Steven De Jongh, o diretor esportivo da Tinkoff-Saxo Vai Montar Sua Própria Equipe.

Ivan Basso e De Jongh.

Ivan Basso e De Jongh.

Steven De Jongh, o diretor esportivo da Tinkoff-Saxo, disse ao jornal  De Telegraaf  que ele poderia criar sua própria equipe em 2017 depois de Oleg Tinkov revelou que ele vai acabar com seu patrocínio e vender sua equipe após a temporada de 2016.

entrevista exclusiva comCyclingnews no sábado. Ele disse Tinkoff Banco tinha alcançado os seus objetivos de patrocínio no ciclismo e optou por não investir qualquer de sua riqueza pessoal por causa da falta de reformas no ciclismo profissional.

Steven De Jongh é diretor esportivo Sênior e trabalha em estreita colaboração com Alberto Contador – que terá como alvo o Tour de France em que se espera que seja a última temporada do espanhol a nível worldtour.

Contador poderia correr para sua equipe de desenvolvimento, mas é mais do que provável que termine a sua carreira profissional.

De Jongh tem 42 anos e se juntou a equipe Tinkoff após três anos como diretor esportivo na Team Sky. Ele foi forçado a deixar a equipe britânica depois de confessar uso de doping durante a sua carreira profissional.

“Não é uma surpresa completa para mim que a equipe poderia deixar de existir e eu realmente não estou preocupado com o meu futuro. Meu contrato termina em 2016 também”, disse de Jongh ao De Telegraaf, confirmando que ele pode  criar sua própria equipe em vez de continuar com o Contador de alguma forma.

“A intenção de Alberto é parar após o próximo ano, ao menos que o Tour seja um completo fracasso e sua equipe seja muito pequena. Mas eu não vou deixar. Meu objetivo é continuar no esporte. Eu vou ver o que acontece e ver se um patrocinador está interessado, porque minha meta para 2017 é ter minha própria equipe. “

A equipe Tinkov revelou que o CEO Stefano Feltrin está tentando  garantir um novo patrocínio e nova propriedade a equipe para 2017. 

Peter Sagan, Rafal Majka e  os atletas neo-profissionais da equipe todos têm contratos até 2017 com a equipe, então isso poderia ser uma forma de atrair um novo patrocinador e novo proprietário.

Tinkov comprou a equipe de Bjarne Riis e disse que ele está aberto a vendê-la de volta para o Dinamarquês. 

“Eu não me importo quem compra a equipe. Pode ser Bjarne Riis se ele quer  a equipe de volta “, disse Tinkov. “Alguém mencionou que uma pessoa  atrás da equipe  CCC está interessado ou talvez alguma outra pessoa. Quem pagar o preço mais alto vai ter a equipe.

A Equipe Tem alguns ativos,Peter Sagan e Rafa Majka têm contratos até 2017 e assim quem comprar a equipe, automaticamente recebe esses atletas por um ano e Peter é o melhor ciclista do mundo agora. “

Sobre blogdebicicleta

Ola! Sou Virsão, este blog é para ajudar a divulgar o ciclismo, mostrando todas as notícias, fatos, denúncias, provas sobre o esporte caso tenha alguma matéria ou fato a ser públicado nos envie que divulgaremos no blog.
Galeria | Esse post foi publicado em bike, Calendário FPC, ciclismo, copa sao paulo ciclismo, FPC, giro d'itália, media paulista ciclismo, MPC, mundial ciclismo, paris - roubaix, Postadas, resultados ciclismo, tour de france. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s