Equipe Tinkoff Com Seu Futuro Incerto.

tinkoff

Apesar do tempo estar se esgotando, Stefano Feltrin ainda está seguro  e tem a esperança de encontrar um patrocinador para a equipe Tinkoff para o próximo ano.

O gerente geral italiano definir o final do Giro d’Italia como um prazo provisório para encontrar um patrocinador para 2017, mas confirmou que ele ainda está mais perto e que a busca continua.

 A equipe atual é patrocinado por Oleg Tinkov mas o empresário russo anunciou que no final do ano  ele iria acabar com seu patrocínio em dezembro.

“Infelizmente não há uma garantia ainda não conseguimos nenhum patrocínio”, disse Feltrin.

“A data do Giro era o objetivo e isso é onde estamos, mas as coisas ainda estão abertas.

A equipe é patrocinada até o final do ano, mas eu sou otimista e nos daria uma chance de 50 por cento.

“Talvez eu sou um mau gerente, mas nós somos a equipe número um e estamos no topo do ranking por dois meses com o número de ciclistas  ainda não podemos garantir um patrocinador. Isso é uma derrota para o ciclismo. “

Feltrin se reuniu com várias partes, incluindo o  fornecedor de bicicleta Specialized, com vista a aumentar o seu investimento na equipe. No entanto, a fabricante parece manter suas associações com várias equipes no WorldTour, ao invés de se concentrar em uma em particular.

“Reunimo-nos com eles e foi uma boa conversa. Eu não quero falar, mas é evidente que a sua estratégia é diferente da outra fabrica de bicicletas”, disse Feltrin.

“Eles não possuem uma equipe e eles decidiram que a melhor opção é a de ser o patrocinador técnico para muitas equipes. Isso funciona para eles então não há nada de novo nisso. Não há nenhuma indicação que irão mudar.”

Parece difícil imaginar – embora não impossível, dado que um número de equipes são financiados desta forma – mas Feltrin pode ter que esperar por um ciclismo diferente, e altos níveis investimentos de capital, a fim de salvar seu esquadrão de 27 atletas.

Grande parte da frustração de Feltrin é uma falta de organização e clareza da entidade que comanda o esporte, a UCI, ainda não definiu os planos concretos para as licenças worldtour para 2017.

Planos foram sustentados por lutas de poder e desentendimentos com os proprietários do Tour de France, (ASO). Feltrin, também lamentou a saída de seu chefe,Tinkov,  a atual estrutura de patrocínio dentro do esporte.

“Neste ponto, é no final da temporada  perguntas devem ser feitas para a UCI, como será as regras para 2017”, disse ele. 

“Essa é a questão número um que o ciclismo tem, e que as equipes têm. O modelo de negócio não está lá e o peso do patrocínio é demais. É razoável para um patrocinador ter que cobrir cerca de 80 por cento do orçamento da equipe .

Enquanto Feltrin mantém a esperança, ele também falou dos ciclistas de sua equipe.

Outras equipes já estão de olho em, Alberto Contador e Peter Sagan, com este último já fortemente ligado à Astana .

“Não há nada a esconder dos atletas. Nós estamos onde estamos e tem sido a mesma situação desde novembro. O plano é encontrar um patrocinador e a situação é clara. Temos sido  honestos com os atletas”, disse Feltrin.

Sobre blogdebicicleta

Ola! Sou Virsão, este blog é para ajudar a divulgar o ciclismo, mostrando todas as notícias, fatos, denúncias, provas sobre o esporte caso tenha alguma matéria ou fato a ser públicado nos envie que divulgaremos no blog.
Galeria | Esse post foi publicado em Calendário FPC, ciclismo, copa sao paulo ciclismo, federaçao paulista ciclismo, FPC, giro d'itália, mundial ciclismo, paris - roubaix, Postadas, resultados ciclismo, tour de france. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s