a Luis Trevisan, da Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde / Powerade / SME) é o campeão da categoria sub-23 da 73ª Volta do Uruguai

Ciclista liderou a categoria em cinco das dez etapas da competição; equipe foi a quinta colocada.

imagem_release_622070

O ciclista Luis Trevisan, da Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde / Powerade / SME) é o campeão da categoria sub-23 da 73ª Volta do Uruguai. Na décima e última etapa, disputada em Montevidéu nesse domingo, ele chegou na 22ª colocação e, com mais de sete minutos de vantagem sobre o vice-líder da categoria, conquistou o título inédito.

Trevisan ficou na liderança da sub-23 em cinco das dez provas da Volta. Assumiu a camisa laranja, destinada ao primeiro colocado da categoria, no domingo, 20, após a terceira etapa. Depois, caiu para a segunda colocação e, na quinta-feira, 24, com os resultados da sétima etapa, voltou para o primeiro lugar e não saiu mais.

“Foi muito gratificante ser campeão pelo fato de ser uma Volta Internacional e ainda mais por ser no Uruguai, onde a população gosta muito de ciclismo. Todas as etapas estavam lotadas de torcedores nas estradas e na chegada. Independentemente da chuva, do frio ou da equipe, os caras torcem de todo jeito. É coisa de outro mundo. Nós fomos tratados como heróis para eles”, afirma o campeão.

 

Entrosamento garantiu o título

Segundo Trevisan, o entrosamento dos ciclistas da Equipe de Ribeirão Preto foi essencial para a conquista do título, já que enfrentaram juntos muita chuva, ventos de todos os tipos e mais de quase 1500km ao longo das dez etapas da Volta.

 “Nós tivemos muita calma e paciência em todas as provas. Sabíamos que era uma Volta longa e desgastante. Mas estamos bem entrosados, unidos, com um espírito coletivo muito forte. Nossa sincronia na contrarrelógio (3ª etapa) foi de extrema importância para eu traçar o caminho da vitória. Dedico a camisa laranja e o troféu para eles, pois todos merecem”, disse.

O técnico da Equipe, Marcelo Donnabella, também destaca a força dos outros atletas de Ribeirão no auxílio a Trevisan. “Na última etapa, o Thiago Nardin e o Maurício Knapp puxaram junto com Trevisan lá na frente do pelotão e conseguiram ficar entre os primeiros colocados. O asfalto estava muito molhado, foi difícil, mas graças a Deus deu tudo certo e conseguimos trabalhar bem”, disse.

Na briga pelo título por equipes, Ribeirão Preto terminou em quinto lugar, atrás de Schneck Alas Rojas (Uruguai), SEP San Juan (Argentina), Cerro Largo (Uruguai) e Avaí (Brasil). “Foi um campeonato interessante para nós e o resultado foi muito positivo. Estou muito contente com os meus atletas”, afirma Donnabella.

O próximo compromisso do time ribeirão-pretano será a Volta Ciclística do Rio Grande do Sul, uma das mais importantes do Brasil. A primeira etapa está marcada para a próxima quarta-feira, 6 de abril, e a última prova é no domingo, 10 de abril.

Sobre blogdebicicleta

Ola! Sou Virsão, este blog é para ajudar a divulgar o ciclismo, mostrando todas as notícias, fatos, denúncias, provas sobre o esporte caso tenha alguma matéria ou fato a ser públicado nos envie que divulgaremos no blog.
Galeria | Esse post foi publicado em Calendário FPC, ciclismo, copa sao paulo ciclismo, federaçao paulista ciclismo, giro d'itália, paris - roubaix, Postadas, tour de france. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s