel Angel Lopez (Astana) segundo.

Vincenzo Nibali (Bahrein-Mérida) cruzou a linha em terceiro para levar quatro segundos extras, com Froome logo atrás, deixando o intervalo entre eles em  55 segundos no final da etapa.

Chris Froome (Team Sky) perdeu alguns segundos, mas defendeu sua camiseta vermelha no final da 14ª etapa da Vuelta a España .

 

No entanto, foi uma má notícia para Esteban Chaves (Orica-Scott), que, apesar de atacar primeiro os candidatos a Geral, passou do terceiro para o quinto com Wilco Kelderman (Sunweb) e Ilnur Zakarin (Katusha) pulando para  terceiro e quarto, respectivamente tendo terminado junto  com o grupeto de Froome.

Contador (Trek Segafredo) subiu uma posição na geral agora está em oitavo à 3:19 de Froome.

 

A Vuelta continua com outro grande dia de montanha neste domingo, uma etapa de 129,4 km que leva duas escalas de categoria um antes de um final especial.

Resultados.

1 Rafal Majka (Pol) Bora-Hansgrohe, 4:42:10
2 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team,  27s
3 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  31s
4 Christopher Froome (GBr) Team Sky
5 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin
6 Wilco Kelderman (Ned) Sunweb, all same time
7 Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo,  37s
8 Wout Poels (Ned) Team Sky 46s
9 Johan Esteban Chaves Rubio (Col) Orica-Scott,  57s
10 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team,  1:03

 

Classificação Geral.

1 Christopher Froome (GBr) Team Sky,  58:30:47
2 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  55s
3 Wilco Kelderman (Ned) Sunweb,  2:17
4 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin, 2:25
5 Johan Esteban Chaves Rubio (Col) Orica-Scott,  2:39
6 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team,  3:09
7 David De La Cruz (Spa) Quick-Step Floors,  3:11
8 Alberto Contador (Spa) Trek-Segafredo,  3:19
9 Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac, 3:23
10 Miguel Angel Lopez Moreno (Col) Astana Pro Team,  3:48

 

Vuelta a España 2017 #12 Etapa Resultados.

Marczynski (Lotto-Soudal) venceu a 12ª etapa da Vuelta a España 2017 depois de atacar o grupo de fuga do dia.


 Omar Fraile (Dimension Data) ficou em segundo lugar, com José Joaquin Rojas (Movistar) em terceiro lugar.


O lider Chris Froome (Sky) sofreu duas quedas em uma delas foi necessário a troca de bicicleta e com isso perdeu 20 segundos para seus rivais diretos a geral,  a diferença para Nibali (Bahrein Merida) está agora em 59 segundos e para Esteban Chaves (Orica) em 2 minutos e 13 segundos.


O Homem da etapa foi Alberto Contador (Trek Segafredo) que atacou  na última subida do dia junto com Nicolas Roche ( BMC) , mas Roche não conseguiu acompanhar o ritmo do Pistolero que colocou um passo forte e conseguiu encostar em seu companheiro de equipe  Theuns que fez o seu trabalho de gregário, com isso Contador conseguiu cruzar a linha 20 segundos antes do grupo favorito a geral cruzar.


Com esse resultado Contador está agora em nono na geral a 3:13 do lider Froome e 38 segundos a frente de  Miguel Angel Lopez (Astana) que fecha o top 10.



Resultados.


1. Tomasz Marczynski (Pol) Lotto-Soudal, 3:56:45
2. Omar Fraile (Esp) Dimension Data,  52s
3. José Joaquin Rojas ( Esp) Movistar
4. Pawel Poljanski (Pol) Bora-Hansgrohe
5. Stef Clement (Ned) LottoNL-Jumbo, st
6. Brendan Canty (Aus) Cannondale-Drapac,  1:42
7. Anthony Perez (Fra) Cofidis ,  2:50
8. Jan Polanc (Slo) UAE Team Emirates
9. Andreas Schillinger (Ger) Bora-Hansgrohe, st
10. David Arroyo (Esp) Caja Rural Seguros RGA, 3:00 


Candidatos a geral.


13. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo, 7:25
17. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrein-Mérida,  7:47
18. Esteban Chaves (Col) Orica-Scott,  7:47
23. Fabio Aru (Ita) Astana,  7:47
32. Chris Froome (GBr) Team Sky, 8:07


Classificação Geral.


1. Christopher Froome (GBr) Team Sky,  49:22:53
2. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrein-Mérida,  59s
3. Esteban Chaves (Col) Orica-Scott,  2:13
4. David De La Cruz (Esp) Quick Step, 2:16
5. Wilco Kelderman (Ned) Equipe Sunweb,  2:17
6. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin,  2:18
7. Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team,  2:37
8. Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac, 2:41
9. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo,  3:13
10. Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team, 3:51

Vuelta a España 2017 #11 Etapa Resultados.

30 August 2017
72nd Vuelta a Espana
Stage 11 : Lorca – Observatorio Astronomico de Calar Alto
1st : LOPEZ Miguel Angel (COL) Astana
Photo : Yuzuru SUNADA

Miguel Angel Lopez, da Astana, venceu a 11ª etapa da Vuelta España com chegada ao Alto no topo Observatório astronomino Calar Alto, 

Chris Froome (Team Sky)  foi o segundo na etapa e ampliou sua liderança levando seis segundos de bonus a frente de Nibali (Bahrein Merida) em um dia cansativo nas montanhas na Vuelta a España.

Os maiores perdedores do dia foram  Esteban Chaves (Orica-Scott) que começou a etapa em segundo na geral e que agora cai para o terceiro depois de perder 2:05 na subida final e o terceiro lugar Nicolas Roche (BMC) que cai para o oitavo lugar depois de ter caído com mais de 11 km para final .

Isso significa que Nibali se move para o segundo lugar à frente de Chaves, enquanto Wilco Kelderman (Sunweb) foi o maior motor do dia, saltando de 11ª para o 5ª depois de terminar logo atrás do Nibali em quarto lugar.


Resultados.

1 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team,  5:05:09
2 Christopher Froome (GBr) Team Sky,  14s
3 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida
4 Wilco Kelderman (Ned) Team Sunweb, st
5 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale, 31s
6 Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo
7 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin
8 Mikel Nieve (Esp) Team Sky,  st
9 Darwin Atapuma (Col) UAE Team Emirates, 1:02
10 David De La Cruz (Esp) Quick-Step Floors, 1:14

Classificação Geral.

1 Christopher Froome (GBr) Team Sky,  45:18:01
2 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  1:19
3 Johan Esteban Chaves Rubio (Col) Orica-Scott, 2:33
4 David de la Cruz (Spa) Quick-Step Floors,  2:36
5 Wilco Kelderman (Ned) Team Sunweb,  2:37
6 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin,  2:38
7 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team,  2:57
8 Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac, 3:01
9 Alberto Contador Velasco (Spa) Trek-Segafredo,  3:55
10 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team,  4:11

Vuelta a España 2017 #10 Etapa Resultados.

29 August 2017
72nd Vuelta a Espana
Stage 10 : Caravaca de la Cruz – Alhama de Murcia
1st : TRENTIN Matteo (ITA) Quickstep Floors,
Photo : Yuzuru SUNADA

Matteo Trentin (Quick-Step Floors) conquistou a segunda vitória na Vuelta a España 2017, quando ele escapou com José Joaquin Rojas (Movistar) em uma descida técnica até o final, e bater  o seu rival espanhol na  linha chegada.

A descida final técnica proporcionou um lançamento planejado de Vincenzo Nibali (Bahrein-Mérida), que fez bom uso da estrada estreita e as numerosas  curvas em 90º graus para abrir uma pequena vantagem perante seus rivais, incluindo o lider Chris Froome (Team Sky).

No entanto, Nibali não contou com as habilidades de Nicolas Roche (BMC Racing), que levou o resto dos candidatos a geral  de volta à roda do  italiano, antes de atacar sozinho para ganhar tempo no final, mudando-se com mesmo tempo que o segundo colocado, Esteban Chaves (Orica-Scott), apenas 36 segundos atrás do Froome.

Resultados.

1. Matto Trentin (Ita) Quick-Step Floors,  3:34:56
2. José Joaquin Rojas (Spa) Movistar,  1s
3. Jaime Roson (Spa) Caja Rural-Seguros RGA, 19s
4. Jacques Janse van Rensburg (RSA) Dimension Data, 21s
5. Alexandre Geniez (Fra) Ag2r La Mondiale,  56s
6. Marc Soler (Spa) Movistar,  59s
7. Luis Leon Sanchez (Spa) Astana, 2:22
8. Alessandro De Marchi (Ita) BMC Racing, st
9. Arnaud Courteille (Fra) FDJ,  2:40
10. Rafael Reis (Por) Caja Rural-Seguros RGA,  3:05

Classificação Geral.

1. Christopher Froome (GBr) Team Sky,  40:12:44
2. Johan Esteban Chaves (Col) Orica-Scott,  36s
3. Nicolas Roche (Irl) BMC Racing,  st
4. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  1:17
5. Tejay van Garderen (USA) BMC Racing, 1:27
6. David de la Cruz (Esp) Quick-Step Floors, 1:30
7. Fabio Aru (Ita) Astana,  1:33
8. Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac, 1:52
9. Adam Yates (GBr) Orica-Scott,  1:55
10. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin,  2:15

 

Vuelta a España 2017 #6 Etapa Resultados.

24 August 2017
72nd Vuelta a Espana
Stage 06 : Vila-real – Sagunt
1st : MARCZYNSKI Tomasz (POL) Lotto – Soudal
Photo : Yuzuru SUNADA

Chris Froome (Team Sky) sobreviveu outro dia na liderança geral  na Vuelta a España depois que Alberto Contador (Trek-Segafredo) atacou na escalada final da sexta etapa.

Froome conseguiu seguir as acelerações de Contador na montanha de categoria dois,  Puerto del Garbi para terminar com segurança em um grupo de favoritos e manter a camisa vermelha de líder da classificação geral, estendendo a liderança.


Embora o Contador tenha começado o dia mais de três minutos atrás de Froome na geral, o líder britânico não daria ao espanhol qualquer espaço para recuperar o tempo perdido.

 

Tomasz Marczynski (Lotto-Soudal)  conseguiu a vitória na etapa à frente do compatriota polaco Pawel Poljanski (Bora-Hansgrohe) e do espanhol Enric Mas (Quick-Step Floors). 

O trio fazia parte de  uma fuga com  37 ciclistas do dia.

O grande grupo de fuga se formou no 40 km dos 204,4 km do dia para a primeira das cinco subidas classificadas – território de separação ideal.

Infelizmente para 36 dos ciclistas na fuga, a presença de Luis Leon Sanchez (Astana) significava que eles seriam cuidadosamente mantidos sob controle pelo grupo.

Sanchez começou o dia no 28º lugar no geral, atrás de Froome, em apenas três minutos e 24 segundos – simplesmente muito perto da corrida para permitir que ele ganhasse muito tempo.

A Vuelta a España 2017 continua nesta sexta-feira com a sétima etapa de Llíria até Cuenca Ciudad Patrimonio da Humanidade. 

A etapa começa com duas montanhas de categoria três  antes da chegada tem a última montanha de categoria três e depois a chegada será no plano, o que será novamente decidido no sprint.

Resultados.

1. Tomasz Marczynski (Pol) Lotto-Soudal, em 4-47-02
2. Pawel Poljanski (Pol) Bora-Hansgrohe
3. Enric Mas (Esp) Quick-Step Floors, ao mesmo tempo
4. Luis Leon Sanchez (Esp) Astana, aos 8 segundos
5. Jan Polanc (Slo) UAE Team Emirates, ao mesmo tempo
6. Warren Barguil (Fra) Team Sunweb, aos 26 segundos
7. Giovanni Visconti (Ita) Bahrein-Mérida
8. Chris Froome (GBr) Team Sky
9. Fabio Aru (Ita) Astana
10. Jack Haig (Aus) Orica-Scott, ao mesmo tempo

Classificação Geral.

1. Chris Froome (GBr) Team Sky, em 22-54-38
2. Esteban Chaves (Col) Orica-Scott, aos 11 segundos
3. Nicolas Roche (Irl) BMC Racing, aos 13 segundos
4. Tejay van Garderen (EUA) BMC Racing, aos 30 segundos
5. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrein-Mérida, aos 36 segundos
6. David De La Cruz (Esp) Pisos de passo rápido, aos 40 segundos
7. Fabio Aru (Ita) Astana, aos 49 segundos
8. Adam Yates (GBr) Orica-Scott, aos 50 segundos
9. Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac, em 1-13
10. Simon Yates (GBr) Orica-Scott, às 1-26

 

23 August 2017
72nd Vuelta a Espana
Stage 05 : Benicassim – Alcossebre
1st : LUTSENKO Alexey (KAZ) Astana
Photo : Yuzuru SUNADA

Alexey Lutsenko (Astana) ganhou  a quinta etapa com chegada ao alto  da Vuelta a España depois de atacar a seu companheiro de fuga Marco Haller (Katusha-Alpecin) nas encostas íngremes da subida final depois que a dupla  escapou de um grupo maior.

Enquanto isso, Chris Froome (Team Sky) manteve a liderança geral e colocou o tempo em Vincenzo Nibali (Bahrain-Merida) e Fabio Aru (Astana).

Merhawi Kudus (Dimension Data) terminou em segundo lugar depois de perseguir a dupla da frente com Alexis Gougeard (Ag2r La Mondiale), mas não conseguiu pegar Lutsenko na subida final de 3.4km, que teve uma média 10 por cento e atingiu 20 por cento inclinação.

Vincenzo Nibali, um dos principais favoritos da vitória geral, perdeu 26 segundos na subida e agora está em sexto lugar na Geral com 36 segundos.

Fabio Aru perdeu 11 segundos, enquanto Romain Bardet (Ag2r La Mondiale) perdeu 49 segundos, o que vem  como um golpe para qualquer aspiração  a geral  que ele possa ter.

 

Resultados.

1 Alexey Lutsenko (Kaz) Astana Pro Team 4:24:58
2 Merhawi Kudus (Eri) Dimension Data,  42s
3 Marc Soler (Esp) Movistar Team,  56s
4 Matej Mohoric (Slo) UAE Team Emirates,  1:11
5 Alexis Gougeard (Fra) AG2R La Mondiale,  1:24
6 Marco Haller (Aut) Katusha-Alpecin,  1:37
7 Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors,  1:40
8 Jetse Bol (Ned) Manzana Postobon,  2:04
9 Matvey Mamykin (Rus) Katusha-Alpecin,  2:18
10 Jérémy Maison (Fra) FDJ,  2:31

Classificação Geral.

1 Christopher Froome (GBr) Team Sky, in 18:07:10
2 Tejay Van Garderen (USA) BMC Racing Team,  10s
3 Esteban Chaves (Col) Orica-Scott,  11s
4 Nicolas Roche (Irl) BMC Racing Team,  13s
5 David De La Cruz (Esp) Quick-Step Floors,  23s
6 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  36s
7 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team,  49s
8 Adam Yates (GBr) Orica-Scott,  50s
9 Simon Yates (GBr) Orica-Scott, 1:09
10 Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac,  1:13

 

Vuelta a España 2017 #4 Etapa Resultados.

22 August 2017
72nd Vuelta a Espana
Stage 04 : Escaldes-Engordany – Tarragona
1st : TRENTIN Matteo (ITA) Quickstep Floors
Photo : Yuzuru SUNADA

A equipe Quick-Step Floors conseguiu a sua segunda vitória na 4ª etapa  da Vuelta a España  com a vitória de Matteo Trentin em Tarragona.

A equipe belga conquistou sua primeira vitória com Yves Lampaert na segunda etapa , onde Trentin terminou em segundo lugar fazendo assim a dobradinha do pódio..

O italiano foi melhor,  ele venceu Juan José Lobato (LottoNL-Jumbo)  depois que o espanhol começou seu sprint com 250m para final.

Trentin ficou escondido atrás de Lobato, e foi capaz de sair  pela esquerda mais perto da faixa para ganhar facilmente a etapa.

A Quick-Step tinha o trem de embalo mais organizado de qualquer uma das equipes para seu velocista, ocupando-se na frente do pelotão em um quilômetro final muito técnico.

As reviravoltas esticaram o pelotão, mas Trentin conseguiu se manter entre os outros velocistas em direção à frente do grupo.

Enquanto eles se dirigiam para o ligeiro horizonte, Lobato lançou seu sprint, mas não conseguiu manter o suficiente para impedir Trentin de cruzar a linha em primeiro

A vitória significa que Trentin, de 28 anos, que se transferiu para  a Orica-Scott em 2018, já conquistou vitórias em todas os Grand Tours e pode se despedir de sua atual equipe em grande forma com uma vitória em reconhecimento por tudo o que foi feito.

Resultados.

1 Matteo Trentin (Ita) Quick-Step Floors,  04:43:57
2 Juan José Lobato (Spa) LottoNL-Jumbo
3 Tom Van Asbroeck (Bel) Cannondale-Drapac
4 Edward Theuns (Bel) Trek-Segafredo
5 Jens Debusschere (Bel) Lotto Soudal
6 Sacha Modolo (Ita) UAE Team Emirates
7 Lorrenzo Manzin (Fra) FDJ
8 Søren Kragh Andersen (Den) Team Sunweb
9 Youcef Reguigui (Alg) Dimension Data
10 Jetse Bol (Ned) Manzana Postobon, st

Classificação Geral.

1. Christopher Froome (GBr) Team Sky,  13:37:41
2. David De La Cruz (Esp) Quick-Step Floors,  2s
3. Nicolas Roche (Irl) BMC Racing,  st
4. Tejay Van Garderen (USA) BMC Racing, st
5. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  10s
6. Esteban Chaves (Col) Orica-Scott,  11s
7. Fabio Aru (Ita) Astana,  38s
8. Adam Yates (Aus) Orica-Scott, 39s
9. Domenico Pozzovivo (Ita) Ag2r La Mondiale, 43s
10. Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale,  48s

Vuelta a España 2017 Resultados #3 Etapa.

Vincenzo Nibali (Bahrein-Mérida) venceu a terceira etapa da Vuelta a España, em 2017, enquanto Chris Froome (Team Sky) atacou na subida final e pegou a camisa vermelha de líder.

Froome atacou com 7,7 km para final, com apenas Esteban Chaves (Orica-Scott) capaz de seguir sua roda nas encostas do Alto de la Comella. Essa dupla liderou o topo da subida e na descida para o final,  eles foram pegos primeiro por Romain Bardet (Ag2r La Mondiale) e Fabio Aru (Astana), e depois por um grupo de perseguição maior, incluindo Nibali, Tejay Van Garderen (BMC Racing) e outros.

Dentro do quilômetro final, Nibali levou alguns segundos para se recuperar na roda antes de se recompor e  acelerar faltando 350 metros para a linha, foi uma jogada que ninguém do grupo esperava que iria acontecer..

O italiano cruzou a linha com uma pequena vantagem  à frente de seus rivais para uma vitória relativamente confortável.

Resultados.

1. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  4:01:22
2. David De La Cruz (Esp) Quick-Step Floors
3. Christopher Froome (GBr) Team Sky
4. Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale
5. Esteban Chaves (Col) Orica-Scott
6. Fabio Aru (Ita) Astana
7. Nicolas Roche (Irl) BMC Racing
8. Tejay Van Garderen (USA) BMC Racing
9. Domenico Pozzovivo (Ita) Ag2r La Mondiale,
10. Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac,  25s

Classificação Geral.

1. Christopher Froome (GBr) Team Sky, in 8:53:44
2. David De La Cruz (Esp) Quick-Step Floors,  2s
3. Nicolas Roche (Irl) BMC Racing,  st
4. Tejay Van Garderen (USA) BMC Racing, st
5. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  10s
6. Esteban Chaves (Col) Orica-Scott,  11s
7. Fabio Aru (Ita) Astana,  38s
8. Adam Yates (Aus) Orica-Scott, 39s
9. Domenico Pozzovivo (Ita) Ag2r La Mondiale,  43s
10. Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale,  48s

Vuelta a España 2017 #2 Etapa Resultados.

Yves Lampaert (Quick-Step) teve uma vitória sensacional e a liderança geral na segunda etapa da  Vuelta a España , atacando com pouco menos de um quilômetro para final.

O belga fez o ataque de um pequeno grupo da frente que se separou nos ventos cruzados com pouco mais de 2 km para chegada.

Com todos  juntos e o ritmo acelerado no caminho para o final em Guisson, a Quick-Step claramente planejava fazer com que os fortes ventos  prejudicasse o pelotão quando virou à esquerda em uma rotatória com 2,5 km para linha de chegada.

Foi ai que,  Julian Alaphilippe, Matteo Trentin e Lampaert ditaram o ritmos com as lacunas abertas para a parte de trás.

Um número de ciclistas conseguiu manter-se com eles enquanto eles se deslocavam, com os ciclistas candidatos a geral apenas certificando-se de que a diferença não crescia no grupo atrás.

Mas a equipe belga conseguiu fazer com que seus 3 atletas  no grupo da frente colocasse uma diferença para os demais, e Lampaert foi capaz de atacar com Trentin bloqueando os  que vinham atrás.

Daniel Oss (BMC) assumiu a perseguição na frente para tentar buscar, mas não conseguiu fazer o suficiente quando Lampaert, de 26 anos, cruzou a linha apenas um metro ou mais à frente dos sprint que acabaram por trás.

Trentin conseguiu o segundo lugar para dar a  Quick-Step uma dobradinha no pódio, enquanto o britânico Adam Blythe (Aqua Blue Sport) foi o terceiro.

O líder da corrida Rohan Dennis (BMC)  terminou 13 segundos depois e concedeu a liderança e a camisa vermelha para Lampaert.

Resultados.

1 Yves Lampaert (Bel) Quick-Step Floors,  4:36:13
2 Matteo Trentin (Ita) Quick-Step Floors
3 Adam Blythe (GBr) Aqua Blue Sport
4 Edward Theuns (Bel) Trek-Segafredo
5 Sacha Modolo (Ita) UAE Team Emirates
6 Michael Schwarzmann (Ger) Bora-Hansgrohe
7 Tom Van Asbroeck (Bel) Cannondale-Drapac Pro Cycling Team
8 Daniel Oss (Ita) BMC Racing Team
9 Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe, all same time
10 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  5s

Classificação Geral.

1 Yves Lampaert (Bel) Quick-Step Floors,  4:52:07
2 Matteo Trentin (Ita) Quick-Step Floors,  1s
3 Daniel Oss (Ita) BMC Racing Team,  3s
4 Tejay van Garderen (USA) BMC Racing Team,  17s
5 Nicolas Roche (Irl) BMC Racing Team
6 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team, all same time
7 Julain Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors,  18s
8 Wilco Kelderman (Ned) Team Sunweb, st
9 Chris Froome (GBr) Team Sky, 21s
10 Wout Poels (Ned) Team Sky, st

 

Vuelta a España 2017, 1ª Etapa.

19 August 2017
72nd Vuelta a Espana
Stage 01 : Nimes – Nimes TTT
1st : BMC
Photo : Yuzuru SUNADA

A BMC Racing saiu vitoriosa no contra relógio por equipes na abertura da Vuelta a España 2017, quando Rohan Dennis pegou a camisa vermelha de primeiro líder da corrida.

A equipe americana parecia perfeita em todo o percurso técnico de 13,7 km, evitando qualquer acidente que afetou uma série de outras equipes.

A BMC Racing foi a única equipe a ter menos de 16 minutos, com Rohan Dennis liderando a linha em um tempo que foi seis segundos mais rápido do que Quick-Step Floors.

Quanto aos concorrentes a geral, houve poucas lacunas importantes, com Chris Froome e a Team Sky perdendo apenas nove segundos. 

Fabio Aru foi o único concorrente a camisa vermelha  a perder tempo, já que a Astana terminou em 16º lugar, 41 segundos atrás da BMC.

A equipe final para cruzar a linha foi Trek-Segafredo , que pareceu esfarrapado quando eles se separaram na fase final, acabando por terminar fora do top 10.

Isso significou que a vitória da palco foi para a BMC Racing, com Dennis levando a camiseta vermelha do líder para o estágio de domingo de 203,4 km de Nimes para Gruissan.


Resultados.

1. BMC Racing,  15:58
2. Quick Step-Floors, 6s
3. Team Sunweb,  6s
4. Team Sky,  9s
5. Orica-Scott, 17s
6. Bora-Hansgrohe, 21s
7. Lotto-Soudal, 24s
8. Movistar,  24s
9. Bahrain-Merida, 31s
10. Katusha-Alpecin, 33s

 

Classificação Geral.

1. Rohan Dennis (Aus) BMC Racing, in 15-58

Copa São Paulo Ciclismo 2017 #7 Etapa Resultados.

Araraquara recebeu nesse último final de semana, 13/08 a 7ª Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo – Prova Ciclística “22 de Agosto” / Troféu Anésio Argenton 2017, evento que integrou as comemorações de aniversário dos 200 anos da cidade paulista (comemorados no próximo dia 22/08) onde viveu o maior ciclista velocista do ciclismo brasileiro, Anésio Argenton, um dos maiores atletas brasileiros de todos os tempos e uma das maiores personalidades esportivas do município de Araraquara.

Dono da única medalha de ouro de Jogos Panamericanos do ciclismo brasileiro (Chicago, 1959), duas participações olímpicas e detentor do melhor resultado do ciclismo nacional em Olimpíadas (5º colocado na prova de velocidade individual em Roma, 1960), além de vários títulos sulamericanos, entre eles o de Caracas na Venezuela em 1959, onde venceu o atual recordista mundial da Prova do Km contra o relógio, o venezuelano Antonio di Micheli, vários títulos brasileiros e vencedor de todos os Jogos Abertos em que participou.

A Prova acontece no município desde os anos 1950, mas foi a partir do ano de 1998, ano em que recebeu o título de “Cidadão Araraquarense”, que foi incorporado a ela o nome Troféu Anésio Argenton, em uma iniciativa de Edmílson de Nola Sá, grande entusiasta da modalidade e também ex-vereador no município (falecido em 2014) e Alessandro Giannini (ex-técnico da equipe de Araraquara e hoje um dos diretores da Copa São Paulo de Ciclismo), como justa homenagem a um dos maiores ciclistas da história do país, falecido em 2011, aos 80 anos de idade.

Em 2001, a Prova Ciclística “22 de Agosto” se tornou Lei Municipal, sendo o primeiro ano a ser válida para o ranking nacional da Confederação Brasileira de Ciclismo-CBC, e a partir de 2009, integrando a Copa São Paulo de Ciclismo, tendo sido realizada por cinco anos consecutivos na cidade, válida para o ranking nacional, em classe de pontuação 3 ou 4.

Após uma interrupção de 4 anos sem ser realizada no município, a prova retorna em grande estilo, válida para o ranking nacional classe 4 para as categorias Elite Masculino e Feminino (e Sub23), Júnior Masculino e Feminino e também a categoria Juvenil Masculino. Em 2014, por motivos alheios aos dos organizadores, a prova foi realizada no município de Matão.

O local das disputas não poderia ter sido melhor. Palco do campeonato brasileiro de ciclismo de estrada de 2015, o Jardim Magnólias, que compreende os condomínios Tipuanas e Acácias, um circuito misto com subidas, trechos planos e descidas, com excelente asfalto, recebeu os cerca de 150 ciclistas de todo o Estado de São Paulo e também de outras localidades do país para a disputa de 12 categorias oficiais, divididas por idade e critério técnico, além de 3 categoria iniciantes extraoficiais, aberta para a população de Araraquara com qualquer tipo de bicicleta.

A Prova contou com excelente realização da Prefeitura Municipal de Araraquara, Fundesport, Secretaria Municipal de Esporte e Lazer e vários outros departamentos e secretarias municipais envolvidas, com a organização da GT Eventos Esportivos/ Copa São Paulo de Ciclismo e a supervisão da Federação Paulista de Ciclismo e Confederação Brasileira de Ciclismo, e apoios gerais da Mu-Hu Bike Wear, roupas e uniformes para ciclismo e Água Mineral H2Ótima.

 

 

E na principal categoria da Copa, a Elite Masculina, uma Prova de 54 Km percorrida em 1h24m05s, vencida pelo ciclista Josimar Sacramento, da equipe ECT/ Taubaté-SP, seguido de seu companheiro de equipe Vitor Fernandes da Fonseca e de Elivelton Pedro, da equipe ADF Pro Cycling Team, de Guarulhos-SP.

A prova foi marcada pelo elevado nível técnico, apesar do tempo seco, característico dessa época do ano e do vento forte, os ciclistas não mediram esforços para apresentar um show de pedal, com várias fugas durante toda a prova, e que se concretizaram até o final.

Na categoria Elite Feminino, vitória da ciclista local Jaqueline Mendonça da equipe Fundesport/ Araraquara-SP, numa prova de 25,2 Km percorridos em 55m 43s, seguida da sua companheira de equipe e líder isolada da Copa São Paulo de Ciclismo em sua categoria, Lusuelen Domingues dos Santos, e de Mariana de Freitas Camargo (Avulsa), terceira colocada.

Outro destaque para a equipe local da Fundesport foi na categoria Sub 30 com Carlos Eduardo Uchoa Vicente, campeão da Prova, vencendo escapado com o tempo de 1h02m38s e 32,4 Km percorridos, com Rodrigo Aparecido Veiga da equipe SEME/ Santa Bárbara D`Oeste-SP na segunda colocação e outro araraquarense, Felipe Eduardo de Oliveira Vassalo, na terceira colocação.

Carlos Eduardo segue também como líder isolado de sua categoria. Já entre as categorias de base, na Junior Masculino, que também foi válida para o ranking nacional, as três primeiras colocações ficaram com os atletas da equipe UCI/ Iracemápolis-SP, com Paulo Felipe Amorim da Silva, Breno Morais Santos e Arthur Brandino, com o tempo do campeão de 1h07m30s em 39,6Km percorridos.

Na Categoria Sênior-A (30 a 39 anos), outra categoria bastante concorrida, a vitória ficou com Caio Augusto Cintra Maura (Avulso), da cidade de Franca-SP, com Alexandre Paulo dos Santos da equipe Team 255/ Band Up/ Prefeitura Municipal de Jaú-SP na segunda colocação, em uma fuga entre os dois atletas obtida na metade da Prova e que se concretizou até o final, com o tempo de 1h15m12s e 43,2 Km percorridos. Na terceira colocação, Marcelo Magri Biazetti da equipe SECEL/ Tropi Açaí/ NCA Congelados, de Monte Alto-SP.

Na categoria Sênior B (40 a 49 anos), o campeão foi Hamilton Fernandes Souza, da equipe ACL/ Dimensional de Limeira-SP, com o tempo de 1h09m43s e também 43,2 Km percorridos, seguido de Vanderlei Velloso Braga da SEME/ Santa Bárbara D`Oeste-SP em segundo e Edson Ângelo Anselmo, da equipe Ciclo Édão/ Ibirá-SP na terceira colocação.

A equipe campeã geral da 7ª Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo – Prova Ciclística “22 de Agosto”/ Troféu Anésio Argenton 2017 em Araraquara foi a Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal de Jaú-SP, com 67 pontos conquistados,  seguida da SEME/ Santa Bárbara D`Oeste-SP com 55 e da Fundesport/ Araraquara-SP com 53 pontos conquistados. Para ver todos os demais resultados, confiram o Boletim de Resultados completo da prova, que segue em anexo.

O próximo compromisso do ciclismo paulista será nesse próximo final de semana na vizinha cidade de São Carlos, com a disputa da terceira etapa do Campeonato Paulista de Resistência, e também a realização do Campeonato Paulista de Contra o Relógio Individual (CRI), sábado e domingo (19 e 20/08), no Parque Ecoesportivo Dahma. A próxima etapa da Copa São Paulo de Ciclismo está prevista para o dia 03 de Setembro, em definição com a cidade de Avaré-SP.

http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/jornal-da-eptv/videos/v/mais-de-150-atletas-disputam-a-copa-sao-paulo-de-ciclismo-em-araraquara/6077146/

BOLETIM DE RESULTADOS DA  7ª ETAPA, REALIZADA EM 13 / 08 / 2017 NA CIDADE DE ARARAQUARA-SP

PROVA CICLISTICA “22 DE AGOSTO” – TROFÉU ANÉSIO ARGENTON – RANKING NACIONAL CBC, CLASSE 4

LOCAL: Jardim Magnólias – Circuito com 3.600m de extensão por volta

 

CATEGORIA: *ELITE MASCULINO – Classific. em Araraquara – Tempo de prova: 1h24m05s – Total percorrido: 54,0 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
58 Josimar Oliveira Sacramento ECT/ Tarumã/Taubaté-SP 12
56 Vitor Fernandes da Fonseca ECT/ Tarumã/Taubaté-SP 10
26 Elivelton Pedro Pro Cycling Team ADF/ Guarulhos-SP 8
53 Alan Valêncio Maniezzo São Francisco Saúde/ Klabin/ SME/ Ribeirão Preto-SP 7
55 Renato Ruiz ECT/ Tarumã/Taubaté-SP 6
03 Antonio Luan Nascimento da Matta ECT/ Tarumã/Taubaté-SP 5
20 Thomaz Antelmo de Souza Fundesport/ Araraquara-SP 4
57 Breno França Sidoti ECT/ Tarumã/Taubaté-SP 3
32 Weber Pires Avulso-SP 2
10º 54 Patrique Gama Azevedo ECT/ Tarumã/Taubaté-SP 1

   *Ranking Nacional CBC

 

CATEGORIA: SENIOR-A – Classificação em Araraquara – Tempo de prova: 1h15m12s – Total percorrido: 43,2 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
147 Caio Augusto Cintra Maura Avulso-SP 12
156 Alexandre Paulo dos Santos Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 10
171 Marcelo Magri Biazetti SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 8
187 Luis Paulo Santos Ciclo Sport/ Poços de Caldas-MG 7
123 Éder Aparecido Freire Avulso-SP 6
138 Márcio Roberto Farinchon SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 5
115 Eliezer Reginaldo da Silva Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 4
195 Willian Almeida SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 3
114 Marcelo Ferreira de Jesus Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 2
10º 181 Daniel Rodrigues Cardoso SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 1

 

CATEGORIA: SUB-30 – Classificação em Araraquara – Tempo de prova: 1h02m38s – Total percorrido: 32,4 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
315 Carlos Eduardo Uchoa Vicente Fundesport/ Araraquara-SP 12
311 Rodrigo Aparecido Veiga SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 10
301 Felipe Eduardo de Oliveira Vassalo Fundesport/ Araraquara-SP 8
322 Thiago Tamiel Poloni do Bonfim Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 7
325 Bruno Santos Ciclo Edão/ Ibirá-SP 6

 

CATEGORIA: SENIOR-B – Classificação em Araraquara – Tempo de prova: 1h09m43s – Total percorrido: 43,2 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
449 Hamilton Fernandes de Souza ACL Dimensional/ Limeira-SP 12
417 Vanderlei Velloso Braga SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 10
403 Edson Angelo Anselmo Ciclo Edão/ Ibirá-SP 8
411 André Luis Santana Argentin SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 7
412 Luciano Aparecido Ferreira da Rocha SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 6

 

CATEGORIA: *ELITE FEMININO – Classificação em Araraquara – Tempo de prova: 55m43s – Total percorrido: 25,2 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
806 Jacqueline Mendonça Fundesport/ Araraquara-SP 12
805 Lusuelen Domingues dos Santos Fundesport/ Araraquara-SP 10
801 Mariana de Freitas Camargo Avulsa-SP 8
802 Laeandra Marques Ribeiro Silva Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 7
817 Aline Nascimento Cruz Avulsa-SP 6

   *Ranking Nacional CBC

 

CATEGORIA: *JUNIOR MASC. – Classificação em Araraquara – Tempo de prova: 1h07m30s – Total percorrido: 39,6 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
718 Paulo Felipe Amorim da Silva UCI/ Iracemápolis-SP 12
716 Brendo Morais Santos UCI/ Iracemápolis-SP 10
713 Arthur Brandino dos Santos UCI/ Iracemápolis-SP 8
705 Felipe Aparecido Brito Fundesport/ Araraquara-SP 7
704 Matheus Máximo dos Reis SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 6

*Ranking Nacional CBC

 

CATEGORIA: *JUNIOR FEMININO – Classific. em Araraquara – Tempo de prova: 47m18s – Total percorrido: 21,6 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
860 Paula Pacheco de Oliveira Liga de Ciclismo Sorocabana/ Sorocaba-SP 12
854 Julia Raynnara de Toledo ABEC/ Rio Claro-SP 10

*Ranking Nacional CBC

 

CATEGORIA: MASTER-A – Classificação em Araraquara – Tempo de prova: 46m23s – Total percorrido: 28,8 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
611 Sérgio Gibim SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 12
601 Sidnei da Silva SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 10
615 Jonas Garcia Ferreira Junior Avulso-SP 8
605 João Batista de Toledo Sport Bike/ A.C.C./SEL/ Cordeirópolis-SP 7
616 Edson Francisco Bruno Ciclo Sport/ Poços de Caldas-MG 6

 

CATEGORIA: MASTER-B – Classificação em Araraquara – Tempo de prova: 46m50s – Total percorrido: 25,2 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
651 João Batista Maglio Odontologia Maglio, Implantes e Laserterapia/ Araraquara-SP 12
652 Anízio Horácio da Silva Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 10
656 Fernando Mauro Roncari Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 8
653 José Carlos Fonseca Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 7

 

CATEGORIA: *JUVENIL – Classificação em Araraquara – Tempo de prova: 59m57s – Total percorrido: 32,4 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
759 Thiago Koch Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 12
760 Marcos Levy Nascimento da Matta Avulso-SP 10
756 Leonardo Francisco Rodrigues Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 8
767 Davidson Rodrigues UCI/ Iracemápolis-SP 7
751 João Henrique Scarante São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 6

*Ranking Nacional CBC

 

CATEGORIA: INFANTO/JUVENIL – Classificação em Araraquara – Tempo de prova: 36m44s – Total percorrido: 18 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
915 Gustavo Henrique Lopes Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 12
912 Matheus Castro de Oliveira São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 10
911 Lucas dos Santos Silva São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 8
910 Victor Cesar de Paula São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 7
901 Lucca Marques da Silva Ferreira São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 6

 

CATEGORIA: MOUNTAIN BIKE – Classificação em Araraquara – Tempo de prova: 54m28s – Total percorrido: 32,4 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
518 Gederson Roberto Fini Mussi Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 12
538 Rafael Vieira de Toledo SodBike/ Araraquara-SP 10
535 Rafael Luiz de Oliveira SodBike/ Araraquara-SP 8
539 Kelviler Henrico Clementino Avulso-SP 7
520 Marcos Henrique Amaro Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 6

 

  

CATEGORIAS  EXTRAOFICIAIS – Livre Bicicleta – (Iniciantes da Cidade de Araraquara):

 

   CATEGORIA: INICIANTES ADULTO MASCULINO (1 Volta no circuito – 3,6 Km) Classificação em Araraquara:

COL. Nº Atl. NOME
1128 José Roberto Gomes Pires Filho
825 José Roberto dos Santos
1130 Liniker Felippe de Andrade Grecco
1129 João Vitor de Lima

 

CATEGORIA: INICIANTES FEMININO (1 Volta no circuito – 3,6 Km):

COL. Nº Atl. NOME
907 Carolina Cristina G. Fioravante

 

 

 

CATEGORIA: INICIANTES MIRIM

COL. Nº Atl. NOME
Miguel Alves

 

CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPES EM ARARAQUARA-SP

EQUIPE CIDADE P.G.
Team 255/ Band UP/ Pulini Cycles/ Prefeitura Municipal Jaú-SP     67
SEME Santa Bárbara D’oeste-SP 55
Fundesport Araraquara-SP 53
São Francisco Saúde/ SME Ribeirão Preto-SP 44
ECT/ Tarumã Taubaté-SP 37
UCI Iracemápolis-SP 37
Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso Batatais-SP 22
SodBike Araraquara-SP 18
Prefeitura Municipal/ Unimed Ibitinga-SP 16
SMELT/ Ciclismo Matão Matão-SP 14
Ciclo Édão Ibirá-SP 14
Ciclo Sport Poços de Caldas-MG 13
ACL/ Dimensional Limeira-SP 12
Liga de Ciclismo Sorocabana Sorocaba-SP 12
Odontologia Maglio, Implantes e Laserterapia Araraquara-SP 12
ABEC Rio Claro-SP 10
SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados Monte Alto-SP 09
Pro Cycling Team ADF Guarulhos-SP 08
Sport Bike/ A.C.C./ SEL Cordeirópolis-SP 07

 

Fonte: Assessoria de Imprensa – CSPC/FPC

Volta a Burgos 2017 #2 etapa Resultados.

26 May 2016
99th Giro d’Italia
Stage 18 : Muggio – Pinerolo
1st : TRENTIN Matteo (ITA) Etixx – Quickstep
Photo : Yuzuru SUNADA

Matteo Trentin ( Quick-Step Floors ) ganhou no sprint a segunda etapa da Vuelta a Burgos na  Espanha nesta quarta-feira e no dia de seu aniversário.

O italiano terminou o serviço para sua equipe da melhor forma sendo a primeira vitória da temporada 2017.

O  britânico Adam Blythe (Aqua Blue) terminou em segundo lugar, com Tim Ariesen (Roompot Nederlandse Loterij) em terceiro lugar.

O vencedor da primeira etapa, Mikel Landa (Team Sky), terminou com segurança no grupo para manter a liderança geral da corrida com Sergey Chernetskiy (Astana)  dois segundos, com Julian Alaphilippe (Quick-Step Floors) em terceiro com três segundos.

Resultados Vuelta a Burgos 2017, Segunda Etapa: Oña to Belorado, 153km


1. Matteo Trentin (Ita) Quick-Step Floors,  3:38:54
2. Adam Blythe (GBr) Aqua Blue Sport
3. Tim Ariesen (Ned) Roompot Nederlandse Loterij
4. Romain Cardis (Fra) Direct Energie
5. Pier Paolo De Negri (Ita) Nippo-Vini Fantini
6. Raymond Kreder (Ned) Roompot Nederlandse Loterij
7. Armindo Fonseca (Fra) Fortuneo-Oscaro
8. Eduard Prades (Esp) Caja Rural
9. Christophe Noppe (Bel) Sport Vlaanderen-Baloise
10. Aaron Gate (NZl) Aqua Blue Sport, all same time

Classificação Geral 

1. Mikel Landa (Esp) Team Sky,  7:04:52
2. Sergey Chernetskiy (Rus) Astana,  2s
3. Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors,  3s
4. Enric Mas (Esp) Quick-Step Floors,  5s
5. Pier Paolo De Negri (Ita) Nippo-Vini Fantini,  7s
6. Jetse Bol (Ned) Manzana Postobon,  7s
7. Jonas Van Genechten (Bel) Cofidis,  7s
8. Carlos Barbero (Esp) Movistar, 7s
9. Fabien Grellier (Fra) Direct Energie,  7s
10. Merhawi Kudus (Eri) Dimension Data,  7s

Copa São Paulo Ciclismo 2017 Resultados #7 Etapa.

 O ciclismo olímpico esteve em alta nesse final de semana no interior paulista, a cidade de Brotas (249 Km da capital), uma das principais estâncias turísticas do interior do Estado de São Paulo recebeu, com todos os méritos, a 6ª Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo, um dos principais campeonatos de ciclismo por etapas do país, com mais de 120 ciclistas presentes de todo o Estado e também do sudoeste mineiro, num domingo de sol e temperatura agradável, a acolhedora cidade foi o palco de emocionantes disputas, com os atletas e suas equipes iniciando o período de importantes competições do segundo semestre, após o término dos Jogos Regionais, realizado em várias regiões do Estado.

 

A prova contou com a presença de alguns dos melhores ciclistas do país, como Lauro César de Mouro Chaman, atual campeão da Copa do Mundo de Paraciclismo 2017, com duas medalhas na paraolimpíada do Rio de Janeiro/ 2016 e líder absoluto da Copa São Paulo, na categoria Elite.

Foi a primeira vez que a terra do cantor Daniel, que já recebeu uma etapa do Tour do Brasil/ Volta Ciclística Internacional do Estado de São Paulo em 2014, sediou uma etapa da competição, com a participação de ciclistas brotenses nas categorias oficiais e também extraoficiais, que tiveram a oportunidade de interagir com os ciclistas mais experientes.

A Prova aconteceu no bairro Jardim Paraíso, próximo ao Clube de Campo de Brotas, se estendendo até o início da tarde, sendo realizada 12 categorias oficiais, divididas por idade e critério técnico, além de 2 categorias estreantes extraoficiais, abertas apenas aos ciclistas iniciantes da cidade de Brotas, com qualquer tipo de bicicleta.

O local contou com ótima estrutura por parte da Prefeitura e Secretarias Municipais envolvidas, num ótimo circuito misto com subidas, longas retas planas e descidas e excelente pavimento asfáltico.

 

E na categoria principal, a Elite masculino, a vitória ficou com Lauro Chaman (equipe Funvic/ Brasil Pro Cycling Team/ São José dos Campos), que após obter uma fuga solitária nas primeiras voltas da prova, manteve-a até o final, cruzando a linha de chegada após 1h12m30s e 42 Km percorridos.

A segunda colocação ficou com Ivan Jorge de Moura (Fundesport/ Araraquara) e a terceira colocação com Robson Cesar Rodrigues (SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP). Com quatro vitórias em seis etapas disputadas, Lauro Chaman segue líder absoluto em sua categoria.

Outra categoria bastante disputada, a Sênior-A, para ciclistas de 30 a 39 anos, teve a vitória de Rodrigo Luiz Pulini (Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú), que venceu a prova com propriedade, escapado após uma fuga na metade da prova, cruzando sozinho a meta após 1h10m21s e 39,2 Km percorridos.

Em segundo lugar, batendo os adversários no sprint final, Danilo César Tostes (SECET/ Academia Estação Boa Forma/ Space Seguros/ Good Shape/ Master Result/ USC/ Serrana-SP) e em terceiro Claudemir Bernardis (SEME/ Santa Bárbara D´Oeste). Danilo Tostes, com essa colocação, segue como líder de sua categoria.

 

Entre as meninas da categoria Junior Feminino, vitória de Cecília Vieira Lance (São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto), numa prova de 56m24s e 22,4 Km percorridos, seguida da sua companheira de equipe, Bruna de Oliveira Zaparoli e de Julia Raynnara de Toledo (ABEC/ Rio Claro) na terceira colocação. Julia segue líder de sua categoria.

Na categoria Juvenil Masculino, uma prova de 52m01s e 28 Km percorridos, vencida por Thiago Koch da equipe Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga, seguido de Leonardo Francisco Rodrigues (Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais), segundo colocado e de João Henrique Scarante, terceiro colocado, da equipe São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto. Leonardo Francisco segue líder de sua categoria.

 

Já na categoria Sub 30 (19 a 29 anos), dobradinha para a equipe da Fundesport de Araraquara, com a vitória de Felipe Eduardo de Oliveira, com 1h11m46s e 36,4 Km percorridos, seguido de Carlos Eduardo Uchoa Vicente, e a terceira colocação para Felipe de Souza Ferreira (SEME/ Santa Bárbara D´Oeste). Com essa colocação, Carlos Uchoa segue líder dessa categoria.

Na categoria Sênior B (40 a 49 anos), Vanderlei Veloso Braga (SEME/ Santa Bárbara D´Oeste), venceu a prova também escapado desde o início da disputa, cruzando a meta em 1h01m14s e 33,6 Km percorridos, seguido de André Luiz Argentin, também de Santa Bárbara e de José Carlos Fonseca Júnior (Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú) na terceira colocação. José Carlos segue líder de sua categoria.

 

Entre os Masters, na categoria Master B (60 anos acima), a vitória ficou com Anizio Horácio da Silva (Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú), e a segunda colocação com José Carlos Fonseca, seu companheiro de equipe.

O líder isolado dessa categoria, João Batista Maglio, de Araraquara, não esteve presente por estar participando do Campeonato Brasileiro de Masters em João Pessoa-PB.

Por equipes, a campeã geral da 6ª Etapa da CSPC em Brotas foi a São Francisco Saúde/ SME, de Ribeirão Preto, seguida da Fundesport/ Araraquara, vice-campeã e da SEME/ Santa Bárbara D`Oeste, terceira colocada. Para ver todos os demais resultados da 6ª Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo em Brotas, confiram o Boletim de Resultados da Etapa, que segue anexo.

 

A próxima Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo (7ª) será realizada na cidade de Araraquara-SP, no dia 13 de Agosto, a tradicional Prova Ciclística “22 de Agosto” – Troféu Anésio Argenton, válida para o Ranking Brasileiro da Confederação Brasileira de Ciclismo-CBC, Categoria 4, prova essa que volta a acontecer no município após três anos de interrupção.

 

CATEGORIA: ELITE MASCULINO – Classificação em Brotas – Tempo de prova: 1h12m30s  – Total percorrido: 42 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
02 Lauro Cesar de Mouro Chaman Funvic/ Brasil Pro Cycling Team/ São José dos Campos-SP 12
01 Ivan Jorge de Moura Fundesport/ Araraquara-SP 10
30 Robson Cesar Rodrigues SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 8
50 Danilo Eduardo Veiga SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 7
48 Rafael Cesar Generoso Fundesport/ Araraquara-SP 6
44 João Pedro Rossi São Francisco Saude/ SME/ Ribeirão Preto-SP 5
47 Luan de Oliveira Souza Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 4
23 Jorge Roberto Bratfische Junior Fundesport/ Araraquara-SP 3
51 Vagner Roberto da Silva Avulso/SP 2

OBS: O ciclista No. 47, Luan de Oliveira Souza, da equipe Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso, de Batatais, recebe uma sanção disciplinar de SUSPENSÃO por 3 MESES (90 DIAS) de todas as competições da Copa São Paulo de Ciclismo que forem realizadas nesse período, a partir da próxima etapa a ser realizada no dia 13 de Agosto na cidade de Araraquara, e o ciclista No. 44, João Pedro Rossi, da equipe São Francisco Saúde/ SME de Ribeirão Preto, recebe uma sanção disciplinar de SUSPENSÃO por 2 MESES  (60 DIAS) das competições do campeonato, a partir da próxima etapa, pelas agressões verbais e físicas e o tumulto ocorridas na 6ª Etapa, conforme decisão unânime dos diretores/organizadores. A organização espera que atitudes lamentáveis e desequilibradas como essa, na frente do público, dirigentes e autoridades da cidade, demais atletas e familiares presentes não se repitam, e em caso de reincidência, o(s) atleta(s) será(ão) convidado(s) a se retirar do campeonato.

 

CATEGORIA: SENIOR-A – Classificação em Brotas – Tempo de prova: 1h10m21s – Total percorrido: 39,2 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
103 Rodrigo Luiz Pulini Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 12
130 Danilo Cesar Tostes SECET/ Academia Estação Boa Forma/ Space Seguros/ Good Shape/ Master Result/ USC/ Serrana-SP 10
185 Claudemir Bernardis SEME/ Santa Barbara D’Oeste-SP 8
123 Eder Aparecido Freire Avulso-SP 7
171 Marcelo Magri Biazetti SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 6
120 Paulo Caetano de Oliveira Filho Prefeitura Municipal/Unimed/ Ibitinga-SP 5
114 Marcelo Ferreira de Jesus Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 4
147 Caio Augusto Cintra Maura Avulso-SP 3
139 Marco Antonio dos Santos Leite SECEL/ Troppi Açaí/ NCA Congelados/ Monte Alto-SP 2
10º 138 Marcio Roberto Farinchon SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 1

 

CATEGORIA: SUB-30 – Classificação em Brotas – Tempo de prova: 1h11m46s – Total percorrido: 36,4 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
301 Felipe Eduardo de Oliveira Fundesport/ Araraquara-SP 12
315 Carlos Eduardo Uchoa Vicente Fundesport/ Araraquara-SP 10
310 Felipe de Souza Ferreira SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 8
305 Gerson Marques de Oliveira Associação de Ciclismo de Araras/ Araras-SP 7
322 Thiago Tamiel Poloni do Bonfim Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 6

 

CATEGORIA: SENIOR-B – Classificação em Brotas – Tempo de prova: 1h01m14s – Total percorrido: 33,6 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
417 Vanderlei Velloso Braga SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 12
411 André Luis Santana Argentin SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 10
402 José Carlos Fonseca Junior Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 8
412 Luciano Aparecido Ferreira da Rocha SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 7
448 Cesar Novelli Cuzato Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 6

 

CATEGORIA: ELITE FEMININO – Classificação em Brotas – Tempo de prova: 1h04m37s – Total percorrido: 28 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
806 Jacqueline Mendonça Fundesport/ Araraquara-SP 12
802 Laeandra Marques Ribeiro Silva Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 10
815 Rafaela de Fátima Cardoso Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 8

 

CATEGORIA: JUNIOR MASCULINO – Classificação em Brotas – Tempo de prova: 1h00m01s – Total percorrido: 33,6 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
704 Matheus Máximo dos Reis SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 12
705 Felipe Aparecido Brito Fundesport/ Araraquara-SP 10
710 Luiz Fernando Bezerra São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 8
706 Sergio Reis Vieira dos Santos Fundesport/ Araraquara-SP 7
709 Luiz Guilherme Tempesta Cirilo São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 6

 

CATEGORIA: JUNIOR FEMININO – Classificação em Brotas – Tempo de prova: 56m24s – Total percorrido: 22,4 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
853 Cecilia Vieira Lance São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 12
858 Bruna de Oliveira Zaparoli São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 10
854 Julia Raynnara de Toledo ABEC/ Rio Claro-SP 8

 

CATEGORIA: MASTER-A – Classificação em Brotas – Tempo de prova: 50m07s – Total percorrido: 25,2 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
601 Sidnei da Silva SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 12
615 Jonas Garcia Ferreira Junior Avulso/SP 10
605 João Batista de Toledo Sport Bike/ A.C.C./ SEL/ Cordeirópolis-SP 8
602 Isaac Rodrigues de Oliveira Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 7
603 Paulo Humberto Graciano SEME/ Santa Barbara D’oeste-SP 6

 

CATEGORIA: MASTER-B – Classificação em Brotas – Tempo de prova: 46m23s – Total percorrido: 22,4 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
652 Anízio Horácio da Silva Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 12
653 José Carlos Fonseca Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 10

 

CATEGORIA: JUVENIL – Classificação em Brotas – Tempo de prova: 52m01s – Total percorrido: 28 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
759 Thiago Koch Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 12
756 Leonardo Francisco Rodrigues Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 10
751 João Henrique Scarante São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 8
762 Marcio Machado São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 7
758 Adrian Gleison Tosta Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 6

 

CATEGORIA: INFANTO/JUVENIL – Classificação em Brotas – Tempo de prova: 35m20s (6 voltas) – Total: 16,8km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
912 Matheus Castro de Oliveira São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 12
911 Lucas dos Santos Silva São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 10
910 Victor Cesar de Paula São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 8
901 Lucca Marques da Silva Ferreira São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 7
908 Caio Augusto Rossi São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 6

OBS: A Direção da Copa São Paulo de Ciclismo parabeniza a equipe São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP por ter colocado seus cinco atletas no pódio, com 100% de aproveitamento nessa categoria na etapa.

 

CATEGORIA: MOUNTAIN BIKE –  Classificação em Brotas – Tempo de prova: 1h08m06s – Total percorrido: 28 km

COL. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
518 Gederson Roberto Fini Mussi Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 12
520 Marcos Henrique Amaro Team 255/ Band Up/ Pulini Cicles/ Prefeitura Municipal/ Jaú-SP 10
511 Luciano Antonio de Souza SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 8
512 Bruno Rodrigo Otaviano SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 7
522 Willian da Costa Flor SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 6

 

  CATEGORIAS  EXTRAOFICIAIS – Livre Bicicleta – (Iniciantes da Cidade de Brotas):

 

 

  CATEGORIA: INICIANTES JUVENIL MASCULINO (1 Volta no circuito) Classificação em Brotas:

COL. Nº Atl. NOME
804 Luís Felipe
102 Luis Guilherme Amaral
808 Lucas Simões do Carmo

 

CATEGORIA: INICIANTES ADULTO MASCULINO (1 Volta no circuito) Classificação em Brotas:

COL. Nº Atl. NOME
1028 David Bueno
1125 Italo Luis Vasconcellos
1126 Luís Fernando Amaral

 

Fonte: Assessoria de Imprensa – CSPC/FPC

 

Tour de France 2017 #19 Etapa Resultados.

Edvald Boasson Hagen (Dimension Data) teve a sua primeira vitória na etapa de Tour de France depois  seis anos, ele cruzou a linha na 19ª etapa em Salon de Provence  a frente de uma fuga enquanto os favoritos a classificação geral tiveram de um dia fácil no pelotã antes do contra relógio que será  crucial neste sábado em Marselha.

Depois de perder por milímetros para Marcel Kittel (Quick-Step Floors) na  setíma etapa em Nuits-Saint-Georges, Boasson Hagen não deixou nada ao acaso na penúltima etapa de estrada.

O norueguês fazia parte de um grande grupo de fuga que se afastou do pelotão após 30 km de prova e terminou mais de 10 minutos à frente do pelotão.

Enquanto isso, Team Sky, liderou o pelotão mais de 12 minutos depois, Froome parecia relaxado em sua camisa amarela, tendo desfrutado um dia fácil antes do contra-relógio deste sábado.

Resultados.

1. Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data, in 5:06:09
2. Nikias Arndt (Ger) Team Sunweb,  5s
3. Jens Keukeleire (Bel) Orica-Scott,  17s
4. Daniele Bennati (Ita) Movistar
5. Thomas De Gendt (Bel) Lotto Soudal
6. Sylvain Chavanel (Fra) Direct Energie
7. Elie Gesbert (Fra) Fortuneo-Oscaro
8. Jan Bakelants (Bel) Ag2r La Mondiale, st
9. Michael Albasini (Sui) Orica-Scott,  19s
10. Pierre Luc Perichon (Fra) Fortuneo – Oscaro, 1:32

Classificação Geral.

1. Chris Froome (GBr) Team Sky, in 83:26:55
2. Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale, 23s
3. Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac, 29s
4. Mikel Landa (Esp) Team Sky,  1:36
5. Fabio Aru (Ita) Astana,  1:55
6. Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors,  2:56
7. Simon Yates (GBr) Orica-Scott,  4:46
8. Louis Meintjes (RSA) UAE Team Emirates,  6:52
9. Warren Barguil (Fra) Team Sunweb,  8:22
10. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo,  8:34

Tour de France 2017 #17 Etapa Resultados.

19 July 2017
104th Tour de France
Stage 17 : La Mure – Serre-Chevalier
ROGLIC Primoz (SLO) Lotto NL – Jumbo, at Col du Galibier
Photo : Yuzuru SUNADA

Chris Froome amplia o líder no topo da classificação geral do Tour de France depois que Fabio Aru está distanciado no Galibier .


Primož Roglič vence a 17ª etapa (Rainha) do tour de France escapado.

Chris Froome (Team Sky) manteve com segurança a liderança geral no Tour de França de 2017 nesta quarta-feira, quando a corrida visitou as altas montanhas dos Alpes.

O campeão britânico terminou em terceiro lugar na etapa e  o colombiano Rigobero Uran (Cannondale-Drapac) em segundo.

O esloveno campeão mundial junior, Roglič, conseguiu a sua primeira vitória por etapa do Tour em bom estilo, depois de ter atacado o grupo de fuga do dia em cima do Col du Galibier, e chegou à vitória abaixo na rápida descida.

Atrás dele, a batalha para lugares na classificação geral foi travada, com dois grupos distintos formados pelo grupo de candidatos após o Galibier.

O italiano Fabio Aru (Astana) encontrou-se no lado errado da divisão do pelotão  e perdeu seu segundo lugar na geral.

Rigoberto  Uran (Cannondale Drapac) assume a segunda colocação a 27 segundos enquanto o terceiro lugar é ocupado por Romain Bardet ( Ag2r-La Mondiale), com o mesmo tempo.

Alberto Contador (Trek Segafredo ) que no início da etapa estava fora do top 10 voltou  em nono na geral a 6:35 enquanto Nairo Quintana (Movistar) que estava em 10ª agora saiu fora do Top 10 da geral.

Resultados.

1. Primož Roglič (Slo) LottoNL-Jumbo,  5:07:41
2. Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac,  1:13
3. Chris Froome (GBr) Team Sky
4. Romain Bardet (Fra) Ag2r-La Mondiale
5. Warren Barguil (Fra) Team Sunweb,  st
6. Mikel Landa (Esp) Team Sky,  1:16
7. Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors,  1:43
8. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo,  1:44
9. Louis Meintjes (RSA) UAE Team Emirates
10. Fabio Aru (Ita) Astana,  st

Classificação Geral.

1. Chris Froome (GBr) Team Sky,  73:27:26
2. Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac,  27s
3. Romain Bardet (Fra) Ag2r-La Mondiale,  27s
4. Fabio Aru (Ita) Astana,  53s
5. Mikel Landa (Esp) Team Sky,  1:24
6. Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors,  2:37
7. Simon Yates (GBr) Orica-Scott,  4:07
8. Louis Meintjes (RSA) UAE Team Emirates,  6:35
9. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo,  7:45
10. Warren Barguil (Fra) Team Sunweb,  8:52

 

Tour de France 2017 #13 Etapa Resultados.

14 July 2017
104th Tour de France
Stage 13 : Saint-Girons – Foix
1st : BARGUIL Warren (FRA) Sunweb, Maillot a Pois
Photo : Yuzuru SUNADA

Warren Barguil (Team Sunweb) venceu  no feriado do dia da Bastilha com isso alegrando o Pais neste importânte feriado nacional, Fabio Aru (Astana) defendeu a liderança geral.

A 13ªetapa  curta de 101 quilômetros apresentou três montanhas de categoria um, com uma longa descida até o final em Foix. 

O francês Barguil tirou a vitória de um grupo de fuga dos “sonhos”, com um ressurgimento de Nairo Quintana (Movistar) em segundo e Alberto Contador (Trek-Segafredo) em terceiro lugar.

Chris Froome e seu time  Team Sky voltaram a exercer pressão sobre seus rivais, mas em uma série de táticas completamente diferentes do dia anterior – colocando os ciclistas em grupos de fuga para ajudar Froome, em vez de andar em massa na frente do grupo.

No entanto, apesar de não ter companheiros de equipe para ajudá-lo, o italiano Aru respondeu todos ataques para manter a liderança da corrida.

Aru lidera sobre Froome com seis segundos, com o francês Romain Bardet (Ag2r) em terceiro a 25 segundos.

Resultados.

1. Warren Barguil (Fra) Team Sunweb, 2:36:29
2. Nairo Quintana (Col) Movistar
3. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo, st
4. Mikel Landa (Esp) Team Sky,  2s
5. Simon Yates (GBr) Orica-Scott,  1:39
6. Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors, st
7. Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky,  1:48
8. Christopher Froome (GBr) Team Sky st
9. Fabio Aru (Ita) Astana st
10. Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac st

Classificação Geral.

1. Fabio Aru (Ita) Astana, in 55:30:06
2. Chris Froome (GBr) Team Sky,  6s
3. Romain Bardet (Fra) Ag2r-La Mondiale,  25s
4. Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac, 35s
5. Mikel Landa (Esp) Team Sky, at 1:09
6. Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors,  1:32
7. Simon Yates (GBr) Orica-Scott,  2:04
8. Nairo Quintana (Col) Movistar,   2:07
9. Louis Meintjes (RSA) UAE Team Emirates,  4:51
10. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo,  5:22

Tour de France 2017 #10 Etapa Kittel Vence.

Foto de Arquivo.

O alemão Marcel Kittel  (Quick Step) venceu a 10ª etapa do Tour France 2017 e a sua quarta vitória por etapas totalizando a 13 vitórias .

O compatriota alemão John Degenkolb (Trek-Segafredo) teve o seu melhor resultado do Tour 2017 segundo lugar, e o holandês Dylan Groenewegen (LottoNL-Jumbo) em terceiro lugar

Desta vez, não houve a  necessidade de uma confirmação da vitória pelo foto finish. 

A aceleração incomparável de Kittel depois sair lá de trás e seguir o seu sprint sem nenhum embalador, parecia que o restante estavam em câmera lenta pois o Alemão passou muito rápido sobre os demais e ainda conseguiu colocar uma vantagem de mais de uma bicicleta , com tempo de sobra de erguer os braços em comemoração.

“Não posso acreditar, estou tão feliz”, disse Kittel exaltado após a vitória. “É super legal, a equipe trabalhou novamente tão forte”.

“É claro que [o recorde de etapas alemão] significa algo para mim. Nunca esperei isso quando comecei a carreira … é difícil para mim imaginar.” 

São 13 vitórias profissionais de Kittel contra 12 de Erik Zabel.

Não houve mudança na classificação geral, com todos os favoritos a geral chegando no pelotão principal. Chris Froome (Team Sky) continua sua vantagem de 18 segundos sobre o italiano Fabio Aru (Astana), com o francês Romain Bardet (Ag2r) em terceiro em 51 segundos.

Resultados.

1. Marcel Kittel (Ger) Quick-Step Floors,  4:01:00
2. John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo
3. Dylan Groenewegen (Ned) LottoNL-Jumbo
4. Rudiger Selig (Ger) Bora-Hansgrohe
5. Alexander Kristoff (Nor) Katusha-Alpecin
6. Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis
7. Daniel McLay (GBr) Fortuneo-Oscaro
8. Pieter Vanspeybrouck (Bel) Wanty-Groupe Gobert
9. Sonny Colbrelli (Ita) Bahrain-Merida
10. Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data

Classificação Geral.

1. Christopher Froome (GBr) Team Sky, in 42:27:28
2. Fabio Aru (Ita) Astana],  18s
3. Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale,  51s
4. Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac,  55s
5. Jakob Fuglsang (Den) Astana, 1:37
6. Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors,  1:44
7. Simon Yates (GBr) Orica-Scott,  2:02
8. Nairo Quintana (Col) Movistar,  2:13
9. Mikel Landa (Spa) Team Sky,    3:06
10. George Bennett (NZl) LottoNL-Jumbo,  3:53

Tour de France 2017 Resultados #7 Etapa.

Marcel Kittel (Quick-Step Floors)  conseguiu a sua  terceira vitória por etapas do Tour de France  2017 em uma verdadeira batalha no sprint com Edvald Boasson Hagen (Dimension Data).

Os dois pareciam que  cruzaram  a linha simultaneamente em Nuits-Saint-Georges no final da setíma etapa nesta sexta-feira.

Nenhum dos dois  comemorou a vitória depois de cruzar a linha – um sinal seguro de quão perto estava.

No entanto, depois que o jurado estudou o foto finish, eles concederam a vitória para Kittel.

Com  isso agora já são 12 vitórias por etapas no Tour da carreira Kittel, igualando o recorde de Erik Zabel para se tornar o ciclista alemão mais bem sucedido no Tour.

Michael Matthews (Team Sunweb) terminou em terceiro.

Depois que o francês Démare (FDJ) terminou fora do top 10,  Kittel agora usa  camisa verde de líder da classificação de pontos.

O Tour de France agora se desloca para as montanhas  Jura, com uma etapa montanhosa neste sábado – talvez favorecendo um intervalo – e um estágio de alta montanha no domingo.

 A corrida termina em Paris no domingo 23 de julho.


Resultados.

1. Marcel Kittel (Ger) Quick-Step Floors, in 5-03-18
2. Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data
3. Michael Matthews (Aus) Team Sunweb
4. Alexander Kristoff (Nor) Katusha-Alpecin
5. John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo
6. Dyan Groenewegen (Ned) LottoNL-Jumbo
7. Rüdiger Selig (Ger) Bora-Hansgrohe
8. Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis
9. André Greipel (Ger) Lotto-Soudal
10. Daniel McLay (GBr) Fortuneo-Oscaro

Classificação Geral.

1. Chris Froome (GBr) Team Sky
2. Geraint Thomas (GBr) Team Sky at 12s
3. Fabio Aru (Ita) Astana at 14s
4. Dan Martin (Irl) Quick-Step Floors at 25s
5. Richie Porte (Aus) BMC Racing at 39s
6. Simon Yates (GBr) Orica-Scott at 43s
7. Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale at 47s
8. Alberto Contador (Spa) Trek-Segafredo at 52s
9. Nairo Quintana (Col) Movistar at 54s
10. Rafal Majka (Pol) Bora-Hansgrohe at 1-01

Tour de France 2017 Resultados #6 Etapa.

Marcel Kittel (Quick-Step Floors) mostrou que ele está em forma, reivindicando sua segunda vitória por etapas no Tour de France 2017 nesta quinta-feira.

Kittel foi o último a lançar o seu sprint, tanto que pela câmara da TV ele nem aparecia na frente, o que se via era um embate em Greipel (Lotto) e Démare (FDJ), mas o Alemão com um esforço fora do comum, passou todos e ainda abriu uma bike de vantagem, com isso Kittel conquista a sua 11ª vitória por etapas no Tour France.

O campeão francês Arnaud Démare (FDJ) chegou em segundo lugar com o alemão André Greipel (Lotto-Soudal) em terceiro lugar.

Não houve alteração na classificação geral, com todos  terminando com segurança dentro do pelotão principal. 

Chris Froome (Team Sky) manteve sua vantagem de 12 segundos sobre o colega de equipe Geraint Thomas, com o italiano Fabio Aru (Astana) em terceiro a 14 segundos.

Após a emoção das duas etapas anteriores, a sexta etapa foi um dia relativamente calmo, com três atletas  na fuga, mas que foram pegos a 2.4km da linha chegada.

Resultados.

1. Marcel Kittel (Ger) Quick-Step Floors, em 5:05:34
2. Arnaud Démare (Fra) FDJ
3. André Greipel (Ger) Lotto-Soudal
4 Alexander Kristoff (Nor) Katusha-Alpecin
5. Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis
6. Dylan Groenewegen (Ned) LottoNL-Jumbo
7. Michael Matthews (Aus) Team Sunweb
8. Daniel McLay (GBr) Fortuneo-Oscaro
9. Rüdiger Selig (Ger) Bora-Hansgrohe
10. John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo.

Classificação Geral.

1. Chris Froome (GBr) Team Sky em 23:44:33
2. Geraint Thomas (GBr) Team Sky  12s
3. Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team  14s
4. Dan Martin (Irl) Quick Step  25s
5. Richie Porte (Aus) BMC  39s
6. Simon Yates (GBr) Orica-Scott s 43s
7. Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale  47s
8. Alberto Contador (Spa) Trek Segafredo  52s
9 Nairo Quintana (Col) Movistar  54s
10. Rafal Majka (Pol) Bora Hansgrohe 1:01

Tour de France 2017 Resultdos #5 Etapa.

5 July 2017
104th Tour de France
Stage 05 : Vittel – La planche des belles filles
1st : ARU Fabio (ITA) Astana
Photo : Yuzuru SUNADA

O campeão italiano Fabio Aru, atacou o grupo de favoritos a geral para conquistar a vitória no primeiro cume do Tour de France 2017.

Fabio Aru (Astana) atacou os candidatos da classificação geral do Tour de France no final da subida da quinta etapa entre as cidades de Vittel a  La Planche des Belles Filles para levar a vitória, enquanto Chris Froome (Team Sky) assumiu a liderança da corrida.

O campeão italiano fez seu ataque em um grupo reduzido dos favoritos a geral com 2,4 km para seguir as encostas íngremes da subida final e rapidamente colocou uma diferença de 11 segundos para os atrasados.

Aru continuou a andar forte no caminho da subida, onde seu compatriota Vincenzo Nibali venceu em 2014 para a Astana, mesmo quando Chris Froome instigou um ataque com 1,6 km para final.

Froome não conseguiu largar todos os seus rivais, com Richie Porte (BMC), Daniel Martin (Quick-Step) e Romain Bardet (Ag2r La Mondiale) ficando em seu encalso.

Foi uma má etapa  para Nairo Quintana (Movistar), Alberto Contador (Trek-Segafredo) e o ex camisa amarela Geraint Thomas (Team Sky), pois foram imediatamente abandonados pelo ataque de Froome e com isso tomaram tempo, o mais prejudicado foi seu companheiro Thomas que perdeu a camisa para seu capitão e com isso está 12 segundos atrás.

Aru com essa vitória está em terceiro na classificação geral a 14 segundos de Froome, foi o que mais se beneficiou devido a sua atitude de atacar os favoritos.


Resultados.

1 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team, in 3:44:06
2 Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors,  16s
3 Christopher Froome (GBr) Team Sky,  20s
4 Richie Porte (Aus) BMC Racing Team,  20s
5 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale,  24s
6 Simon Yates (GBr) Orica-Scott,  26s
7 Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac, st
8 Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo, st
9 Nairo Quintana (Col) Movistar Team,  34s
10 Geraint Thomas (GBr) Team Sky,  40s

Classificação Geral.

1 Christopher Froome (GBr) Team Sky, in 18:38:59
2 Geraint Thomas (GBr) Team Sky,  12s
3 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team,  14s
4 Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors,  25s
5 Richie Porte (Aus) BMC Racing,  39s
6 Simon Yates (GBr) Orica-Scott,  43s
7 Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale,  47s
8 Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo,  52s
9 Nairo Quintana (Col) Movistar Team,  54s
10 Rafal Majka (Pol) Bora-Hansgrohe,  1:01

Tour de France 2017 Resultados #4 Etapa.

Arnaud Démare (FDJ) conseguiu a  sua primeira vitória no Tour de France na quarta etapa da corrida  em um final que foi marcado por acidentes.

O campeão francês derrotou Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) e Alexander Kristoff (Katusha) em segundo e terceiro respectivamente, porém o britânico Mark Cavendish (Dimension Data) caiu fortemente em um acidente.

Um dia relativamente tranquilo viu a aceleração final de 10 km, enquanto as equipes com  sprinters começaram a configurar seus principais homens para a vitória.

Mas com todos os combates pela posição e alguns cantos difíceis nos últimos 2 km, houve dois grandes incidentes  na aproximação da linha chegada.

O primeiro veio logo antes do flamme rouge e no meio do pelotão descendo pelo lado esquerdo da estrada, com o líder da corrida Geraint Thomas (Team Sky) ficando preso no incidente.

Marcel Kittel (Quick-Step), que esperava conquistar a segunda vitória por etapa desta turnê, também foi apanhado no caos e caiu quando os velocistas na frente do grupo continuaram em um ritmo feroz em direção ao linha.

Aqueles que evitaram o primeiro acidente incluíram Nacer Bouhanni (Cofidis), John Degenkolb (Trek-Segafredo), André Greipel (Lotto-Soudal), bem como Cavendish, Sagan, Kristoff e Démare, entre outros.

Mas como todos começaram a lançar seu sprint e se moveram para o lado direito da estrada, Cavendish tentou ultrapassar  Sagan,  perto das barreiras, com 400 metros para a linha.

Parecia que o campeão  mundial  bateu em Cavendish com o cotovelo enquanto ele avançava para a direita, enviando o Manxman para as barreiras e batendo no chão.

Esse incidente levou Degenkolb e Ben Swift (UAE Team Emirates)  ao solo, ambos conseguiram voltar pouco depois.

No entanto, Cavendish permaneceu no chão e parecia que não poderia continuar.

Démare (FDJ) venceu, enquanto Kristoff foi terceiro e  Sagan, que estava envolvido nesse incidente ainda conseguiu o segundo lugar.

Geraint Thomas, apesar do acidente, conseguiu terminar com segurança e manter a liderança geral, enquanto seu colega de equipe, Chris Froome, também permaneceu seguro junto com os outros candidatos a Geral.

Mas após as investigações os comissários de prova, chegaram a uma conclusão de que Sagan seria desclassificado da etapa e com consequência perderia a sua segunda colocação na geral, caindo para 15ª na geral a 43 segundo de Thomas (Sky).

Com isso a classificação da etapa ficou com  Kristoff (Katusha) em segundo e Greipel (Lotto Soudal)  terceiro.


Resultados.


1 Arnaud Demare (Fra) FDJ, em 4-53-54
2 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe     Alexander Kristoff (Nor) Katusha-Alpecin
3 André Greipel (Ger) Lotto Soudal
4  Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis,
5 Adrien Petit (Fra) Direct Energie
6 Jurgen Roelandts (Bel) Lotto Soudal, 7s
7 Michael Matthews (Aus) Equipe Sunweb, 7s
8 Manuele Mori (Ita) Emirados Árabes Unidos Emirates, 10s  

9 Tiesj Benoot (Bel) Lotto Soudal  10s
10 Zednek Stybar (Quick Step)


Classificação Geral.



1 Geraint Thomas (GBr) Team Sky,  14:54:25
2 Christopher Froome (GBr) Team Sky,  12s
3 Michael Matthews (Aus) Team Sunweb,  12s
4 Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data, 16s
5 Pierre Latour (Fra) AG2R La Mondialeat 25s
6 Philippe Gilbert (Bel) Pisos rápidos,  30s
7 Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky,32s
8 Tim Wellens (Bel ) Lotto Soudal,       32s
9 Arnaud Démare (Fra) FDJ,  33s

10 Arndt Nikias (Ger) SunWeb 34s

15 Peter Sagan (SLO) 43s

 

Tour de France 2017 Resultados #3 Etapa.

3 July 2017
104th Tour de France
Stage 03 : Verviers – Longwy
1st : SAGAN Peter (SVK) Bora – Hansgrohe
2nd : MATTHEWS Michael (AUS) Sunweb
3rd : MARTIN Daniel (IRL) Quickstep Floors
4th : VAN AVERMAET Greg (BEL) BMC
Photo : Yuzuru SUNADA

Peter Sagan (Bora-Hansgrohe)  venceu a terceira etapa do Tour de France, apesar de um de seus pés se destravar dos pedais no sprint.

Sagan tinha acelerado o seu ritmo, chegando à frente do grupo com apenas 200 metros, no entanto, um mecânico viu seu pé direito livre de seus pedais. O campeão do mundo tinha sido capaz de voltar e entrar rapidamente e seguir em frente.

Michael Matthews (Team Sunweb), foi o segundo a poucos centimetros atrás de Sagan.

Dan Martin (Quick-Step Floors) terminou em terceiro lugar e ganhou valiosos segundos de bônus sobre os seus rivais da jersey amarelo.

À medida que a corrida se aproximava da subida difícil para o final, Bora-Hansgrohe e BMC ditaram o ritmo esperando que os seus atletas se posicionassem, mas as estradas começaram a ficar estreitas, logo ficou claro que o final seria caótico.

Com Richie Porte, campeão olímpico Van Avermaet, e Peter Sagan aparentemente preso atrás de um grupo de rivais, não estava claro quem venceria.

Apesar de ganhar, Sagan não pegou a camisa verde que manteve com Marcel Kittel (Quick-Step Floors).

Resultados.

1 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe,  5:07:19
2 Michael Matthews (Aus) Team Sunweb, st
3 Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors, st
4 Greg Van Avermaet (Bel) BMC Racing Team, st
5 Alberto Bettiol (Ita) Cannondale-Drapac, 2s
6 Arnaud Demare (Fra) FDJ
7 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Equipe
8 Geraint Thomas (GBr) Equipe Sky
9 Christopher Froome (GBr) Equipe Sky
10 Rafal Majka (Pol) Bora-Hansgrohe

Classificação Geral.

1 Geraint Thomas (GBr) Team Sky,  10:00:31
2 Christopher Froome (GBr) Team Sky, 12s
3 Michael Matthews (Aus) Equipe Sunweb, st
4 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe,  13s
5 Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data, 16s
6 Pierre Roger Latour (Fra) AG2R La Mondiale,  25s
7 Philippe Gilbert (Bel) Pisos de Passos rápidos,  30s
8 Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky,  32s
9 Tim Wellens (Bel) Lotto Soudal, st
10 Nikias Arndt (Ger) Equipe Sunweb, 34s

 

Tour de  France 2017 Resultados #2 Etapa.

2 July 2017
104th Tour de France
Stage 02 : Dusseldorf – Liege
KITTEL Marcel (GER) Quickstep Floors
Photo : Yuzuru SUNADA

Marcel Kittel (Quick-Step)  venceu a primeira batalha dos velocistas na segunda etapa do Tour de France , superando seus rivais na linha de chegada em Liège.

A etapa começou  na chuva  desde a partida em Düsseldorf, na Alemanha, mas as coisas secaram quando o pelotão entrou na Bélgica na parte final da prova.

O primeiro obstáculo para os velocistas a superar foi pegar os dois ciclistas restantes de uma fuga longa, Taylor Phinney (Cannondale-Drapac) e Yoann Offredo (Wanty-Groupe Gobert), que foram pegos a 1,3 km da linha.

Foi então que as equipes com seus  sprintistas começaram a tentar configurar seus embaladores, mas ninguém foi capaz de assumir o controle total na frente do pelotão.

Bora-Hansgrohe e Cofidis foram as últimas equipes com seus homens trabalhando na frente do pelotão faltando 500 metros para seus respectivos velocistas Peter Sagan e Nacer Bouhanni, mas Sagan foi deixado na frente do grupo, cedo demais.

Isso jogou nas mãos de Kittel e André Greipel (Lotto-Soudal), que foram capazes de lançar seus sprints por trás de Sagan .

Kittel rapidamente tirou uma vantagem quando ele começou seu sprint até a linha, com ninguém capaz de ultrapassar o alemão que cruzou a linha com facilidade para garantir sua 10ª vitória por etapas.

2 July 2017
104th Tour de France
Stage 02 : Dusseldorf – Liege
Crash
Photo : Yuzuru SUNADA

Tombo que parou o pelotão.

Um acidente faltando 30 km  derrubou muitos atletas que estão lutando pela geral.

Um ciclista da Katusha na frente do pelotão ao fazer a curva sua roda dianteira se desgarrou e com isso derrubou Chris Froome,  Romain Bardet (Ag2r La Mondiale),  Richie Porte (BMC) e mais um monte de atletas no entanto, todos logo voltaram a perseguir o pelotão principal e se reagruparam sem perder tempo na classificação.

 

 

Resultados.

1 Marcel Kittel (Ger) Quick-Step Floors,  4:37:06
2 Arnaud Demare (Fra) FDJ
3 André Greipel (Ger) Lotto Soudal
4 Mark Cavendish (GBr) Dimension Data
5 Dylan Groenewegen (Ned) Team LottoNl-Jumbo
6 Sonny Colbrelli (Ita) Bahrain-Merida
7 Ben Swift (GBr) UAE Team Emirates
8 Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis
9 Michael Matthews (Aus) Team Sunweb
10 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe,  st

Classificação Geral.

1 Geraint Thomas (GBr) Team Sky, in 4:53:10
2 Stefan Küng (Sui) BMC Racing,  5s
3 Marcel Kittel (Quick Step Floors),  6s
4 Vasil Kiryienka (Team Sky),  7s
5 Matteo Trentin (Quick Step Floors),  10s
6 Chris Froome (Team Sky),  12s
7 Jos Van Emden (Lotto NL-Jumbo),  15s
8 Michal Kwiatkowski (Team Sky), st
9 Edvald Boasson Hagen (Dimension Data),  16s
10 Nikias Arndt (Team Sunweb),  16s

 

Tour de France 2017 #1 Etapa Resultados.

1 July 2017
104th Tour de France
Stage 01 : Dusseldorf – Dusseldorf ITT
THOMAS Geraint (GBR) Sky, Maillot Jaune
Photo : Yuzuru SUNADA

Geraint Thomas (Team Sky) venceu a etapa de abertura Tour de França 2017 um contra relógio, nas as estradas traiçoeiramente molhadas em Düsseldorf, na Alemanha, neste sábado.

Thomas percorreu o percurso de 14 quilômetros em 16 minutos e quatro segundos, cinco segundos a frente do segundo colocado Stefan Küng (BMC Racing) e sete segundos à frente de seu colega de equipe  o ex-campeão mundial, Vasil Kiryienka, em terceiro .

O favorito e o atual campeão mundial de contra relógio, Tony Martin (Katusha-Alpecin), ficou em quarto, oito segundos atrás de Thomas.

 

 

“Eu não sabia o que esperar”, disse Thomas depois da vitória. “Eu simplesmente fui lá e andei forte. Depois de um pouco de má sorte este ano, é bom finalmente … não ter nenhuma má sorte. Ainda estou realmente chocado. “

“Eu certamente vou aproveitar o dia de amarelo amanhã”.


Mesma sorte não teve Valverde.

Alejandro Valverde (Movistar) sofreu uma queda pesada nas barreiras metálicas que cercava o percurso e retirou-se da corrida com uma suspeita de fratura no joelho. É um golpe para Quintana perder seu colega de equipe mais forte, tão cedo na corrida.

“Ele foi levado  ao hospital agora”, disse o diretor de esportes da Movistar, Vincente Garcia, imediatamente após a etapa.

“O maior problema é a tampa do joelho que parece estar quebrada e, devido ao choque contra a barreira, ele também tem um corte profundo na perna. Há muito sangue lá, então eles tiveram que limpá-lo antes de fazer o raio-x para ver se  estava quebrado outros ossos “.

Garcia continuou dizendo que esperava que a perda de Valverde, que terminou no top 10 no GC nos quatro anos anteriores, não teria qualquer impacto no apoio da equipe para Quintana.

“O show deve prosseguir, e ainda somos capazes de realizar uma ótima turnê com oito ciclistas”.

O líder da equipe, Nairo Quintana, disse que era uma grande vergonha perder um importante domestic, e insinuou que o Movistar talvez tenha que mudar sua abordagem para a corrida como resultado.

“É muito triste para o time, e é uma verdadeira vergonha para a corrida”, disse o colombiano.

“Nós temos que adaptar nossa estratégia depois de perder alguém tão importante quanto Alejandro. Ele foi uma das peças mais importantes que tivemos no time.

Quintana também disse que sua própria perda  na etapa de abertura, terminando 48 segundos atrás de, Geraint Thomas e 34 segundos atrás de Chris Froome (Team Sky), foi parcialmente devido a ele ter assumindo menos riscos após o acidente de Valverde.

 

 

Resultados.

1. Geraint Thomas (GBr) Team Sky,  16:04
2. Stefan Küng (Sui) BMC Racing Team  5s
3. Vasil Kiryienka (Blr) Team Sky  7s
4. Tony Martin (Ger) Katusha-Alpecin  8s
5. Matteo Trentin (Ita) Quick-Step Floors  10s
6. Christopher Froome (GBr) Team Sky  13s
7. Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky  15s
8. Jos Van Emden (Ned) Team LottoNl-Jumbo  16s
9. Marcel Kittel (Ger) Quick-Step Floors  16s
10. Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data  16s

 

Classificação Geral.

1. Geraint Thomas (GBr) Team Sky
2. Stefan Küng (Sui) BMC Racing Team  5s
3. Vasil Kiryienka (Blr) Team Sky  7s
4. Tony Martin (Ger) Katusha-Alpecin  8s
5. Matteo Trentin (Ita) Quick-Step Floors  10s
6. Christopher Froome (GBr) Team Sky  13s
7. Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky  15s
8. Jos Van Emden (Ned) Team LottoNl-Jumbo  16s
9. Marcel Kittel (Ger) Quick-Step Floors  16s
10. Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data  16s

 

 

Tour da Suiça 2017 Resultados #3 Etapa.

Michael Matthews (Team Sunweb) venceu a terceira etapa do Tour de Suisse , derrotando Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) e John Degenkolb (Trek-Segafredo) de um pelotão reduzido em Berna.

O ciclista australiano permaneceu junto com um grupo  durante o último quilometro em subida despreocupado, aguardando seu tempo para atacar  com 150m para a linha chegada.

Sagan e Degenkolb ficaram presos atrás de Matthews, mas não conseguiram ultrapassá-lo.

A vitória também foi suficiente para que Matthews  assumisse a camisa amarela enquanto o ex-líder Stefan Küng (BMC Racing) sobrou nos últimos quilômetros e com isso ficou fora do top 10 geral.

Resultados.

1. Michael Matthews (Aus) Team Sunweb, in 3-49-48
2. Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe
3. John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo
4. Tim Wellens (Bel) Lotto Soudal
5. Michael Albasini (Sui) Orica-Scott
6. Patrick Bevin (NZl) Cannondale-Drapac
7. Arthur Vichot (Fra) FDJ
8. Matteo Trentin (Ita) Quick-Step Floors
9. Jan Bakelants (Bel) Ag2r La Mondiale
10. Damiano Caruso (Ita) BMC Racing,

Classificação Geral.

1. Michael Matthews (Aus) Team Sunweb, in 8-18-47
2. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb, at 10 secs
3. Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe, at 11 secs
4. Damiano Caruso (Ita) BMC Racing Team, at 19 secs
5. Michael Albasini (Swi) Orica-Scott, at 20 secs
6. Patrick Bevin (NZl) Cannondale-Drapac, at 22 secs
7. Matteo Trentin (Ita) Quick-Step Floors, at 23 secs
8. John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo, at 24 secs
9. Jon Izaguirre (Spa) Bahrain-Merida, at 25 secs
10. Marc Soler (Esp) Movistar

 

 

Criterium du Dauphine 2017 #6 Etapa.

Richie Porte está feliz de sair com a liderança do Critérium Du  Dauphiné depois da “descida louca”.

 

O australiano Richie Porte (BMC Racing) conseguiu a liderança do Critérium du Dauphiné  nesta sexta-feira após uma “descida louca” no Mont du Chat na França.

Porte perseguiu um ataque de Chris Froome (Sky) na descida, que será usado no próximo Tour de France.

“Houve muitos ataques (na subida), mas nosso time ficou calmo”, explicou Porte. “Fiquei feliz por ir ao topo com apenas Froome e eu, e Aru na frente com Jakob.

“Foi uma boa etapa, uma descida louca, mas estou em um bom lugar”.

Porte lidera por 39 segundos sobre Froome. Fuglsang está a 1:15 e outros favoritos como Alejandro Valverde (Movistar) e Romain Bardet (Ag2r) perderam tempo.

“Para entrar no Dauphiné assim, e na primeira etapa difícil. Para estar lá na frente com dois dos outros favoritos para o Tour.

“Além disso,  o Dauphiné é muito bom. Para mim, pessoalmente, ganhar pela primeira vez para Astana … É um grande alívio, um grande alívio “.

Fuglsang marcou sua primeira vitória desde 2012 e a temporada de 2017 da Astana, após a vitória de Michele Scarponi no Tour dos Alpes em abril.

O italiano morreu enquanto  treinava perto de sua casa.

“Foi um pouco de má sorte para o nosso time”, disse Fuglsang. “Por sorte, somos competitivos agora antes do Tour.

O peso caiu nos ombros da Astana com dois homens no grupo da frente de quatro homens. Aru jogou seu cartão na subida, Fuglsang perseguiu Froome na descida.

No sprint,  Fuglsang  foi o mais rápido.

“É um sucesso da equipe, não só Fabio e eu, mas os caras que trabalharam antes da subida e nos mantiveram em posição para torná-lo o mais fácil possível. Além disso, eles estavam lá e protegendo e ajudando. É uma vitória para toda a equipe, com certeza ”

 

 

Resultados.

1. Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team,  3:41:48
2 Richie Porte (Aus) BMC Racing Team
3 Chris Froome (GBr) Team Sky
4 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team, st
5 Alejandro Valverde (Esp) Movistar Team, 0:50
6 Daniel Martin (Ire) Quick-Step Floors
7 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale,  st
8 Oliver Naesen (Bel) AG2R La Mondiale,  1:06
9 Alberto Contador (Esp) Trek – Segafredo, st
10 Emanuel Buchmann (Ger) Bora – Hansgrohe, 1:14

Classificação Geral.

1 Richie Porte (Aus) BMC Racing Team,  20:52:34
2 Chris Froome (GBr) Team Sky,  0:39
3 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team,  1:15
4 Alejandro Valverde (Esp) Movistar Team,  1:20
5 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team,  1:24
6 Alberto Contador (Esp) Trek – Segafredo,  1:47
7 Daniel Martin (Ire) Quick-Step Floors,  2:14
8 Emanuel Buchmann (Ger) Bora – Hansgrohe,  2:30
9 Romain Bardet (Fre) AG2R La Mondiale, 2:49
10 Rafael Valls (Esp) Lotto Soudal,  3:16

 

Criterium du Dauphine 2017 #4 Etapa.

Richie Porte (BMC)  venceu a quarta etapa do Critérium du Dauphiné , pois colocou tempo em seus rivais, enquanto Thomas de Gendt manteve a camisa dw líder pelo terceiro dia consecutivo.

Porte manteve a tensão alta quando ele registrou apenas um déficit de dois segundos para Tony Martin na verificação de tempo intermediária  no meio do percurso.

No entanto, mostrando toda a sua capacidade em provas de contra relógio o australiano  bateu o tempo do alemão em 11 segundos.

O campeão mundial de contra relógio, Martin, pensou ter conquistado a vitória na quarta etapa  do Critérium du Dauphiné ao ver Chad Haga (Subweb) a 20 segundos.

Infelizmente,  Martin teve que se  contentar com o segundo lugar.

O Critérium du Dauphiné continua nesta quinta-feira com mais uma etapa de sprint, com uma rota de 175,5 km.

Resultados.

1 Richie Porte (Aus) BMC Racing Team, 28:07
2 Tony Martin (Ger) Katusha-Alpecin,  12s
3 Alejandro Valverde (Esp) Movistar,  24s
4 Stef Clement (Ned) Team LottoNl-Jumbo, 28s
5 Chad Haga (USA) Team Sunweb,  32s
6 Jasha Sutterlin (Ger) Movistar, st
7 Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo,  35s
8 Chris Froome (GBr) Team Sky, 37s
9 Thomas De Gendt (Bel) Lotto Soudal, 42s
10 Brent Brookwalter (USA) BMC Racing Team, 45s

Classificação Geral.

1 Thomas De Gendt (Bel) Lotto Soudal,  13:05:53
2 Richie Porte (Aus) BMC Racing Team,  27s
3 Alejandro Valverde (Esp) Movistar,  51s
4 Stef Clement (Ned) Team LottoNl-Jumbo,  55s
5 Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo,  1:02
6 Chris Froome (GBr) Team Sky,  1:04
7 Brent Brookwalter (USA) BMC Racing Team,  1:12
8 Jesus Herrada (Esp) Movistar,  1:15
9 Sam Oomen (Ned) Team Sunweb,  1:17
10 Diego Ulissi (Ita) UAE Team Emirates,  1:22

Criterium du Dauphine 2017 #2 Etapa.

Arnaud Démare (FDJ) conseguiu a sua  segunda vitória WorldTour da temporada na segunda etapa  do Critérium du Dauphiné , batendo Alexander Kristoff (Katusha-Alpecin) e Nacer Bouhanni (Cofidis) em cima da linha.

O francês foi deixado por seus companheiros de equipe no lado direito da estrada, enquanto Katusha estava armada a frente levando Kristoff.

Como Démare foi deixado por seu último homem, ele conseguiu se agarrar a roda de Ben Swift (UAE Team Emirates) antes de começar seu sprint poderoso e deixar todos em seu rastro.

Kristoff, que começou à frente de Démare, conseguiu segurar seu sprint e ficar com o segundo, e Bouhanni se esgueirando para o terceiro.

Atrás do sprint, Thomas De Gendt (Lotto-Soudal) conseguiu manter sua liderança sobre Axel Domont (Ag2r La Mondiale) depois de terminar com segurança no pelotão principal.


Resultados.

1 Arnaud Demare (Fra) FDJ,  4:13:53
2 Alexander Kristoff (Nor) Katusha-Alpecin
3 Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis, Solutions Credits
4 Sonny Colbrelli (Ita) Bahrain-Merida
5 Phil Bauhaus (Ger) Team Sunweb
6 Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data
7 Ben Swift (GBr) UAE Team Emirates
8 Pascal Ackermann (Ger) Bora-Hansgrohe
9 Alberto Bettiol (Ita) Cannondale-Drapac
10 Bryan Coquard (Fra) Direct Energie

Criterium du Dauphine 2017 – 05/06/2017 – Etape 2 – Saint-Chamond / Arlanc (171km) – DE GENDT Thomas (LOTTO SOUDAL)

Classificação Geral.

1 Thomas De Gendt (Bel) Lotto Soudal, 8:30:47
2 Axel Domont (Fra) AG2R La Mondiale,  48s
3 Diego Ulissi (Ita) UAE Team Emirates,  1:03
4 Pierre Roger Latour (Fra) AG2R La Mondiale, at 1:07
5 Emanuel Buchmann (Ger) Bora-Hansgrohe, at 1:09
6 Sonny Colbrelli (Ita) Bahrain-Merida
7 Ben Swift (GBr) UAE Team Emirates
8 Alberto Bettiol (Ita) Cannondale-Drapac
9 Tony Gallopin (Fra) Lotto Soudal
10 Julien Simon (Fra) Cofidis

Giro d’Itália 2017 #19 Etapa Resultados.

26 May 2017
100th Giro d’Italia
Stage 19 : Candido / Innichen – Piancavallo
1st : LANDA Mikel (ESP) Sky, Maglia Azzurra
Photo : Yuzuru SUNADA

Mikel Landa (Sky) finalmente conseguiu ganhar uma etapa depois de bater na trave por duas vezes, e com isso fazer valer  a camisa azul.

Rui Costa ficou em segundo lugar na etapa, ultrapassando Pierre Rolland, que se juntou a ele no meio da subida, antes que a atenção ficasse para a batalha pela camisa-de-rosa.

Nairo Quintana (Movistar) assumiu a camisa rosa porque Tom Dumoulin (Team Sunweb) não conseguiu acompanhar o ritmo  na subida final da 19ª etapa do Giro d’Italia ,

Mikel Landa (Sky) estava em um  grande grupo que atacou  com cerca de 90 km de prova, construindo uma vantagem de mais de 10 minutos.

O espanhol terminou em segundo lugar em dois sprints duas vezes na corrida, mas não correu o risco de cometer o mesmo erro pela terceira vez, indo solo no início da subida e levando a vitória em quase dois minutos para resgatar o Team Sky ‘ Após ter tido suas esperanças a classificação geral arruinadas pelo acidente com uma motocicleta na nona etapa .

Movistar e Bahrein-Mérida bateram na frente com força, deixando  o holandês fora do  grupo e forçando-o a uma solitária escalada solo para o resto da montanha.

Durante muito tempo ele parecia estar mantendo a diferença para o grupo que continha Quintana e Vincenzo Nibali (Bahrain-Mérida) em menos de 31 segundos que ele precisava para segurar a maglia  rosa, mas quando as acelerações começaram nos últimos três quilômetros a diferença Começou a crescer.

Dumoulin perdeu 1:09 para Quintana, o que significa que o colombiano assumiu maglia rosa por 38 segundos, com Nibali terceiro com 43 segundos e Thibaut Pinot  em quarto a53 segundos.


Resultados.

1. Mikel Landa (Esp) Team Sky,  4:53:00
2. Rui Costa (Por) UAE Team Emirates,  1:49
3. Pierre Rolland (Fra) Cannondale-Drapac, 1:54
4. Pello Bilbao (Esp) Astana,  2:12
5. Sebastian Henao (Col) Team Sky,  3:06
6. Evgeny Shalunov (Rus) Gazprom-Rusvelo,  3:51
7. Luis León Sanchez (Esp) Astana, st
8. Matteo Busato (Ita) Wilier Triestina, 5:05
9. Lorenzo Rota (Ita) Bardiani CSF, st
10. Ilia Koshevoy (Blr) Wilier Triestina,  6:44

Classificação Geral.

1. Nairo Quintana (Col) Movistar,  85:02:40
2. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb, 38s
3. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida, 43s
4. Thibaut Pinot (Fra) FDJ,  53s
5. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin,  1:21
6. Domenico Pozzovivo (Ita) Ag2r La Mondiale, 1:30
7. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo  2:48
8. Adam Yates (GBr) Orica-Scott,  6:35
9. Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors, 7:03
10. Steven Kruijswijk (Ned) LottoNl-Jumbo, 7:37

 

Giro d’Itália 2017 #18 Etapa Resultados.

25 May 2017
100th Giro d’Italia
Stage 18 : Moena – Ortisei
1st : VAN GARDEREN Tejay (USA) BMC
2nd : LANDA Mikel (ESP) Sky, Maglia Azzurra
Photo : Yuzuru SUNADA

Tom Dumoulin (Team Sunweb) defendeu confortavelmente os ataques de Nairo Quintana (Movistar) enquanto Tejay van Garderen (BMC Racing) conquistou a sua primeira vitória em Grand Tour de sua carreira na 18ª etapa do Giro d’Italia  2017 .

Tejay van Garderen e Mikel Landa foram os últimos sobreviventes da fuga, mantendo a sua vantagem de um minuto sobre o grupo do malha rosa na montanha de primeira categoria Pontives.

Movistar estava na frente do grupo, mas estava estabelecendo um ritmo bastante confortável.

 A razão disso ficou clara quando Quintana atacou com sete quilômetros restantes, um movimento  que não tinha a ferocidade habitual do Colombiano.

À frente da corrida, Van Garderen atacou em uma tentativa frustrada de largar Landa,que logo respondeu e saltou junto, faltando 1 km para a chegada Landa novamente cometeu o mesmo erro da etapa anterior que perdeu em cima da linha para Nibali, ele entrou puxando e levou até faltar 200 metros com isso Van Garderen saiu de sua roda e conseguiu abrir uma pequena diferença o suficiente para ganhar a sua primeira etapa de uma  prova Gran Tour.

Resultados.

1. Tejay van Garderen (USA) BMC Racing, 3:54:04
2. Mikel Landa (Esp) Team Sky, st
3. Thibaut Pinot (Fra) FDJ,  8s
4. Domenico Pozzovivo (Ita) Ag2r La Mondiale, st
5. Jan Hirt (Cze) CCC Sprandi Polkowice,  11s
6. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin,  24s
7. Steven Kruijswijk (Ned) LottoNl-Jumbo, 34s
8. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo, st
9. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  1:06
10. Nairo Quintana (Col) Movistar,  st

Classificação Geral.

1. Tom Dumoulin (Ned) Time Sunweb, 80:00:48
2. Nairo Quintana (Col) Movistar,  31s
3. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida, 1:12
4. Thibaut Pinot (Fra) FDJ,  1:36
5. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin, 1:58
6. Domenico Pozzovivo (Ita) Ag2r La Mondiale,  2:07
7. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo, 2:17
8. Steven Kruijswijk (Ned) LottoNl-Jumbo, 5:48
9. Adam Yates (GBr) Orica-Scott,  7:06
10. Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors, 7:24

Giro d’Itália 2017 #17 Etapa Resultados.

24 May 2017
100th Giro d’Italia
Stage 17 : Tirano – Canazei
ROLLAND Pierre (FRA) Cannondale – Drapac
Photo : Yuzuru SUNADA

Pierre Rolland (Cannondale-Drapac) teve uma mistura de celebração e alívio, quando ele comemorou sua vitória escapado na  17ª etapa  do Giro d’Italia 2017.

Colocando assim um fim a um jejum de quase 5 anos sem vencer uma etapa de GT para a equipe Cannondale, que nesta temporada já é a segunda vitória da equipe;

O francês tem estado em todas as fugas  do 100º Giro em busca de uma primeira vitória WorldTour desde a  última vitória de etapa no Tour de France 2012, e chegou frustrantemente perto na 11ª etapa , onde terminou em terceiro lugar.

Rolland  (Cannondale-Drapac)  atacou em cima de uma fuga que continha 25 atletas, faltando pouco mais de 7km para a chegada e chegou a abrir uma vantagem de 30 segundos, devido ao pelotão lá trás não se organizar para ir para cima dele, com isso o Francês levou o ritmo em uma passada firme até a linha de chegada com 24 segundos de vantagem para o segundo colocado o Português Rui Costa (Team UAE).

Na classificação geral nada mudou o pelotão do malha rosa Tom Dumoulin (Sunweb) chegou  quase 8 minutos atrás do vencedor.

Resultados.

1 Pierre Rolland (Fra) Cannondale-Drapac, in 5:42:56
2 Rui Costa (Por) Team UAE Emirates  24s
3 Gorka Izagirre (Esp) Movistar Team
4 Rory Sutherland (Aus) Movistar Team
5 Matteo Busato (Ita) Wilier Triestina
6 Dries Devenyns (Bel) Quick-Step Floors
7 Felix Gro§schartner (Aut) CCC Sprandi Polkowice
8 Omar Fraile (Esp) Dimension Data
9 Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac
10 Julien Bernard (Fra) Trek-Segafredo, st

Classificação Geral.

1 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  76:05:38
2 Nairo Quintana (Col) Movistar Team, 31s
3 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida, 1:12
4 Thibaut Pinot (Fra) FDJ, 2:38
5 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin,  2:48
6 Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale, 3:05
7 Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo, 3:49
8 Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors, 4:35
9 Steven Kruijswijk (Ned) Team LottoNl-Jumbo, 6:20
10 Jan Polanc (Slo) Team UAE Emirates, 6:33

Giro d’Itália 2017 #16 Etapa Resultados.

Tom Dumoulin (Team Sunweb) fez uma prova heróica para segurar a camisa rosa no final da 16ª etapa dramatica  do Giro d’Italia, enquanto Vincenzo Nibali levou a vitória da etapa.

Depois dos primeiros 190km da etapa rainha de 222km, Dumoulin sofreu problemas estomacais durante a corrida antes da escalada final e foi forçado a fazer uma parada de emergência ao lado da estrada para fazer suas necessidades.

Enquanto o holandês estava tirando seu capacete e a camisa rosa e correndo por um barranco ao lado da estrada, Ilnur Zakain (Katusha-Alpecin) atacou o grupo que estava os outros candidatos a geral.

Dumoulin não ficou fora de sua bicicleta por muito tempo, mas devido ao ataque de Zakarin, Landa deu em cima e foi seguido pelo gregário da Bharain merida que colocaram o ritmo enquanto  Nairo somente acompanhou o pelotão olhando para trás várias vezes para ver onde estava o lider, o Colombiano em momento algum desferiu algum ataque ou colocou um ritmo mais forte, isto foi feito por Landa (Sky) e Zakarin (Katusha).

Dumoulin ( Team Sunweb) tinha uma vantagem de 2:41 no  início do dia, o que parecia seguro para a maior parte da subida, antes de Landa (Sky) atacar e  Nibali (Bharain)   Nairo Quintana (Movistar) seguirem no rastro do Espanhol  perto do topo do Umbrailpass.

Muitos se falam em fairplay mas o que notamos hoje foi que o pelotão onde estava Quintana, Nibali, Landa, Pozzovivo e cia, diminuiram o passo drasticamente por vários quilometros esperando o Maglia Rosa, mas o que se via atrás era um Dumoulin debilitado lutando para poder terminar a etapa com o menor prejuízo possível.

O pelotão onde os favoritos estavam, subiu em ritmo controlado por um bom tempo até que Zakarin (Katusha) deu o seu primeiro ataque e separou todos, com isso Nairo, Nibali, Pozzoivivo sairam em perseguição a Zakarin e Landa, podemos concluir que teve sim fairplay só que eles esperaram muito e nada do Lider enconstar daí o que se podia fazer???

Desclipar o pé todos e esperar o lider chegar, quando tivesse no meio do pelotão atacassem novamente para fazer sobrar?? Ou subir passeando trocando idéias até ele encostar e nos últimos 5 km decidirem a prova??

 

O  pelotão fez o correto diminuiu o ritmo mas o lider não tinha forças para subir e encostar e foi o ocorrido pela infelicidade do lider ter tido um problema estomacal bem na última subida do dia.

Agora querer jogar a culpa em cima da Movistar e Bharain como estão fazendo a maior parte da mídia Europeia, não é admissível se tiver um culpa nessa história com toda certeza não são essas 2 equipes e seus lideres.

Resultados.

1. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida 6:24:22
2. Mikel Landa (Esp) Team Sky, st
3. Nairo Quintana (Col) Movistar Team,  12s
4. Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale, 24s
5. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin, 32s
6. Davide Formolo (Ita) Cannondale-Drapac, 1:26
7. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo,  1:35
8. Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors
9. Adam Yates (GBr) Orica-Scott
10. Thibaut Pinot (Fra) FDJ, st

Classificação Geral.

1. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  70:14:48
2. Nairo Quintana (Col) Movistar Team, 31s
3. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida, 1:12
4. Thibaut Pinot (Fra) FDJ,  2:38
5. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin, 2:40
6. Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale,  3:05
7. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo,  3:49
8. Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors,  4:35
9. Steven Kruijswijk (Ned) Team LottoNl-Jumbo,  6:20
10. Adam Yates (GBr) Orica-Scott,  7:00

Giro d’Itália 2017 #14 Etapa Resultados.

16 May 2017
100th Giro d’Italia
Stage 10 : Foligno – Montefalco ITT
DUMOULIN Tom (NED) Sunweb, Maglia Rosa
Photo : Yuzuru SUNADA

Tom Dumoulin (Team Sunweb) fez uma das melhores corrida de sua carreira ao vencer a 14ª etapa do Giro d’Italia, batendo Nairo Quintana no final da mítica subida,  Oropa para estender sua liderança geral ainda mais.

A terceira semana do Giro d’Italia era para ser uma batalha entre Dumoulin e Quintana, com o holandês a tentar limitar as suas perdas, mas após a primeira fase Alpina  o atleta da equipe Sunweb  agora encontra-se com uma vantagem de quase três minutos.

Como esperado, o fim da cúpula para Oropa viu um ataque de Quintana faltando quatro quilômetros  uma aceleração pungente que foi suficiente para distanciar todos os seus rivais.

Bauke Mollema (Trek-Segafredo) e Thibaut Pinot (FDJ) foram deixados , mas Dumoulin foi lento mas seguramente capaz de recuperar seu caminho de volta para a roda do colombiano, fazendo a junção com dois quilômetros para a linha.

A partir daí, muitos esperariam que o holandês cavalgasse na defensiva, mas em vez disso atacou, colocando brevemente Quintana em apuros.

No entanto, o ciclista do Movistar voltou para a roda de Dumoulin, trazendo Mikel Landa (Team Sky) e Ilnur Zakarin (Katusha-Alpecin) junto com ele, o que significa que haveria quatro ciclistas que disputariam a vitória.

Dumoulin levou-os até os  300 metros finais, quando Zakarin atacou. Dumoulin saltou rapidamente na roda do russo, mas Quintana, sofrendo de seus esforços não conseguiu acompanhar os dois.

Quando a estrada virou à esquerda na reta de chegada foi uma corrida  entre Zakarin e o maglia rosa, 

Com 150 metros  Dumoulin vem pelo lado direito e consegue uma vitória na etapa famosa.

Resultados.

1. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb, in 3-02-03
2. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin, 3s
3. Mikel Landa (Esp) Team Sky, 9s
4. Nairo Quintana (Col) Movistar Team, 14s
5. Thibaut Pinot (Fra) FDJ,  35s
6. Adam Yates (GBr) Orica-Scott,  41s
7. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  43s
8. Franco Pellizotti (Ita) Bahrain-Merida, st
9. Steven Kruijswijk (Ned) LottoNl-Jumbo,  46s
10. Tanel Kangert (Est) Astana, st

Classificação Geral.

1. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb, in 59:31:17
2. Nairo Quintana (Col) Movistar,  2:47
3. Thibaut Pinot (Fra) FDJ,  3:25
4. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  3:40
5. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin,  4:24
6. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo,  4:32
7. Tanel Kangert (Est) Astana Pro Team,  4:55
8. Domenico Pozzovivo (Ita) Ag2r La Mondiale, 4:59
9. Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors,  5:28
10. Andrey Amador (CRc) Movistar Team,  5:36

Giro d’Itália 2017 #12 Etapa Resultados.

18 May 2017
100th Giro d’Italia
Stage 12 : Forli – Reggio Emilia
1st : GAVIRIA Fernando (COL) Quickstep Floors, Maglia Ciclamino
2nd : MARECZKO Jakub (ITA) Wilier Triestina – Selle Italia
Photo : Yuzuru SUNADA

 Fernando Gaviria (Quick-Step) confirmou a sua posição de sprint no Giro d’Italia de 2017 com vitória na 12ª etapa  da corrida.

Gaviria sprintou com facilidade para a sua terceira vitória a frente de Jakub Marezko (Wilier-Triestina) segundo e Sam Bennett (Bora-Hansgrohe) terceiro na etapa mais longa do Giro d’Itália 2017.

 A liderança no final foi rápida, com equipe Bora fazendo grande parte do trabalho para tentarem levar Bennett para que ele pudesse adicionar uma vitória perante aos dois terceiros lugares que ele já conquistou  neste Giro.

Mas a Quick-Step sempre foi uma presença de peso quando tentaram levar Gaviria para sua terceira vitória em seu Grand Tour de estréia.

Max Richeze foi o último ciclista na frente de Gaviria, que parecia ainda mais dominante do que em suas vitórias anteriores, o trabalho foi perfeito que Richeze continuou seu sprint pelo lado esquerdo de seu companheiro e quase fez um dobradinha no pódio pois o Argentino ao ver que Gaviria tinha vencido aliviou o pé e terminou em 5ª na etapa.

André Greipel (Lotto-Soudal) teve um desempenho decepcionante apesar de sua vitória na 2ª etapa  terminando em oitavo no sprint.

A etapa  de 229km, foi a  mais longa do Giro, não ofereceu muitas surpresas com seu perfil plano.

Não houve mudança na classificação geral  Tom Dumoulin (Sunweb) manteve a liderança.

 O britânico Geraint Thomas (Team Sky) perdeu 31 segundos no entanto, e parece provável ter uma ambição de vencer uma etapa agora ao invés de lutar pela geral quando a corrida atingir as montanhas.

O Giro d’Italia continua nesta sexta-feira com uma rota muito plana de Reggio Emilia a Tortona com 167km.

Resultados.

1. Fernando Gaviria (Col) Quick-Step Floors,  5:18:55
2. Jakub Mareczko (Ita) Wilier Triestina
3. Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe
4. Phil Bauhaus (Ger) Team Sunweb
5. Maximiliano Richeze (Arg) Quick-Step Floors
6. Ryan Gibbons (RSA) Dimension Data
7. Sacha Modolo (Ita) UAE Team Emirates
8. André Greipel (Ger) Lotto Soudal
9. Jasper Stuyven (Bel) Trek-Segafredo
10. Roberto Ferrari (Ita) UAE Team Emirates

Classificação Geral.

1. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  52:41:08
2. Nairo Quintana (Col) Movistar Team,  2:23
3. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo,  2:38
4. Thibaut Pinot (Fra) FDJ,  2:40
5. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  2:47
6. Andrey Amador (CRc) Movistar Team, 3:05
7. Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors,   3:56
8. Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale, 3:59
9. Tanel Kangert (Est) Astana Pro Team,  3:59
10. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin, 4:17

 

Giro d’Itália 2017 #10 Etapa Resultados.

16 May 2017
100th Giro d’Italia
Stage 10 : Foligno – Montefalco ITT
DUMOULIN Tom (NED) Sunweb, Maglia Rosa
Photo : Yuzuru SUNADA

O holandês Tom Dumoulin (Sunweb) conquistou  a vitória na 10ª etapa  por 49 segundos sobre Geraint Thomas (Sky) e colocou 2 minutos e 53 segundos  no ex-líder da corrida Nairo Quintana (Movistar).

Tom Dumoulin (Sunweb) teve um desempenho sensacional na prova de contra relógio do Giro d’Italia na 10ª etapa além da  vitória, passou para a liderança geral da corrida.

O holandês marcou um tempo de 50:37 para vencer o britânico Geraint Thomas por 49 segundos, mas o mais importante, ganhou 2:53 sobre Nairo Quintana (Movistar) para assumir a liderança da  prova por 2:23 sobre o colombiano.

Dumoulin, especialista em contra-relógio, na etapa de Blockhaus  terminou apenas 24 segundos atrás de Quintana no domingo , mas mostrou a sua especialidade na 10ª etapa,

Outros favoritos a geral estão satisfeitos com o seu desempenho no difícil contra-relógio.

 Vincenzo Nibali (Bahrai-Mérida) limitou suas perdas a 2:07 para Dumoulin, enquanto Bob Jungels (Quick-Step) está feliz por melhorar seu tempo total com um  terceiro lugar, 56 segundos abaixo do vencedor.

Agora cabe a Quintana tentar atacar nas próximas etapas de montanha para tentar recuperar o tempo perdido para Dumoulin antes do segundo crono  no último dia do Giro.

A 11ª etapa vai ver os ciclistas  atacar nas três subidas classificadas em uma etapa com 161 km difícil que pode terminar com o pelotão todo esfarelado.

Resultados.

1. Tom Dumoulin (Ned) Sunweb, in 50-37 (average speed 47.178kmh)
2. Geraint Thomas (GBr) Team Sky, at 49 secs
3. Bob Jungels (Lux) Quick Step Floors, at 56 secs
4. Luis Leon Sanchez (Spa) Astana, at 1-40
5. Vasil Kiryenka (Blr) Team Sky, at 2-00
6. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida, at 2-07
7. Maxime Monfort (Bel) Lotto-Soudal, 2-13
8. Jan Tratnik (Slo) CCC Sprandi Polkowice, at 2-13
9. Jos Van Emden (Ned) LottoNL-Jumbo, at 2-15
10. Andrey Amador (CRC) Movistar, at 2-16

Classificação Geral

1. Tom Dumoulin (Ned) Sunweb, in 42-57-16
2. Nairo Quintana (Col) Movistar, at 2-23
3. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo, at 2-38
4. Thibaut Pinot (Fra) FDJ, at 2-40
5. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida, at 2-47
6. Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors, at 3-56
7. Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R, at 4-05
8. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha, at 4-17
9. Andrey Amador (CRC) Movistar, at 4-39
10. Steven Kruijswijk (Ned) LottoNL-Jumbo, at 5-19

Giro d’Itália 2017 #9 Etapa Resultados.

14 May 2017
100th Giro d’Italia
Stage 09 : Montenero di Bisaccia – Blockhaus
QUINTANA Nairo Alexander (COL) Movistar, Maglia Rosa
Photo : Yuzuru SUNADA

Nairo Quintana (Movistar) fez uma performance sensacional para conquistar a vitória no Giro d’Italia na nona etapa em Blockhaus e assumiu a liderança geral.

Thibaut Pinot (FDJ) terminou em segundo lugar apenas 24 segundos atrás depois de um desempenho impressionante, juntamente com Tom Dumoulin (Sunweb), que lutou depois de ter sobrado no início.

Houve grandes diferenças de tempo entre os outros candidatos a Geral Vincenzo Nibali (Bahrain-Mérida) estava na fuga com Quintana e Pinot mas perdeu um minuto pois não teve pernas para acompanhar os ataques do colombiano.

Quintana atacou Pinot e Nibali faltando 4,7 km para ir sozinho à vitória na escalada.

Mas o etapa foi marcado por um incidente faltando 14.3 km  com uma moto da organização que parou na lateral esquerda da pista para que um fotográfo fizesse imagens da prova, mas só que o condutor ficou parado no meio fio entre a pista e a grama, com isso o pelotão veio compacto nas estreitas estradas da região e um dos atletas não conseguiu desviar e bateu na lateral da moto e foi ao chão levando vários atletas com ele dentre eles os britânicos Geraint Thomas (Team Sky) e Adam Yates (Orica-Scott), bem como Mikel Landa (Team Sky).

A Organização do Giro mais uma vez peca no quesito segurança, mas não só do tour mas podemos dizer que dos 3 GT todos estão hora ou outra fazendo suas anárquias, penso que moto no meio do pelotão seria só da equipe de filmagem que está transmitindo pelo link ao vivo.

Fotógrafos e demais pessoal deveriam ir nos carros da organização ou já ficar parado nos pontos de interesse para fazer as imagens saíndo bem antes do pelotão.

Esses acidentes estão acontecendo porque muitos fotógrafos usam motos para poder acompanhar o pelotão e com isso pega um condutor de moto com pouca experiência e acontecesse isto que vímos hoje.

A total culpa deste fato ocorrido é da organização (RCS) que deveria limitar o número de fotógrafos e motos que acompanham o pelotão, fato é que os atletas envolvidos no tombo não podem ser prejudicados, bem como os que estavam na frente do pelotão e que fizeram muita força para ter seus resultados válidos.

Mas o tempo tomando pelos que caíram deve ser revisto pela organização, não digo dar o mesmo tempo do vencedor que seria injusto com quem não caiu, mas também é injusto tomar mais de 2 minutos pela iresponsabilidade de um condutor de moto.

O que se poderia era limitar o caos e dar somente uma diferença de 1 minutos que é o tempo do Nibali aos envolvidos afinal eles estavam juntos quando houve o acidente.

Yates tomou  4:37 de  Quintana, enquanto Thomas levou  5:08  e Landa ainda mais 26:56, efetivamente deixando-os de fora disputa da maglia rosa com duas semanas restantes do Giro 2017.


Resultados.

1 Nairo Quintana (Col) Movistar Team,  3:44:51
2 Thibaut Pinot (Fra) FDJ,  24s
3 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb, st
4 Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo,  41s
5 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  1:00
6 Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale,  1:18
7 Tanel Kangert (Est) Astana Pro Team,  2:02
8 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin,  2:14
9 Sébastien Reichenbach (Swi) FDJ,  2:28
10 Davide Formolo (Ita) Cannondale-Drapac, 2:35

Classificação Geral.

1 Nairo Quintana (Col) Movistar Team, in 42:06:09
2 Thibaut Pinot (Fra) FDJ,  28s
3 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  30s
4 Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo, 51s
5 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida,  1:10
6 Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale,  1:28
7 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin,  2:28
8 Davide Formolo (Ita) Cannondale-Drapac,  2:45
9 Andrey Amador (CRc) Movistar Team,  2:53
10 Steven Kruijswijk (Ned) Team LottoNl-Jumbo, 3:06

16. Adam Yates (GBr) Orica-Scott,  4:49
17. Geraint Thomas (GBr) Team Sky, 5:14
44. Mikel Landa (Esp) Team Sky,  27:06

 

 

Renan Izzo foi o vencedor na categoria Júnior; Equipe se destaca nas outras categorias.

No último domingo (07), a Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto Base (São Francisco Saúde/Powerade/SME) disputou a 4ª Etapa da Copa São Paulo de Ciclismo e conquistou resultados positivos. Renan Izzo foi o destaque, com a vitória na categoria Júnior.

O evento foi realizado na cidade de Igarapava, a 137 km de Ribeirão, e foi considerado pela comissão técnica da equipe como uma prova com muitas dificuldades, devido às grandes subidas do percurso e o calor intenso.

Além de Renan, também se destacaram os atletas José Luiz Vieira Felício na categoria Juvenil Masculino, Bruna Zaparolli e Gabriela Martins, 2ª e 3ª colocadas, respectivamente, na categoria Júnior Feminino. Na Infanto-Juvenil Masculino, Lucca “Batatinha” Marques terminou na 3ª posição e assim manteve a liderança no Ranking. Caio Rossi e Lucas Silva completaram o pódio da categoria, na 4ª e 5ª posição, respectivamente.

O técnico Fernando Bassanezi diz que a comissão está muito feliz com a evolução e maturidade dos atletas. “Como venho dizendo, mais uma vez eles demonstraram estar conhecendo mais a dinâmica e as situações do ciclismo, o que ajuda muito nas tomadas de decisão”.

O técnico Thiago Nardin concorda e diz que a prova foi importante para os atletas se manterem nas primeiras posições do ranking. “Nossos meninos foram muito bem, se esforçaram ao máximo. Conseguimos vários pódios nesta etapa e estamos mantendo nossos meninos entre os melhores, lutando pelo título”.

 

Giro d’Italia 2017 #4 Etapa Resultados.

Jan Polanc (Emirados Árabes Unidos) desafiou as probabilidades depois de passar 179 quilômetros na fuga do dia para levar a vitória no Monte Etna na quarta etapa do Giro d’Italia 2017 .

O esloveno esteve no grupo de fuga com mais  quatro atletas  e foi o último homem do quarteto que se manteve la frente até a ascensão final no infame vulcão ativo Etna – o primeiro teste de escalada do Giro de 2017.

 É a primeira vitória Polanc de 25 anos desde que venceu uma etapa do Giro em 2015, e a equipe Emirados Árabes Unidos conquistaram sua primeira vitória em um Grand Tour.

O russo Ilnur Zakarin (Katusha-Alpecin) foi o único a lançar um ataque significativo do grupo favoritos atrás de Polanc, Zakarin ficou em segundo  atrás de Polanc com Geraint Thomas (Team Sky) em terceiro lugar para liderar a casa do grupo GC e tomar alguns valiosos segundos bônus.

O luxemburguês Bob Jungels (Quick-Step Floors) terminou em sétimo lugar e conquistou a liderança da prova a frente de Thomas,  seis segundos, e o britânico Adam Yates (Orica-Scott) em terceiro, a 10 segundos.

Todos os principais favoritos a geral, incluindo Vincenzo Nibali (Bahrain-Mérida) e Nairo Quintana (Movistar), terminaram no mesmo grupo que Thomas e passam para o top 10.

Resultados.

1. Jan Polanc (Slo) UAE Team Emirates, 4:55:58
2. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin,  19s
3. Geraint Thomas (GBr) Team Sky,  29s
4. Thibaut Pinot (Fra) FDJ
5. Dario Cataldo (Ita) Astana
6. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb
7. Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors
8. Adam Yates (GBr) Orica-Scott
9. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo
10. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida

Classificação Geral.

1. Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors
2. Geraint Thomas (GBr) Team Sky,  6s
3. Adam Yates (GBr) Orica-Scott,  10s
4. Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida
5. Domenico Pozzovivo (Ita) Ag2r-La Mondiale
6. Nairo Quintana (Col) Movistar
7. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb
8. Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo
9. Mikel Landa (Esp) Team Sky
10. Thibaut Pinot (Fra) FDJ, all same time

Giro d’Itália 2017 Resultados #3 Etapa.

7 May 2017
100th Giro d’Italia
Stage 03 : Tortoli – Cagliari
1st : GAVIRIA Fernando (COL) Quickstep Floors
Photo : Yuzuru SUNADA

O colombiano levou sua vitória de estréia em um Grand Tour após a sua equipe Quick-Step dividir o pelotão nos últimos 10 km devido aos fortes ventos cruzados.

Quick-Step Floors comandou  a terceira etapa do Giro d’Italia  nos 10 km  finais com os ventos cruzados para entregar a vitória ao seu sprinter Fernando Gaviria  a sua  primeira vitória em um Grand Tour  com a vitória o colombiano assumiu  camisa de líder da corrida.

A esperança da equipa belga,foi Bob Jungels , foi o principal embalador , juntamente com Iljo Keisse, e seis ciclistas da Quick-Step no total, a de distânciar  do pelotão principal, quando atingiram os ventos cruzados na costa da Sardenha, com 10 km para o final

A etapa estava com  à possibilidade de ventos fortes no final, com o pelotão compactado juntos apenas depois dos 20 km  com fortes ventos a situação mudou.

O pelotão terá um descanso amanhã como a viagem para a Sicília da Sardenha, com a perspectiva da etapa ter  um final no Monte Etna na terça-feira com a etapa tendo 181 km a ser percorrido.

Resultados.

1. Fernando Gaviria (Col) Quick-Step, 3:26:33
2. Rüdiger Selig (Ger) Bora-Hansgrohe
3. Giacomo Nizzolo (Ita) Trek-Segafredo
4. Nathan Haas (Aus) Dimension Data
5. Maxmiliano Richeze (Arg) Quick-Step
6 Kanstantsin Siutsou (Blr) Bahrain-Merida, at 3s
7 Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors
8 Caleb Ewan (Aus) Orica-Scott, at 13s
9 Sacha Modolo (Ita) Team UAE Emirates

Classificação Geral.

1 Fernando Gaviria (Col) Quick-Step Floors,  14:45:16
2 André Greipel (Ger) Lotto Soudal, at 9s
3 Lukas Pöstlberger (Aut) Bora-Hansgrohe, at 13s
4 Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors
5 Kanstantsin Siutsou (Blr) Bahrain-Merida
6 Caleb Ewan (Aus) Orica-Scott, at 17s
7 Roberto Ferrari (Ita) Team UAE Emirates
8 Ryan Gibbons (RSA) Dimension Data, at 23s
9 Enrico Battaglin (Ita) Team LottoNl-Jumbo
10 Sacha Modolo (Ita) Team UAE Emirates

Giro d’Itália 2017 #1 Etapa Resultados.

5 May 2017
100th Giro d’Italia
Stage 01 : Alghero – Olbia
1st : POSTLBERGER Lukas (AUT) Bora – Hansgrohe
Photo : Yuzuru SUNADA

Lukas Pöstlberger (Bora-Hansgrohe) venceu a primeira etapa do Giro d’Italia e com isso irá vestir a camisa-de-rosa, de lider  nesta sexta-feira em Olbia .

Pöstlberger, está correndo o seu primeiro Giro d’Itália aos 25 anos, ele atacou faltando poucos metros para o final assim pegando de surpresa os melhores sprintistas como, Caleb Ewan (Orica-Scott), André Greipel (Lotto-Soudal) e Giacomo Nizzolo (Trek-Segafredo).

“As conquistas não estavam lá, mas para mim é bom estar aqui. Eu não tive oportunidades antes, estou feliz por ter surgido hoje. “

Ele acrescentou: “Sim, espero que sim”, quando perguntado se agora eles vão saber o seu nome.

Seu famoso companheiro de equipe Peter Sagan já enviou uma mensagem de parabéns.

“Você ganha como uma equipe e você perde como uma equipe,  Não há individualismo  nesta equipe, é como uma família de ciclismo “, acrescentou Pöstlberger.

“Com Peter você pode aprender que é apenas ciclismo, que você não vai morrer quando você não fizer pódio, você deve se divertir e olhar pelo lado bom.

“Há sempre algo positivo que você pode ver, mesmo quando está chovendo ou nevando. Na Romandie quando estava nevando e frio, eu pensei nele, você pode realmente encontrar algumas coisas boas! “


Resultados.

1 Lukas Pöstlberger (Aut) Bora-Hansgrohe 5:13:35  
2 Caleb Ewan (Aus) Orica-Scott    
3 André Greipel (Ger) Lotto Soudal    
4 Giacomo Nizzolo (Ita) Trek-Segafredo    
5 Sacha Modolo (Ita) UAE Team Emirates    
6 Kristian Sbaragli (Ita) Dimension Data    
7 Jasper Stuyven (Bel) Trek-Segafredo    
8 Ryan Gibbons (RSA) Dimension Data    
9 Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe    
10 Phil Bauhaus (Ger) Team Sunweb

Classificação Geral.

1 Lukas Pöstlberger (Aut) Bora-Hansgrohe 5:13:25  
2 Caleb Ewan (Aus) Orica-Scott 0:00:04  
3 André Greipel (Ger) Lotto Soudal 0:00:06  
4 Pavel Brutt (Rus) Gazprom – Rusvelo 0:00:08  
5 Giacomo Nizzolo (Ita) Trek-Segafredo 0:00:10  
6 Sacha Modolo (Ita) UAE Team Emirates    
7 Kristian Sbaragli (Ita) Dimension Data    
8 Jasper Stuyven (Bel) Trek-Segafredo    
9 Ryan Gibbons (RSA) Dimension Data    
10 Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe  

Liege Bastogne Liege 2017.

 

23 April 2017
103rd Liege – Bastogne – Liege
1st : VALVERDE Alejandro (ESP) Movistar
Photo : Yuzuru SUNADA

Alejandro Valverde (Movistar) vence a Liège-Bastogne-Liège pela quarta vez, dedicando a sua vitória a Michele Scarponi.

O espanhol chegou novamente à frente do irlandês Daniel Martin (Quick-Step Floors) para conquistar a vitória, com Michal Kwiatkowski (Team Sky),  em terceiro lugar.

A vitória de Valverde surge na vitória no meio da semana na Flèche Wallonne e com isso só reafirma a sua posição como o líder das  Clássicas das Ardenhas na história, já que nenhum outro ciclista  apareceu no pódio mais vezes que o Espanhol.

Valverde emocionalmente dedicou a vitória a Scarponi, morto no dia anterior depois de colidir com um caminhão durante um treinamento.

O dia começou com uma homenagem a Scarponi.

O pelotão fez um minuto de silêncio de depois aplaudio o italiano, e seus companheiros de Astana lideraram o grupo desde o início.

 

Davide Formolo (Cannondale-Drapac) atacou quando faltava 3km  e manteve uma diferença de 10 segundos sobre o pelotão reduzido de cerca de 30 ciclistas.

Enquanto Formolo fazia seu esforço na subida final, Martin atacou  por cima e passou por ele, mas Valverde acelerou rapidamente atrás.

Valverde passou por Martin e ainda teve tempo suficiente para levantar ambas as mãos no ar e comemorar a vitória e dedicar ao seu amigo Scarponi

Além de dedicar a vitória a Scarponi, Valverde disse que vai entregar todo o seu prêmio em dinheiro para a família do amigo.

Resultados.

Liège-Bastogne-Liège 2017, 258km.

1. Alejandro Valverde (Esp) Movistar,  6:24:27
2. Daniel Martin (Irl) Quick-Step st
3. Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky, 3s
4. Michael Matthews (Aus) Team Sunweb
5. Ion Izagirre (Esp) Bahrain-Merida
6. Romain Bardet (Fra) Ag2r-La Mondiale
7. Michael Albasini (Sui) Orica-Scott, st
8. Adam Yates (GBr) Orica-Scott,  7s
9. Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac
10. Rafal Majka (Pol) Bora-Hansgrohe, 

//players.brightcove.net/26996914001/default_default/index.html?videoId=5408457446001

Tour dos Alpes 2017.

Matteo Montaguti (Ag2r La Modiale) venceu a 4ª etapa do Tour dos Alpes num sprint. Thibaut Pinot ( FDJ ) foi segundo e Rohan Dennis ( BMC Racing Team ) terceiro. 

O ciclista italiano  ultrapassou Pinot depois de ter atacado com 300m.  Rohan Dennis ficou no lugar certo e com isso ganhou alguns segundos preciosos devido a bonificação, mas Montaguti cronometrou  seu sprint perfeitamente, com isso passou Pinot antes da linha.

Geraint Thomas (Team Sky) ficou fora do top-10, mas tinha feito o suficiente para garantir a camisa de líder.

 No entanto, o segundo lugar do Pinot coloca-o apenas 13 segundos atrás de Thomas e a última etapa promete fortes emoções.

Mikel Landa se sacrificou na frente do pelotão numa tentativa de colocar Thomas na posição. O movimento foi quase uma cópia da situação do dia anterior .

Resultados.

1. Matteo Montaguti (Ita) AG2R La Mondiale, 4:56:38
2. Thibaut Pinot (Fra) FDJ
3. Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team
4. Luis Leon Sanchez (Spa) Astana Pro Team
5. Jose Mendes (Por) Bora-Hansgrohe
6. Damiano Caruso (Ita) BMC Racing Team
7. Lawrence Warbasse (USA) Aqua Blue Sport
8. Iuri Filosi (Ita) Nippo – Vini Fantini
9. Matteo Busato (Ita) Willier – Trestina
10. Davide Villella (Ita) Cannondale-Drapac,

Classificação Geral.

1. Geraint Thomas (GBr) Team Sky, 15:36:10
2. Thibaut Pinot (Fra) FDJ,  13s
3. Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale, 16s
4. Michele Scarponi (Ita) Astana Pro Team,   21s
5. Davide Formolo (Ita) Cannondale-Drapac, 21s
6. Mikel Landa (Spa) Team Sky,  26s
7. Hugh Carthy (GBr) Cannondale-Drapac, 39s
8. Damiano Caruso (Ita) BMC Racing Team, 42s
9. Pierre Rolland (Fra) Cannondale-Drapac,   46s
10. Danilo Celano (Ita) Italy,  48s

Flèche Wallonne 2017 Feminino.

Flèche-Wallonne Femmes 2017 – 19/04/2017 – Huy – 120 KM – Victoire pour la troisième fois consécutive d’Anna van der Breggen (DLT) ©A.S.O./Thomas Maheux

Foi uma repetição para Anna van der Breggen na La Flèche Wallonn desta quarta-feira, como a campeã olímpica conseguiu a sua terceira vitória consecutiva no Mur de Huy.

O pódio do dia foi idêntico ao da Amstel Gold Race, com a companheira de equipe (Boels-Dolmans), Lizzie Deignan, em segundo lugar, e Kasia Niewiadoma (WM3 Energie) em terceiro lugar. 

Annemiek van Vleuten, que terminou em terceiro lugar no domingo ficou em quarto lugar.

Deignan e sua companheira atacaram no final, pegando duas atletas que escaparam após a penúltima subida do Mur. 

Foi somente quando essas duas ciclistas foram capturadas que van der Breggen fez com que ela  atacasse  um pequeno pelotão com cerca de 35 atletas.


A corrida começou de forma agressiva, com algumas ciclistas atacando antes da Cote d’Ereffe, a primeira das sete subidas que iriam enfrentar na corrida de 120km.

Mas o grande destaque para nós Brasileiros foi a excelente 10ª colocação de Flávia Oliveira ( Lares-Waowdeals) mostrando a todos que o ciclismo Brasileiro feminino está evoluindo e muito, não ficando restrito a um pequeno clã, sem dar oportunidades a novas atletas que realmente estão mostrando que com uma equipe forte, investimento o retorno aparece, mas para tudo isso acontecer Flávia teve que deixar o pais e ir correr em uma equipe Europeia, onde seu talento foi valorizado e pouco a pouco ela está mostrando que valeu a pena acreditar nessa Brasileira.

Resultados.

1. Anna van der Breggen (Ned) Boels-Dolmans 3:21:06
2. Lizzie Deignan (Gbr) Boels-Dolmans  16s
3. Kasia Niewiadoma (Pol) WM3 Energie 25s
4. Annemiek van Vleuten (Ned) Orica-Scott  43s
5. Shara Gillow (Aus) FDJ Nouvelle Aquitaine Futuroscope  49s
6. Ashleigh Moolman-Pasio (RSA) Cervélo-Bigla  54s
7. Coryn Rivera (USA) Sunweb  56s
8. Janneke Ensing (Ned) Alé-Cipollini  58s
8. Katrin Garfoot (Aus) Orica-Scott  1:00
10.Flavia Olivera (Bra) Lares-Waowdeals  1:02

 

Flèche Wallonne 2017.

Alejandro Valverde (Movistar) mais uma vez provou ser imbatível na La Flèche Wallonne ele conseguiu vitória no Mur de Huy pelo quarto ano consecutivo, sua quinta vitória na geral.

Com esta conquista de hoje o Espanhol se torna o maior ganhador isolado da Flèche Wallone, deixando os demais atletas distântes todos com 3 vitórias, sendo eles:

 Marcel Kint (BEL) 1943, 1944, 1945
 Eddy Merckx (BEL) 1967, 1970, 1972
 Moreno Argentin (ITA) 1990, 1991, 1994
 Davide Rebellin (ITA) 2004, 2007, 2009

Simplesmente nessa prova o Espanhol é quase que imbatível com as caracteristicas que são a seu favor, uma final em subida, mas nada mais nada menos que o temivél Mur de Huy conhecido como (caminho das capelas) com uma distância de 1300 metros escalado pelo pelotão masculino por três vezes e 2 duas vezes pelo feminino, tendo uma inclinação média de 9.3% com trechos de 17% e algumas curvas com até 26%, no estilo que o Bala gosta.

Em uma corrida que mais uma vez a  decisão foi em um sprint, o tempo Valverde foi impecável finalizando em 5h:15m:37s.

Depois de sair em fuga Bob Jungels (Quick-Step Floors) eles foram pegos com 800m para final, Valverde estava perfeitamente posicionado na frente do pelotão, lançando um ataque forte  que deixou seus rivais para trás.

Dan Martin (Quick-Step Floors), que estava mal posicionado, conseguiu ganhar terreno mas apenas o suficiente para garantir o segundo lugar, enquanto Dylan Teuns (BMC Racing) ficou em terceiro lugar.

Resultados.

1. Alejandro Valverde (Esp) Movistar Team,  5:15:37
2. Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors, 1s
3. Dylan Teuns (Bel) BMC Racing Team
4. Sergio Henao (Col) Team Sky
5. Michael Albasini (Sui) Orica-Scott
6. Warren Barguil (Fra) Team Sunweb
7. Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky
8. Rudy Molard (Fra) FDJ
9. David Gaudu (Fra) FDJ
10. Diego Ulissi (Ita) UAE Team Emirates

Volta do Uruguai 2017 #2 Etapa.

A Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde/Klabin/SME) conquistou mais uma importante vitória na 74ª Vuelta del Uruguay, na segunda etapa, disputada neste sábado (08). Rodrigo Melo foi o grande vencedor da etapa, com tempo de 3h47min31. A equipe permanece na liderança do Ranking Geral por Equipes.


A etapa de hoje ligou as cidades de Santa Rosa e Colônia do Sacramento, totalizando 192 km. Rodrigo Melo foi acompanhado no pódio pelo brasileiro Roberto Pinheiro, da equipe Soul Brasil, e o uruguaio Alan Presa, da Schneck Alas Rojas, em terceiro lugar. Com os resultados, o uruguaio, vencedor da primeira etapa, permanece na liderança do Ranking Geral Individual. Rodrigo agora é o 2º, com quatro segundos de diferença.


A equipe terminou na 5ª posição na etapa, mas permanece na liderança do Ranking Geral por Equipes, com tempo total de 21h42min06, com a equipe San Antônio Flórida em segundo, coma o mesmo tempo, e a equipe Fênix em terceiro, com seis segundos para os líderes. 


O treinador Marcelo Donnabella comemorou mais uma vitória da equipe. “Fizemos uma etapa quase perfeita. Os atletas trabalharam muito bem em conjunto, o que possibilitou a vitória do Rodrigo”.
A velocidade da etapa surpreendeu Donnabella. “Para um percurso de 190 km, 50 km de média significa um nível muito alto dos atletas”.

A terceira etapa da 74ª Vuelta del Uruguay será disputada nesse domingo (09) e ligará as cidades de Carmelo e Fray Bentos. Nesse dia também será disputada a prova de contrarrelógio, de 20,4 km.

Volta Ao Pais Basco 2017 #5 Etapa Resultados.

Alejandro Valverde assume a liderança geral do Tour  País Basco, como o top 10 geral está separado por apenas 22 segundos a decisão vai para o contra relógio final neste sábado.

Alejandro Valverde (Movistar) venceu a 5ª etapa da Volta ao País Basco de 2017 nesta sexta-feira para assumir a liderança da prova faltando apenas a etapa deste sabádo.

Valverde chegou a frente de Romain Bardet (Ag2r) no final da escalada principal para Eibar. 

A dupla da Cannondale-Drapac Rigoberto Uran e Michael Woods chegaram em terceiro e quarto lugar, Simon Yates (Orica-Scott) em nono.

 

 

Resultados.

1. Alejandro Valverde (Esp) Movistar,  3:26:32
2. Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale st
3. Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac st
4. Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac st
5. Louis Meintjes (RSA) UAE Team Emirates, st
6. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo, 3s
7. Ion Izagirre (Esp) Bahrain-Merida,  15s
8. Sergio Henao (Col) Team Sky st
9. Simon Yates (GBr) Orica-Scott, st
10. David De La Cruz (Esp) Quick-Step Floors, 22s

Classificação Geral.


1. Alejandro Valverde (Esp) Movistar,  20:05:18
2. Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac,
3. Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale,
4. Louis Meintjes (RSA) UAE Team Emirates,
5. Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac,
6. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo, 3s
7. Ion Izagirre (Esp) Bahrain-Merida,  15s
8. Sergio Henao (Col) Team Sky,  15s
9. David De La Cruz (Esp) Quick-Step Floors, 19s
10. Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe,  22s

Volta do Uruguai 2017 Resultados.

Equipe é a líder no Ranking Geral; Rodrigo Melo é o 4º na etapa e geral individual.

A Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde/Klabin/SME) foi a vencedora da primeira etapa da 74ª Vuelta del Uruguay, disputada nesta sexta-feira (07) e está na liderança no Ranking Geral por Equipes. Rodrigo Melo foi o melhor colocado na etapa entre os ribeirão-pretanos com a 4ª posição.

A etapa de hoje ligou as cidades de Las Piedras e Minas, totalizando 129,4km, e foi completada em 3h26min29 pelo uruguaio Alan Presa, vencedor no dia de hoje. Rodrigo Melo conquistou o 4º lugar ao cruzar a linha de chegada quatro segundos depois. Luis Fernando Trevisan foi o 8º, também com quatro segundos de diferença para o líder. Cristian Egídio completa a lista dos três melhores da equipe ao terminar na 44ª posição, seis segundos após o líder.

Com a soma dos três tempos, RP lidera o Ranking por Equipes com 10h19min33. Trevisan, que luta pelo bicampeonato na categoria Sub-23, está na 3ª posição, colado com os líderes, os uruguaios Giordano Sizurqui e Cristian Gutierrez.

Completando a classificação na primeira etapa, Rodrigo do Nascimento terminou na 60ª posição, Jeovane “Maminha” de Oliveira foi o 73º e Maurício Knapp o 108º pela equipe de Ribeirão Preto.

O treinador Marcelo Donnabella comemorou o bom resultado da equipe. “Foi apenas o começo da Volta, mas começar na frente é sempre muito bom. Temos que continuar nesse ritmo”.

A segunda etapa da 74ª Vuelta del Uruguay será disputada nesse sábado (08) e ligará as cidades de Santa Rosa e Colônia do Sacramento.

Volta ao Pais Basco 2017 #3 Etapa.

David de la Cruz (Quick-Step Floors) conseguiu uma vitória escapado na terceira etapa da volta ao  País Basco, com isso se  moveu para a liderança da corrida.

De la Cruz deu um ataque de surpresa e  poderoso na subida final do dia, com 10 km restantes com uma vantagem de 16 segundos, enquanto o camisa amarela Michael Matthews (Team Sunweb) sobrou nas encostas íngremes.

No topo da subida com 10 km restantes De la Cruz tinha uma vantagem de 16 segundos sobre o pelotão liderado por Sam Oomen da Sunweb.

Com três quilómetros para final, a estrada se esgueirou quando  De la Cruz chegou aos arredores da cidade de Donostia, seguindo pela frente do mar num final de corrida semelhante ao que conseguiu na vitória na etapa final da Paris-Nice, em Março, a diferença caiu para 3 segundos o suficiente para assumir a camisa de lider.

Hoje foi um dia de dupla comemoração para a equipe Quick Step, pois Marcel Kittel venceu a clássica Belga Scheldeprijs com essa vitória de hoje o Alemão já soma 5 vitórias.

Resultados.

1. David de la Cruz (Esp) Quick-Step Floors 3:54:25
2. Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky,  3s
3. Jay McCarthy (Aus) Bora-Hansgrohe
4. Alejandro Valverde (Eso) Movistar
5. Giovanni Visconti (Ita) Bahrain-Merida
6. Rudy Molard (Fra) FDJ
7. Diego Ulissi (Ita) UAE Team Emirates
8. Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe
9. Tosh Van Der Sande (Bel) Lotto Soudal
10. Warren Barguil (Fra) Team Sunweb,

Classificação Geral.

1. David de la Cruz (Esp) Quick-Step Floors
2. Jay McCarthy (Aus) Bora-Hansgrohe,  3s
3. Alejandro Valverde (Eso) Movistar
4. Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky
5. Patrick Konrad (Aut) Bora-Hansgrohe
6. Rudy Molard (Fra) FDJ
7. Tosh Van Der Sande (Bel) Lotto Soudal
8. Luis Leon Sanchez (Esp) Astana
9. Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale
10. Ruben Fernandez (Esp) Movistar,

Clássica Scheldeprijs 2017, Kittel Vence.

Marcel Kittel (Quick-Step Floors) conquistou sua quinta vitória na clássica de Scheldeprijs no sprint, batendo Elia Viviani (Sky) segundo e Nacer Bohanni (Cofidis)terceiro.

Kittel cruzou  a linha com relativa vantagem perante seus rivais, depois de ser deixado no lado esquerdo da estrada por seu companheiro de equipe do Quick-Step Matteo Trentin.

O alemão, que conquistou a quarta vitória na corrida belga de um dia em 2016 ao derrotar Mark Cavendish, abriu seu sprint primeiro e nunca parecia que ia ser ultrapassado, com Viviani agarrado atrás dele, Bouhanni tentou vir Do lado direito mas não conseguiu passar o alemão.

Kittel tinha uma folga suficiente para sentar-se imediatamente antes da linha e levantar os braços para celebrar outra vitória na Scheldeprijs.

Houve uma dupla celebração para a equipe  Quick-Step, com as clássicas Tom Boonen competindo em sua penúltima corrida de sua carreira e sua última na Bélgica. Boonen colocou um forte ritmo nos últimos quilômetros para ajudar Kittel à vitória.

Resultados.

1 Marcel Kittel (Ger) Quick-Step Floors
2 Elia Viviani (Ita) Team Sky
3 Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis
4 Jurgen Roelandts (Bel) Lotto Soudal
5 Pascal Ackermann (Ger) Bora-Hansgrohe
6 Rudy Barbier (Fra) Ag2r La Mondiale
7 Sebastian Langeveld (Ned) Cannondale-Drapac
8 Marc Sarreau (Fra) FDJ
9 Ramon Sinkeldam (Ned) Team Sunweb
10 Jonas Van Genechten (Bel) Cofidis

 

Volta Ao Pais Basco 2017 #1 Etapa.

Michael Matthews ( Team Sunweb ) venceu a etapa de abertura da vuelta ao  País Basco 2017 na Espanha, e ganhou a liderança da corrida depois vencer no sprint.

Matthews conquistou a primeira vitória da temporada, terminando à frente dos compatriotas Jay McCarthy (Bora-Hansgrohe) e Simon Gerrans (Orica-Scott). O britânico Ben Swift (Emirados Árabes Unidos) terminou em nono lugar.

O atual campeão  Alberto Contador (Trek-Segafredo), que estava um minuto atrás do grupo líder, sofreu uma queda. Como o incidente ocorreu nos últimos 3 km, ele teve o mesmo tempo que o pelotão.

Resultados.

1. Michael Matthews (Aus) Team Sunweb
2. Jay McCarthy (Aus) Bora-Hansgrohe
3. Simon Gerrans (Aus) Orica-Scott
4. Jhonatan Restrepo (Col) Katusha-Alpecin
5. Sean De Bie (Bel) Lotto-Soudal
6. Maximiliano Richeze (Arg) Quick-Step Floors
7. Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac
8. Anthony Roux (Fra) FDJ
9. Ben Swift (GBr) UAE Team Emirates
10. Gregor Mühlberger (Aut) Bora-Hansgroh

Classificação Geral.

1. Michael Matthews (Aus) Team Sunweb
2. Jay McCarthy (Aus) Bora-Hansgrohe
3. Simon Gerrans (Aus) Orica-Scott
4. Jhonatan Restrepo (Col) Katusha-Alpecin
5. Sean De Bie (Bel) Lotto-Soudal
6. Maximiliano Richeze (Arg) Quick-Step Floors
7. Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac
8. Anthony Roux (Fra) FDJ
9. Ben Swift (GBr) UAE Team Emirates
10. Gregor Mühlberger (Aut) Bora-Hansgroh

GP Miguel Indurain 2017.

Simon Yates mostra forma impressionante com vitória solo no GP Miguel Indurain

 

Simon Yates mostrou sua forma impressionante para terminar um excelente trabalho de equipe feito pela Orica-Scott no GP Miguel Indurain, o britânico venceu escapado a corrida espanhola neste último sábado.

O ciclista de 24 anos saltou de um grupo reduzido, com 10 km para final, e conseguiu aumentar sua diferença para o grupo até o final, conseguindo segurar Michael Woods (Cannondale-Drapac) e o vencedor da Paris-Nice Sergio Henao (Team Sky).

“Foi uma corrida difícil hoje, no início com o vento e a chuva, mas a equipe trabalhou muito bem, protegendo-me o tempo todo”, disse Yates.

“Roman Kreuziger entrou na fuga principal que foi ótimo para nós, isso significou que poderíamos ir de roda e economizar energia.”

Resultados.

1. Simon Yates (Orica-Scott), 4:34:01
2. Michael Woods (Cannondale-Drapac), 23s
3. Sergio Henao (Team Sky), 23s

Tour de  Flandres 20107, Gilbert Vence.

02 April 2017
101st Tour des Flandres
1st : GILBERT Philippe (BEL) Quickstep Floors
2nd : VAN AVERMAET Greg (BEL) BMC
3rd : TERPSTRA Niki (NED) Quickstep Floors
Photo : Yuzuru SUNADA

 

O campeão belga teve uma performance extraordinária para ganhar De Ronde com uma fuga solo faltando  55km para final.

Philippe Gilbert (Quick-Step) conseguiu uma impressionante vitória individual no Tour de Flandres de 2017 , atacando no Oude Kwaremont a 55km do final.

O campeão belga atacou o grupo principal na segunda subida da escalada do Oude Kwaremont e imediatamente ganhou uma vantagem para o grupo de trás.

Sem nenhuma perseguição de ninguém, Gilbert foi autorizado a andar sozinho como seus companheiros de equipe marcando os rivais atrás e a diferença atingiu 1:10.

O campeão mundial  Peter Sagan (Bora-Hangrohe) formou o principal grupo perseguidor depois de atacar no Taaienberg com pouco menos de 30 km para final, tendo o favorito a vitória Greg Van Avermaet (BMC) e Oliver Naesen (Ag2r La Mondiale) e outros atletas junto com ele.

Esse grupo começou a trabalhar bastante juntos, reduzindo gradualmente a diferença para Gilbert (Quick Step).

O drama surgiu quando Sagan, Naesen e Van Avermaet  em perseguição a Gilbert na  penúltima subida do Oude Kwaremont  Sagan que estava puxando os demais colidiu com a barreira de proteção e com isso todos eles foram ao chão.

Van Avermaet conseguiu voltar logo para a bike  e perseguir, enquanto Naesen e, em particular, Sagan não conseguiram de imediato  e não  foram capazes de voltar para o grupo principal de perseguição.

Isso ajudou Gilbert (Quick Step) ele segurou a diferença em cerca de 50 segundos sobre a subida final do Paterberg.

Com isso Gilbert cruzou a linha de chegada com folga e até desceu e levantou a bike acima dos ombros em comemoração a sua vitória, Avermaet (BMC) foi o segundo e seu companheiro de equipe Terpstra (Quick Step) foi o terceiro.

Resultados.

1. Philippe Gilbert (Bel) Quick-Step Floors, 6:23:45
2. Greg Van Avermaet (Bel) BMC Racing, 28s
3. Niki Terpstra (Ned) Quick-Step Floors)
4. Dylan Van Baarle (Ned) Cannondale-Drapac,
5. Alexander Kristoff (Nor) Katusha-Alpecin, 52s
6. Sacha Modolo (Ita) UAE Team Emirates
7. John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo
8. Filippo Pozzato (Ita) Wilier Triestina
9. Sylvain Chavanel (Fra) Direct Energie
10. Sonny Colbrelli (Ita) Bahrain Merida, 

Clássica Três dias de Panne.

Philippe Gilbert ataca no Muur para ganhar escapado na clássica três dias De Panne.

Phlippe Gilbert (Quick-Step Floors) levou a vitória na fase de abertura dos Três Dias de De Panne depois de atacar no Muur van Geraardsbergen e andar escapado até a linha de chegada.

Gilbert tinha forçado uma seleção inicial quando acelerou na primeira das duas subidas do Muur, arrastando um grupo de 15 ciclistas.

Depois do trabalho duro de seu colega Dries Devenyns para se certificar de que a jogada não foi capturada por um grupo perseguidor, Gilbert atacou no Muur pela segunda vez, com 16 km para final, sem ninguém capaz de ir em  sua captura.

O ciclista da  Quick-Step Floors foi capaz de segurar uma perseguição valente do campeão australiano Luke Durbridge (Orica-Scott) para vencer por 17 segundos, colocando-se numa posição de comando para vencer a corrida Na geral.

A etapa de abertura dos Três Dias de De Panne viu o dia mais difícil das corridas com mais de 200 km entre da estância costeira de De Panne, terminando com um circuito montanhoso em torno de Zottegem.

A fuga principal do dia continha sete ciclistas, mas a corrida realmente começou na primeira subida do Muur van Geraardsbergen com pouco mais de 60 km para fim, quando Philippe Gilbert liderou um grupo de 15 ciclista.

A segunda e última subida do Muur chegou com 16 km para fim e viu  Gilbert atacando, com o campeão belga acelerando a partir da base da subida.

Desta vez, Gilbert foi capaz de dispensar todos os seus companheiros, com Luke Durbridge o último ciclista a ser largado apenas algumas centenas de metros do topo da subida.

A corrida vai continuar nesta quarta-feira com uma etapa de Zottegem para Koksijde com a escalada do Kemmelberg , e termina na quinta-feira com uma etapa de estrada.

Subida do Morro da Cruz Resultados.

A Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde/Klabin/SME) conquistou nesse domingo (26) uma importante vitória na temporada 2017. O ciclista Alan Maniezzo foi o grande vencedor da Prova Ciclística Subida do Morro da Cruz, disputada em Florianópolis, como parte das comemorações de aniversário da cidade. A competição foi válida para o Ranking Nacional.

O percurso foi composto por uma primeira parte em circuito, de 2,8 km, no qual os ciclistas deram 23 voltas. Após isso, a segunda parte foi uma subida de mais 2,8 km, encerrando a prova. Alan foi o primeiro a cruzar a linha de chegada, seguido de Elton Pedroso e Leandro Donizete, ambos da equipe Memorial, Maurício Morandi, de Osasco, na 4ª posição, e Rodrigo do Nascimento, de Ribeirão, completou o pódio na 5ª posição. Com os bons resultados, a equipe de RP conquistou também o título entre as equipes.

Segundo o treinador Marcelo Donnabella, a composição da prova atendia as características de Maniezzo. “A prova era para o Alan. Com o excelente trabalho de equipe, conseguimos atacar bastante, o que facilitou para ele. Estamos em um excelente início de temporada, com a equipe bem equilibrada e muito unida. Isso faz toda a diferença”.

O próximo desafio da Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto é o GP Cidade de Curitiba, na próxima semana.

Volta a Catalunya 2017 #3 Etapa Resultados.

Alejandro Valverde compensou a desilusão do rebaixamento da sua equipe Movistar após o contra- relógio do dia anterior, ao vencer a terceira etapa da Volta de 2017 na Catalunha, na quarta-feira.

Valverde havia sido brevemente premiado com a camisa de lider após a segunda etapa do TTT, mas toda a equipe  Movistar foi penalizada por um minuto depois que José Joaquin Rojas foi visto empurrando um companheiro de equipe.

 Foi um cenário confuso, mas o espanhol deixou pouca dúvida sobre o resultado na terceira etapa.

Valverde seguiu a roda de Dan Martin (Quick-Step Floors) no último quilômetro na encosta íngreme para La Molina, e bateu o  irlandês por mais de uma bicicleta de vantagem.

O americano Tejay van Garderen (BMC Racing) terminou em oitavo lugar para assumir a liderança da corrida.

Van Garderen agora lidera o companheiro de equipe Samuel Sanchez em segunda à 41 segundos nageral, com Geraint Thomas (Sky)  em terceiro a 44 segundos.

Resultados.


1. Alejandro Valverde (Esp) Movistar
2. Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors
3. Adam Yates (GBr) Orica-Scott,  3s
4. Romain Bardet (Fra) Ag2r La Mondiale
5. Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin
6. Geraint Thomas (GBr) Team Sky
7. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo
8. Tejay van Garderen (USA) BMC Racing,
9. Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac,8s
10. Davide Formolo (Ita) Cannondale-Drapac, ST

22 March 2017
97th Volta a Catalunya
Stage 03 : Mataro – La Molina
VAN GARDEREN Tejay (USA) BMC, Leader of the General Classification
Photo : Yuzuru SUNADA

Classificação Geral.

1. Tejay van Garderen (USA) BMC Racing, in 5:07:12
2. Samuel Sanchez (Esp) BMC Racing,  41s
3. Geraint Thomas (GBr) Team Sky,  44s
4. Alejandro Valverde (Esp) Movistar,45s
5. Chris Froome (GBr) Team Sky,  49s
6. Marc Soler (Esp) Movistar, at 1:10
7. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo,1:13
8. Adam Yates (GBr) Orica-Scott, at 1:18
9. Bauke Mmollema (Ned) Trek-Segafredo, 1:25
10. Jarlinson Pantano (Col) Trek-Segafredo, 1:25

 

Volta a Catalunya 2017 #2 Etapa Resultados.

Alejandro Valverde e sua equipe Movistar deram uma exibição vencedora na 2ª etapa da Volta a Catalunya , vencendo o contra-relógio por equipes de 43.1 km de Pla de l’Estany para Banyoles com um tempo de 48:55.

A equipe espanhola terminou com dois segundos de vantagem sobre a BMC Racing, com Chris Froome e a Team Sky em terceiro, 46 ​​segundos atras.

A vitória colocou o companheiro de Valverde José Rojas na camisa de líder mas com as montanhas a frente é Valverde que aparece na posição de lider.

A distância entre o estádio e os percursos ondulados causou lacunas significativas na classificação geral.

Alberto Contador e a Trek-Segafredo limitaram bem as suas derrotas para terminar em quarto lugar às 1:15, mas Romain Bardet (AG2R La Mondiale), Dan Martin (QuickStep Floors) e Ilnur Zakarin (Katusha) perderam mais de dois minutos e qualquer esperança de terminar No pódio.

A equipe Brasileira Soul Pro Cycling Team terminaram a 5m:19s da equipe Movistar.

Resultados Breves

#  Equipe Resultado
1 Equipe Movistar 0:48:55  
2 BMC Racing Team 0:00:02  
3 Team Sky 0:00:46  
4 Trek-Segafredo 0:01:15  
5 Orica-Scott 0:01:19  
6 FDJ 0:01:44  
7 Equipe LottoNl-Jumbo 0:01:48  
8 Astana Pro Team 0:02:05  
9 Lotto Soudal 0:02:10  
10 Andares de passo rápido 0:02:13  
11 AG2R La Mondiale 0:02:15  
12 Bora-Hansgrohe 0:02:27  
13 CCC Sprandi Polkowice 0:02:37  
14 Katusha-Alpecin 0:02:47  
15 Emirados Árabes Unidos 0:02:58  
16 Equipe Sunweb 0:03:04  
17 Bahrein-Mérida 0:03:26  
18 Cannondale-Drapac 0:03:30  
19 Dimension Data 0:03:31  
20 Roompot – Nederlandse Loterij 0:03:45  
21 Wanty – Groupe Gobert 0:04:04  
22 Manzana Postobon 0:04:24  
23 Cofidis, Soluções Créditos 0:04:27  
24 Caja Rural-Seguros RGA 0:04:36  
25 Soul Brasil Pro Cycling Team 0:05:19  
Classificação geral após  2ª Etapa.
# Atleta Resultado
1 Jose Rojas (Spa) Equipe Movistar 5:17:16  
2 Alejandro Valverde (Spa) Equipe Movistar    
3 Andrey Amador (CRc) Equipe Movistar    
4 Ruben Fernandez (Spa) Equipe Movistar    
5 Nelson Oliveira (Por) Equipe Movistar    
6 Imanol Erviti (Spa) Equipe Movistar    
7 Marc Soler (Spa) Equipe Movistar    
8 Jonathan Castroviejo (Spa) Equipe Movistar    
9 Brent Bookwalter (EUA) BMC Racing Team 0:00:02  
10 Ben Hermans (Bel) BMC Racing Team

 

Copa São Paulo Ciclismo 2017 #2 Etapa.

– Em um percurso duro, estrada foi considerada um dos percursos mais seletivos das etapas de Estrada do Campeonato, prova contou com a presença de mais de 180 ciclistas de quatro Estados.

                             A cidade de São José da Bela Vista-SP, situada na região nordeste do Estado (a 25 Km de Franca) foi a sede para a segunda etapa da Copa São Paulo de Ciclismo – CSPC/ FPC 2017,  prova que foi realizada nesse último domingo 12 de Março em estrada, em um percurso considerado pesado e seletivo pelos atletas, mas que contou com os elogios de todos os participantes.

Após 8 anos a cidade voltou a receber uma etapa do campeonato, que reuniu cerca de 180 ciclistas e 27 equipes de várias regiões do Estado de São Paulo, além de representantes de Minas Gerais, Santa Catarina e também do Distrito Federal.

 

A pequena, porém acolhedora cidade teve suas ruas centrais preenchidas pelo colorido típico do ciclismo, em uma bela manhã e início de tarde de domingo, onde o sol brilhou forte e o intenso calor ajudou a testar a resistência e o preparo físico dos ciclistas, em provas que chegaram aos 80 Km de percurso, como o caso das categorias Elite Masculino e Sênior-A.

O público compareceu em peso na Praça Central, local das largadas e chegadas e puderam acompanhar de perto a movimentação da prova, podendo inclusive participar das categorias iniciantes da cidade, abertas para qualquer tipo de bicicleta, e interagir com os ciclistas já experientes.

Foram 12 categorias oficiais disputadas, divididas por idade e critério técnico, com quilometragens que variaram entre 20 a 80 Km percorridos, dependendo da categoria, onde cada volta no percurso tinha 20 Km de extensão.

Para todas as categorias oficiais mais as iniciantes da cidade, foram oferecidos troféus e medalhas exclusivos e personalizados, com imagem da cidade-sede da etapa ao fundo e os ciclistas da própria Copa em destaque, para os cinco primeiros colocados, e na categoria Elite Masculino, também uma premiação em dinheiro aos 3 primeiros colocados (a cada etapa), oferecida pelos organizadores.

 

Na categoria Elite Masculino, a principal da Copa, a vitória ficou com o atleta da equipe Ciclo Race, de Brasília-DF, Julio César Franco, com o tempo de 2h10m 35s e 80 Km percorridos, seguido de Valdecir Lorenceto da equipe Fundesport/ Araraquara-SP e de Bruno Henrique Catanante, da equipe Academia Estação Boa Forma/ SME, de Serrana-SP, terceiro colocado.

Já na categoria Elite Feminino, uma prova de 40 Km percorridos em 1h27m44s, vencida por Lusuelen Domingues dos Santos (Fundesport/ Araraquara), com Paula Vital Andrade da equipe Associação Batataense de Ciclismo/ José Reginaldo Cardoso, de Batatais, segunda colocada e a mineira Denise Cerize Kolling (Avulsa-MG), na terceira colocação.

 

Na categoria Sênior-B (40 a 49 anos), vitória do alagoano Maxwell da Rocha (equipe Velo48/ São Paulo), seguido de Edson Ângelo Anselmo (equipe Ciclo Édão/ Ibirá-SP) e de José Carlos Fonseca Jr. (Team 255/ Barra Bonita-SP), terceiro colocado, numa prova de 60 Km percorridos em 1h43m48s.

Entre os mais “veteranos” da CSPC, na categoria Master-B (60 anos acima) a vitória ficou com João Batista Maglio (Odontologia Maglio, Implantes e Laserterapia), seguido de Sebastião Vicente Rodrigues Filho (equipe SEME/ Santa Bárbara D´Oeste-SP) e de Fernando Mauro Roncari (Team 255/ Barra Bonita) em terceiro, em uma prova de 40Km percorridos em 1h25m02s.

 

Já entre as categorias de base, na categoria Junior Masculino (17 e 18 anos) o campeão foi Felipe Aparecido Brito (Fundesport/ Araraquara) em uma prova de 60 Km percorridos em 1h57m54s, com Renan Izzo (São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP) em segundo e Matheus Máximo dos Reis (SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP) em terceiro.

Na categoria Infanto Juvenil Masculino, uma prova de 20 Km percorridos em 42m08s, vencida pelo ciclista de Ribeirão Preto João Vieira Felício (São Francisco Saúde/ SME), com João Paulo dos Santos (Ciclo Édão/ Ibirá) na segunda colocação e Lucca Marques da Silva Ferreira, também da equipe de Ribeirão Preto, em terceiro.

 

Na categoria iniciantes da cidade de São José da Bela Vista (aberta para qualquer tipo de bicicleta), Luís Augusto Rezende foi o campeão na iniciantes infantil e Gustavo Souza dos Santos foi o vencedor na iniciantes Juvenil.

Nessas categorias os cinco primeiros colocados também levaram medalhas personalizadas da Copa São Paulo de Ciclismo para casa.

 

Na classificação geral por equipes, a equipe da Fundesport/ Araraquara-SP foi a campeã da etapa, seguida da equipe da SEME/ Santa Bárbara D´Oeste-SP em segundo e da São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP, terceira colocada geral por equipes na etapa. Para ver todos os campeões de todas as categorias da segunda etapa da Copa São Paulo de Ciclismo 2017 em São José da Bela Vista, confira o Boletim de Resultados completo da etapa.

Resultados.

CATEGORIA: ELITE MASCULINO – Class. em S.J. da Bela Vista – Tempo de prova: 2h10m35s – Total percorrido: 80km

Col. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
35 Julio Cesar Franco Ciclo Race/ Brasilia-DF 12
22 Valdecir Lorenceto Fundesport/ Araraquara-SP 10
38 Bruno Henrique Catanante Academia Estação Boa Forma/SME/ Serrana-SP 8
40 Igor Teodoro Molina Clube de Ciclismo/ São José dos Campos-SP 7
30 Robson Cesar Rodrigues Fundesport/ Araraquara-SP 6
1 Ivan Jorge de Moura Fundesport/ Araraquara-SP 5
15 Ruan Santana Guillen Brucicle/ Brusque-SC 4
31 Eliel Pereira Balbino SMEL/ Boi Gordo/ Barão Center/ ASC/ Sertãozinho-SP 3
36 Jeovane Junior de Oliveira São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 2
10º 10 Maycon Neder Moreira Silva Ciclo Edão/ Ibirá-SP 1

 

CATEGORIA: SENIOR-A – Classificação em S.J. da Bela Vista – Tempo de prova: 2h28m42s – Total percorrido: 80km

Col. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
   130 Danilo Cesar Tostes Academia Estação Boa Forma/SME/ Serrana-SP 12
115 Eliezer Reginaldo da Silva Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 10
104 Thiago Rafael Branquinho FEAC/ Franca-SP 8
160 Isaque Rodrigues dos Santos Avulso-MG 7
161 Douglas Fernando Alves SECEL/ Monte Alto-SP 6
152 Rodrigo Favaretto Radical Bike/ São Sebastião do Paraíso-MG 5
114 Marcelo Ferreira de Jesus Team 255/ Barra Bonita-SP 4
116 Silvio Mastrocesare Prefeitura Municipal/Unimed/ Ibitinga-SP 3
158 Bruno Ricardo de Oliveira Prefeitura Municipal/Unimed/ Ibitinga-SP 2
10º 155 Daniel Berturo dos Santos Associação Joaquinense de Ciclismo/ São Joaquim da Barra-SP 1

 

CATEGORIA: SUB-30 – Classificação em S.J. da Bela Vista – Tempo de prova: 1h51m52s – Total percorrido: 60km

Col. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
315 Carlos Eduardo Uchoa Vicente Fundesport/ Araraquara-SP 12
318 João Antônio Mendes SEME/ Santa Bárbara D’ Oeste-SP 10
317 Rafael do Nascimento Lelin Bikes/ Uberaba-MG 8
311 Rodrigo Aparecido Veiga SEME/ Santa Bárbara D’ Oeste-SP 7
301 Luan de Oliveira e Souza Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 6

 

CATEGORIA: ELITE FEMININO – Classific. em S.J. da Bela Vista – Tempo de prova: 1h27m44s – Total percorrido: 40km

Col. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
805 Lusuelen Domingues dos Santos Fundesport/ Araraquara-SP 12
804 Paula Vital Andrade Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 10
808 Denise Cerize Kolling Avulsa-MG 8
809 Ana Paula Magalhães Radical Bike/ São Sebastião do Paraíso-MG 7
802 Leandra Marques Ribeiro Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 6

 

CATEGORIA: SENIOR-B – Classificação em S.J. da Bela Vista – Tempo de prova: 1h43m48s – Total percorrido: 60km

Col. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
430 Maxwell da Rocha Velo 48/ São Paulo-SP 12
403 Edson Ângelo Anselmo Ciclo Edão/ Ibirá-SP 10
402 José Carlos Fonseca Junior Team 255/ Barra Bonita-SP 8
435 Cleiton Ferreira Associação Joaquinense de Ciclismo/ São Joaquim da Barra-SP 7
439 Fábio Garcia Belavita Team 255/ Barra Bonita-SP 6

 

 

CATEGORIA: MASTER-A – Classificação em S.J. da Bela Vista – Tempo de prova: 1h11m49s – Total percorrido: 40km

Col. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
614 Teodorico Lacerda Junior SEME/ Santa Bárbara D’ Oeste-SP 12
601 Sidnei da Silva SEME/ Santa Bárbara D’ Oeste-SP 10
611 Sergio Gibim SEME/ Santa Bárbara D’ Oeste-SP 8
602 Isaac Rodrigues de Oliveira Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 7
605 João Batista de Toledo Sport Bike/ Rio Claro-SP 6

 

CATEGORIA: MASTER-B – Classificação em S.J. da Bela Vista – Tempo de prova: 1h25m02s – Total percorrido: 40km

Col. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
651 João Batista Maglio Odontologia Maglio, Implantes e Laserterapia/ Araraquara-SP 12
657 Sebastião Rodrigues Filho SEME/ Santa Bárbara D’ Oeste-SP 10
656 Fernando Mauro Roncari Team 255/ Barra Bonita-SP 8
659 Carlos Eduardo Lambello SEME/ Santa Bárbara D’ Oeste-SP 7
652 Anízio Horácio da Silva Team 255/ Barra Bonita-SP 6

 

CATEGORIA: JUNIOR MASC. – Classific. em S.J. da Bela Vista – Tempo de prova: 1h57m54s – Total percorrido: 60km

Col. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
705 Felipe Aparecido Brito Fundesport/ Araraquara-SP 12
707 Renan Izzo São Francisco Saúde/SME/ Ribeirão Preto-SP 10
704 Matheus Máximo dos Reis SMELT/ Ciclismo Matão/ Matão-SP 8
706 Sergio Reis Vieira dos Santos Fundesport/ Araraquara-SP 7

 

CATEGORIA: JUNIOR FEMININO – Classific. em S.J. da Bela Vista – Tempo de prova: 53m06s – Total percorrido: 20km

Col. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
854 Julia Raynnara de Toledo ABEC/ Rio Claro-SP 12

 

CATEGORIA: JUVENIL MASC. – Classific. em S.J. da Bela Vista – Tempo de prova: 1h16m58s – Total percorrido: 40km

Col. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
760 Marcos Levy da Matta Avulso-SP 12
756 Leonardo Francisco Rodrigues Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 10
754 Luan Henrique Rossi Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 8
751 João Henrique Scarante São Francisco Saúde/ SME/ Ribeirão Preto-SP 7
757 Guilherme Pereira Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso/ Batatais-SP 6

 

CATEGORIA: INFANTO/JUVENIL – Classific. em S.J. da Bela Vista – Tempo de prova: 42m08s – Total percorrido: 20km

Col. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
907 João Vieira Felício São Francisco Saúde/SME/ Ribeirão Preto-SP 12
903 João Paulo dos Santos Ciclo Edão/ Ibirá-SP 10
901 Lucca Marques da Silva Ferreira São Francisco Saúde/SME/ Ribeirão Preto-SP 8
902 João Guilherme Camilo Ferracini SMEL/Boi Gordo/Barão Center/ASC/ Sertãozinho-SP 7
905 Lucas Davi Waz Cruz SMEL/Boi Gordo/Barão Center/ASC/ Sertãozinho-SP 6

 

CATEGORIA: MOUNTAIN BIKE – Classific. em  S.J. da Bela Vista – Tempo de prova: 38m00s – Total percorrido: 20km

Col. Nº Atl. NOME EQUIPE / CIDADE P.G.
506 Everton Fernando Mendes Bike Bariri/ Bariri-SP 12
503 Anderson Anselmo Ciclo Edão/ Ibirá-SP 10
511 Luciano Antônio de Souza SMELT/Ciclismo Matão/ Matão-SP 8
509 Carlos Renato Mastriaga Prefeitura Municipal/ Unimed/ Ibitinga-SP 7
513 Victor Antônio Rabelo Açaí Mil e Ross/ Americana-SP 6

 

CATEGORIAS EXTRAOFICIAIS – Livre Bicicleta – (Iniciantes da Cidade de São José da Bela Vista):

 

CATEGORIA INICIANTES INFANTIL

Col. Nº Atl. NOME
1026 Luis Augusto Rezende
1030 Paulo Ricardo Lacerda
1028 Caique Eduardo Pereira
1029 Tassio Renan da Silva

 

CATEGORIA INICIANTES JUVENIL

Col. Nº Atl. NOME
828 Gustavo Souza dos Santos
Saulinho
834 Bruno Felipe Daniel Lima
Otávio

CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPES EM SÃO JOSÉ DA BELA VISTA-SP

Col. EQUIPE CIDADE P.G.
Fundesport Araraquara-SP 66
SEME Santa Bárbara D’oeste-SP 64
São Francisco Saúde/ SME Ribeirão Preto-SP 39
Associação Batataense de Ciclismo José Reginaldo Cardoso Batatais-SP 38
Prefeitura Municipal/ Unimed Ibitinga-SP 37
Team 255 Barra Bonita-SP 32
Ciclo Edão Ibirá-SP 31
Academia Estação Boa Forma/ SME Serrana-SP 20
SMEL/Boi Gordo/ Barão Center/ASC Sertãozinho-SP 16
  SMELT/ Ciclismo Matão Matão-SP 16
10ª Ciclo Race Brasília-DF 12
  Velo 48 São Paulo-SP 12
  ABEC Rio Claro-SP 12
  Odontologia Maglio, Implantes e Laserterapia Araraquara-SP 12
  Bike Bariri Bariri-SP 12
  Radical Bike São Sebastião do Paraíso-MG 12
11ª Associação Joaquinense de Ciclismo São Joaquim da Barra-SP 08
  FEAC Franca-SP 08
  Lelin Bikes Uberaba-MG 08
12ª Clube de Ciclismo São José dos Campos 07
13ª SECEL Monte Alto-SP 06
  Sport Bike Rio Claro-SP 06
  Açaí Mil e Ross Americana-SP 06
14ª Brucicle Brusque-SC 04

Paris Nice 2017, #6 Etapa.

Simon Yates ( Orica-Scott ) venceu escapado a primeira etapas nas montanhas da Paris-Nice , atacando pouco antes do topo da subida final, com 19 quilômetros para final.

Ele ainda teve tempo de levantar os braços em comemoração no topo da subida curta e íngreme em Fayance logo depois cruzou o campeão Colombiano Sergio Henao (Team Sky) a 17 segundos, Richie Porte (BMC) foi o terceiro a 26 segundos.

Yates entrou no top 10 graças a sua aposta.

“Eu tinha uma pequena idéia sobre tentar algo, mas tudo dependia de como eu me sentiria e as condições”, disse Yates.

“Chegou o momento, e eu disse a mim mesmo” por que não? Eu não tenho nada a perder. Então eu tentei, e eu estou feliz que funcionou.

“É uma das maiores corridas que fazemos, e uma das mais difíceis corridas de uma semana. Estou muito feliz por poder ganhar novamente – é a minha primeira vitória da temporada, e espero que isso continue por um bom ano.

Resultados.

1 Simon Yates (GBr) Orica-Scott 4:37:51
2 Sergio Henao (Col) Team Sky 0:00:17
3 Richie Porte (Aus) BMC Racing Team 0:00:26
4 Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors 0:00:29
5 Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors
6 Jon Izaguirre (Spa) Bahrain-Merida 0:00:32
7 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team
8 Alberto Contador (Spa) Trek-Segafredo
9 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin
10 Tony Gallopin (Fra) Lotto Soudal

Classificação Geral.

1 Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors 21:58:22
2 Tony Gallopin (Fra) Lotto Soudal 0:00:36
3 Sergio Henao (Col) Team Sky 0:00:46
4 Gorka Izagirre (Spa) Movistar Team 0:00:57
5 Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors 0:01:20
6 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin 0:01:31
7 Alberto Contador (Spa) Trek-Segafredo 0:01:34
8 Simon Yates (GBr) Orica-Scott 0:01:37
9 Jon Izaguirre (Spa) Bahrain-Merida 0:02:04
10 Warren Barguil (Fra) Team Sunweb 0:03:08

Tirreno-Adriático 2017 #3 Etapa, Sagan Vence.

Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) conseguiu a sua segunda vitória WorldTour para a equipe,vencendo a terceira etapa do Tirreno-Adriatico .

Um acidente nos últimos 500 metros da corrida dividiu o pelotão, deixando muitos sprinters como Fernando Gaviria (Quick-Step Floors) e Mark Cavendish (Dimension Data) fora da disputa para a vitória.

Team Sky colocou o seu trem de embalo para o seu sprinter Elia Viviani em um final com muitas curvas e algumas pequenas subidas o italiano foi deixado muito longe pelo seu embalador e com isso teve fazer muita força e Sagan aproveitou sua roda e saiu na hora certa e com isso venceu com uma bicicleta de diferença.

Tirreno-Adriatico 2017 3ª etapa, Monterotondo Marittimo – Montalto di Castro (204km)

1. Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe, em 4-51-59
2. Elia Viviani (Ita) Sky
3. Jurgen Roelandts (Bel) Lotto Soudal
4. Sacha Modolo (Ita)Team UAE Emirates
5. Luka Mezgec Slo) Orica-Scott
6. Rick Zabel (Ger) Katusha-Alpecin
7. Andrea Palini (Ita) Androni Giocattoli
8. Roberto Ferrari (Ita) Team UAE Emirates
9. Georg Preidler (Aut) SunWeb
10. Ramon Sinkeldam (Ned) Sunweb

Classificação Geral.

1. Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team,  11:07:13
2. Greg Van Avermaet (Bel) BMC Racing Team
3. Damiano Caruso (Ita) BMC Racing Team

Tirreno-Adriatico 2017 #2 Etapa.

Thomas conseguiu a  sua primeira vitória da temporada no Tirreno-Adriatico com Greg Van Averamet assumindo a liderança geral.

Geraint Thomas (Team Sky) conseguiu uma bela vitória na segunda etapa do Tirreno-Adriatico com um ataque  tardio no final da subida para Pomarance.

Thomas atacou com pouco menos de cinco quilômetros de mammoth 229km, juntando-se inicialmente por Bob Jungels (Quick-Step), Jonathan Castroviejo (Movistar) e o líder da corrida Damiano Caruso (BMC Racing).

Resultados.

1. Geraint Thomas (GBr) Equipe Sky, 5:51:44
2. Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb,  9 segundos
3. Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe
4. Greg Van Avermaet (Bel) BMC Racing
5 (França) Francesco Gavazzi (Itália) Androni Giocattoli
6. Michal Kwiatkowski (Pol) Equipe Sky
7. Adam Yates (GBr) Orica-Scott
8. Rohan Dennis (Aus) BMC
9. Nairo Quintana (Col) Movistar
10. Simon Clarke ) Cannondale-Drapac

Classificação Geral.

1. Greg Van Avermaet (Bel) BMC Racing, em 6:15:14
2. Rohan Dennis (Aus) BMC Racing
3. Tejay Van Garderen (EUA) BMC Racing
4. Damiano Caruso (Ita) BMC Racing,
5. Niki Terpstra (Ned) Quick-Step, 16s
6. Bob Jungels (Lux) Quick-Step,st
7. Nairo Quintana (Col) Movistar, 21s
8. Moreno Moser (Ita) Astana
9. Sebastien Reichenbach (Sui) FDJ
10. Jonathan Castroviejo (Esp) Movistar

Paris-Nice 2017, #5 Etapa Resultados.

André Greipel (Lotto-Soudal) mostrou toda sua força para vencer a 5ª etapa da Paris-Nice 2017 nesta quinta-feira.

Vários dos trens embalo dos velocistas foram interrompidos em  Bourg-de-Péage depois de uma série de rotundas (rotatórias).

Greipel colocou-se na posição perfeita no final do sprint para ganhar por mais de uma bicicleta de comprimento à frente do ex-líder da corrida Arnaud Démare (FDJ),  o campeão holandês Dylan Groenewegen (LottoNL-Jumbo) foi terceiro.

O líder da corrida de ontem Julian Alaphilippe (Quick-Step Floors) terminou no pelotão para manter sua camisa amarela.

O francês lidera sobre o compatriota Tony Gallopin (Lotto-Soudal) por 33 segundos na geral, com o espanhol Gorka Izagirre (Movistar) em terceiro a 47 segundos.

A etapa de quinta-feira representou a última chance para os sprinters ganharem, pois a corrida se caminha para terrenos mais montanhosos.

A sexta etapa nesta sexta-feira será 193.5km de Aubagne para Fayence e inclui seis montanhas categorizadas, incluindo a montanha final de segunda categoria.

Será um teste severo para Alaphilippe, já que o ciclista de 24 anos lidera uma grande corrida de etapas em sua nação natal com o peso da expectativa em seus ombros. 

A Paris-Nice não é vencida por um francês desde Laurent Jalabert em 1997.


Resultados.

1. André Greipel (Ger) Lotto-Soudal
2. Arnaud Démare (Fra) FDJ
3. Dylan Groenewegen (Ned) LottoNL-Jumbo
4. Michael Matthews (Aus)  Sunweb
5. John Degenkolb (Alemanha) Trek-Segafredo
6. Magnus Cort Nielsen (Den) Orica-Scott
7. Marcel Kittel (Ger) Quick Step
8. Bryan Coquard (Fra)
9. Sonny Colbrelli (Ita) Bahrain-Mérida
10. Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe

Classificação Geral.

1. Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors, em 17-20-02
2. Tony Gallopin (Fra) Lotto-Soudal, em 33 segundos
3. Gorka Izagirre (Esp) Movistar, em 47 segs
4 Sergio Henao (Col) Equipe Sky, em 1-05
5. Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors, em 1-20
6. Philippe Gilbert (Bel) Quick-Step Floors, em 1-24
7. Ilnur Zakarin Rus) Katusha-Alpecin, a 1-28
8. Arnaud Démare (Fra) FDJ, a 1-29
9. Alberto Contador (Spa) Trek- Segafredo, 1-31
10. Rudy Molard (Fra) FDJ, 32 

Paris Nice 2017 #3 Etapa Resultados.

O sprinter irlandês Sam Bennett (Bora-Hansgrohe) conseguiu a maior vitória de sua carreira até hoje nesta terça-feira, batendo uma série dos grandes  nomes do sprint entre eles Kristoff, Degenkolb,Kittel e Matthews.  na terceira etapa da Paris-Nice .

Bennett superou as estrelas, Alexander Kristoff (Katusha-Alpecin) em segundo, John Degenkolb (Trek-Segafredo) em terceiro, Marcel Kittel (Quick-Step Floors) quarto  André Greipel (Lotto-Soudal) em sétimo.

O líder da corrida, Arnaud Démare (FDJ), terminou em sexto lugar para manter a camisa amarela na etapa de quarta-feira.

“Eu estava confiante e me senti bem “, disse Bennett. “Eu estava esperando a oportunidade certa. Eu fiquei focado o dia inteiro para este sprint final. Tenho muita sorte em ter vencido hoje em Chalon-sur-Saône. Estamos experimentando uma edição realmente difícil da Paris-Nice, então a vitória é  mais bonita  hoje. “

Resultados.


1. Sam Bennett (Irl) Bora-Hansgrohe, em 4:31:14
2. Alexander Kristoff (Nor) Katusha-Alpecin
3. John Degenkolb (Alemanha) Trek-Segafredo
4. Marcel Kittel Ger) Quick-Step Floors
5. Michael Matthews (Aus) Equipe Sunweb
6. Arnaud Démare (Fra) FDJ
7. André Greipel (Ger) Lotto-Soudal
8. Christophe Laporte (Fra) Cofidis
9. Kristian Sbaragli
10. Magnus Cort Nielsen (Den) Orica-Scott

Classificação Geral.

1. Arnaud Démare (Fra) FDJ, em 12:14:42
2. Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors,6s
3. Alexander Kristoff (Nor) Katusha-Alpecin, 13s
4 . Philippe Gilbert (Bel) Quick-Step pisos, 17s
5. Tony Gallopin (Fra) Lotto-Soudal, 19s

Paris Nice 2017.

 

demare

Arnaud Démare (FDJ) venceu a primeira etapa do Paris-Nice deste ano, à frente de Julian Alaphilippe (Quick-Step Floors), num dia caótico no norte da França.

Arnaud Démare (FDJ) venceu Julian Alaphilippe ( Quick-Step Floors ) em um sprint onde os dois chegaram a frente do resto do pelotão em uma etapa frenética da  Paris-Nice .

Apesar de um sprint em massa ser esperado no norte da França, o que não aconteceu devido a chuva e vento cruzado que afetou a etapa de abertura da corrida deste ano desde o início.

André Greipel (Lotto-Soudal) e Marcel Kittel (Quick-Step Floors) ambos foram derrubados nos dois últimos quilómetros do grupo líder com mais 20 atletas, e quando Alaphilippe lançou o seu ataque nos 1.500 metros finais numa subida, apenas Démare Foi capaz de seguir.

Paris-Nice é anunciado como “A Corrida ao Sol” e quando os ciclistas convergiram em um dia molhado e ventoso em Bois-d’Arcy esta manhã, o apelido sumiu literalmente no dia de hoje.

Bardet Desclassificado da Prova.

Romain Bardet foi desqualificado da Paris-Nice por usar o vácuo do carro da equipe ao tentar se juntar ao grupo em que estava após um acidente.

O atleta da AG2R La Mondiale caiu no início da corrida ao Sol, mas como ele retornou com sucesso ao grupo perseguidor do qual ele era parte, ele foi ajudado e protegido do vento pelo carro da sua equipe, depois, o júri determinou que o Bardet seria desqualificado.

Resultados.

1. Arnaud Démare (Fra) FDJ em 3:22:43.
2. Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step
3. Alexander Kristoff (Nor) Katusha-Alpecin)  9s
4. Philippe Gilbert (Bel) Quick-Step Floors
5. Romain Hardy (Fra) Fortuneo-Vital Concept
6 . Dan Martin (Irl) Quick-Step Pisos
7. Tony Gallopin (Fra) Lotto-Soudal
8. Marco Haller (Aus) Katusha-Alpecin
9. Sergio Henao (Col) Team Sky
10. Rudy Molard (Fra) FDJ .

Classificação geral após a primeira etapa.

1. Arnaud Démare (Fra) FDJ em 3:22:43.
2. Julian Alaphilippe (Fra) Pisos de Quick-Step 4s
3. Alexander Kristoff (Nor) Katusha-Alpecin) 15s
4. Philippe Gilbert (Bel) Quick-Step Floors 16s
5. ony Gallopin (Fra) Lotto-Soudal  17s
6. Romain Hardy (Fra) Fortuneo-Vital Concept em 18secs
7. Dan Martin (Irl) Quick-Step Floors em 19 segundos
8. Marco Haller (Aus) Katusha-Alpecin st
9. Sérgio Henao (Col) Team Sky st
10. Rudy Molard (Fra) FDJ st

Dwars door West-Vlaanderen 2017.

van-emden

Jos van Emden ( LottoNL-Jumbo ) venceu a Dwars West-Vlaanderen neste domingo, batendo Silvan Dillier ( BMC Racing ) no sprint.

Em uma tarde molhada e com muito vento em Flanders , a corrida foi caracterizada por uma série de  mudanças freqüentes no grupo da  frente.

Mas van Emden e Dillier atacaram juntos dentro dos últimos 30 km e foram capazes de chegar à cidade de Ichtegem  onde é a chegada da prova somente os dois.

Dillier levou os últimos 500 metros, repetidamente olhando para trás para verificar as intenções de van Emden. Com apenas algumas centenas de metros restantes, van Emden disparou para a direita de Dillier, abriu uma vantagem e cruzou a linha de um comprimento de bicicleta na frente dele.

doors-wars

Condições no início do dia foram perfeito para os amantes do ‘épico’ tempo Flanderian.

 Uma fuga de 21 atletas formou-se cedo com três outros grupos atrás, separados pelos ventos cruzados.

Anteriormente uma corrida de três dias este ano e também pelo nome do Johan Museeuw Classic, a subida pavimentada do Kemmelberg é o trecho mais famoso da estrada.

Foi a nona vitória de van Emden em sua carreira e a primeira desde que ele ganhou um  contra relógio curto no tour Star ZLM  no ano passado.

Resultados.

1 Jos van Emden (Ned) Team LottoNl-Jumbo 4:55:38  
2 Silvan Dillier (Swi) BMC Racing Team    
3 Lasse Norman Hansen (Den) Aqua Blue Sport 0:00:11  
4 Jasper De Buyst (Bel) Lotto Soudal 0:00:33  
5 Guillaume Van Keirsbulck (Bel) Wanty – Groupe Gobert    
6 Jesper Asselman (Ned) Roompot – Nederlandse Loterij    
7 Jens Debusschere (Bel) Lotto Soudal 0:00:43  
8 Elmar Reinders (Ned) Roompot – Nederlandse Loterij    
9 Twan Castelijns (Ned) Team LottoNl-Jumbo 0:00:47  
10 Iljo Keisse (Bel) Quick-Step Floors 0:01:1

Rutas de America 2017 #3 Etapa.

imagem_release_878603

Alan Maniezzo ganhou a terceira etapa da Rutas de America na cidade de Cologne e espera pelo contra-relógio 19km na parte da tarde.

A equipe brasileira São Francisco Saúde de Ribeirão Preto fez a dobradinha  nesta quinta-feira, no final da terceira etapa do Rutas de América 2017 a etapa terminou em Colônia depois de 137.1 quilômetros saindo de  San Jose.

Alan Maniezzo e Cristian Egidio e Joaquin Ansolabehere  escaparam faltando um pouco mais de 60km para terminar a prova, Alan e Cristian fizeram um bom trabalho onde conseguiram deixar o atleta da equipe Rainbow e cruzaram a linha praticamente juntos, com  um tempo de 3 horas 07 min. 03 seg. uma média de 43,978 kmh.
O pelotão onde o líder estava, Pablo Anchieri (Estudantes Colla) chegou depois de  27 segundos.
Com isso  Anchieri perdeu a liderança para o Brasileiro  por apenas um segundo.

Na parte da tarde, às 16 horas, teremos um contra relógio de 19 quilómetros, agora é torcer para que Alan consiga manter ou aumentar a sua diferença e largar na etapa de amanhã com a camisa de lider.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

1 Alan Maniezzo – Saúde São Francisco. 3 horas 07.03

2º Cristian Egidio – Saúde São Francisco

3ª Joaquín Ansolabehere – Rainbow

4º Rodrigo do Nascimento – São Francisco-Saúde

5ª Matias Presa – Asas Schenck vermelhos

6ª Gerardo Fernandez – Phoenix

7ªGiordano Sizurqui- San Jose

8ª Daniel Juarez – Assoc Mardan.

9ªSantiago Mendez  – Phoenix

10º Paul Anchieri – Estudantes Colla

Classificação Geral.

CLASSIFICAÇÃO

1 Alan Maniezzo – São Francisco-Saúde. 11:07:03

2º Pablo Anchieri – Estudantes Colla 1 “

3ª Matías Pérez – Maroñas 7 “

4 Sixto Núñez – San Antonio de Florida a 21 “

5º Richard Mascarañas – Schneck Red Wings 23 “.

6ª Matias Presa – Schneck Red Wings 25 “

7º Jorge Bravo – Schneck Red Wings 31 “

8 Bilker Castro – Cerro Largo CC 32 “

9ª Geovani Fernandez – Cerro Largo CC 32 “

10ºRodrigo do Nascimento São Francisco-Saúde 33 “

Rutas de America 2017.

imagem_release_878603

A Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde/Klabin/SME) segue conseguindo bons resultados na Rutas de América. Nesta quarta-feira (01), foi disputada a segunda etapa, em um percurso de 180km, entre as cidades de Minas e San José, no Uruguai, com a equipe terminando na segunda colocação.

Com o resultado positivo, a equipe subiu da 4ª para a 3ª posição na classificação geral por equipe, com apenas 24 segundos de diferença para a 1ª colocada, Estudiantes El Colla, do Uruguai.

A vitória nesta etapa foi de Pablo Ancheri, dono da casa, que completou o percurso em 4 horas, 37 minutos e 45 segundos. Completaram o pódio os também uruguaios Matias Perez e Eric Fagundes, em segundo e terceiro lugares respectivamente.

Rodrigo Melo, da Equipe de Ribeirão, foi destaque nesta etapa, conseguindo a 6ª colocação, com 22 segundos de diferença para o vencedor, e agora está na 12ª colocação geral, a 32 segundos do líder. 

Alan Maniezzo (16º), Luis Fernando Trevisan (20º), Rodrigo do Nascimento (35º), Maurício Knapp (38º) e Cristian Egídio (44º) foram os outros representantes de Ribeirão na etapa.

Melo disse que ficou satisfeito com a colocação final. “Saí numa fuga no KM 85 e fomos até o KM 135. O objetivo era pegar pontos nas metas volantes e montanha. Fomos alcançados faltando 40km para a chegada e nos guardamos para a chegada. Espero crescer durante a prova e brigar por um pódio”.

Para o treinador Marcelo Donnabella, os atletas foram muito bem. “A etapa foi longa, com mais de 4 horas de percurso e estava muito calor, mesmo assim a equipe teve bons resultados, conseguindo subir na classificação”.

A terceira etapa da Rutas de América será disputada nessa quinta-feira e ligará a cidade de San José a Colonia.

Kuurne-Brussels-Kuurne 2017.

sagan-kuurne2017

Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) conquistou a sua primeira vitória da temporada nsa clássicas compensando a decepção de perder o Omloop Het Nieuwsblad para vencer o Kuurne-Brussels-Kuurne.

Sagan foi o mais rápido de um grupo de cinco atletas nos últimos  metros, o atual campeão da prova  Jasper Stuyven (Trek-Segafredo) foi o segundo e Luke Rowe, (Team Sky) o terceiro .

Esse trio, junto com Matteo Trentin (Quick-Step Floors) e Tiesj Benoot (Lotto-Soudal), fizeram parte de uma fuga que se  iniciou no Oude Kwaremont, faltando 84 km para o fim.

O que se seguiu foi duas horas de tempo de observação entre eles, enquanto a diferença  para o pelotão diminuiu e  a corrida seguiu o seu caminho  para dar duas voltas no circuito  em torno da cidade de Kuurne.

O elemento de surpresa permitiu a Sagan  abrir rapidamente uma diferença significativa, e embora Stuyven tentou ficar na roda traseira do eslovaco, não foi o suficiente para impedir que o campeão mundial levasse  a sua primeira vitória da temporada de 2017.

Acidentes na prova.

Depois de um acidente desagradável na Kuurne-Bruxelas-Kuurne, Tony Martin disse que espera estar em ação novamente na Paris-Nice, apesar de precisar de oito pontos em seu rosto.

Tony se envolveu em um dos tombos que causaram esse corte acima da sombrancelha direita, Apesar de ter sangue escorrendo pelo rosto e aparentemente não receber qualquer atenção médica imediata, o ciclistas da Katusha-Alpecin voltou para a sua bicicleta e continuou  por vários quilômetros antes de finalmente abandonar e ser levado para o hospital.

Resultados.

Kuurne-Bruxelas-Kuurne 2017, 200 km
1. Peter Sagan (SVK) Bora-Hansgrohe
2. Jasper Stuyven (Bel) Trek-Segafredo
3. Luke Rowe (GBR) Sky Team
4. Tiesj Benoot (Bel) Lotto-Soudal
5. Matteo Trentin (Ita) Quick-Step
6. Arnaud Demare (FRA) FDJ
7. Greg Van Avermaet (Bel) BMC
8. Oliver Naesen (Bel) AG2R La Mondiale
9. Zdenek Stybar (CZE) Quick-Step
10. Baptiste Planckaert (Bel) Katusha-Alpecin

Tour Abu Dhabi 2017 #1 Etapa Resultados.

cavendish

Mark Cavendish (Dimension Data) ganhou a etapa de abertura do Tour de Abu Dhabi 2017 nesta quinta-feira, enquanto os rivais Marcel Kittel (Quick-Step Floors) e Caleb Ewan (Orica-Scott) foram atingidos por um acidente antes da chegada.

O Manxman chegou  à frente de André Greipel (Lotto-Soudal) no sprint final da etapa através do deserto Abu Dhabi para ter sua primeira vitória da temporada. Niccolo Bonifazio (Bahrain-Mérida) atleta da equipe da casa chegou em terceiro lugar.

“Eu não posso culpar ninguém na equipe”, disse Cavendish depois da etapa. “Se eu tivesse perdido, teria sido apenas minha culpa. Foi o mesmo acabamento que no ano passado e eu estava apenas em terceiro lugar, então, com nós  cometemos alguns erros. Passamos pelo que fizemos de errado no ano passado, tentamos fazer o oposto e foi o que aconteceu “.

Conhecido como o “choque dos velocistas”, os fãs não puderam ver o embate com  Kittel e Ewan que cairam na prova antes da chegada.

Vários outros sprintistas  também foram envolvidos no acidente, dentre eles, Elia Viviani Team Sky perdeu dois companheiros de equipe no incidente , incluindo Welshman Owain Doull . Foi a corrida de estreia de Doull em 2017 depois de se recuperar da cirurgia para corrigir um apêndice que o viu perder o Tour Down Under em janeiro.

Alex Dowsett (Movistar) foi outro envolvido no acidente.

Pés e sapatilhas de Owain Doull “cortados pelo freio a disco” em Abu Dhabi.

sapatilha-doull

Um acidente no final da primeira deixou Owain Doull (Team Sky) com um corte no pé e na sapatilha Doull disse que estes foram causados pelos freios a disco de Marcel Kittel (Quick- Step Floors) que esteve envolvido no mesmo incidente.

Falando depois da etapa, Doull disse que tinha certeza de que eram os discos de freio de  Kittel que tinham cortado a sapatilha e seu pé.

“Aquilo foi definitivamente causados pelos freios,” disse Doull quando estava sendo  atendido pelos enfermeiros que estavam limpando suas feridas na parte traseira de sua perna.

“Foi direto através da minha sapatilha e no meu pé. Que sorte que não era a minha perna.

– Se essa tivesse sido a minha perna, teria sido cortada direto.

O sindicato dos ciclistas, e a Associação de Ciclistas Profissionais (CPA), tem pedido coberturas sobre os rotores e, nas últimas semanas, uma proibição completa .

“A menos que haja cobertura, caso contrário  você não deve usá-los”, acrescentou Doull.

Alberto Contador (Trek-Segafredo) também foi envolvido em acidente, com cerca de 4 km para o final. Uma rápida mudança de bicicleta com um colega de equipe foi rapidamente seguido pela maioria da equipe Trek ficando para acompanhar Contador de volta ao grupo. Antes da corrida, Contador havia dito que estaria trabalhando para Bauke Mollema, mas a resposta da equipe ao incidente sinaliza que Contador é co-líder.

Resultados.

1. Mark Cavendish (GBr) Dimension Data, in 4:37:06
2. André Greipel (Ger) Lotto-Soudal
3. Niccolo Bonifazio (Ita) Bahrain-Merida
4. Simone Consonni (Ita) UAE Team Emirates
5. Elia Viviani (Ita) Team Sky
6. Roger Kluge (Ger) Orica-Scott
7. Alexander Porsev (Rus) Gazprom-Rusvelo
8. Matteo Pelucchi (Ita) Bora-Hansgrohe
9. Nicola Ruffoni (Ita) Bardiani CSF
10. Eduard Grosu (Rom) Nippo-Vini Fantini

Classificação geral após a primeira etapa

1. Mark Cavendish (GBr) Dimension Data
2. Andre Greipel (Ger) Lotto-Soudal,  4s
3. Manuele Mori (Ita) UAE Team Emirates, 4s
4. Niccolo Bonifazio (Ita) Bahrain-Merida, 6s
5. Mirco Maestri (Ita) Bardiani-CSF,  8s
6. Kazishige Kuboki (Jpn) Nippo-Vini Fantini,  8s
7. Simone Consonni (Ita) UAE Team Emirates, 10s
8. Elia Viviani (Ita) Team Sky,  10s
9. Roger Kluge (Ger) Orica-Scott, 10s
10. Alexander Porsev (Rus) Gazprom-Rusvelo, 10s

Gp Sesc Ciclismo 2017.

imagem_release_874889

O ciclista Cristian Egídio, da Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde/Klabin/SME), venceu o GP SESC, disputado no último domingo (19), em Sorocaba. O pódio ainda teve Alex Diniz em segundo e Vitor Fonseca em terceiro, ambos da equipe de Taubaté. A prova é válida para o Ranking Brasileiro de Ciclismo de Estrada.

A prova foi disputada num circuito de 3km de baixo de um sol fortíssimo e teve a duração de 1h30. Foram 62 km percorridos no total, com velocidade média de 42 km/h dos ciclistas. Durante o percurso, houveram várias tentativas de fuga, até que no final, seis atletas se distanciaram do pelotão, sendo dois de Ribeirão: Cristian Egídio e Jeovane de Oliveira.

A vitória de Cristian veio no sprint final, deixando Alex Diniz e Vitor Fonseca, ambos de Taubaté, na segunda e terceira posições respectivamente.

Segundo o ciclista, a prova foi desgastante por causa do calor que fazia no horário. Cristian diz que a estratégia da equipe foi fundamental para a conquista. “Estou muito feliz com a vitória. Conseguimos cumprir à risca nossa estratégia e deu tudo certo. Muito bom começar o ano com título e toda a equipe ficou muito motivada para a continuação a temporada”.

Outra boa chegada foi a de Rodrigo Melo, que bateu o pelotão e terminou a prova na sexta posição.

O técnico Marcelo Donnabella classificou a prova como bem disputada. “A equipe mostrou um bom entrosamento, apesar de ser a primeira prova do ano. Foi bom começar com uma vitória”.

Donnabella também elogiou a participação dos reforços da equipe para a temporada, Cristian Egídio e Rodrigo Melo, que fizeram suas reestreias pela equipe na prova. “Eles retornaram à Ribeirão em um nível muito alto”.

O próximo desafio da Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde/Klabin/SME) é a Rutas do Uruguai, que será disputada entre os dias 28 de fevereiro e 5 de março, passando por Montevideo, Minas, Maldonado, Colônia e Paso de Los Toros.

Volta ao Algarve 2017 #4 Etapa.

greipel-algarve2017

André Greipel (Lotto-Soudal) venceu  a quarta etapa da Volta ao Algarve, exigindo a imagem do fotofinish  final para confirmar sua vitória sobre John Degenkolb (Trek-Segafredo).

André Greipel (Lotto-Soudal) venceu John Degenkolb (Trek-Segafredo) e Dylan Groenewegen (LottoNL-Jumbo) na quarta etapa do Volta ao Algarve neste sábado.

Desprovido de um trem de embalo da sua equipe, Greipel mostrou uma virada surpreendente com uma  velocidade para vir de longe e derrubar a liderança de Degenkolb nos últimos metros, com Groenewegen separados pela menor margem.

É a segunda vitória de Greipel da temporada – ele ganhou sua corrida de abertura no Challenge Maiorca – e sus quarta na história da corrida.

Primož Roglič, que assumiu a liderança depois da terceira etapa , terminou confortavelmente no grupo para garantir que ele vá para a fase final do domingo como líder.

Resultados.


2. John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo
3. Dylan Groenewegen (Ned) LottoNL-Jumbo
4. Arnaud Démare (Fra) FDJ
5. Jasper Steven (Bel) Trek-Segafredo
6. Andrea Pasqualon (Wanty-Groupe Robert)
7. Fernando Gaviria (Col) Quick-Step Floors
8. Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis
9. Michael Schwarzmann (Ger) Bora-Hansgrohe
10. Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data all at same time

Classificação

1. Primoz Roglic (Slo) Team LottoNL-Jumbo, 14:3420
2. Michael Kwiatkowski (Pol) Team Sky, at 22s
3. Jonathan Castroviejo (Esp) Movistar, at 36s
4. Tony Gallopin (Fra) Lotto-Soudal, at 55s
5. Luis Leon Sanchez (Esp) Astana, at 59s
6. Dan Martin (Irl) Quick-Step Floors, at 1:31
7. Tony Martin (Ger) Katusha-Alpecin, at 1:40
8. Tiesj Benoot (Bel) Lotto-Soudal, at 1:49
9. Amaro Manuel Antunes (Por) W52-FC Porto-Porto Canal, at 1:54
10.  Rinaldo Nocentini (Ita) Sporting Clube de Portuga/Tavira, 1:56

 Ruta Del Sol 2017 #4 Etapa.

coquard

Bryan Coquard (Direct Energie) foi o sprinter mais rápido na quarta etapa  da Ruta del Sol, com Alejandro Valverde (Movistar) permanecendo com a camisa de líder.

O francês Coquard ultrapassou Daniel Hoelgaard do FDJ nos 100 metros finais em Sevilha para ganhar por uma diferença de uma bicicleta. 

É a sua segunda vitória da temporada, acrescentando a sua vitória na quinta etapa da  Volta a la Comunitat Valenciana no início deste mês.

Valverde, que voltou a liderar ontem depois da prova de contrta relógio 12 km , terminou em 14º no sprint para garantir que ele entra na etapa final de domingo com a sua estreita vantagem de um segundo sobre Alberto Contador (Trek-Segafredo).

Resultados.

1. Bryan Coquard (Fra) Direct Energie em 4:10:33
2. Daniel Hoelgaard (Nor) FDJ
3. Hugo Hofstetter (Fra) Cofidis
4. Moreno Holanda (Ned) Lotto-Soudal
5. Raymond Kreder (Ned) Nederlandse Loterij
6. Mihkel Rain (Est) Academia de Ciclismo de Israel
7. Roman Maikin (Rus) Gazprom-RusVelo
8. Maxime Farazijn (Bel) Esporte Vlaanderen-Baloise
9. Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac
10. Eduard Prades Caja Rural-Seguros

Classificação geral após a terceira etapa.

1. Alejandro Valverde (Esp) Movistar, a 13:12:07
2. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo, a 1 segundo
3. Thibaut Pinot (Fra) FDJ, às 6s
4. Wout Poels (Ned) Team Sky ,  21s
5. Diego Rosa (Ita) Team Sky, a 45s
6. Mikel Landa (Esp) Team Sky, a 48s
7. Sebastián Reichenbach (Sui) FDJ, a 52s
8. Rigoberto Uran (Col) Cannondale -Drapac, 1:29
9. Ondrej Cink (Cze) Bahrain-Mérida, 1:48
10. Javier Moreno (Esp) Bahrein-Mérida, 1:50

Ruta Del Sol 2017 #3 Etapa.

valverde

A Ruta del Sol 2017 está emocionante e chega as duas últimas etapas após Alejandro Valverde (Movistar) reassumir a liderança por um segundo na terceira etapa no contra relógio.

O ciclista espanhol fez um excelente contra o relógio e terminou em segundo lugar atrás de Victor Campenaerts (LottoNL-Jumbo).

O belga foi um dos primeiros ciclistas a largar  no percurso montanhoso, e definiu o tempo mais rápido quando ele cruzou a linha, depois teve que aguentar uma longa espera para ver se ele seria o vencedor da etapa.

Fabio Felline (Trek-Segafredo) chegou a nove segundos do tempo de Campenaerts, mas ficou fora dos top 10 da geral.

Resultados.

1 Victor Campenaerts (Bel) Team LottoNl-Jumbo 0:14:55  
2 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team 0:00:01  
3 Alberto Contador (Spa) Trek-Segafredo 0:00:07  
4 Thibaut Pinot (Fra) FDJ 0:00:09  
5 Fabio Felline (Ita) Trek-Segafredo    
6 Wout Poels (Ned) Team Sky 0:00:16  
7 Tim Wellens (Bel) Lotto Soudal 0:00:20  
8 Vasil Kiryienka (Blr) Team Sky 0:00:21  
9 Tobias Ludvigsson (Swe) FDJ 0:00:25  
10 Matthias Brändle (Aut) Trek-Segafredo 0:00:28

 

Classificação Geral.

1 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team 9:01:34  
2 Alberto Contador (Spa) Trek-Segafredo 0:00:01  
3 Thibaut Pinot (Fra) FDJ 0:00:06  
4 Wout Poels (Ned) Team Sky 0:00:21  
5 Diego Rosa (Ita) Team Sky 0:00:45  
6 Mikel Landa (Spa) Team Sky 0:00:48  
7 Sébastien Reichenbach (Swi) FDJ 0:00:52  
8 Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac 0:01:29  
9 Ondrej Cink (Cze) Bahrain-Merida 0:01:48  
10 Javier Moreno (Spa) Bahrain-Merida 0:01:50

 Volta Ao Algarve 2017  #3 Etapa.

roglic

Primoz Roglic (LottoNL-Jumbo) assume a liderança da volta ao Algarve e Jonathan Castroviejo (Movistar) vence etapa.

Primoz Roglic (LottoNL-Jumbo) ficou em segundo lugar na etapa de quinta-feira, com uma forte passada  no contra relógio de hoje assumiu a liderança que era de  Dan Martin (Quick-Step Floors) na Volta ao Algarve .

O campeão nacional esloveno fez uma forte corrida no percurso plano e costeiro no sul de Portugal, ficando cinco segundos mais lento do que o vencedor da etapa Jonathan Castroviejo (Movistar) para terminar em terceiro lugar  e assumir a liderança geral da corrida.

Vencedor da etapa contra-relógio no ano passado no Giro d’Italia , Roglic era um dos favoritos na etapa, e andou bem ao longo da etapa geralmente plana, terminando apenas um segundo atrás do tempo campeão mundial de crono Tony Martin (Katusha- Alpecin).

Resultados.

1. Jonathan Castroviejo (Esp) Movistar, 21:24
2. Tony Martin (Ger) Katusha-Alpecin,  4s
3. Primoz Roglic (Slo) Team LottoNL-Jumbo, 5s
4. Michael Kwiatkowski (Pol) Team Sky, at
5. Lars Boom (Ned) Astana,  11s
6. Arnaud Demare (Fra) FDJ,  12s
7. Alex Dowsett (Gbr) Movistar,  16s
8. Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data,  20s
9. Nelson Oliveira (Por) Movistar, at
10. Tony Gallopin (Fra) Lotto-Soudal,  21s

Classificação Geral.

1. Primoz Roglic (Slo) Team LottoNL-Jumbo,  9:36:29
2. Michael Kwiatkowski (Pol) Team Sky,  22s
3. Jonathan Castroviejo (Esp) Movistar,  36s
4. Tony Gallopin (Fra) Lotto-Soudal,  55s
5. Luis Leon Sanchez (Esp) Astana,  59s
6. Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors, 1:31
7. Tony Martin (Ger) Katusha-Alpecin,  1:40
8. Tiesj Benoot (Bel) Lotto-Soudal,  1:49
9. Amaro Manuel Antunes (Por) W52-FC Porto-Porto Canal, 1:54
10.  Rinaldo Nocentini (Ita) Sporting Clube de Portuga/Tavira,1056

Rota Del  Sol 2017 #2 Etapa, Pinot (FDJ) Vence.

pinot

Thibaut Pinot (FDJ) venceu a etapa rainha da Ruta del Sol , pegando e passando a poucos metros da chegada  Alberto Contador (Trek-Segafredo) que teve se contentar com o segundo.

Contador tinha atacado no início da subida de seis quilômetros da Peña del Águila, abrindo rapidamente uma brecha sobre um grupo perseguidor de Pinot e o trio da Sky  Wout Poels, Diego Rosa e Mikel Landa com o líder da corrida Alejandro Valverde (Movistar) parecia estar em apuros atrás.

Mas  Contador atacou cedo demais e a poucos metros da chegada sentiu o peso dos ataques lançados, Pinot e Valverde estavam andando bem, e enquanto Valverde foi capaz de voltar para o pequeno grupo perseguidor para limitar suas perdas a sete segundos,

 Pinot tinha maiores aspirações de vencer a etapa.

O francês veio de longe atras dos atletas da Sky, e como a escalada era dura  no último quilômetro ele tinha Contador em sua alça de mira.

Foi uma espera agonizante enquanto Pinot seguia o seu caminho através dos últimos metros para alcançar a roda traseira de Contador, onde esperou por apenas um segundo antes de lançar um ataque pungente para ganhar a etapa por alguns comprimentos.

Apesar de perder a vitória da etapa, Contador ganhou tempo suficiente sobre Valverde para assumir a camisa de líder, enquanto Pinot subiu para o segundo lugar.

 

Resultados.

 
1. Thibaut Pinot (Fra) FDJ, in 4:44:03
2. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo  2 seconds
3. Alejandro Valverde (Esp) Movistar Team  7s
4. Ion Izaguirre (Esp) Bahrain-Merida, st
5.  Mikel Landa (Esp) Team Sky, at 9s
6. Diego Rosa (Ita) Team Sky, st
7. Wout Poels (Ned) Team Sky,  13s
8. Sébastien Reichenbach (Sui) FDJ, 28s
9. Pieter Weening (Ned) Roompot – Nederlandse Loterij  46s
10. Floris De Tier (Bel) Team LottoNl-Jumbo, st
 
Classificação Geral.
1. Alberto Contador (Esp) Trek-Segafredo, in 8:46:33
2 Thibaut Pinot (Fra) FDJ,  3s
3 Alejandro Valverde (Esp) Movistar Team,  5s
4 Jon Izaguirre (Esp) Bahrain-Merida, st
5 Diego Rosa (Ita) Team Sky, 7s
6 Wout Poels (Ned) Team Sky,  11s
7 Mikel Landa (Esp) Team Sky,  12s
8 Sébastien Reichenbach (Sui) FDJ,  26s
9 Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac,  49s
10 Pieter Weening (Ned) Roompot – Nederlandse Loterij  1:08

Tour Omã 2017 #2 Etapa.

soren

Soren Kragh Andersen de 22 anos ( Sunweb ) venceu a segunda etapa do Tour de Omã, batendo a Rui Costa (Team Abu Dhabi) segundo  e Ben Hermans (BMC Racing) terceiro em Quriyat .

 

O dinamarquês, que venceu a camisa branca no Tour do Qatar no ano passado, fez seu sprint perfeitamente depois de vários ataques dentro do pelotão.

Resultados.
1 Søren Kragh Andersen (Den) Team Sunweb 3:53:11  
2 Rui Costa (Por) Team UAE Abu Dhabi    
3 Ben Hermans (Bel) BMC Racing Team    
4 Laurens De Plus (Bel) Quick-Step Floors    
5 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team    
6 David De La Cruz (Spa) Quick-Step Floors    
7 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale    
8 Merhawi Kudus (Eri) Dimension Data    
9 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team 0:00:04  
10 Lachlan Morton (Aus) Dimension Data
Classificação Geral.
1 Ben Hermans (Bel) BMC Racing Team 11:00:15  
2 Rui Costa (Por) Team UAE Abu Dhabi 0:00:02  
3 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team 0:00:10  
4 Merhawi Kudus (Eri) Dimension Data 0:00:18  
5 David De La Cruz (Spa) Quick-Step Floors 0:00:21  
6 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale    
7 Laurens De Plus (Bel) Quick-Step Floors    
8 Søren Kragh Andersen (Den) Team Sunweb    
9 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team 0:00:25  
10 Janier Acevedo (Col) UnitedHealthcare Professional Cycling Team

Volta Ao Algarve 2017 #1 Etapa.

gaviria

Fernando Gaviria ( Quick-Step Floors ) conquistou a primeira vitória europeia da temporada, depois de um ataque tardio de seu companheiro de equipe Max Richeze para conquistar a primeira camisa de líder da Volta ao Algarve .

Richeze lançou um ataque inicial, queimando a liderança de Cofidis para Bouhanni. 

Bouhanni começou seu sprint cedo mas terminou em terceiro, quando Gaviria se posicionou na roda de Andre Greipel e quando Gaviria aumentou faltando 150m deixando  o alemão em segundo na etapa.

“Estou muito feliz, porque acabei de voltar da Colômbia, onde eu trabalhei muito bem, e esta vitória mostra isso”, disse Gaviria. “Foi um sprint real, com alguns dos sprinters mais rápidos do mundo lutando pela vitória, e Vencê-los é realmente agradável, especialmente com o vento bastante forte. Um grande obrigado à equipe, porque eles foram perfeitos e fizeram um excelente trabalho hoje. “

Gaviria também revelou que tinha uma motivação especial para vencer o etapa: “Ontem eu fiz uma aposta com Davide Bramati, que prometeu que se eu ganhar uma etapa aqui, então eu tenho luz verde para se alinhar no Campeonato Nacional em 26 de fevereiro. Estou feliz por ter ganho esta aposta e ter o bilhete para a Colômbia. Seria um orgulho enorme usar esta linda camisa pelo menos uma vez na minha carreira e espero que aconteça este ano “.

Resultados.

1 Fernando Gaviria (Col) Quick-Step Floors 4:28:31  
2 André Greipel (Ger) Lotto Soudal    
3 Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis, Solutions Credits    
4 Dylan Groenewegen (Ned) Team LottoNl-Jumbo    
5 John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo    
6 Baptiste Planckaert (Bel) Katusha-Alpecin    
7 Matteo Trentin (Ita) Quick-Step Floors    
8 Andrea Pasqualon (Ita) Wanty – Groupe Gobert    
9 Lukasz Wisniowski (Pol) Team Sky    
10 Edvald Boasson Hagen (Nor) Dimension Data

Classificação Geral.

1 Fernando Gaviria (Col) Quick-Step Floors 4:28:21  
2 Christoph Pfingsten (Ger) Bora-Hansgrohe 0:00:01  
3 André Greipel (Ger) Lotto Soudal 0:00:04  
4 Justin Oien (USA) Caja Rural-Seguros RGA    
5 Nacer Bouhanni (Fra) Cofidis, Solutions Credits 0:00:06  
6 João Benta (Por) RP – Boavista 0:00:08  
7 Dylan Groenewegen (Ned) Team LottoNl-Jumbo 0:00:10  
8 John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo    
9 Baptiste Planckaert (Bel) Katusha-Alpecin    
10 Matteo Trentin (Ita) Quick-Step Floors

Ruta del Sol 2017 #1 Etapa.

valverde

Alejandro Valverde (Movistar) , venceu a primeira etapa da Ruta del Sol nesta quarta-feira em Granada. 

O espanhol de 36 anos saiu o vencedor de uma fuga de seis homens, WoutPoels (Sky) foi o segundo e Sebastian Reichenbach (FDJ) o terceiro em um dia montanhoso de 155km  no sul da Espanha.

“Nós não poderíamos ter começado de uma maneira melhor, no fim de contas, temos uma vitória da etapa tudo o que vier depois disso será um presente para nós”, disse Valverde.

“Sabíamos que Contador estaria bem, e ele mostrou que estava disposto a lutar quando sua equipe começou a assumir a frente do pelotão sem pedir a ninguém para ajudá-los.

Ele jogou suas cartas e realmente fez a diferença, mas defendemos Quando estávamos nós dois sozinhos na frente, era complicado continuar puxando porque seus ataques não deixavam espaço para respirar. Além disso, havia um grupo com três atletas da Sky, o que dificultava a fuga.

“No final, decidi dar um ataque na última encosta e abri um vantagem, mas foi difícil levar e fazer crescer a diferença e terminar sozinho, então eu escolhi esperar Ion e Alberto,  lembrando que eu era o mais rápido em um sprint curto, e no final foi um bom resultado para nós – é a vitória que conta aqui. “

Resultados.

1 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team 4:02:28  
2 Wout Poels (Ned) Team Sky    
3 Sébastien Reichenbach (Swi) FDJ    
4 Diego Rosa (Ita) Team Sky    
5 Jon Izaguirre (Spa) Bahrain-Merida    
6 Alberto Contador (Spa) Trek-Segafredo    
7 Thibaut Pinot (Fra) FDJ 0:00:05  
8 Mikel Landa (Spa) Team Sky    
9 Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac    
10 Warren Barguil (Fra) Team Sunweb

Classificação Geral.

1 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team 4:02:28  
2 Wout Poels (Ned) Team Sky    
3 Sébastien Reichenbach (Swi) FDJ    
4 Diego Rosa (Ita) Team Sky    
5 Jon Izaguirre (Spa) Bahrain-Merida    
6 Alberto Contador (Spa) Trek-Segafredo    
7 Thibaut Pinot (Fra) FDJ 0:00:05  
8 Mikel Landa (Spa) Team Sky    
9 Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac    
10 Warren Barguil (Fra) Team Sunweb  

Jayco Herald Sun 2017, #2 Etapa Resultados.

luke-rowe

Luke Rowe (Team Sky) venceu a segunda etapa  da Jayco Herald Sun Tour na Austrália nesta sexta-feira depois de atacar a fuga do dia da qual estava junto, tendo a sua primeira vitória desde 2012.

Rowe estava escapado com um grupo de 10 atletas, e optou por atacar  na subida final do dia.

O ex-companheiro de Rowe, o irlandês Conor Dunne (Aqua Blue Sport), chegou em segundo lugar a 33 segundos, com o americano Tanner Putt (UnitedHealthcare) em terceiro a 56 segundos.

“Nós dissemos no final do ano passado que já era hora de ganhar algo”, Rowe disse após o término. Sua última vitória foi em  2012 Tour of Britain .

“É meio surreal colocar as mãos no ar novamente e passar pelos movimentos vencedores quando você passa a maior parte do seu tempo trabalhando para os outros. Quando você obtém metade de uma oportunidade, você precisa pegá-la e é exatamente o que eu fiz hoje “.


//players.brightcove.net/26996914001/default_default/index.html?videoId=5309366905001

Resultados.

1. Luke Rowe (GBr) Team Sky, in 4-08-23
2. Conor Dunne (Irl) Aqua Blue Sport, at 33 secs
3. Tanner Putt (USA) UnitedHealthcare, at 56 secs
4. Robbie Hucker (Aus) IsoWhey Sports-Swiss Wellness, at 57 secs
5. Steve Lampier (GBr) JLT Condor, at same time
6. Cameron Meyer (Aus) Korda Menthe Real Estate-Australia, 1:12s
7. Martijn Tusveld (Ned) Roompot-Nederlandse Loterij, at 1:17s
8. Janier Acevedo (Col) UnitedHealthcare
9. Ian Bibby (GBr) JLT Condor
10. Lucas Hamilton (Aus) Korda Menthe Real Estate-Australia

Classificação Geral.

1. Damien Howson (Aus) Orica-Scott, in 8:46:12
2. Jai Hindley (Aus) Korda Menthe Real Estate-Australia, at 38 secs
3. Kenny Elissonde (Fra) Team Sky, at 53 secs
4. Cameron Meyer (Aus) Korda Menthe Real Estate-Australia, at 1:08
5. Michael Storer (Aus) Korda Menthe Real Estate-Australia, at 1:10
6. Chris Froome (GBr) Team Sky, at 1:12
7. Lucas Hamilton (Aus) Korda Menthe Real Estate-Australia, at 1:13
8. Nathan Earle (Aus) Korda Menthe Real Estate-Australia, at 1:15
9. Esteban Chaves (Col) Orica-Scott, at 1:15
10. Timothy Roe (Aus) IsoWhey Sports-Swiss Wellness, at 1:17

Volta a Comunidade Valenciana 2017 #2 etapa.

martin

Tony Martin ( Katusha-Alpecin ) venceu escapado depois de um ataque ousado na 2ª etapa da Volta a Comunidade Valenciana .

Depois de um dia decepcionante na abertura, Martin deu  sua primeira vitória para sua nova equipe  e a segunda em menos de uma hora depois que seu companheiro de equipe Alexander Kristoff venceu no Etoile de Besseges.

Martin passou com um grupo de ciclistas quando se aproximaram da subida final, mas os deixou para trás na descida. 

O atleta da Katusha desceu forte e contornando as curvas no limite  na cidade litorânea  de Denia.

O grupo atrás estava apenas alguns segundos atrás dele quando, mas o campeão mundial de contra relógio mostrou o valor de seu título e levou forte até cruzar a linha chegada escapado.

Nairo Quintana (Movistar) lançou um ataque tardio, mas conseguiu  uns  segundos de bônus na classificação geral.

Greg Van Avermaet (BMC Racing), estava  terceiro pelotão a 19 segundos depois de Martin, e assumiu a camisa amarela, enquanto o campeão Wout Poels (Team Sky) perdeu no final  quase um minuto para Martin.

Resultados.

1 Tony Martin (Ger) Katusha-Alpecin 4:44:35  
2 Pim Ligthart (Ned) Roompot – Nederlandse Loterij 0:00:11  
3 Primoz Roglic (Slo) Team LottoNl-Jumbo    
4 David De La Cruz (Spa) Quick-Step Floors    
5 Michele Scarponi (Ita) Astana Pro Team 0:00:12  
6 Amaro Antunes (Por) W52/FC Porto    
7 Nairo Quintana (Col) Movistar Team    
8 Greg Van Avermaet (Bel) BMC Racing Team 0:00:19  
9 Philippe Gilbert (Bel) Quick-Step Floors    
10 Kristian Sbaragli (Ita) Dimension Data  

Tour de Dubai 2017 #3 Etapa.

degenkolb

John Degenkolb ( Trek-Segafredo ) teve uma vitória apertada sobre Reinardt Janse (Dimension Data) segundo e Sonny Colbrelli (Bahrain Merida) terceiro, na terceira etapa do tour Dubai 2017.

O líder da corrida, Marcel Kittel, que foi supostamente atingido por outro ciclista em seu rosto com um soco  durante a, etapa foi bloqueado no sprint  e terminou fora do top ten mas com mesmo tempo do vencedor.

Briga no meio do pelotão.

 Andriy Grivko (Astana) foi desqualificado do tour  Dubai devido ao incidente com o lider da corrida Marcel Kittel .

kittel-grivko

O sprinter alemão teve o supercílio cortado e sangrando devido a um soco dado pelo atleta da Astana no meio da terceira etapa  desta quinta-feira, Kittel disse aos repórteres na chegada que este não foi o resultado de qualquer incidente de uma corrida normal.

“Não, eu não bati. Fui golpeado por Grivko da Astana na minha cara. Certamente não era justo, e com certeza isso me afetou. “

Tempestade de areia e ventos cruzados causam caos e falhas no Dubai Tour.

Kittel foi visto em discussões com os comissários de corrida no meio do palco, e depois do final os oficiais da UCI tomaram a decisão de desqualificar Andrei Grivko sobre o incidente.

Nem Kittel nem Grivko comentaram as circunstâncias exatas da briga, apesar de alguns pilotos terem dito após a corrida que Kittel estava criticando outros por uma condução perigosa, antes que Grivko subisse e o golpeasse.

Segundo o ex- Tour de France camisa verde Robbie McEwen, um piloto que já foi desclassificada de uma etapa do Tour de cabeçadas colega australiano Stuart O’Grady em um sprint grupo, Grivko não foi avessos ao uso de táticas semelhantes no passado.

Tempestade de areia e vento cruzado.

Os ciclistas tiveram de lidar com condições extremas  no tour de Dubai nesta terceira etapa, como uma tempestade de areia.

A etapa de 200 km cruzou os Emirados Árabes Unidos, e com a estação de alimentação posicionada em uma parte remota do deserto, foi as piores condições encontradas.

Um número de equipes postou vídeos no Twitter e Instagram, com a vista da frente do carro da equipe  as condições eram muito ruim.

Resultados.

1 John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo 4:03:08
2 Reinardt Janse Van Rensburg (RSA) Dimension Data
3 Sonny Colbrelli (Ita) Bahrain-Merida
4 Juan Jose Lobato (Spa) Team LottoNl-Jumbo
5 Riccardo Minali (Ita) Astana Pro Team
6 Jean-Pierre Drucker (Lux) BMC Racing Team
7 Elia Viviani (Ita) Team Sky
8 Dylan Groenewegen (Ned) Team LottoNl-Jumbo
9 Adam Blythe (GBr) Aqua Blue Sport
10 Daniele Bennati (Ita) Movistar Team

Classufucação Geral.

1 Marcel Kittel (Ger) Quick-Step Floors 12:34:54
2 Dylan Groenewegen (Ned) Team LottoNl-Jumbo 0:00:08
3 John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo 0:00:10
4 Nicola Boem (Ita) Bardiani CSF 0:00:13
5 Jean-Pierre Drucker (Lux) BMC Racing Team 0:00:14
6 Reinardt Janse Van Rensburg (RSA) Dimension Data
7 Alex Dowsett (GBr) Movistar Team
8 Thomas Stewart (GBr) ONE Pro Cycling
9 Jakub Mareczko (Ita) Wilier Triestina 0:00:16
10 Mark Cavendish (GBr) Dimension Data

Tour de Dubai 2017 #1 Etapa.

kittel-dubai

Marcel Kittel ( Quick-Step ) venceu a 1ª etapa do Tour Dubai no Sprint sobre seus fortes concorrentes Cavendish e Degenkolb.

O alemão foi entregue perfeitamente à linha pelos seus companheiros de equipe e abriu seu sprint com 150 metros para linha.

Dylan Groenewegen (Lotto Jumbo NL) estava na roda traseira de Kittel, mas foi incapaz de passar, enquanto Mark Cavendish (Dimension Data) foi forçado a se contentar com o terceiro.

Kittel, que venceu o título geral em Dubai no ano passado, lidera a corrida com mais quatro etapas restantes.

O percurso totalmente plano sempre foi projetado para os melhores sprinters do mundo, Kittel, Cavendish, John Degenkolb e Elia Viviani todos na lista de favoritos, havia pouca chance de uma fuga ter sucesso.

Faltando 24 quilometros para o termino da etapa houve um acidente em uma entrada de rotatória que estava mal sinalizada e neste tombo estava nosso representante o  Brasileiro Rafael Andriato (Wilier Trientina) mas nada de mais grave aconteceu somente algumas escoriações e ele retornou a prova.

Resultados.

1 Marcel Kittel (Ger) Quick-Step Floors 4:06:33  
2 Dylan Groenewegen (Ned) Team LottoNl-Jumbo    
3 Mark Cavendish (GBr) Dimension Data    
4 John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo    
5 Sacha Modolo (Ita) Team UAE Abu Dhabi    
6 Elia Viviani (Ita) Team Sky    
7 Jean-Pierre Drucker (Lux) BMC Racing Team    
8 Simone Consonni (Ita) Team UAE Abu Dhabi    
9 Steele Von Hoff (Aus) ONE Pro Cycling    
10 Adam Blythe (GBr) Aqua Blue Sport

Classificação Geral.

1 Marcel Kittel (Ger) Quick-Step Floors 4:06:23  
2 Nicola Boem (Ita) Bardiani CSF 0:00:03  
3 Dylan Groenewegen (Ned) Team LottoNl-Jumbo 0:00:04  
4 Thomas Stewart (GBr) ONE Pro Cycling    
5 Mark Cavendish (GBr) Dimension Data 0:00:06  
6 Silvan Dillier (Swi) BMC Racing Team    
7 John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo 0:00:10  
8 Sacha Modolo (Ita) Team UAE Abu Dhabi    
9 Elia Viviani (Ita) Team Sky    
10 Jean-Pierre Drucker (Lux) BMC Racing Team

Van Aert conquista o segundo título mundial consecutivo de ciclocross

aert

Depois de uma corrida tumultuada, Wout Van Aert (Bélgica) conseguiu o seu segundo título mundial ciclo-cross em Bieles, Luxemburgo.

 Depois de uma semana com temperaturas congelantes, o degelo veio e uma enorme quantidade de rochas surgiu na área industrial remodelada. Inúmeros Problemas mecânicos arruinou a corrida da elite masculina, tirando grande adversário de Van Aert Mathieu van der Poel (Países Baixos), que terminou como vice-campeão na longa distância. Kevin Pauwels (Bélgica) venceu a batalha pelo terceiro lugar a mais de dois minutos do vencedor Van Aert.

“Pensei que seria uma corrida para o segundo lugar, mas na segunda volta encontrei meu  ritmo”, disse Van Aert.

“Eu realmente não esperava isso”, disse Van Aert na entrevista pós-corrida. “Na semana passada passei uma semana sem bicicleta, parecia que ninguém acreditava em mim, não foi a melhor preparação, só queria dar gás por uma hora, também é uma pena que a má sorte  com Mathieu  Claro que não podia esperar por isso, estou tão feliz com o meu segundo título mundial “.

Resultados.

1 Wout Van Aert (Belgium) 1:02:08
2 Mathieu van der Poel (Netherlands) 0:00:44
3 Kevin Pauwels (Belgium) 0:02:09
4 Lars van der Haar (Netherlands) 0:02:52
5 Corne Van Kessel (Netherlands) 0:03:09
6 Laurens Sweeck (Belgium) 0:03:29
7 Michael Boroš (Czech Republic) 0:03:47
8 Gianni Vermeersch (Belgium) 0:04:02
9 Simon Zahner (Switzerland) 0:04:08
10 Sascha Weber (Germany) 0:04:29

Vuelta a San Juan 2017 #3 Etapa.

navardauskas

O lituano Navardauskas fez um contra- relógio inigualável na terceira etapa da vuelta a San Juan na argentina, com Nibali ficando a  35 segundos,  agora ele lidera a corrida por três segundos a frente de Bauke Mollema.

Nibali, naturalmente, foi um dos grandes favoritos da pré-corrida, mas a vitória de Navardauskas cria um dilema sobre a liderança e abordagem para equipe Bahrain-Mérida na 5ª etapa que termina ao alto – a única outra etapa decisiva aqui a partir de uma perspectiva de classificação geral.

 Há muita escalada no pacífico, e a escalada final sobe para mais de 2.500m, mas, como Mollema explicou na conferência de imprensa pós-corrida, muitos ciclistas foram reconhecer e duvido que será muito seletivo, com longa reta  e uma inclinação constante com médias apenas 4.4 por cento.

Navardauskas é um sólido all-rounder, mas, apesar liderar a prova ele indicou que Nibali ainda está no topo da equipe.

“Vamos ver no dia. Vincenzo é um grande ciclista, e nossas esperanças estão com ele “, disse ele.” O dia de escalada será muito difícil. Vamos precisar de toda a equipe para obter um bom resultado e ainda Nibali é o melhor para fazê-lo. É triste dizer, mas acho que Nibali ainda é muito melhor para a escalada – mesmo que não seja tão íngreme. “

Você sente que Nibali não vai se importar muito de qualquer maneira, e é sem dúvida mais satisfeito que um dos ciclistas que foi selecionado para ser domestique para ele no Giro d’Italia em maio consiga uma performance tão forte nesta etapa.

“É a primeira corrida do ano e cada ciclista tem uma forma diferente”, disse Navardauskas. “Você está sempre nervoso antes da primeira corrida porque você não sabe como estão suas pernas, mas os resultados mostram se você está pronto ou não.”

Navardauskas sentiu que era hora de agitar as coisas depois de seis anos com Jonathan Vaughters na equipe Slipstream  e mudou-se para a equipe Bahrain-Mérida para um novo desafio.

“Espero não decepcioná-los”, foram suas palavras humildes em um campo de treinamento pré-temporada, mas ele acabou responsável por um momento extremamente significativo na história da equipe.

“Ser o primeiro a vencer para a equipe, é algo especial para toda a equipe”, disse ele. “E com certeza não será o último. Ele mostra como a equipe está em boa forma e estamos ansiosos para ter uma boa temporada. “

Resultados.

1. Ramunas Navardauskas (LTU/Bahrain-Merida) – 14:03
2. Bauke Mollema (NED/Trek-Segafredo) a 0:03
3. Matthias Brändle (AUT/Trek-Segafredo) a 0:07
4. Rémi Cavagna (FRA/Quick Step) a 0:07
5. Walter Alejandro Vargas (COL/Medellín-Inder) a 0:17
6. Sebastian Martin Junior (ARG/Italomat-Dogo) a 0:19
7. ÓSCAR SEVILLA (ESP/Medellín-Inder) a 0:19
8. Laureano Rosas (ARG/Sel. de Argentina) a 0:21
9. Ricardo Escuela (ARG/AC Virgen de Fátima) a 0:32
10. Kanstantsin Siutsou (BLR/Bahrain-Merida) a 0:32
 

Classificação Geral.

1. Ramunas Navardauskas (LTU/Bahrain-Merida) – 6:22:27
2. Bauke Mollema (NED/Trek-Segafredo) a 0:03
3. Matthias Brändle (AUT/Trek-Segafredo) a 0:07
4. Rémi Cavagna (FRA/Quick Step) a 0:07
5. Sebastian Martin Junior (ARG/Italomat-Dogo) a 0:19
6. ÓSCAR SEVILLA (ESP/Medellín-Inder) a 0:19
7. Laureano Rosas (ARG/Sel. de Argentina) a 0:21
8. Elia Viviani (ITA/Sel. de Italia) a 0:23
9. Tom Boonen (BEL/Quick Step) a 0:29
10. Ricardo Escuela (ARG/AC Virgen de Fátima) a 0:32

Vuelta a San Juan 2017 #2 Etapa.

boonen

Quick-Step fez uma dobradinha com  Tom Boonen e Fernando Gaviria invertendo a ordem  da chegada da 1ª etapa,  com o belga, tendo a sua primeira vitória da temporada.

Elia Viviani (Itália) foi novamente segundo,  Matteo Malucelli (Androni) foi terceiro lugar, e agora se move para a liderança geral da corrida.

Antes da corrida, havia pontos de interrogação sobre a liderança na equipe belga, com Gaviria sempre forte na Argentina em janeiro e Boonen desejoso de dar início à sua campanha final com uma vitória moral, e poderia ter sido considerado um risco para mudar a fórmula Que tinha funcionado tão bem no primeiro dia.

Mas o diretor esportivo Davide Bramati apontou que esta é a primeira corrida da temporada, relativamente pequena, e que  você não pode agitar as coisas agora, quando você pode? No final, a decisão foi ricamente recompensada, e a equipe QuickStep agora tem dois ciclistas dando alta confiança e um espírito de equipe.

“É apenas o início da temporada, mas o nível em San Juan é  bom.Fico feliz em vencer na Argentina, na frente desses fãs inacreditáveis.É incrível quantas pessoas vieram no início e no final, você pode realmente sentir o quanto eles amam o ciclismo e são apaixonados por isso “, disse Boonen após sua primeira vitória na estrada em uma bicicleta com freio a disco.

Resultados.

1 Tom Boonen (Bel) Quick-Step Floors 3:00:40  
2 Elia Viviani (Ita) Italy    
3 Matteo Malucelli (Ita) Androni Giocattoli – Sidermec    
4 Daniel Ricardo Escuela (Arg) Agrupacion Virgen De Fatima    
5 Andrea Guardini (Ita) UAE Abu Dhabi    
6 Ramunas Navardauskas (Ltu) Bahrain Merida Pro Cycling Team    
7 Luke Keough (USA) UnitedHealthcare Pro Cycling Team    
8 Manuel Belletti (Ita) Wilier Triestina    
9 Eugenio Alafaci (Ita) Trek – Segafredo    
10 Mattia Viel (Ita) Unieuro Trevigiani – Hemus 1896

Classificação Geral.

1 Elia Viviani (Ita) Italy 6:08:12  
2 Fernando Gaviria Rendon (Col) Quick-Step Floors 0:00:01  
3 Tom Boonen (Bel) Quick-Step Floors 0:00:02  
4 Franco German Lopez (Arg) Agrupacion Virgen De Fatima 0:00:06  
5 Matteo Malucelli (Ita) Androni Giocattoli – Sidermec 0:00:08  
6 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain Merida Pro Cycling Team 0:00:12  
7 Gavin Mannion (USA) UnitedHealthcare Pro Cycling Team    
8 Duilio Ramos (Arg) Asociacion Civil Mardan    
9 Oscar Sevilla Ribera (Spa) Medellin – Inder    
10 Bauke Mollema (Ned) Trek – Segafredo

 

Tour de San Juan 2017 #1 Etapa.

gaviria

Pelo terceiro ano consecutivo, Fernando Gaviria (Quick-Step) abriu sua temporada com a vitória na Argentina, superando o Italiano Elia Viviani no sprint final em San Juan.

O colombiano era o  favorito após sua equipe assumir o controle dentro dos quilômetros finais da corrida e Tom Boonen  foi o último homem de embalo do Colombiano.

A etapa plana, de 142,5 km, começando e terminando na cidade de San Juan, assim que a corrida foi mergulhada no caos nos últimos dois quilômetros, O pelotão deu um giro errado no circuito.

“Metade do pelotão foi  para a direita, e a outra metade para a esquerda,” Darwin Atapuma , no grupo errado, disse na linha de chegada. “O primeiro grupo viu que havia espaço à direita, e foi por esse caminho, mas eles indicaram que os ciclistas fossem para a esquerda.”

Os ciclistas correram para voltar ao percurso correto e um pelotão fragmentado e confuso cruzou a linha. O júri decidiu que todos os atletas seriam premiados ao mesmo tempo.

Apesar do caos, Gaviria seguiu em frente para conquistar a vitória. Antes da corrida havia pontos de interrogação sobre a liderança na equipe QuickStep, com Tom Boonen afirmando seu desejo de obter um resultado e começar a bola rolando na última temporada de sua carreira.

Depois de hoje, os diretores esportivos acharão difícil removê-lo do papel de líder, ele teve um desempenho tão bom quanto a QuickStep previu dominar o último quilômetro, com Maximiliano Richeze o último homem antes de Boonen.

Nosso representante da Região o ciclista Luan da Mata  (Italomat-dogo) foi o melhor Brasileiro na etapa terminando na 60ª posição com o mesmo tempo do vencedor.

Luan que é da cidade de Santa Rosa do Viterbo, está correndo esta temporada para a equipe Argentina Italomat-dogo.

Resultados.

1 Fernando Gaviria Rendon (Col) Quick-Step Floors 3:07:44  
2 Elia Viviani (Ita) Italy    
3 Nicolas Marini (Ita) Nippo – Vini Fantini    
4 Matteo Malucelli (Ita) Androni Giocattoli – Sidermec    
5 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain Merida Pro Cycling Team    
6 Tom Boonen (Bel) Quick-Step Floors    
7 Matthias Brändle (Aut) Trek – Segafredo    
8 Alan Ramirez (Arg) Municipalidad de Rawson Somos Todos    
9 Bauke Mollema (Ned) Trek – Segafredo    
10 Oscar Sevilla Ribera (Spa) Medellin – Inder  
60 Luan Damatia (Bra) Italomat-dogo

Classificação Geral.

1 Fernando Gaviria Rendon (Col) Quick-Step Floors 3:07:34  
2 Elia Viviani (Ita) Italy 0:00:04  
3 Franco German Lopez (Arg) Agrupacion Virgen De Fatima    
4 Nicolas Marini (Ita) Nippo – Vini Fantini 0:00:06  
5 Iginio Daniel Lucero (Arg) Municipalidad de Rawson Somos Todos 0:00:08  
6 Leonardo Rodriguez (Arg) Asociacion Civil Mardan    
7 Rubén Ramos (Arg) Argentina 0:00:09  
8 Pedro Cristian Gonzalez (Arg) Equipo Continental Municipalidad de Pocito    
9 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain Merida Pro Cycling Team 0:00:10  
10 Tom Boonen (Bel) Quick-Step Floors

Tour Down Under 2017 #3 Etapa Resultados.

 caleb

Caleb Ewan ( Orcia-Scott ) venceu  Peter Sagan ( Bora-Hansgrohe )  em cima da linha para conseguir a  sua segunda vitória de etapa do Tour Down Under 2017 nesta quinta-feira durante a  3ª etapa  em Victor Harbor.

Mais uma vez, Ewan confiou na paciência e velocidade de ponta para vim passando Sagan, que obteve uma boa diferençal na reta final, mas não foi capaz de segurar o australiano Sagan foi  o segundo, enquanto Bonifácio Nizzolo Bahrein-Mérida foi terceiro.

“Foi definitivamente satisfatório”, disse Ewan sobre a sua segunda vitória na corrida deste ano. “Ficou realmente muito agitado no final e eu pensei que no último ‘km’ eu estava muito longe, mas felizmente eu fiz o meu caminho certo do sprint e tive uma boa corrida para o sprint.

Ewan e os sprinters do tour também tiveram que tratar de um ruído elétrico imediatamente antes do quilômetro final.

“Eu perdi meu último cara, Daryl Impey no acidente, então isso foi um grande golpe”, disse Ewan. “Mas eu me agarrei firme e tentei saltar para algumas rodas e deu certo no final. “

Richie Porte (BMC Racing) continua liderando por 20 segundos sobre Gorka Izagirre (Movistar) e 22 segundos sobre Esteban Chaves (Orica-Scott). Porte tem mais quatro etapas para defender sua liderança.

“É claro que quando você recebe a camisa, faz com que você lute um pouco mais”, disse ele depois da etapa de hoje. “Estou em uma boa posição, mas o trabalho ainda não acabou.”

Resultados.

 

1 Caleb Ewan (Aus) Orica-Scott 3:24:45
2 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe
3 Niccolò Bonifazio (Ita) Bahrain-Merida
4 Danny van Poppel (Ned) Team Sky
5 Edward Theuns (Bel) Trek-Segafredo
6 Nikias Arndt (Ger) Team Sunweb
7 Sean De Bie (Bel) Lotto Soudal
8 Lorrenzo Manzin (Fra) FDJ
9 Ruben Guerreiro (Por) Trek-Segafredo
10 Baptiste Planckaert (Bel) Katusha-Alpecin

 

Classificação Geral. 

1 Richie Porte (Aus) BMC Racing Team 10:34:59
2 Gorka Izagirre Insausti (Spa) Movistar Team 0:00:20
3 Esteban Chaves (Col) Orica-Scott 0:00:22
4 Jay McCarthy (Aus) Bora-Hansgrohe 0:00:24
5 Nathan Haas (Aus) Dimension Data 0:00:27
6 Rohan Dennis (Aus) BMC Racing Team 0:00:29
7 Luis León Sánchez (Spa) Astana Pro Team
8 Diego Ulissi (Ita) Team UAE Abu Dhabi